Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUVEIRO COM PAPAI

OLÁ A TODOS, meu nome é Cláudio hoje estou com 26 anos O QUE venho contar aqui é um fato veridico, que começou quando eu tinha 19 anos.

Meu pais se separaram quando eu estava com essa idade, minha mãe casou-se novamente, e como eu nao me dava bem com o novo padrasto, fui morar com meu pai que desde então era o mais novo solteirão de 30 e poucos anos na praça.

Durante as férias de Julho aproveitei para fazer a mudança pra casa de meu pai Apás a minha chegada a Curitiba cidade que seria o palco de minhas Férias de inverno,meu pai me recebeu na rodoviaria, me deu um forte abraço e nos encaminhamos para seu apartamento.

Chegando lá era tipo uma kitinete com 2 quartos onde um meu pai ja deixou organizado para que eu me acomodasse ali, me apresentou a nova casa o quarto, e sentou-se na sala para ver TV, arrumei minhas coisas e fui conversar um pouco com meu pai.

comecei a conversa perguntando como andava a vida e aquelas coisas, como estava a "nova vida de solteirão" agora que nao prestava mais contas pra minha mãe. e para qual foi minha surpresa meu pai disse que estava mais caseiro do que nunca, que nao saia e nem tinha vontade de arrumar uma namorada, e estava adorando essa nova faze de sua vida, pois tinha se reencontrado.

comentei -Que bom que o senhor está feliz papi. fico feliz tambem. meu pai se levantou e enconstou a sua cadeira mais proxima a minha e me deu um abraço forte, estranhei pois nunca vi meu pai tão afetuoso, retribui tambem o abraço e ficamos assim por uns 2 minutos, eu sentia uma conforto inexplicavel ali abaraçado com papi

Papai interrompeu o abraço e puxou uma conversa meio fiada: - E ai filhão você cresceu ein ta fazendo sucesso com as garotas la de sua cidade.

- Respondi meio ironicamente que não que eu estava "SUSSEGADO" e curtindo essa nova faze de minha vida porem feliz.

Meu pai sorriu e disse olha sá tal pai tal filho ein, mesmo longe temos as mesmas açoes, que sintonia, vai ser átimo essas Férias contigo aqui, pq vamos ficar bem proximos filho!

segui-se outro abraço demorado e meu pai beijou-me o rosto, embora eu nunca tinha ficado com outro homen antes, nenhuma experiencia anterior eu senti algo que mecheu comigo naquela demonstração de afeto exacerbado, eu sei que nao era ruim, era mito bom, pois eu me sentia seguro de estar ali com meu pai, estava bem a vontade.

ja era o começo da noite e meu pai comentou que tal tomarmos banho e sairmos pra jantar? eu respondi:- Poxa papi eu to cansadão, nao querendo desfazer, mas podemos pedir aqui mesmo?

ele mais que depresa- Claro eu tambem prefiro, olha sá mais alguma coisa em comun que descubro que tenho com meu filho

- Bom vou tomar um banho filhão qualquer coisa estou la no chuveiro

5 minutos se passaram e eu estava intrigado pelo afeto do meu pa resolvi ir ao quarto aprontar minhas coisas do banho pra eu entrar quando ele termina-se

como o banheiro era colado ao quarto vi que papi tomava banho de porta aberta ele me viu passar ao corredor, eu comentei que entraria assim que ele saisse..

ele retrucou- A que isso Cláudinho, vem aqui meu sem essa, sou seu pai a casa é sua e lembra-se quando você era mais pequeno e tomavamos banho juntos?

-Puxa havia me esquecido de como era bom qdo eu era pivete tomar banho com meu pai, brincavamos de tudo ao chuveiro, nas ultimos dias que ainda fazia iso recordei-me que ocorreu algo inusitado, mas nao passou daquilo

ele me ensaboou e eu criança queria retribui-lo ele deixou eu passei sabonete bem no pirú dele que ficou duro, como eu nao sabia ele me explicou mais ou menos, e pediu pra nao comentar aquilo com ninguem..

Fui ate a porta do banheiro e falei a ele:

- Papi sabe que eu acabo de recordar? ele disse: - Não

o dia que eu devia ter uns 8, 9 anos e passei sabão no seu pinto la em casa e ele ficou esquisito e duro e eu nao sabia o que era aquilo.

