Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMIGOS PARA SEMPRE

Nos éramos amigos desde pequenos, sempre saiamos junto, fazíamos festa junto, enfim vivíamos um na casa do outro sempre que podíamos.

Sempre trocávamos confidencias, conversávamos sobre o que tínhamos feito em relação às garotas que pegávamos nas festas, no colégio, na rua onde morávamos. Mas tudo começou a mudar em um fim de semana que os pais do Pedro foram para a praia junto com a sua irmã e o Pedro ficaria sozinho em casa. Como sempre fui a sua casa para sairmos, mas por algum motivo não saímos e resolvemos ficar vendo vídeo pornô. Quando começamos a ver o filme o tesão começou a tomar conta de nos dois então como é normal ficamos de pau duro. O Pedro tirou o pau pra fora e começou a bater uma punheta, eu também não aguentei e fiz o mesmo. Estava tão bom, então resolvi ir ao banheiro pra mijar, estava quase terminando quando vi a tanguinha da Rose no cesto de roupa suja. Peguei pra cheirar, ela estava toda molhadinha e ainda tinha o cheirinho da buceta da Rose pois ela havia saído há poucas horas com seus pais. Estava tão bom cheirar e lamber aquela tanguinha que até me esqueci do meu amigo, quando me dei conta ele estava na porta do banheiro me olhando.



No começo fiquei com muita vergonha e não sabia o que fazer mas tudo bem já estava mesmo todo melado e com o cheirinho da buceta da Rose no rosto, não tinha como disfarçar, então ele falou que eu continuasse pois ele estava de pau duro sá de olhar . Como eu estava com a calça nos pés, pois havia mijado antes, ele disse que também ficaria assim pra gente ficar igual e curtir todo o tesão do momento, na hora não vi nada de mal nisto. Logo em seguida ele falou que tinha o maior tesão na calcinha da Rose e que quase todo dia também cheirava e lambia imaginando que ela estava dentro da calcinha. Então sem mais nem menos ele falou que eu tinha uma bundinha bem parecida com a dela e pediu se eu poderia experimentar um pouquinho pra ele ver como ficaria na minha bundinha que ele estava achando gostosa. Como já estava com o tesão à flor da pele aceitei e coloquei a calcinha, fio dental com rendinha de cor rosa, era muito linda mesmo, principalmente por ainda ter o cheirinho de buceta bem forte. Depois de colocá-la ele ficou com mais tesão ainda e o seu pau parecia que tinha dobrado de tamanho e estava duro como se fosse de ferro. Ele então pediu pra eu virar de bundinha pra ele ver como tinha ficado, lágico que virei e até deixei ele colocar a mão na minha bunda com a desculpa que estava imaginando ser a da irmã. Logo depois da mão senti uma coisa bem quentinha, muito gostosa se esfregando em mim, deixei pra ver até onde ia aquilo tudo. Como já era de se esperar era o pau dele esfregando na minha bunda, estava átimo, principalmente quando ele pediu pra beijar um pouco minha bundinha.



Nesta hora já não estava mais aguentando de vontade de levar uma língua no cuzinho, então parece que ele leu o meu pensamento e colocou a pontinha da língua na entrada do meu cuzinho que há esta hora já piscava. Então pediu que fossemos para o quarto dele para curtir melhor o momento. Chegando ao quarto ele sentou na cama e fiquei em pé na sua frente, enquanto ele colocava a língua novamente no meu cuzinho com a mão alisava o meu pau, era tão boa a sensação que não tinha como parar com aquilo. Já não estava mais aguentando então deitei na cama de bundinha pra cima e ele veio me chupando todo, me lambendo todo, me chamando de sua putinha, de sua gatinha e também pelo nome da sua irmã. Cada vez aumentava mais o tesão que sentia na hora, então pedi a ele para colocar logo o pau na minha bunda, era o que ele estava esperando, na mesma hora puxou a tanguinha para o lado e colocou a pontinha do pau no meu cuzinho que não parava de piscar. Foi à melhor coisa, a melhor sensação que senti, no começo doeu um pouquinho, mas ele colocou bastante cuspe no pau e no meu cuzinho para entrar melhor o pau.



