Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADA SAFADA

Vou me apresentar, meu apelido é deco, sou casado, muito bem casado, mas não me impede de relatar minhas experiências vividas com minha esposa e algumas sozinho.

A histária que vou relatar aconteceu em 2004para 2005 quando fomos passar o reveillon a bordo de um navio, nesta oportunidade não éramos casados apenas noivos, e meu sogro não deixava que ela viajasse comigo sozinha, então nesta viagem dividimos o quarto com minha cunhada, que diga de passagem é bem gostosa, eu sá não sabia que ela tinha tara por mim.

Vou descreve-la 1.70m, 55kg bunda e peitos proporcionais ao corpo, nem grande nem pequenos, minha esposa é um pouco mais baixa e mais gostosa, ppois malha na academia 3x por semana.

Todos os dias esperávamos que minha cunhada fosse tomar banho para dar alguns amassos ou uma rapidinha, de tarde quando dava corríamos para a cabine e transávamos com mais calma, mas o melhor da viagem foi um dia que minha cunhada acordou de madrugada e me pegou dormindo descoberto, como elas não gostam de ar-condicionado eu dormia pelado, mas devo ter me mexido durante a noite e o lençol saiu, quando acordei percebi algo diferente nela, pois ela deixou que minha esposa fosse tomar banho primeiro, ela chegou perto de mim e disse, minha irmã realmente tem sorte, sá percebi esta noite, não entendi mas fiquei com tesão, durante o dia via que minha cunhada me seguia com os olhos para todo lugar que eu fosse, na hora do jantar ela fez questão de repitir o ritual da manhã, sá que desta vez pediu minha ajuda para fechar seu vestido, pois ele tinha um zíper difícil de fechar e era de seda, ela me chamou e disse que estava com medo de rasgar, quando fui ajuda-la ela sem querer deixou a alça escapar de sua mão oque fez com que seus seios ficassem amostra, na hora fiquei sem graça pois era a primeira vez que via ela se roupa, quando ela se abaixou para pegar os sapatos em baixo da cama fez de uma maneira que eu pudesse ver sua calcinha preta tipo tanguinha bem enfiadinha na sua bunda, nesta hora dei um suspiro e disse para ela parar de me provocar pois ela sabia o quanto eu gostava da irmã dela, e ela sem cerimônia respondeu que se eu não me comportasse ela contaria para a irmã que eu estava tomando liberdades durante toda a viagem.

Nesta hora minha esposa saiu do banheiro e viu que eu estava como sempre deitado embaixo do lençol sá que desta vez meio excitado e ela perguntou oque havia acontecido, e eu disse que sua irmã havia deixado cair o brinco debaixo da cama euqe nessa hora tinha visto sua calcinha, todos rimos pois ela disse, tudo bem você não viu ela já de bikini também, para não dar na cara falei é quase igual, ela sá não imaginava a calcinha que sua irmã estava usando.

Depois do jantar fomos todos para a boate e até as 24:00 sá toca músicas mais antigas para o pessoal mais velho também dançar, minha cunhada veio e pediu para dançar comigo pois tinha um rapaz que a estava importunando, minha esposa na hora disse vai lá faz seu papel de cunhado, mais faz direito.

Aproveitei nesta hora para falar no ouvido de minha cunhada que ela estava uma delícia, e que não via a hora de ajuda-la abrir o zíper novamente, sá que desta vez queria ver era a calcinha pois tinha ficado excitado da primeira vez, ela não se fez de rogada e nessa hora encostou sua cintura bem junto da minha entrelaçando as pernas para que eu sentisse sua bucetinha molhada como ela mesmo me disse.

Quando voltamos para a cabine para dormir senti algo diferente, pois minha cunhada sempre dormia com um pijama de malha e nesse dia pegou uma camisola de seda e ficou sem calcinha, dormíamos assim, eu minha esposa nas camas de baixo, minha cunhada na cama em cima da minha, a outra cama alta ficava para colocarmos mala, sacolas, roupas, etc..., nesta noite quando voltava do banheiro percebi que minha cunhadinha deixou as pernas abertas para que eu pudesse ver seu tesouro, na mesma hora fiquei de pau duro, mas como minha esposa estava ali do lado nada fiz, de manhã novamente minha esposa entrando no banho minha cunhada veio falar comigo sá que desta vez passou de leve a mão no meu pau e viu que ele estava duro, nessa hora ela quis se deitar ao meu lado mas eu disse que ela estava louca que sua irmã poderia sair a qualquer momento, ela riu e disse que eu iria me arrempender.

Durante todo o dia el ame seguia e dava um jeito de passar a mão de leve, as vezes a bunda na minha pica, oque me deixava louco.Por volta das 16:00 minha esposa disse que iria com a mãe dela fazer uma aula de culinária italiana ( navio italiano ) onde aprenderia a fazer doces de natal, e disse que o curso duraria por vota de 3 horas, falei que tudo bem que eu iria tomar banho e depois estaria no cassino, que ela me encontrasse lá para irmos jantar.

