Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

HUMILHADA PELA MINHA EMPREGADA NEGRA - PARTE III

Olá, estou de volta para continuar o que tem acontecido comigo e que é meu drama.

Como falei anteriormente eu tive que ir algumas vezes aos fins de semana na casa da Dora, pois ela estava ganhando dinheiro com minha humilhação, eu tinha que fazer sexo oral em uns meninos da periferia onde ela morava e ela ganhava dinheiro que eles pagavam, como falei o pior foi um senhor negro e gordo e muito feio que me comeu e tive que terminar chorando a chupar o pau dele e engolir tudo. Era um pau com cheiro de urina e sujo com coisinhas brancas e todo com semi gozo....e tive que colocar minha boca lá e sentir o cheiro e gosto que eram horríveis, eu me via no chão de joelhos e ele na pequena cama desse quartinho e eu uma menina de boa educação loirinha peladinha agora com minha boquinha e lindos dentes lá fazendo esse sexo oral.....e quando ele gozou...nossa aquela coisa na minha boca e eu tendo que engolir......foi um pesadelo sentir aquilo pela minha garganta sem volta e dentro de mim agora...sem contar o gosto na boca.

Quando estava em casa minha mãe perguntava se eu estava com problemas, pois claro eu mudei muito, minhas amigas também perguntavam o que acontecia e eu falava que eram as provas e que estava chateada com coisas que eu mesma inventava, minha vontade era colocar para fora tudo, mas seria sair da panela para o fogo....eu pensava...se eu falar pedindo ajuda além de saberem das fotos vão saber o que tive que fazer até agora e será pior também, me via mais e mais perdida e desesperada. Eu acabava nessa situação ficando cada vez mais submissa a ela, e aceitando o que ela me fazia e ela não era boba ela sabia do meu medo e que eu estava aceitando mais do que ela mesmo poderia imaginar.

Eu estava em casa e ela começou a falar coisas erradas minha em casa quando meus pais viajavam, ela falava para minha mãe que eu não estava estudando e que ficava sá com amigas em casa ou saindo que dormia tarde e minha mãe aceitando e apoiando ela, levei uma vez uma bronca da minha mãe na frente dela e eu nem podia falar nada pois sem minha mãe notar Dora, me encarava enquanto minha mãe falava e eu com mais medo do olhar da Dora do que com a bronca da minha mãe. Claro que eu não fazia aquilo era a Dora mentindo para minha mãe e ela acreditando na empregada. Quatro dias depois meus pais fazem outra viagem pois eram viagens de trabalho e eu já tremia na véspera deles viajarem.

De manhã antes deles saírem com malas e tudo minha mãe me chama e fala que a Dora, vai ficar de olho em mim e se eu não me comportar estudando ou se for em baladas (tudo mentira da Dora na cabeça da minha mãe) eu veria as mordomias acabar quando ela chegasse e Dora atrás dela rindo em silêncio e eu lá sim senhora para minha mãe e que eu deveria obedecer a Dora, eu me sentindo uma criancinha lá em pé na sala que nem tonta com cara de medo, minha mãe sai e me da um beijinho e diz....Fique bem filinha.....e da tchau para Dora e antes de fechar a porta diz.....Já sabe Amanda!?.....eu ..........sim senhora!

Quando a porta se fecha ela me olha e fala.....Hummmm.....a mocinha agora virou bebezinha da mamãe ...e começa a rir.....agora fui promovida pela sua mãe a babazinha sua....e ria.

Subo e vou para meu quarto quando entro nele caio em choro na cama, estava de shortinho branco de algodão e camisa regata rosinha, Dora entra e fala.....há a bebezinha ta chorando...e começa a rir........eu olho com lagrimas e fico muda.........Muito bem cadelinha, quase uma semana sem ser domesticada ?!....vamos lá....temos 5 dias até os pentelhos dos seus pais voltarem....vamos, vamos..levanta e tirando essas roupas ai........humilhada me levanto ficando nua na frente dela...ela falou....troca essa roupa de cama que vou dormir aqui nesses 5 dias...e a do meu quarto não troca, tem uma semana ela e vai dormir nela entendeu cadelinha?......de cabeça baixa sá balancei a cabeça em sinal de sim........vamos....para baixo, tem muita coisa para limpar.

