Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ARROMBADA POR UM DESCONHECIDO

Olá, me chamo Violet, 19 anos, tenho a pele branca e os cabelos negros, 1,55m, 50 kg e tenho um corpo lindo, no qual ressalto a minha bunda, ela grande e bem empinada, fato que causa tesão em muitos apenas por olhá-la.

Este é meu primeiro conto, então serei light, mas prometo que será interessante.

Era um noite de sexta-feira, eu estava em casa, solteira e com muita vontade de transar, quando recebi uma ligação da minha amiga Ana me convidado para sairmos para um barzinho afim de comemorar o aniversário do seu namorado.

Quando chegamos no bar Ana encontrou seu namorado e eu fiquei lá conversando com nossos outros amigos, não havia ninguém que realmente interessante para transar no nosso circulo de amizade o que me deixava frustrada pois eu estava louca por sexo naquela noite.

A madrugada foi passando e nos dirigimos a uma boate, Ana começou a beber e a dançar sensualmente, fato que me encheu de tesão, mas o seu namorado sentiu ciúmes, fazendo com que eles brigassem, ela me pediu para sair com ela da boate, então decidimos ir para casa, a noite já estava quase acabada mesmo.

Estávamos na rua preocupando um táxi quando um carro parou com dois homens dizendo que podiam nos levar em casa, eu fiquei com medo de entrar em um carro com dois desconhecido, mas Ana que queria provocar seu namorado e pediu para que eles descessem do carro, quando os vi saindo do carro reparei o quanto eles eram atraentes. Fiquei louca, eu queria dar o mais breve possível àquele desconhecido. Um deles foi falar com a Ana e outro veio até mim e sem falar nada me deu um beijo quente e que me fez ficar molhadinha, eu olhei pra ele e pedi para que saíssemos dalí, entrei no carro junto com Ana. Fomos direto ao Motel. Naquele momento eu desejava que os 4 trepassem juntos, mas o meu companheiro desconhecido disse que não, que queria aquela bundinha sá pra ele e que me faria sentir uma coisa como jamais havia sentido. Então fomos para quartos separados.

No quarto com o meu parceiro, tirei logo eu vestido e ele ficou louco quando percebeu minha xoxota raspadinha. Ele tirou a roupa e eu enlouqueci com seu pau, jamais tinha visto um assim, ele me puxou os cabelos e me jogou na cama, disse: “Sua puta, vou te estuprar, vou te arregaçar...”

Naquele momento tudo que eu queria era ser comida por um desconhecido de modo animal e violento. Então ele me deitou de frente e abriu bem minhas pernas e enfiou os dedos na minha boceta, 3 dedos de uma vez sá,eu estava toda melada louca pra sentir aquela pica, mas ele disse que iria primeiro arregaçar minha xoxota com os dedos, meteu 4 dedos, deixando sá o polegar de fora. Ai, tava apertado ele metia e tirava com muita força, girava me arregaçava toda, sem pena. Eu pensei que iria morrer de prazer ali, pensei que ele iria colocar a mão inteira e arrombar minha xana, mas quando eu estava delirando de prazer ele tirou os quatro dedos e eu senti sua pica grossa e deliciosa escorregando na parede da minha xoxota. Ele dizia “Toma puta! Abre essa perna que eu vou de arregaçar...”. Eu estava tendo orgamos múltiplos e ele metia cada vez mais fundo e mais forte.

Ele enfiava o pau grosso violentamente na minha xana, com muita força, eu sentia seu saco batendo em mim. Então ele me colocou de quatro e empinei bem a minha bundinha, ele meteu mais gostoso ainda na minha xoxota, eu escorria, tava muito gostoso. Enquanto ele me penetrava na boceta foi enfiando os dedos no meu cu, dizendo que iria arrombar ali também. Ele lubrificou e meteu os 4 dedos, eu delirei de prazer sentido 4 dedos no meu cuzinho e aquela rola deliciosa na minha boceta. Então ele meteu aquele pau grosso no meu cu, socando com muita força dizendo que eu era uma puta safada, eu empinava bem minha bundinha, pra ele meter no meu cu arregaçado. Então ele gozou, sentia a porra escorrendo no meu cu. Era indescritível o prazer que os dedos e aquele caralho delicioso me fizeram sentir.

Então pegamos Ana e o amigo dele no outro quarto e ele foi nos deixar em casa. Eu cheguei em casa louca de tesão por aquele desconhecido, eu não sabia o nome dele e não trocamos telefones, mas ele havia me arregaçado naquela noite, fiquei arrombada, mas não iria conhece-lo e nem vê-lo mais.

Em casa eu contei tudo para Ana que escutou com muita atenção, então eu notei por cima do sutiã os seios dela enrijecidos, eu ainda estava com muito tesão, e ela também... Perguntei se ela estava meladinha, ela disse que sim e que eu poderia verificar se eu quisesse... Fato que ficará para o práximo conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha irma sem calçinhadepilei minha filha e chupei a xota contoscontos irma mais velhacoroa da bunda gigante conto eroticoLóira safada narra conto metendo na coberturadeu a buceta no presidio contosconto conheci e comicomo arrombada pelo meu sogro contos eroticosela me contou que estava toda assada de fuder a noite todaContos eroticos quero ver essas tetasZoofilia contos menininha chega do colégio animaiscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefilme com historia de erotico de tiozinho taradaocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico seduzindo meu vovocontos meteu no cu sem avisarhistorias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandoProvoquei e foi arrombada porno conto contos eroticos arrombando a gordacontos erotico papai busca na escolavirei putinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteela me contou que estava toda assada de fuder a noite todaque cunhadacontos eroticos de meninas sapequinhasContos de masturbação com objetos no ginecologistaConto porno com escravo bem dotadomae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontosPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidocontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos homem chupa rola ricardaominha mae adora um negao contos eroticos gratiscontos de sexo so da u cu cagandovoyeur de esposa conto eroticomaisexo vidio de zoofilia com travestisEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticocontos boquetecontos eroticos familiamão amiga trêm metrô onibus show contos eróticoscontos eroticos. esposo duvidou da esposacontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casaSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetrocontos eróticos o meu pau e tao grande e grosso so eguas que aguentacontos eroticos arrombando a gordaComo me tornei um corno mansodias e  Comtos mae e tia fodidas pelo filho e amigos delecontos eroticos esposas na praiamete mete contocontos eroticos 9 aninhoscontos eróticos assaltantes me f****** na frente do meu filhocontos eroticos peguei minha cunhada dormindocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteComo usar ropa de menina curtinha conto gaymeninha fata zofolia buntuda sexocontos de coroa com novinhoReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicoContos eróticos /estrupandocontos irma 45 anoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticaminhoneiro meteu em mimcontos eróticos de estupro concedido de estudantesa minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticosconto erótico eu e meus primos nu no lagoarombei o cu da mulher do meu amigo contos eroticos pornocontos eróticos calcinha furadaDeiteia na camaconto cu frouxocontos eróticos irmão mais novoContos eroticos a vizinha feiaconto incesto minha linda maezihaconto enteada cabacoContos eroticos dei minha munher pro negãocontos de esposa arrombada dormindosexo com renata crentinhabati muita punheta depois de casada. conto de mulher casadacontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocontos chupei um pau