Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEGREDO DE MEU PAI

Segredo do meu pai

Eu tenho 22 anos e tinha 19 quando o fato ocorreu. Meu

pai e minha mãe são separados desde meus 19 anos e eu

moro com ele.

Ele tem 44 anos, é bonito, peludo, corpo bem cuidado.

Estavamos passando por uma reforma e para essa foi

apenas contratado um pedreiro.

O pedreiro era forte, alto, musculoso cabelos escuros

cavanhaque e aparentava uns 33 anos. Suas roupas sujas e

seu cheiro me deixavam excitado mas ele não me dava bola.

Um dia matei aula e voltei mais cedo pra casa. Passando

pela janela do quarto do meu pai ouvi vozes e quando

olhei vi, para minha surpresa, meu pai nú beijando o

pedreiro. Me posicionei para ver e ouvir o espetáculo:

Pedreiro “faz dias que eu espero por isso. mas hoje você

não escapa.”

Pai “Farei tudo o que mandar”.

Pedreiro “Assim é que se fala. Então abre minha calça e

chupa minha jeba”

Para meu espanto meu pai obedeceu com entusiasmo. Baixou

o ziper e pois pra fora da cueca um pau de uns 19 cm e bem grosso. Depois deu um beijo na cabeça e caiu de boca engolindo por inteiro.

Pedreiro “O patrão sabe mesmo chupar um pinto. Tá gostoso”?

Meu pai apenas acenou que sim com a cabeça já que não

podia falar pois tinha a boca cheia.

Passaram mais alguns minutos assim qdo o pedreiro manda meu pai ficar de quatro na cama.

E novamente foi obedecido. Tirou as suas roupas e foi

examinar o cú do meu pai afastando suas nádegas e

enfiando o dedo médio enquanto meu pai gemia de tesão.

Pedreiro-“Que delicia de cú peludo. Ele está bem

elástico. O patrão anda dando muito o rabo, é”?

Meu respondeu que não, e para minha surpressa e alegria do pedreiro, ele retirou de uma gaveta um consolo com uns 23cm + ou – bem grosso

Ele então pegou o consolo da mão do meu pai e enfiou de

uma sá vez em seu cú fazendo com que ele gemesse. Depois

ficou fudendo o cú do meu pai que pedia mais e mais

rápido. Depois tirou o consolo e disse:

Pedreiro-Agora vou treina-lo com algo melhor. Você quer?

Pai -Quero.

Pedreiro-Não ouvi. Você quer algo melhor sua bicha de

merda??!!

Pai-Sim senhor. Eu quero muito!

Pedreiro-Assim é que eu gosto do meu patrão.

Fiquei espantado em ver meu pai se humilhando tanto e

gostando disso.

Depois o pedreiro deu uma cuspida no cú do meu pai e

pois a cabeça do seu pau. Meu pai deu uma gemida de dor

e pediu para que ele parasse um pouco já que o pau era

mais grosso que o consolo. Mas ele não ouviu e socou com

toda a força fazendo meu pai gritar.

Pedreiro-Agora é que a festa começa.

E começou a meter. As vezes tirava tudo e voltava a

enfiar até as bolas arrancando gemidos de prazer do meu

pai que rebolava de quatro pra aquele pau.

Pedreiro-Agora vira de frente. Quero ver sua cara

enquanto te arreganho.

E começou a foder meu pai de frango assado. Meu pai

gozou sem precisar tocar no pau melando toda a barriga.

Pedreiro-Então patrão já gozou?! Para aprender a não

gozar antes de mim vou encher seu rabo com minha porra.

E começou a dar estocadas mais rapidas até que enfiou

tudo e gemeu. Depois tirou o pau todo melado do cú do

meu pai.

Pai-O senhor gostou?

Pedreiro -Não foi mau. Mas eu ainda não acabei. Fique de

quatro.

Meu pai obedeceu prontamente a essa ordem. Então ele

enfiou dois dedos no seu cú de disse:

pedreiro-Eu te lubrifiquei com minha porra. Agora vou te

arregaçar de verdade.

E começou a bombar com os dedos o cú do meu pai.

Depois de um tempo passou para três dedos, depois para

quatro, e quando eu percebi ele já estava com a mão toda

enfiada no meu pai que gemia e rebolava.