Depois que passou a cabecinha o resto foi mais fácil, a dor do começo estava ficando bem fraquinha e já dava lugar ao tesão. Começou a colocar e tirar o pau bem depressa, eu sentia o seu pau lá no fundo do cu, parecia que ia sair pela boca, mas estava tão bom, cada vez que ele mexia ficava melhor. Então quando já estava mexendo, botando e tirando há bastante tempo o pau em mim comecei a sentir ele crescendo e latejando muito, logo senti um rio de porra dentro do cuzinho. Era tanta porra que quando ele tirou o pau encharcou a calcinha toda, então deixei toda aquela porra ficar na calcinha que ficou ensopada na hora. Como estávamos meio cansados da foda dormimos, eu com o pau dele na mão. No outro dia de manhã quando acordamos estávamos agarradinhos e muito felizes.



A calcinha da Rose foi guardada como estava, toda melada, cheia com a porra dele, com o cheiro do meu cuzinho e da buceta dela.

Esta foi nossa primeira vez, apesar da novidade não foi melhor que outras que tivemos, pois cada vez fica melhor.

Tem também a vez em que invertemos os papeis e ele usou a calcinha, foi a minha vez de comer a sua bundinha.

Agora quando os pais dele ou os meus viajam já sabemos o que fazer com a calcinha da sorte!!!!

Se gostaram dêem sua opinião ou deixem seu comentário.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulherconto a coroa de 47 anoscabelos lisos ate na bunda de dar invejacontos eroticos esposa safada pintada de indiaconto erotico transei com uma velha deficiente especialcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseróticos chupei os peito da mamãeseduzida por uma lesbica contopai com filha muito novinha contosincestos como Virei p*** é obediente dentro de casa numa festacache:K5a2T1gNGzgJ:https://okinawa-ufa.ru/home.php?pag=497 contos arrombei o cu dela no pique escondecoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçacontos a cunhada da primaPornodoido passistasencoxada em coroa em Jundiai conto realcontos com rabudasLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eroticos na frente do cornocontos eróticos de mulheres do b****** grandecontos erroticos garroto comeu minha mulher dormindoEliana: é meu vizinho que quer comer meu cucontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos mae safadacontos gay afeminadoscontos eroticos arrombando a gordadesvirginando a clarinha contoscontos eróticos de dupla penetração b*****porn dpois de ir a padaria com o visinhoEscravo de minhas cruéis donas (conto )contos eroticos pintinhosambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delawww.minha tia chega em casa com cerveja e me da sua puceta eu tomado banhoContos eroticos gay funkeiroContodeputacontos com a irma rabudao tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"contos erótico de primo trazendo e gozando na bocitinha e no cuzinhoflagrei meu pai deflorando minha namoradinha contossadomasoquismo relatos comidavivaconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorcontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travesticontos eroticos Araguaina Toconto eróticos a patinha da minha sogracontos sexo eu meu marido e meu filhovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitocontos rola gigante na bucetinha da esposajaponesinha novinha foi da pro negao se arrependeuvídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analMeu amigo deu sonifero pra sua mulher pra eu ver ela peladinhacasada pelada em lugares movimentados contoscontos eroticos dinheirocontos betinha vendo irma fodendocontos eroticos mulher carinhosacasada vai dar pra outro macho e leva gelcontos eroticos meu cunhado de cuecanova esperiencia.contospornoContos de sexo en onibusAbaicha video porno tia de calcinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher bem negra asunlona tranzam com jumeto conto de sexo casada com estaladorcontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos eroticos arrombando a gordaconto comendo a coroa gostosacontos eroticos e tome gozada na caramolestei minha filhinha contos eroticosconto ela apostou o cuzinho e perdeucomedor de cu de secretarias casadas casa dos contosparaiso dos corninhosEu morava sozinho minha aluna do cursinho ela veio morar comigo ela agora ela e minha mulher conto eroticoContos eróticos sessão sado com meu pai