Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APANHANDO DA NAMORADA II

Oi me chamo Bianca, sou morena queimada de praia, tenho 19 anos, moro no Rio de Janeiro num conhecido condomínio da Barra da Tijuca.

Nessa época eu tina 19 anos e descobri que gosto de apanhar, de ser mordida e humilhada. Na primeira vez que fui pra cama com a minha namorada Carol ela mandou que eu ficasse deita e abrisse bem as pernas. Como eu demorei, senti uma palmada estalar na minha coxa, que na hora ficou vermelha e ardendo. Fiquei molhada na hora e escancarei as pernas. Ela ajoelhou entre as minhas pernas e passo a língua bem no meio da minha buceta dizendo que ela sabia fazer carinho também se eu fosse uma boa menina mas se eu não me comportasse eu teria que ser castigada. Ela era habilidosa com a língua rapidamente me arrancou suspiros, prendia meu grelo entra os dentes e ficava tilintando com a língua. Carol foi passando as mãos pela minha barriga ate alcançar os meus seios e beliscou cada um dos meus bicos. Eu gemi e me contorci toda. Ela parou de me chupar e veio sentar na minha cara dizendo vai meu amor, agora é sua vez de me fazer gozar. Eu comecei lambendo seu cuzinho, fui enfiando a ponta da língua; isso foi deixando ela bem excitada sá então lambi sua buceta. Fiquei uns 20 minutos com seu grelo na boca e quando ele gozou eu fiz um pedido que surpreendeu-a. Realmente ela não esperava eu simplesmente olhei fundo nos seus olhos e pedi pra provar seu mijo coisa que deixou Carol tremula de contentamento, ela simplesmente relaxou o corpo e a chuva doura banhou todo meu rosto. Ela ficou tão excitada que voltou a me chupar e morder os mamilos. Depois me mandou ficar de 4 e paço a dar tapas na minha bunda, a cada tapa que estalava eu solta um gemido e pedia mais. Ela bateu ate minha bunda ficar vermelha e inchada. Quando ela viu meu cu piscando, tratou de enfiar os dedos. Eu fui contando 1, 2, 3, 4 ela tentou enfiar o polegar também sá que por mais que tentasse não conseguiu mas, sentir seus dedos entrando e saindo do meu cu me fez gozar mais uma vez.

Carol me mandou espera de 4 na cama, colocou um rob e saiu, logo depois voltou com uma cenoura e um pepino. Ela subiu na cama mordeu minha bunda disse que me amava muito. Depois, beijou o meu cuzinho e, brincou com ele enfiando a ponta fina da cenoura eu rebolei e pedi vira ela, vira vai amor. Eu cerrei os dentes esperando que ela virasse a cenoura. Não pude segurar e gritei de dor quando ela ao contrario de virar a cenoura me cavou o pepino no cu. Levei alguns minutos pra me acostumar com a espessura, estava me sentindo partida ao meio, preenchida mas, depois passei a rebolar gostosamente.

Carol não perdoou meu cuzinho movimentando o pepino num frenético entra e sai. Cada vez mais rápido e de cada fazendo meu cu engolir um pedaço maior daquele colosso de pepino. Senti maior prazer ainda, quando Carol me deu uma dentada nas costas e seus dentes marcaram fundo a minha carne. Eu estava delirando de puro prazer. Minhas coxas tremiam, já não aguentava mais de tanto gozar. Fomos então tomar um delicioso banho e eu voltei satisfeita para casa.



Se você gostou de sua nota e entre em contato comigo pelo email [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tirando a virgindade da cadelinhaConto erodico gay usando ropa de mulher flagrei meu pai deflorando minha namoradinha contoscontos eroticos arrombando a gordaComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigoEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosChaves com tesão de ChiquinhaWww.contoseroticosvirgindade.comcontos eroticos dormindonovinho delirando na primeira gozadaconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauContos viagem casal praia toplesscontos eroticos de esposas de fio dentalflagrei meu pai cheirando minha calcinha nijadaquando eu estava com o meu namorado e ele estava chupando o mwu peito ele me chamou de safada o que sera que ele quis dizer com issocontos de coroa com novinhocontos/ morena com rabo fogosovestindo de mulher e dando o cuzinho contocontos hot festa no iatecontos eroticos comi.o cuzinho do pirralhonunca tinha visto um pau tão grandepadrinho comer afilhada cem pentelhominha esposa raspadinha e puta contocontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capataza esposa mija no pau do cunhadocontos eroticos de virgens estrupadas no matoconto levei um comedor pra minha esposarelatos comendo o cu da crente na marraeu de shortinho socado em casa contoscontos colocando menina pra. mamarcontos eroticos syrubascontos sexuais titia e esposocontos eroticos mulheres trazando no carnavalcrente viciada em engolircontos eróticos orgias bitiraram a roupa da esposa contoContos eroticoshospitalmulheres casadas de shortihno bunbumgrandemarido chupa seios quando está nervosocontos eróticos com amiga da mãecontos primeira surubacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesubindo na escada de saia para ajuda pintor pornocontos de sexo de tias com sobrinhoswww.contos eroticosgabi e o coroa.comfodido pelo pegador do bairro conto gayContos dei pro meu sobrinho e pro seu amigoconto erotico chuva douradacomendo a prima linda do cabelo super comprido e muito vadiaContos gay banheirovomitando contos eróticoshega gotosamarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoshistoria de contos eroticos com pasteleirocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegozoo na bucetakcontos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiae dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordacontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorrotarado.tira.vigidadi.da.entidas.novinhas.come.o.cu.elas.gritamulher tem fetiche tama pirocada de travestijovem mostrando os pelinhis fino ds bucetaxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidiocontos de amassos com colegascontos a empregada de minha sogracontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadasContos eroticos saia rodada e fio dentalconto erótico. eu minha esposa morando perferiacontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheiroTirei o cabaço da minha entiada e sua mae a ajudou para nao doer muitocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos eu minha familiaDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOScontos cuzinho inchado gozouconto erótico de meu filho f****** a irmã dele e depois foi a minha vezMais pinto contos gaypassivosrj sexoempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhogoza nuoutro egravida