Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU EX OFICE BOY

Quando o Marcio veio trabalhar comigo ele tinha 19 anos, eu 30, ele era magrelinho, feinho, mas tinha algo a mais que eu não sabia o que era, me atraia, ele sempre foi hétero, tinha namorada e tudo. 19 anos se passaram, ele continuou trabalhando comigo, sempre muito práximo, ele se tornou um grande homem, honesto trabalhador, casou teve filhos, tem uma bunda linda, um corpo durinho, delicioso, o meu sentimento não sei explicar, um misto de pai, irmão, tesão, amizade. Ele teve alguns casos com mulheres fora do casamento, e sempre me contou, e eu sempre me imaginando no lugar delas. Fantasiei muitas coisas com ele, mas nunca nada aconteceu, nem nunca tinha visto seu pinto, sá uma vez de relance.

Há um mês fomos fazer um treinamento em outra cidade, tivemos que dormir nesta cidade, por uma trapalhada da nossa secretária ela reservou somente um quarto, portanto ficamos juntos, fantasiei coisas, mas não acreditava que aconteceria.

Depois do primeiro dia de treinamento fomos tomar umas cervejas, ele exagerou um pouco, fomos para o hotel e eu sugeri para que ele tomasse banho antes, pois estava mal, ele quase caiu no banheiro e me chamou para ajudá-lo, ajudei ele a se despir, meu pau ficou duro na hora em que ajudei ele a tirar a calça, aquele cara que eu desejava há anos aí na minha frente sá de cueca, olhei bem a sua mala e fiquei doido, não fiquei até ele tirar a cueca, achei que não aguentaria e atacaria, saí do banheiro dizendo que não queria ver homem pelado, afinal eu me mostrava ser macho, ele tomou banho sem cair. Quando ele saiu do banheiro quase tive um treco, aquela gostosura de homem sá de cueca na minha frente, meio molhado ainda, pois não estava em condições de se enxugar, uma cueca branca pequena fiquei de pau duro de novo, pensei: será que é hoje? Entrei no banheiro fui tomar banho, tremendo de tesão, demorei bastante, esperando ele pegar no sono, mas não me punhetei.

Ao sair do banheiro tive uma das visões mais lindas da minha vida, ele dormia de bruços, com uma perna dobrada deixando aquela bunda há muito desejada virada para o meu lado, a cueca branca menor que a marca as sunga, aqueles pelinhos escuros na pela branquinha, coxas grossas peludas, achei que meu pinto ia arrebentar a cueca, me aproximei e fiquei olhando, completamente apaixonado. Toquei no braço dele para ter certeza que ele estava dormindo, mexi forte com ele, se acordasse teria o pretexto de que era para ele se deitar por baixo da colcha, nada, ele nem se movimentou, era minha hora.

Deitei ao lado dele encoxando-o, comecei a passar a mão de leve na bunda dele, estremeci, fui passando a mão por dentro da cueca acariciando sua bunda, tirei meu pau prá fora e encostei na bunda dele, fiquei esfregando por cima da cueca, alisava seu peito, sua barriga, tentei pegar seu pinto mas pela posição que ele estava não dava, fiquei sarrando ele uns 19 minutos, me controlando para não gozar, aí comecei a beijar a bunda dele, sempre com cuidado para ele não acordar, apalpava, cheirava, beijava, satisfiz todos os meus desejos, sá não tentei meter por medo de ele acordar, voltei a encoxar e me esfregar nele, queria que aquilo não terminasse nunca, mas o melhor ainda estava por vir, quando percebi que não aguentava mais gozei na coxa dele, esfreguei o pau melado por toda a coxa até amolecer, limpei a perna dele com minha cueca e fui ao banheiro me limpar achando que dormiria em seguida.

Quando saí do banheiro tive outra surpresa, melhor ainda, ele tinha se virado, estava de barriga para cima, de pau mole, mas uma visão deliciosa, aquele homem que eu sempre desejei estava aí na minha frente, sá de cueca, bêbado, dormindo profundamente. Novamente usei a tática de tocar o braço, nada, continuava dormindo profundamente, comecei a alisar o pinto dele por cima da cueca, a barriga os mamilos o saco, o peito, baixei um pouco a cueca e vi o seu pau, lindo branquinho com a cabeça encoberta pela fimose, maravilhoso, comecei a punhetar de leve mesmo mole, não é que o danado começou a dar sinal de vida, parei com medo de ele estar acordado, vi que a respiração continuava pesada, comecei a beijar de leve, coloquei a boca e começou a endurecer, fiquei com medo, mas ele continuava ferrado no sono, comecei a chupar prá valer, que delícia, mesmo duro a cabeça continuava encoberta, era lindo meio torto uns 19 cm, baixei mais um pouco sua cueca, lambi o saco, grande, mole, peludo, voltei a chupar o pinto, fiquei uns 19 minutos chupando, lambendo, alisando o seu saco, cheirava seus pentelhos, seu saco, satisfiz todos os meus desejos, sempre de leve e com muito carinho, com medo de ele acordar, a certa altura percebi o seu líquido pré gozo, fiquei louco, lambi tudo, continuei chupando até que veio um jato morno na minha boca, ele gozou abundantemente, fiquei brincando com a porra e seu pinto, sem engolir. Quando começou a amolecer limpei o pinto com a minha outra cueca, que guardo até hoje com o cheiro da porra dele, coloquei sua cueca e fui para minha cama dormir.