La estava eu descendo as escadas de casa nua....para limpar a casa, aceitando ser submissa da minha empregada. Lavei toda a cozinha e eu parecia ou me sentia mesmo uma empregadinha de rabo de cavalo pois meu cabelo liso e loiro longo.....eu estava lá limpando....depois arrumei meu quarto para ela e a casa toda...eram quase meio dia quando eu terminei a comida que ela comeu toda e para minha surpresa ela pegou uma vasilha onde comem cachorros e me mandou para o jardim.....fui confusa sem entender...ela chega com minha comida e na varandinha de frente para a piscina ela senta na rede e fala.....fica de 4 e come.....eu pasma falei....mas como assim Dora?........esse foi meu erro....ela se levantou puta da vida e falou....Dora?...Dora?....que isso de Dora, piranha?....é senhora Dora, a sua dona esqueceu depois de 4 dias é? ....nossa nunca tinha visto ela com tanta raiva, eu quase fiz xixi em pé de tanto medo....me coloquei de 4 sem ela me bater, sá pelo berro dela que me gelava se algum vizinho poderia escutar.

Eu fiquei de 4 e com nojo de comer assim, acabei comendo feito cadelinha...ela ria e falava........agora de bundinha para mim...vai vira.....eu virei e para chegar na comida com a minha boca minha bundinha empinava e ela via toda a bucetinha e cuzinho exposto....nossa mesmo depois de tantas coisas me dava ainda uma vergonha e tanta e tremia ao comer pois sabia que atrás de mim ela via tudo. Terminei e ela na rede sentada se levanta e sem falar nada tira a calça que era minha e cara e a calcinha e falava....vem é hora da sua sobremesa.......eu olhei aquela buceta negra com lábios rosas e me dava nojo mas fui obrigada a lamber ela...quase vomitei...mas fiz como ela mandou e ela gozou gemendo e minha boca com gosto horrível, eu terminei e chorei lá quietinha quando ela se arrumou toda e saiu sem falar comigo uma palavra. Depois de 5 minutos chega ela com uma coleira que ela tinha trazido da casa dela e era velha, ela coloca em mim e me prende na torneira da parede na varandinha do jardim onde eu estava e fala...cadelinha sem latir heim?...comportada.....o pior passei a me achar uma cadela sem querer ser...e fiquei de 4 ou sentada que nem cadela (quase ajoelhada).

Nossa minha cabeça dava voltas quando eu estava lá fora assim, de repente chega Dora e Tulia, ...ela fala....olha ai Tulia, os patrões viajaram e tenho que cuidar da cadelinha deles.......Tulia rindo fala......nossa mas que bonitinha essa cadelinha.....e as duas não se aguentavam de tanto rir e eu muda passando mais uma grande vergonha na minha vida......elas pegavam bolinha e eu obrigada a correr na grama pegando e elas duas rindo...falando pega..pega....boa garota...coisas assim......e eu tive que latir umas vezes.

O pior de tudo era que eu não conseguia falar nada...minha voz sumia eu sá vivia a angustia dessas humilhação calada. Depois me deram banho de mangueira eu tinha que rolar na grama feito cadela.......a Tulia falou algo que me gelou.......Dora, a bucetinha dela não seria melhor carequinha?...e Dora......hummm...boa idéia Tulia...vamos deixar a bucetinha da cadelinha lisinha...e as duas riam...e eu tentei falar....não...por favor...o que vão fazer?.....ela me deu um tapa forte na bunda que gritei aiii...e falou...calada. Elas me depilaram lá no jardim mesmo com espuma de barba e barbeador, foi humilhante ficar deitada de barriga para cima na grama e pernas no alto com elas segurando e toda exposta...falavam que eu estava no cio e coisas humilhantes assim........no final me vi toda lisinha e parecia que eu estava duas vezes nua agora.

