Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA MÃE NA COZINHA

este fato aconteceu a pouco tempo comigo eu estava em casa num belo sabado quando minha mãe me pediu para ajudala na cozinha ela estava preparando um doce para o meu pai entao me encamiei para cozinha ao chegar la não pode deixar de perceber que a minha mae estava muito bonita ela uma coroa 37anos corpo escultural peitos pequenos com bicos grandes e pontudos uma bunda redondinha uma loucura eu parei diante dela e fiquei adimirandoa ela vestia um vestido cinza bem curto e decotado então logo ela me pediu para apanhar alguns ingredientes para doce eu logo atendi mas não parava de pensar nela peladinha na minha frente.. passado algumtempo que ja estavamos ali a preparar o doce eu ainda continuava de pau duro...foi quando ela esbarrou na vasilia onde estava preparando o doce e a vasilia se virou em cima da minha bermuda em cima do meu pau...ela sem maldade nenhuma se abaxou para apanhar um pano para me limpar foi ai que podi ver pelo decote dela aqueles peitos maravilhoso meu pau ate latejava de tanto desejo. entao ela se levantou com pano e começou a me limpar foi quando ela passou o pano por cima da bermuda e sentiu meu pau meus 25cm ela ficou meio paralisada ao sentir aquele monstro na sua mao então ela teve uma reaça que nunca esperaria dela pois sempre fui uma mae muito conservadora ela agarrou meu pau e disse nossa como o meu filhinho esta crescidinho e foi logo descendo minha bermuda dizendo eu nunca vi nada tao grande assim quero ele para mim vc me da eu fui logo pegandoela pelos cabelos enfiando meu pau na sua boca ela o chupava todo e disia vc ja mamou na mamae agora minha vez de tomar o seu leite entao ela passou amao no doce que estava caido no chao e espalhou no pau e chupoou ate eu gosar na sua boca apos eu gosareu pegei ela pela cintura e assentei na pia desci alça da sua blusa e comecei a chupar os seus peitos ela secontorcia toda foi quando ela disse que deviamos parar por o meu pai ja devia estar chegando para almoçar e disse que nao queria comer abuceta dela ela disse depois eu nao a respeitei desci ela da pia coloqei ela debruçada na mesa da cozinha ela se debatia pedindo para pararfoi quando eu levantei o seu vestido e vi a quela bunda moreninha com uma calçinha enfiada no rego obs aquele volume da sua buceta entao arranquei asua calcinha ela deu grito forte disendo nao ela tentava sair da quela posiçao foi entao que assegure pela cintura com bastante fimesa abre suas pernas e comecei a enfiar ela gemia disia que nao estava aguentando meu cacetee entao eu comecei a dar umas bombadasmais forte ela gemia sem para foi quando eu assutei ela ja tinha engolido o meu pau todo entao ela se entre gou epedia para eu bombar bem rapido ela rebolava gemia foi qua ndo eu disse que iria gosar ela se virou rapidamente gosei na sua boca ela engoliu tudo entao nos vestimos a roupa a jeitamos acoszinha e logo enseguida aquela trepada meu pai chegou...mas pensa que a acabou apos o almoco meu pai sempre dorme a tarde toda apos ele adormece minha mae foi tomar um banho mas deixou a porta aberta eu nao pudi resistir entao eu entrei no banheio e tranquei a porta sem que la percebece tirei minha roupa e abri o boxe do chuveiro e disse a ela que queri mais entao entre no chuveiro comecei alisa todo seu corpo apos algums minutos de trocas de caricias eu alevantei e fui enfiando meu pau na sua buceta ela estava toda em sabuad foi quando soltei corpo da minha mae ela engoliou todos os meus 25cm de uma vez ela deu grito de dor pense que acordaria meu pai entao ficamos ali parado esperando algum movinento passado alunguns segundos nenhum movimento na casa foi notado ela começou a cavalgar no meu pau eu disse queri comer a sua bunda ela disse que nunca tinha dado a bunda nem mesmo para meu pai eu ensiti entao coloqei ela de 4 passei um creme de cabelo no meu pau ela busei a entrada do seu cu e comecei a enfiar a minha pica ela gemia se contorcia comecei abonbar cada ves mais forte ate ela egolir todo meu pau quando estava preste a gosar ela disse que qeria sentir minha porra na sua buceta ela disse para eu sentar no vaso sanitario apos eu sentar ela vei por cima engolindo todo meu pau ela pulava feito uma louca em poucos minutos ela começou atremer ficar bamba de tanto praser entao eu deite ela no chao estava preste a gosar eli dei algumas bombadas bem forte egosei como nunca avia gosado.... apos tarde de sexo todos os dias que ficamos sozinhos ou durante as sonecas do meu pai damos maravilhosas trepadas....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos transei na chantagemContoseroticoscavaloconto casada é fudida no assalto e gosae dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticoscontos/ morena com rabo fogosocontos eróticos sogra pega mulher metendo na camaContos sobre beijos e podolatriaContos casada boquete em pintor enormeContos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzudacontos eroticos policialconto erotico gay no nordesteconto erotico com ajuda da minha virei cadela do meu cachorrovídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexocontos eroticos com mastim napolitano gozando em meninadividi minha mulher com outro comto eroticocomtos eroticos meu marido adora qe eu enfio o dedo no cu deleo maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que deliriorola na madrinha/contotia gritando "me come sobrinho"conto irma casadacontos incesto troca de filhasConto porno com pai e filha nome alana part 3loira resebi anal depois de treinamentoMinha madrinha ela mora sozinha com sua filha eu vou sempre na casa da minha madrinha fuder ela eu fui na sua casa ela tava sozinha eu fui com ela pro seu quarto eu tava fundendo ela sua filha chegou sem fazer barulho ela entrou no quarto ela viu eu fundendo minha madrinha ela disse pra minha madrinha que ela queria perder sua virgindade da sua buceta minha madrinha disse pra ela tirar sua roupa pra ela deitar na cama eu chupei sua buceta virgem raspadinha minha madrinha disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau minha madrinha disse pra ela abri bem suas pernas minha madrinha disse pra eu meter meu pau bem devagar na buceta virgem dela conto eroticopatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticoscontos porno bunduda sograna davela os homens nao tem frescura conto eroticovelhas peladas passando margarina no cu e na busetas inteiragay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosoesfregando no maleiro pornodoidoler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos de velhos taradoscontos eróticos mulheres vadiasconto erotico viado velho humilhado por macho dominadorO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeicontos anal no acampamentocontossexo minha mulher negro pausudorola na madrinha/contoamigo hetero contoZoofilia contos menininha chega do colégio animaiscontos o avô do meu marido me arromboucontos de crentisinha cusudacontos comendo a bucetinha da titiacontos com amiga baixinha e gordinhacontos e relatos real de peitudasSexo contos visinhos virgindadevelhas dos peitos mucho da o cu até goza e se mijandoconto casada é fudida no assalto e gosaconto erotico de leke fudendo carenteporno com amiga loira baixinha encorpadinhacontos titia mando eu arromba seu cu gordobotando caralho no cu do bebadocontos gay transformado em putacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos excitado por minha filhaContos eroticos sobre irma fazendo faxinaContos eróticos teens troca trocacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos papai me fodeuporno doido mamadas terminando na bocscontos comendo o cu da namoradao carteiro me pego com roupas femininas gaycontos eroticos arrombando a gordacomi a buceta da enfermeira elaine do posto de saúdecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto erótico com foto titio me rasgouconto gay meu melhor amigo de 37 anoscontos grávida do meu genro"relatos eroticos" massage cunadacontos putinha caralhudo corno chupaporno conto visinha santinha