Pedreiro- O que tá achando de ter uma mão no cú?

Pai -Uma delicia.

Ele então começou um vai e vem fudendo meu pai com a mão.

Quando tirou a mão ela estva toda melada com sua porra

que ele havia gozado no cú do eu pai e com o liquido

proprio do cú.

Enfiou então o pau que entrou sem dificundade nenhuma. E

apás duas ou três estocadas tirou e disse:

Pedreiro -Seu cú agora tá mais largo que buceta de puta.

Não tem graça mais come-lo. Vem chupa meu pau agora que

eu quero que você beba meu leite.

Ele então sentou na cama e meu pai lhe fez um boquete.

Até que ele gozou e fez meu pai beber toda a porra e

limpar seu pau com a lingua.

Se vestiu e antes de voltar para o trabalho disse:

Pedreiro -Por hoje tá bom. Mais vai ter mais. E eu vou

trazer um amigo meu para me ajudar na obra e no

treinamento do seu cú.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseroticospolicialcivilcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos ela não queriatia sobrinho conto eróticomeu padrasto me comeu depois que cheguei da escolacontos eróticos medindo com meu gordinhocontos eroticos minha tia tomando banho de solempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetapono vitgen nãoa aguentiu epediu p parampoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicoHistórias eróticas verídicas tesão entre mâe e filha menina incestobrinquedos eróticos para estender o buraco do anusincesto com homens bem velhos e bem dotados com meninas novinhas novos relatoscontos eroticos de gordo dando o cu pela primeira vezfrancisca coroa ruiva contos eroticoscontos eróticos o tio com minha namoradacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos de incesto de encoxada em onibuscontos eroticos casada infelizcontos depois de 30 anos de casado pede a minha mulher para ser cornosou uma putinha gostosa da familiapolicial feminina contos eroticoscontos eroticos esposas na praiacontos eroticos sou casada peguei carona com camioneiroloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaominhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duasContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curtocontos eroticos tio comendo sobrinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno doido mamadas terminando na bocscontos nao queria mas vovo gosou.na meninacontos pornos fui estuprado na adolescência e gosteiContos eroticos eu e minha esposa fudemos com o nosso sobrinho gayconto erotico foda com a viuvinhaaquele pau era quase o dobro do de meu maridocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedei o cu p meu genro contosmulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigaminha filha me seduziuesposa fode com doze homenscomendo a dona da locadoracontos eroticos com mastim napolitano gozando em meninamarido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMEU PRIMO SEMPRE ME COMIA 3travesti linda barriga de tanquinho gostosa metendo vídeo liberado metendo gostoso peitudaConto inses bebados transando.contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecantos erótico só dei do Forró Bombadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteIzildinha gozando na buceta da outraComtos casadas fodidas pelo filho e amigoshistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido verGozaram na calcinha na cerca contocontos eroticos meu sogro me comeu feito puta e chingada de vadiaContos eróticos de pau duro na piscinaContos eroticos escussao com meu marido banco diferentebuceta napicagrosacontoserotico, sogroContos eróticos mãe com os negrões e papai vendoDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticosestrupada na escola contos eroticossogra loira novinha chupa maridos Eugênioconto lesbica humilhei minha amigasiririquei contovelhos gordos gays contoscontos porno casadas o negrinho safadocontos eroticos/pauzudos casadasfui enrabado pe lo o yravesti na baladaContos eroticos maniaco por seioscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestrupada contoscomendo e falando sacanageme gozando contoscontos de sexo no bus primeira vezpassei de fio dental na frente do meu cunhado:contocontos cachorro cebola zoofiliscontos eróticos mulheres p****como virei escravinha gayConto gay dei meu cu primeira vez depois da farraContos: namorada safadaContos eroticos comendo a policialconto arebentei cu meu patraocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos de comi a bunda do professorela pediu pra parar mas continuei empurrando na putatitia ficar mandando o sobrinho que está bem contos eróticosmeu cao meu machocontos eróticos mostrandominha mulher foi faser uma tatoo e chupou contosconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentoContos filho namorado "pintinho"pelado amarrado contos