No segundo dia depois que meus pais viajaram eu estava lá arrumando a casa quando falei com Dora, que 3 amigas minha ligaram que estavam chegando...fui toda humilde falar com ela e ela....Hummm....tudo bem cadelinha, pode se vestir........sai nua e me arrumei simples como ela falou....nossa eu tremia mas as minhas amigas falaram que viriam mesmo pois queriam falar coisas de Orkut e no meu quarto bater papo, era comum isso e eu não podia falar não pois perderia as amigas e não sabia falar não e ao mesmo tempo não queria elas em casa eu estava confusa sem saber o que fazer mas já estava combinado e elas chegariam as 3 horas da tarde. Tudo pronto escuto a porta abrindo como era comum em casa e os gritos....Mandinha (modo carinhoso como era chamada por todos meus amigos e amigas) ....Mandinha cadê você?.......engulo a seco e saio do meu quarto e falo do alto das escadas...oi....me sai um oi de medo... elas rindo falando já subindo...Oi Mandinha, tudo bem?...e blá blá blá na escada até a gente chegar no meu quarto.......e ligo o micro, tento ao maximo passar que estou normal mas elas notam que estou insegura e rindo e papo de meninas falam...hummm....tava aprontando Mandinha?....tava se masturbando, chegamos em hora errada?...e eu rindo sem graça...não..não..magina...e elas rindo,,,,,hummm...sem namorado tem um tempo.....e eu...ai para gente.....me desespero quando esta na porta a Dora, elas ...oi Dorinha tudo bem?.....e ela....Oi meninas tudo bem?......e eu sem olhar para Dora agora no quarto com a gente.......eu tremia e Dora sabia.........Dora, fala algo que me humilhou na frente das minhas amigas........Amanda, já são quase 4 horas da tarde hora do seu banho, sua mãe falou que era para eu cuidar de você ......hora do banho!......nossa eu não sabia o que fazer ou falar.........as 3 depois de um breve silencio começaram os risos....agora eram minha amigas rindo de mim mesmo sem saberem o que acontecia entre a minha empregada e eu........elas rindo...Amanda......você tem hora do banho que nem criança?...e riam..e eu tentando argumentar que a Dora, era assim....brincalhona, sei que não colava e elas rindo.....foi quando Dora depois de levar umas roupas no quarto dos meus pais no corredor voltou a falar....Amanda, suas amigas ficam ai no micro....você para o banho, se não já sabe mocinha?... vai lá que já volto !

Nossa eu tentando disfarçar falei.......tentando minimizar o constrangimento acabei falando tentando passar segurança nas minhas palavras.....Ai meninas deixa eu ir se não ela me sacaneia mais..e deu um riso de tímida......mas não adiantava, estava feito, minhas amigas estavam vermelhas de tanto rir da minha cara....Paulinha na minha cama sentada chegou a deitar de tão vermelha que estava de tanto e rir e falava que estava doendo a barriga dela de tanto rir.........levantei e fui no banheiro que é suíte como falei...fechei a porta mas não tem trinco por ser dentro do quarto e quase chorei de tanta vergonha e escutava elas rindo lá........penso....o que faço?...o que faço?.......acabei com medo ligando a água do chuveiro e tirei meu vestido leve e claro nua por baixo dele......entrei na água tremula e tentando escutar elas mas era sá risos, pensei....nossa elas vão contar que a empregada me tratou como criança e meus amigos vão saber...droga, droga...pensei.

Depois de 3 minutos na água entra Dora, ela fala......muito bemmmmmmmmm....com voz de debochada para mim que estava nua no banho. Ela de porta aberta entre o banheiro e meu quarto diz......terminando desce para tomar sua vitamina ....já sabe.....sua mãe mandou cuidar de você Amandinha,....tento gesticular para ela por favor mas ela me olha com cara cínica....vamos menina...toma banho direitinha......uma coisa que não falei...eu ficava mais de bundinha na direção da porta pois estava depilada e me dava uma enorme vergonha mesmo na frente da Dora, imagina minhas amigas sabendo?

