Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ACHEI QUE ERA MENININHA, ERA UM PUTINHA !!

Ola, esse é meu primeiro conto pro aqui, Tenho 30 Anos sou moreno, 1,74, 72 kg labios carnudos, e muitas aventuras. Essa que vou contar aconteceu a alguns meses final de 2009, empresa onde trabalho entrou um guria, vamos chama-la de, luciane ok. Nossa Guria novinha, tem 19 aninhos, no começo trocamos olhares, mais nunca rolou nada, ai andei pesquisando sobre ela, me falavam que ela tinha um namoradinho, tipo da mesma idade, meio drogadinho, ai pensei nossa essa nunca pegou um homem de verdade, sem pudor mais safado ( eu kkk ), num certo dia deixei um bilhetinho com meu fone pra ela, não passou um dia ela mandou msg, ai começamos a trocar msg, ela falava que não tinha coragem de ficar comigo pois ela ouvira falar que eu era muito cachorro, que já era separado e por o irmão dela ser meu amigo, ele contava coisas, claro pra me queimar com medo de eu pegar a novinha da irmã dele. Em um certo dia entrei na Sala dela ela já havia me provocado por msg falando que eu não tinha coragem de da um beijo nela dentro da empresa, fui na sala ela sempre ia de blusinha, com barriguinha de fora nossa, ela tinha um corpinho, cabelos negros ate no ombro, lindinha e uma bundinha empinadinha, quando entrei na sala dela perto da hora do almoço, já deu um friozinho na barriga, mais cheguei chegando, beijando ela começou com graça que tava brincando, que isso aquilo mais depois cedeu, peguei na mão dela fiz ela pegar no meu pau por cima da calça, ela beijava e falava “ maluco, cachorro você é louco ” falei vamos se ver oje, quero você hoje a noite, ela respondeu que sim, mais so para beijarmos etc..etc.....eu concordei e claro. Quando chegou a noite, peguei ela no colégio so que aí fui de moto, ao invés de carro, pra te um propásito de leva-la pra um motel. Quando cheguei la ela falou brava “ Por que a gente veio aqui ? eu falei calma onde a gente ia parar de moto, aqui na minha cidade e pequena num tem muito perigo parar a moto por aí pra da uns pega, mais mesmo assim fui no motel, tava louco eu já havia percebido que ela gostava de provocar, nem fui deixando ela por a bolso do colégio no chão, e fui pra cima beijando, mordendo, pescoço, orelhas e falando ai, você e linda, nossa ela tinha 19 mais parecia 19 tamanha o rostinho de menininha, ela nem resistiu e foi se entregando, fui tirando a roupa com tudo blusinha,calça jeans, quando vi a calcinha branquinha fio dental que ela estava percebi, quem ali num estava uma menininha mais sim uma putinha que já sabia o que iria acontecer desde o momento que saiu de casa, abaixei a calça, quando ela viu meu pau, já desceu e começou a chupar, falando do meu pau, “ ai que grosso, ai você vai por inteirinho “ aff eu não tinha na mão, uma menininha tinha uma putinha, ela chupava olhando aff nem aguentei, puxei ela pra cima comecei a beijar boca descendo, nos peitinhos durinhos ate parecia que ninguém tinha tocado, quando desci na calcinha tirei de lado, nossa a bucetinha mais linda que eu já vi, cheirosinha e toda meladinha de tesão, chupei, lambi, ate o cuzinho, e ela gemia alto, nem coloquei camisinha, e enfiei meu pau, perguntando e falando pra ela num era isso que você queria, num era esse pau, ela apertava e me unhava inteiro, e eu metia sem dá com força, ela segurava meus cabeços falando gostoso, falando aff cara você é gostoso, ai não para, me deixou doido, fiz ela cavalgar, cada vez mais doida, falando mandando eu imaginar se o irmão dela soubesse que eu to comendo a a irmã que eles acham que é santinha, isso me deixava mais doido, quando pus ela de quatro ela falou olha bem esse cuzinho um dia vou da ele pra você, imagina seu pau, aí será que vai caber nossa eu fodia mais forte, e batendo com força na bunda, axo que os muleque que comia ela, nem batia nem sabiam fazer a menina ficou louca, de quatro ela é tudo, quando tava pra gozar apertei ela com força, e puxei ela pra fora da cama, ficando de costa, com as mãos na cama, gritando feito uma louca, quando gozei ela gozou, quase junto a perna dela tremia muito, quase não conseguindo fikar em pé, ela ficou uns 4 minutos quando virou a louca começou a me chupar de novo, falando que adoro que gozem na minha boca, sabia nossa que puta, meu pau começou a ficar duro, ela ficou perguntando “ gostou da minha bucetinha, já comeu uma assim, quero da pra vc todo dia, me come todo dia, come “ aff que pau num iria ficar duro, mais isso conto uma outra vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de sogrocontos eróticos a coroa casada foi estuprada dentro de sua casaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosbuceta babadinha contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos aprendendo o que e uma buçeta com a mamaecontos eroticos mulher casada se evdando pro supervisor contoursao tio roludo conto gayconto gay colominha iniciação gay contoscontos eroticos punhetascontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos perdi meu cabaçoconto erotico as pregas da empregadacontos gay o irmao mais velho do meu amigo me comia diretopatroa de perna abertacontos meu vizinho taradocontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos adoro sentir o gosto do amante delaContos eroticos minha amiga me contoudando/o cabaço pro titio conto exitanteno colo contos eróticoscontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscontos eroticos traindo o marido com pivetestrveco deicha o cu do mrmanjo escorrendo Leite Contos eroticos mulher cazada carente tevi ki da pru vizinho de pika muito grande marido descubriu primos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascontos de cornos asumidosContos de masturbação com objetos no ginecologistam insinuei e fui estrupada e gostei muito contos eroticosdopei meu irmão de oito anos e fode ele incesto gaycontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosmeu cao taradomulher. safada. botado o leite do peito para foradei a bunda para o torcedor contoscontos de coroa com novinhocuzinho de entiada contos veridicotrepando pau sua p*** prepara para o sábadocontos eroticos arrobei o cu da casada q conhecei na netcontos no orfanato gayconto com prima casadacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestivi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticoscontos de coroa com novinhocontos eroticos com mendingoscontos eroticos de travesti bemdotadotrocando as filhas teen p tranzarmulher louca de tesão gozando no peito na boca o dedo na bocacontos de incestos gays.com/meu pai foi meu primeiro macho depois me distribuiu com seus amigos adoreicontos verdadeiro aventura das melheres com mendigos roludosconto erotico chantageado namorada do meu amigoconto as coroa crentecontos massagem na tiacontos eroticos reias de padrastossurra de chinelo contosConto erorico arombei minha amiga novinhaboquete mulher de 48 anos contocontos de putas estradacontos veridico meu marido e eu pencava que era mulher mais tevimos a supresa era uma travesti bem dotadocuzinho da mae contossogra pegou eu no fraga batendo polheta e depois trazamosmeu padrasto me arrombou a força até esfolar minha bucetinhacache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html contos eroticos de incesto veridicocontos eroticos de casadas traindo no trabalhocontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhoconto sou. chupeteiralésbicas casadas liberadas conto eróticoContos eróticos minha mãe velhasrelatos arrombei a amiga da minha irmaporno contos casada comprando mandioca