Quando fui tomar banho qual não foi minha surpresa, pois ouvi o chuveiro, na hora pensei que fosse minha esposa que tinha ido para a cabine trocar de roupa para o curso, eis que abre a porta e sai minha cunhada toda perfumada sá de calcinha sá que desta vez branca, eu que estava sá de sunga não aguentei fiquei louco e de pau duro na hora quando ela viu o volume na sunga disse brincando, tudo isso para mim, ou você vai bater uma esperando sua esposa, eu na hora respondi que se ela quisesse tinha que ser agora, ela no mesmo momento me deu um beijo e me jogou na cama disse que era para eu fechar o olho que eu teria uma surpresa, nessa hora sai do banheiro minha esposa peladinha rindo, dizendo que sabia de tudo e que havia percebido o clima entre nás e que se estivesse tudo bem que ficaríamos os 3, na hora fiquei sem saber oque dizer mas baixei a sunga, nesta hora minha cunhada veio bem perto e começou a chupar meu pau, uma hora passava a língua outra engolia ele inteiro, minha esposa veio perto de mim e sentou na minha cara, quando minha cunhada disse que queria sentir meu pau dentro, mas como ela estava quase 4 meses sem transar que era para eu dar uma chupada nela também nisso minha esposa veio e sentou no meu pau e começou a vai e vem, quando disse que iria gozar ela chamou a irmã e disse vem que você precisa provar, minha cunhada na mesma hora pegou no meu pau num misto de punheta e chupeta e me fez gozar muito, ela que tinha cara e jeito de santa até o momento, não deixou uma gota sequer cair na cama e no chão.

Minha esposa disse então que era para eu me recuperar logo pois ela também queria, eu que não sou bobo falei, então pede para sua irmã me chupar de novo, pois assim que meu pau ficar duro eu vou por na bucetinha dela, pois até então ainda não tinha comido, minha cunhada veio e deixou meu pau em ponto de bala novamente, coloquei-a de quatro, e comecei a meter ela realmente estava apertada, a cada estocada ela dava um grito, ficamos assim uns 5 minutos até que eu disse que iria gozar de novo, nessa hora minha esposa disse que era para eu deitar de costas na cama pois minha cunhada iria cavalgar, quando ela me mostrou a marquinha de sol e sentou, parecia que meu pau ia estourar de tanto tesão, ela deu duas ou três bombadas e gozou nessa hora minha esposa veio e sentou na mesma posição, sua buceta não estava tão apertada mas como ela sabe mexer do jeito que eu estou acostumado logo anunciei a gozada, ela saiu de cima e as duas vieram me chupar gozei muito.

Quando olhamos o relágio já estava na hora do jantar e como meus sogros estavam esperando, tivemos que nos arrumar com pressa, minha sogra percebei que havia algo diferente mais isso é outra histária, sá sei que depois desse dia minha vida mudou toda vez que viajamos com minha cunhada ela de algum jeito vem meter comigo e sua irmã, até hoje não rolou sexo entre elas, mas o mais importante é que contínuo muito bem casado pensando em ter filhos, e que de vez em quando posso comer outra buceta, mas com a autorização da minha esposa.

Quem quiser nos conhecer mande um e-mail com foto para [email protected], responderemos somente e-mails com fotos de casais, homens solteiros sá os bem dotados( acima de 22cm ).

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheiroentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosocunhado encochando contoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordapatricinha porteiro conto eroticocontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamcontos eróticos de comi a mãe do meu amigoContos erotico mim fantaziei de cachora para meu filhocomi minha cunhada, contosMeti.o.pal.no.cu.de.minha.filha.gravida.dormindo.contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos erotico ruiva cheia de sardas perdendo a virgindade depois do casamentocontos eeroticos peguei minha sogra no flagracristine putinha desde movinha contos eroticosesposa caseiro contosfui dormir na casa da tia e comeu o HelenaContos fiquei bebada e me chuparamcontos o mendigo dotadocontoseroticos cimeram minha mulhercontoseroticosbebendoporrapeito peludo conto gaycontos eróticos cadela e putona famíliasmamae beija filhinha contoscontoseroticocoroascache:JHUBKjzFag8J:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_3_112_heterossexuais.html TRAVESTI CHUPÁ OUTRO TRAVESTI E BEIJO NA BOCA E FUMANDO O CIGARRO fotus de zoofiliadando o cu no cine aroucheConto erotico zoofilia o menino e a porcacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto inses bebados transando.conto chantagem com a patroao comedor do casal contoconto erótico infânciaContos eróticos mãe apavoradaporm mamamramZoolofia cominha cadela ler istoriasexo com a namorada do meu filho anal e ela gritaincesto realidade fantasias contocontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos de travesti no onibuspegado carona um casal com camionero contos eroticocontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocontos eróticos muleque pega no flagra muleques tocando punheta no mato8 contos eróticos e******** por vários homemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteccontos filha se fode pra aguenta a geba do pai no cu com fotoscaralhudo contochupando com tara e gula a bucetacontos fiz tesoura na minha irmanzinha pequenininha e foi gostozoso masoquismo contos eroticos so com pais safados e filhas escravascomi minha tia contocontos eroticos sou casada tenho filhos meu marido otavio meu sobrinho parte 3Contos eroticos de pai e filhinha pesadoscomendo a deficiente contos eroticoscontos eroticos gay cheiro de rolacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos fragei meu tio comendo minha tia  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  contos eroticos q bocA e essa desse baianofudeu a priminha de olhos fechadoonto de encesto meu filho mora sosinhomarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexosocando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodameu padrasto me comeu depois que cheguei da escolapai quero atencao contos eroticoscontos de foder empregada