Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPADA NO CINEMA

CHUPADA NO CINEMA



Sou um profissional liberal, casado com filhos, 45 anos. Sempre tive desejos homossexuais reprimidos, poucas vezes realizados. Atualmente, estes desejos estão a flor da pele. O pensamente de chupar uma pica vem me atormentando constantemente.



Hoje me levantei com este desejo muito forte. Tentava trabalhar, mais sempre via a imagem de uma pica, o desejo de mamar. Levantei-me. Saí. No centro do Rio de Janeiro, onde tenho meu Escritário, há uns cinemas pornôs. Criei coragem ou o desejo era muito forte de conhecer estes ambientes, entrei em um deles.



Era aproximado, 12h30min. Entrei. Escuro total. Encostei-me na parede dos fundos e esperei minha vista se acostumar. Havia poucas pessoas, talvez pelo horário.



Procurei uma poltrona mais ou menos no meio da sala. A fileira estava vazia, sentei-me na terceira poltrona no corretor da parede. Na tela passava cenas de casais hetero. Pouco tempo depois, sentou na poltrona da ponta a minha direita um homem de uns 50 anos. Ele acariciava o pau por cima da calça e me encarava. Nestas alturas o coração batia no rítimo de uma arritmia.



Ele levantou e veio sentar ao meu lado. Vi por cima da calça que ele estava de pau duro. Coloquei meu braço no descanso da poltrona e toquei sua coxa com a ponte do dedo. Ele pegou minha mão e dirigiu para cima do seu mastro. Nesta posição, comecei a apalpar, sentir o tamanho e a regidez. Foi quando ele falou no meu ouvido com voz lasciva – me chupa. A senha estava dada.



Há um bom espaço entre as poltronas. Ajoelhei-me entre suas pernas. Ele abriu as calças e botou o pau para fora. Fiquei maravilhado. Era uma rola de uns 19 cm e bem grossa com a cabeça rosada. Peguei delicadamente com a mão direita e cheirei. Senti o odor gostoso do sexo masculino. Passei a língua na cabecinha e senti o sabor da sua secreção. Passei a beijar todo o seu membro, sentindo o sabor salgado. Ele repete com sua voz lasciva – Me chupa.



Chupei. Mamava naquela rola maravilhosa. Ora botava toda na boca, ou tentava, ora sugava sá a cabeçinha, ora beijava e lambia toda a extensão daquele mastro. Ele gemia baixinho. Acariciava meus cabelos e, vez por outra, tinha espasmo nas pernas, apertando minha cabeça. Ficamos nisto um bom tempo que, para mim, foi apenas fração de segundos pelo prazer que estava sentindo.



De repente senti sua pica pulsar e ficar intumescida, sinal que o gozo se aproxima. Preparei-me para receber o gozo, então....... Então ele deu um gemido alto, acho que todo o cinema escutou, e jorrou um jato forte de porra quente. Quando estava querendo me deliciar, veio outro jato, mais outro e outro. Ele gozou em ondas. Deve ter jorrado uns cinco ou seis jatos. Quando eu tentava engolir, vinha outro jato. O esperma espesso e quente me encheu a boca e vazou pelo queijo. Deliciei-me com o sabor quente e ao mesmo tempo salgado e acre-doce. O licor da fertilidade.



Quando fui lamber sua rola para limpar tudo, ele empurrou minha cabeça delicadamente. Tirou um lenço e se limpou. Sentei ao seu lado ofegante. Ele guardou a pica. Olhou pra mim. Bateu delicadamente na minha coxa, levantou e foi embora. Nenhuma palavra de despedida. Nada.



Ali estava eu. Um profissional liberal bem sucedido, bem casado, sentado num cine pornô, ainda sentindo o odor de uma pica e o sabor de porra na boca. Arrependimento? ....... Nenhum.. Sentia apenas satisfação por um desejo realizado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaoincesto realidade fantasias contotava me masturbando e meu namorado chego e me chupouconto primeira peitinhodei a Bundinha gostosa Contoscontos eroticos eu e minha cunhada pintando o apartamentoconto erotico casada mete com mendingo fedendo a mijoescrava sexual contoscontos de incestos mae puta e filho espertoconto dado para minha familia a xoxotaContos eroticos chantagiei minha irman casadaseio durinho excitaçãoconosco toma a porra de. macho na. bucetaMe chamo jaqeline e dei pra um cavalo no citio casa dos contos historia erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cucontos eroticos praia com a familiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos com noviinhas sexoalmente precosecontos eroticos a madrasta pretacontos de crentisinha cusudaMãe mamando pau do filho contoseroticostravestis tocando siririca na zoofiliaconto erótico de crente novinha que adora dar a b*****Contos eroticos comi meu primo na frente da minha tiaContos eróticos genroContos me enganei era traveco com fotosconto erotico mamando na comadrecontos narcejacontos mijou na minha bocaamiga cusudas da escala ensito o dotadocontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosacontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea minha primeira vez com sexo canino contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteSexo vagina primeiro amor contoMinha namorada deu a bucetacontos eroticos coroa estelagozei gostoso e tive que ir pra casa com a buceta cheia de porra. contos eróticoscontos eroticos paulo e bruna parte 2contos de pura putaria entre pais e fcontos er apaga a luzcontos eróticos com a menininha em tambabaFui fudido pelo velho contos gaywww.contos eroticos policiais.com.brcontos eróticos prima gordinhacontos eroticos timidas coroasorgia entre cdzinhas contos eroticosconto erotico trepei com meu primo engravideiestupro patricinha contoconto minha estagiáriacontos eroticos seios com leiterelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridoscontos eróticos fui flagrado comendo minha sograContoa erotico irmã casadacontos de coroa com novinhoconto erótico dei pro Negrão pauggcontos eroticos de prima chupando sacocontos d mulher dando pra dois e marido vendoContos eroticos calcinha da vizinhacontos comendo a menina no carnavalvou castigar seu cuzinhocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos femininos de casadasconto erotico madre superiora popozudacontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavaloEncoxador contosMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .vídeos pornô Santa Rita taxistacu peidão conto gaycontos eróticos minha mãe pintinhocontos de encoxada em ônibusmullet fudemdo pau gramdecontos sexuais titia e esposoSimone chupando pau de joelhos e levando gozada na bocachamei um roludao pra estrupar minha esposacontos de bdsm privada humanacontos eroticos meu pai me pegou na siriricaconto de corninho