Minhas amigas lá rindo sem Dora falar nada mas sem também barrar....minhas amigas todas.....as 3 entram no banheiro e rindo falam.....Ai heim Mandinha, toma o banhozinho direitinha que depois tem vitamininha...e riam....nossa parecia tudo combinado...eu nua no banho e Dora, e minhas amigas lá me vendo nua no banho, minha cara ficou totalmente vermelha e elas notaram.......eu sempre de bundinha em direção a todas...e Dora....vamos Amanda, toma banho direito vai...e sem ela dosar os atos de crueldade vem até mim e passa a me dar banho..ela pega o sabonete liquido e a esponjinha de náilon....e começa a me ensaboar....passa na bundinha e eu me debato para ela parar e desesperada pelo constrangimento........para com isso Dora...para....para!!!!!!!.....e ela.....me vira quando Aninha grita.......gente.....ela ta depilada...ela fala com a mão na boa e outro esticada apontando....nunca vou esquecer aquela cara apontando o dedo na direção da minha bucetinha lisinha.........nossa Dora séria me dando banho como se fosse uma baba eficiente e elas 3 rindo de mais e eu tentando esconder com minha mão esquerda a bucetinha e rindo de vergonha para elas....meu riso era de desespero.......nossa queria morrer, sabia que não tinha como explicar aqui, o que acontecia para elas...sabia que elas em pouco tempo contariam para as pessoas amigas nossas e que isso poderia se espalhar no condomínio..que é o maior de Sampa...com varias casas bonitas pois é Alphaville......e minha moral agora começava a desabar agora fora da minha casa........eu tremia toda. Tive que sair do banho com Dora me enxugando e elas no quarto rindo de mim.....Dora me deu calcinha e shortinho e regata que vesti e sai do banheiro sem conseguir encarar as meninas.....elas passaram a saber que Dora estava como baba para uma menina de 19 anos.

Ela falou...estou esperando você na cozinha para te dar sua vitamininha....não demora.........tentei argumentar com minhas amigas que era coisa da minha mãe e que Dora, era boa pessoa coisas assim....que se preocupava em exagero por mim.....que eu era como filha para ela...mas adiantou?......elas sá riam e falavam coisas.....A Mandinha é um bebezinho...e riam da minha cara de constrangida.......nisso para piorar..a Dora, grita......Amanda, vem logo...e elas dando corda....vamos lá .....a bebezinha vai tomar a vitamininha.

Na cozinha todas rindo de mim e eu sentada tomando em um copo de bichinho a vitamina morta de vergonha......ela colocou até espinafre na vitamina eu com cara de nojo e ela berrou...sim...na frente das minhas amigas berrou....toma tudo mocinha.....e quase vomitando tomei...e elas as amigas rindo falando...olha a carinha dela...e riam todas.

Depois foram embora e eu sabia...minha moral estava no chão, me viram ser tratada como criancinha e me viram nua no banho, depilada, viram a Dora chegar a me da banho, tomar vitamininha e levar bronca...nossa que vergonha.....foi a mesma vergonha de estar nua levando palmadas quando a Tulia viu ou quando fui depilada pelas duas.......sá que agora eram minhas amigas também participando e rindo de mim mesmo não sabendo toda a histária.....a Dora falava rindo se elas acreditavam não sei...mas falava....quando tomei a vitamina ....se não tomar tudo leva palmadas...nossa as meninas deliravam pois nunca tinham visto algo como isso...uma moça linda de 19 anos ser tratada como bebezinha de 5.