.. um breve silencio tomou conta do ambiente e foi quebrado por uma gargalhada de meu pai.

puxaaa hahahahahaah. como voce ainda se lembra daquilo? achei que tivesse esquecido por ser pequeno ainda

- que nada respondi a ele . me lembro muito bem

-você não contou a ninguem né?( disse ele)

- claro que nao né PAi

eu ali na porta conversando isso com meu pai, meio sem querer olhei para seu pau ele nao estava virado pra min e lavava o rosto aproveitei para analisar peça e aquele momento comecei a admirar, me deu um estalo, mas eu estava bem ali, sentia que queria ficar olhando, nao tinha culpa nem remorso fiquei tanto tempo ali perdido que quando dei por min meu pai viu que eu estava olhando

o silencio tomou conta novamente.

ele saiu de baixo do chuveiro e disse pode entrar filho entra comigo, aproveita o chuveiro aberto, arranquei a bermuda a cueca e passei na frente dele vi que ele olhou meu pau tambem e como que dando o troco permaneceu olhando um bom tempo.

Havia um banquinho sob o chuveiro eu perguntei se poderia sentar ali, ele respondeu que sim, virei-me e sentei de costas a ele com bom a coluna bem ereta meu gluteo meio que empinava no banquinho, deixei a agua quente cair em meus ombros.

- Tá relaxando ai perguntou meu pai .

- Respondi que sim que o chuveiro era bem forte que estava uma delicia

Não sei porque mas eu estava me sentindo uma putinha aquele momento, falava até de voz suave, meu pai percebeu

De repente sinto umas mãos sobre meus ombros era meu pai dizendo:

-Deixa eu te mostrar uma tecnica de massagem no pescoço

, eu nao disse nada, no começo assustei, mas depois vi que ele estava tambem a vontade e queria se aproximar

ele ensaboava meu ombro e minha nuca fazendo uma massagem forte com os dedos no trapézio

-Que saudade de dar banho no meu filhao

Eu estava me sentindo tão Tesudo e gostoso que acabei soltando uma frase que mexeu com ele, ainda mais no tom meio macio da voz:

-POxa papi que delicia, eu que estava com saudade do meu papi

PAi- é mesmo filho! que bom

EU- é sim papi eu me sinto tão confortavel aqui que me recordo quando era garotinho e o senhor me sentava no seu colo pra brincar comigo no chuveiro

Pai- levanta um pouco filho deixa eu ensaboar seu corpo comonos velhos tempos

eu me levantei e meu pai começou a banha-me como se eu fosse um garotinho

quando ele foi lavar minha bunda eu apoei na parede e abri pra ele passar melhor os dedos ensaboados, ele lavou ali fazendo um carinho bem especial no meu cú, nao era igaul ele lavava quando eu era criança.

comentei isso com ele e emendei que estava gostando de estar ali

ele disse: é filho quando a gente cresce precisa lavar o pipi e o popo com mais carinho, nisso ele me virou e começou a lava meu pau.

fiquei meio encabulado, meio sem jeito de olhar pra ele

meu pau começou a ficar duro, ele percebeu minha vergonha

pra me deixar mais avontade ele me deu o sabonete e disse tá lava o meu tambem, eu meio sem jeito mal mirei o pau dele e tive uma surpresa estava durassoo ele viu meu ar de animaçao!

- Que foi filho?

EU: -nossa PAi que pauzão que você tem

ele sentou-se na banqueta e eu continuei a lavar o seu membro, que era maravilhoso, duro veiudo com a pele puxada pra trás e a cabeça bem grande e rosa inchada, eu admirava e lavava o pau dele ele recebia a agua do chuveiro e e relaxava bem gostoso

me ajoelhei e cheguei com a boca bem perto do seu pau, vi que ele estava com a cabeça reclinada pra tráz, nao ia perceber se eu colocasse a boca ali, afinal estav tudo molhado mesmo, aproveitei e abocanhei o pau de papi, meio sem jeito, o que eu havia esquecido é que ele perceberia o calor de minha boca e olhou na hora