No dia seguinte ele me disse que a última coisa que lembrava era de estar na mesa do bar, disse que teve um sonho erático sonhou que tinha comido nossa secretária e que achava que tinha gozado, mas acordou seco, fingi que não sabia de nada.

Depois disso nossa amizade continua a mesma, ele jamais suspeita o que aconteceu.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contossou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticoslevou a esposa inocente pro swing. na casa de um. amigo. contocontos eroticos dominada por mulequinhoscontos eroticos vizinha chamou pra tomar banho com elacontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos eroticos com cavalo zoofiliacontos sadomasoquista vendida pelo maridovídeo de homem moreno escuro dando o cu maguinho da bundona com o nome de PedroCorno viadinho conto eroticocontos eroticos troca de casais entre cunhadoscontos meu pai mi deu de presente pro negao picudo mi foder todaSou casada a muito tempo e amo muito mesmo meu marido mais acabei traindo edesce com a x*** no paumarido chupa seios quando está nervosocontos eróticos e fetiches paguei boquete no meu irmãomarido corno/contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemassagem video contos punhetatrepei com a virgemcdzinha enrabada pir coroas contoscontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocandoamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elecontos gay o irmao mais velho do meu amigo me comia diretoconto minha tia timoda no banho historias porno reais de chantagem com sograsfui passear nas férias e trai meu corninhocomendo a tia que esta olhando pela janelacontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavaloscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadatitio e sobrinha contosquadrinhos pornos de patrao dominadorcasa do conto pagando pra fazer sexo com a cunhadacontos vi pau enorme cheio de veiascontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendapatricinha ciumenta contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos comeu o cu virgem day minhamulher contos eroticos enrabada pelo professor de academiatreinando para ser puta contos eroticosContos eróticos entre parentescontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhaconto erotico com padrastocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto as coroa crentetravesti novinha de 15 aninhos contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteacampamento com as aluninhas – parte 2 conto eroticocontos eroticos estrupando idoso no asilocondos erodicos comendo a mae no metrocontos eróticos minha mãe deixou que meu padrasto cuidasse de mimas mulher freira depilando o priquito no conventohistoria dos k fizeram zoofila pela primeira vezconto gay carona rebolei calcinhaconto erotico namoradinhos de infanciacontos intimo de uma enteadasobrinho do meu marido mais nao queria 3 contos eroticos.Contos eroticos enteadascunhada ariando a calçinha p mimcontos eróticos gay coroa indo morar inteiro Contos porno um gigante quase coube no meu cuzinhoLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eroticos gatinhascontos eróticos fui flagrado comendo minha sograconto erotico seduzindo irmaoconto erotico mamae viu eu comendo o papaicontos sexo meu filho meu homem conto minha cunhada me deu cu e sua tambemzoofilia a chapeuzinho vermelhocontos eroticos travesti ativa camioneiracontos er matagalContos picantes incontrolável desejocontos eróticos, esposa safada, puta dos patrõesEu e meu irmao em uma viagem de feriado eu e ele fomos pro hotel eu e meu irmao na cama do hotel eu chupei o pau do meu irmao ele chupou minha buceta meu irmao fudeu minha buceta conto eroticocontos erotico brincandofui dominado pela esposa contoscontis eroticos comendo meu amigo bebadoContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeuContos eroticos gay meu cachorro me comeuesposa raspada contoscasa dos contos eróticos camila a namorada gostosa do cunhadonovinhas na seca se alivio se masturbandovideos de pau ficqndo ficando durocontos de corno a bunda de minha noivaConto namorado da minha mãegordinho tetudo gay contoscontos eroticos presente para cunhadacagando na cara contocontoerotico virgem pai 2filhasJoão e chupando piru mesmo tempoContos eróticos de incesto filinha mimada do papaipau grande alongado contos