Sozinhas eu e Dora, eu chorava implorando e falando o por que disso?...que elas contariam para as outras amigas nossa....que todo mundo poderia saber....e eu chorava...ela em pé fria apenas me olhou e disse.....com cara cínica.....Sua putinha, você nasceu para ser isso, submissa.....e sei que esta adorando...mesmo com medo da sua imagem.....e vergonha e tímida que é......mas é isso que você é....uma putinha que deve ser humilhada por todos e sei que esta gostando....eu de cabeça baixa não falei nada, não queria concordar.....ela falou....vem.....vem lamber a buceta que você gosta....calada fui até o sofá e lambi ela....tive ádio de mim...pois fiz sem reclamar e fiz submissa mesmo....eu não queria aceitar ser assim...eu odiava isso....tinha medo do que achariam de mim...e tudo mais...mas como sempre fui uma menina tímida e tontinha mesmo podendo ser segura de mim pela condição financeira e de ser uma moça linda...eu era tímida.....e insegura...por isso acabei aceitando pelo medo das fotos a ser isso que ela falava.

No começo da noite a Dora, não parava de me humilhar, meu telefone de casa e celular tocavam muito...uns 5 tel. em casa e uns 7 no celular...e a Dora, me proibiu de atender...eram minhas amigas e até amigos....e Dora, falava para mim em detalhes que todos riam ou seguravam os risos.....que queriam falar comigo...e Dora, falava que eu estava estudando tipo uma mãe que fala para uma menina de 8 anos que não pode atender a coleguinha.....ou que eu estava dormindo (isso foi a partir da 9:00)......mas era para me desmoralizar mais tipo..a bebezinha dorme cedo......e eu lá sem poder fazer nada sá imaginando o que minhas amigas e amigos agora estariam pensando de mim ou falando uns com os outros pessoalmente ou ao telefone sobre a minha pessoa.....sem saber imagina toda a sena deles rindo e elas em detalhes....será que elas falaram que estava depilada?..que Dora me deu banho?...até onde elas poderiam ter falado....ou até onde poderiam exagerar?

Nessa noite Dora mandou eu deitar na minha cama nua....e ficar quietinha lá.......e minha cabeça dando volta nos pensamentos dos meus amigos....quando chega a Tulia...ela contou tudo e Tulia, veio debochando de mim as duas uma de cada lado da cama de casal do meu quarto e eu la peladinha deitada.......quando a Dora diz...vamos fazer a cadelinha gozar....eu me desesperei......ela me bateu e disse....fica calada........Tulia trouxe um penis de borracha preto e outro todo roxo ...elas colocavam na minha boca e eu sem querer engolir quando Dora me bate na cara e fala....que foi piranha já chupou o dos moleques do meu bairro e do senhor Benetido.....( o homem de 66 anos negro e velho e feio)......eu abri a boca...e Tulia na minha bucetinha enfiando o penis roxo....tentei me controlar...mas depois de 19 minutos eu mesmo não querendo...comecei a gemer...e acabei gozando.....Dora com o outro na minha boca eu estava que era sá baba...e elas apertando meus biquinhos com muita dor gozei quase gritando.....depois do silencio cai em mim....e elas .....mas que putinha heim Tulia........bota putinha nisso Dora.....e eu lá toda exposta........ela falou....hummm....vamos agora desvirginar esse cuzinhuo.......tentei sair correndo de medo....e suplicando que não....elas rindo e mais fortes do que eu..me colocavam de barriga para baixo.......e um travesseiro na minha barriga o que me fez fica toda de bundinha aberta.......Dora, pegou um creme e passou no meu cuzinho...e Tulia fui enfiando...e eu gemendo de dor falando...nãoooo...nãooooo....aiii....ta doendo....ta doendo....para...para.....por favor nãoooooooo.....mas foi entrando...senti minhas preguinhas abrindo....a dor era terrível......me debatia....um na boca e outro no meu cuzinho...e a raiva foi..que acabei gozando como nunca tinha gozado....pois tinha pouca experiência em matéria de sexo ainda mais na bundinha......mas gozei....fiquei suada e novamente bababda pelo penis de plástico na boca...quando Tulia tirou o do meu cuzinho ele e ficou aberto e as duas rindo...falando besteiras tipo......nossa tão novinha e arrombadinha......e eu colada com a cara no travesseiro. .........depois Tulia foi embora e eu fui dormir nua mesmo no quarto da empregada.......cai exausta e dormi na hora com dores no cuzinho........um pouco antes pensei.....o que pode acontecer ainda?...onde isso irá parar?....e minhas amigas?....o que elas devem estar pensando depois de hoje a tarde.?.....e a Tulia?,....e se ela contar para mais pessoas.?......e a Dora?.......pensei.....nunca chupei uma buceta e agora faço isso...que nojo...e pensava e chorava em cada detalhes das vergonhas, vexames e humilhações que vivia a partir dessas semanas......pensei em tudo...e pensei claro.....eu gozei...eu gozei...mas por que?......eu não queria...por que gozei?....eu estava confusa..........acabei me tocando e estava molhada........e não entendia......e me toquei...me masturbei antes de dormir...e gozei novamente.....e me vi submissa.....confusa dormir sem pensar em mais nada...acho que não queria pensar pois ficaria louca...mas eu sabia......algo estava me mudando, mesmo que eu não quisesse isso....ter no quarto dela agora me masturbado depois de tudo que aconteceu nesse dia e o que aconteceu nos outros dias .....algo estava errado comigo, mas eu não entendia........pensei antes de dormir......por que acabei de me masturbar aqui sozinha depois disso tudo que me aflige?