- Nussa, senti um calorzinho gostozo filho... a voce esta chupando seu papai é safadinho

eu sorri com o pau na boca e continuei

pra minha surpresa ele disse senta aqui pro papi fazer igual voce fez em min

eu sentei ele pegou meu pau abocanhou bem devagar, aquilo eu ia ao delirio, de vez em qdo ele me olhava de canto de olhar bem safado pra ver se eu estava gostando

- soltei um : AI PAPAIIIIIIII EU TE AMOOOO!

ele começou a mamar tão gostoso que meu corpo tremia inteiro bem devagar e rodava a lingua na cabeça do meu pau, estava me dando uma aula de como chupar um pau

que tezao papiiiiii aa nao aguentei e gozei

papi continuou com a boca no meu penis mamando toda seiva que eu havia gozado,.. eu estava adorando aquilo, era tudo que eu queria minha vida inteiro, sonho de garotinho reprimido.

meu pai tirou meu pau da boca eu disse agora senta la voce chupei chupei, meu pai gemia dizia que me amava me beijava na boca, nao sabia o que eu estava fazendo, peguei um poco de sabonete lambuzei meu cú e encaixei aquele tronco imenso e macio de papi na portinha do meu cú doia, mas eu ficava rebolando, sá com a cabecinha dentro do meu cu e meu pai a me falar safadezas

meu filhinho, meu amor., nunca eu ia imaginar, eu te amo meu filho,

- respondi tambem te amo papai

tirei o meio pau dele do meu cú e disse bem baixinho no seu ouvido:- eu mamei na mamaão agora vou mamar em voce papi quero leite do pau do meu pai bem gostoso chupei e engoli ate a ultima gota de sua poraa

, que delicia,

Esse foi o começo de minhas melhores ferias

que contarei mais em outra parte

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


m insinuei e fui estrupada e gostei muito contos eroticosconto erotico defia um diero comi ela pornoConto erotico meu cachorro taradocontos eroticos com transsexo contos deposito de porraContos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amantec.erotico filho gay mae putaporno minha vizinha safada mim chama para segurar a escada para elahestoria erotica do meu marido e c corminhocontos passando pomado no cu da mamaesobrinha de 9 contosminha namorada apertando meu pau com a sua bucetaconto erotico incesto sonifero filhacontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotosbucetinha esposa ccbconto de não aguentei a pica grande no meu cuchupando buceta com gosto como se beijase uma bocaencoxada no onibus conto eroticogozando pelo cu contos eróticosContos eroticos cumeu irma e primaxvedio nerga da cu pertaconto sexo coroa ricaço esposaContoseroticoscomsogrominha mulher enrabada na boatecontos bundão arrebitadocrossdressing miudinhacontos meu tio pauzudo fodeu minha mulher e filhamilia fudedotransei com meu melhor amigo contos me chamo saraconto minha tia minha safadacontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbcontos eroticos de casadas d rio grande do norteescrava contos eroticoscontos eróticos punheta da primaexperimentando a bundinha da garotinha conto gratiscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto gay coroa buchudocontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteColocou dentro contos eroticosninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocaminha mae é puta dos meus amigos contosConto porno de meu avo me comeu e papai viucontos: sentei no colo do velhocotos heroticos gay me comeu no rioconto erótico maltrato minha mãeMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtoscontos erotico pirocaoContos de estupro homens 100 quiloscontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhasconto erotico piveteconto erotico sobrinha inocentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteme apaixonei pelo um bandido conto heroticotravestis comeu o cu virgem da evangelica,contos eroticoscontos eroticos dez anoshistorias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandolesbica humilhada contos eróticosconto meti um chifre no meu maridosporno zofilia peitinho inchado sozinhasesposa bebada contos eroticoscontos porno chupando cona cheia de porracontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frentecontos eroticos incerto dotado comeu cu da propria mae e irma juntaspadastro vio a enteada de bebidou e pateu uma poeta xvidiominha sogra falou que tem dificuldade para gozargravidas fudendo com picudos/contos e fotoscontos eroticos coroas negrascontos de coroa com novinhoporno com tio acorda subrimha pra fufet com eleFábio chupou o pau de Sáviocontos de gay passivo dando pro machocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto veridico gozada dentro xoxota recifewww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idadecontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo masconto garoto esperimentei dar cuempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoContos eroticos da mamae ensinando filho a namorarhomen dotado arronba cu rapaz de programa