Bom fico por aqui.....mas irei narrar depois com calma quando tudo caiu de vez e sofri a maior de todas as humilhações.......mas fica para depois.....(continua)

Se alguém quiser me apoiar nesse meu drama tenho um email que criei para não expor o meu email de verdade com meu [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavacontos dentistas safadacontos eróticos comendo a vizinha atouaincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largoComtos casadas fodidas pelo filho novinho do vizinhocontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumescontos de caralho nas mamascontos dando pra um sessentãocojtos erotigos com fotos apimentantes isso me deica chupar sua buceta e rebola na minha caraConto comi esposa do meu irmao e gozei dentroMinha prima viu-me a mastucontos gay praiaContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu Amigocontos masturbcontos eroticos homens que usam calcinhacontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaicontos de negão advogado comendo loira clientecontoseroticosfuicornoconto erotico mendiga cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesempre fui safadinha contos contos eroticos Sofrendo com o pauzaoporno mulhres usano chortes Cavadãoconto erotico meu cunhado viajou maninha pediu pra eu ficar com eladeu o boyzinho da minha sala contos eróticosmulher casada e evangelica dando o cu,contos sexcontos eroticos de marido melher cunhadinha e a primacontos eeroticos peguei minha sogra no flagraO que e aclauzaengravidou a minha namorada contos eróticoscomo se comportar na primeira transa com colega de trabalho conto de sexo com rabuda asquerosofudendo a filha da empregada contos eróticoscontos eroticos namorada primocoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçahetero batendo punheta conto gayler contos de gay sendo estrupadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteHistoria dw cunhada gostosacontos eroticos com meninas novinhascontos eroticos pai mae e uconto minha tia fica pelada na minha frenteCorno viadinho conto eroticopadastru safadu enrabaducontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbconto gay sendo estupradocontos eroticos carro lotadocontos punheta com a maeempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetaConto de incesto.maninha inocenteContos a mendiga da buceta largaputinha desde novinha contos eroticosesposa bebada tomando sol com sogromenino pau grande me arrombou o cu contoscontos eroticos esposa em uma orgiadiretor me comeu contoscontos eroticos casada comida no assaltousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemarido corno/contosconto de sexo com sogra na praia de nudismopadastro vio a enteada de bebidou e pateu uma poeta xvidiocontos bem quente de casada e sua intida lesbicavoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos/pauzudos casadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos comendo cuzinho da gordinhaconto garoto esperimentei dar cucontos eroticos Sofrendo com o pauzaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos esposas bundudascontos eróticos com mulher pedindo praprimeira vez que comi meu amigocontos dormi de fio dental e me ferreicontos eróticos namorada virgemViolentei a deficiente contos eroticosaprovando a tia na rola i goza na bucetinhaamiga foi tomsr um cafezinho na cozinha peguei pir tras e comi o rabo dela gratuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesposa gemendo tentando escappar da geba no cucontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra ele