Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIAJANDO COM A PATROA

Olá, o que vou relatar aqui aconteceu realmente, vou trocar nossos nomes por medida de privacidade, vou me chamar de Dudu e ela chamarei de Mary, bom vamos AL que realmente interessa, sou casado a 19 anos e adoro minha esposa na cama ela é tudo bom. Trabalho a 19 anos pra uma jovem empresaria que hoje ela tem 34 anos, quando eu comecei a trabalhar pra ela, ela ainda fazia faculdade ela se formou em ADM. E eu sempre com ela pra todo lado sou seu motorista e segurança particular. Vi ela se casar e se divorciar resumindo conheço muito bem. Ela sempre viaja pra Belém do Pará pois a mesma tem negocios por La também, um belo dia ao sair do escritário ela entra no carro e dis.

- prepara o carro que vamos a Belém amanhã.

- eu respondi a senhora vai de carro, ela então falou nás vamos de carro sim, como eu já tinha bastante costume com ela eu lhe disse e porque a senhora não vai de avião como sempre vai ela parece não ter gostado muito da idéia e me falou vamos de carro ok, sim senhora ta certo

Deixei- a em sua casa e fui trocar o áleo do carro e arrumar o que precisava pra viajem, cheguei em casa falei pra minha esposa que iria viajar com ela, minha esposa também não ficou com cara de quem gostou e quando fomos nos deitar ela disse você vai comer aquela puta no caminho. Eu disse ta louca ela é minha patroa é quem me paga todo mês, mesmo ela não passa de uma vadia. Eu disse cuidado com o que você fala, apesar de também acha-la uma vadia mesmo, mas eu sou empregado e não podia nem sonhar em dizer isso pra ela.

No dia seguinte por volta das 06:30 hs eu já esta na casa da minha patroa coloquei as coisas dela no carro e saímos no caminho passei em casa peguei as minhas coisas também beijei e abracei minha esposa, ela me disse cuidado com a piranha, sorrimos um pro outro e sai em direção a Belém do Pará. Dirigi até mais ou menos ao meio dia e paramos pra almoçar e esticar as pernas almoçamos e logo depois voltamos pro carro, foi ai que ela me disse você vai a viajem toda assim de calça e camisa, se você quiser pode ficar mais a vontade então eu voltei ao banheiro do restaurante e troquei de roupa coloquei uma bermuda, e seguimos viajando a essas altura já conversarmos mais solto e percebia ela de olho nas minhas pernas, mas nem liguei muito, enquanto isso já estava ficando escuro e resolvemos parar para dormir, procuramos um hotel e pedimos dois quartos ela ficou dois andares acima do meu quarto.

Já devidamente registrados e instalados e cada qual em seu quarto, eu já me preparava para dormir pois estava muito cansado de dirigir, quando o interfone toca era a moça do hotel dizendo senhor a sua irmã pedi pro senhor ir ate ao seu carro e pegar uma bolsa com os creme dela, eu sorri e disse não que não era minha Irmã e sim minha patroa moça pediu desculpas e desligou o interfone, desci e fui ate ao carro pegar aquela bendita bolsa de cremes. Passei pela recepção sorri pra moça dei boa noite e subi em direção ao quarto dela, cheguei bati na porta e ouvi ela dizer pode entrar, entrei e vi ela sá de toalha, então entreguei a bolsa com os creme virei as costa e já ia saindo quando ouça ela dizer, não vai ainda preciso de você aqui.

Ela sentou numa cadeira de costa pra mim e desceu um pouco a toalha e disse você pode passar esse creme na minha costa, eu não deixei ela perguntar de novo e comecei a passar o creme naquela costa linda e branquinha enquanto minhas mãos deslizavam por sua costa ouvi ela soltar uns gemido (huuuuuummmm) eu já estava de pau duro mas me contive ela relaxou ainda mais e eu me ousei mais descendo um pouco mais pro lados dos seus seios e vi que ela estava amando a situação então encostei num de seus seios ela se virou pra mim e beijou, eu então a peguei forte e abracei ela começou a se roçar em mim, eu comecei a toca-la nos seios, na xana na bunda ela fazia gemer e gritar, foi ai que eu a coloquei sentada na cama e fiquei de pé a sua frente e ela com muito jeito e desespero tirou meu cacete para fora e começou a admirar o tamanho e começou a beijar e chupar com muito jeito ele colocou todinho em sua boca eu sentia ele tocar a sua garganta parecia que ela iria devorar ele todinho demoramos uns dez minutos mais ou menos até eu disse que iria gozar ela então tirou o meu de sua boca e colocou em cima dos seios e disse goza pra mim goza amor a tempos eu quero seu leitinho em mim então eu gozei em cima dela ela mesmo espalhou minha porra por todo seu seios e colocou meu pau de novo na boca chupou mais um pouco e pediu para que eu a penetrasse, entao eu coloquei ela deita na cama e me abaixei perto dela e tirei sua calcinha vi sua xana lisinha sem pelos uma verdadeira obra da natureza e comecei a chupa-la, enquanto ela se contorcia gemia e gritava, depois de alguns minutos ela gozou na minha boca, coloquei ela de costa pra coma e comecei a lambei seu cuzinho ela gozou de novo, coloquei ela de quatro encostei meu pau na entrada daquela buceta e coloquei meu caralho bem devagar, quando percebi já tinha enterrado todo meu pau na bucetinha dela e comecei a fude-la bem gostoso ela dizia come sua puta seu safado, cachorro, dizia que minha pica estava toda dentro dela e que ela estava adorando, ela pediu me bate na bunda bate com força quero sentir dor e o peso da tua mão, eu não me fiz de rogado batia com força mesmo ento isso ela gozava feito louca virei ela e ficamos na posição papai e mamãe e continuei a fuder sem dá vi que ela já ia gozar de novo eu aproveitei e dei uns tapinhas de leve em seu rosto, ela disse assim não quero que me bata com força eu a obedeci e bati com mais força foi quando ela gozou novamente ela me abraçou forte e pediu pra mim gozar nela logo em seguida eu a enchi de porra.

Descansamos um pouco e fomos pro chuveiro, tomamos banho juntos e voltamos pra cama e comecei a beija-la novamente logo meu pau subiu e ficou em ponto de bala, ela se posicionou e começou a mama-lo novamente ate que ela se virou de costa pra mim e disse sempre quis que isso acontecesse conosco mas você nunca percebeu, eu lhe percebi sim, mas você minha patroa merecia todo meu respeito, eu disse merecia porque a partir de hoje você continua sendo minha patroa e minha puta safada. E minhas putas eu costumo comer seu cuzinho, ela disse então vem mas com todo carinho neste buraco ainda não entro nada nunca dei meu cu eu disse deixa comigo serei muito carinho coloquei ela de quatro novamente e comecei a colocar na xana enquanto eu lambuzava seu cu com um dos cremes dela, coloquei um dedo e depois outro fiz movimento para ir abrindo cominho para meu pau, caminho feito encostei meu pau na entrado do buraquinho rosado dela e comecei a forçar entrada ela dizia esta doendo mas nem dei ouvidos continuei a forçar ate sentir que a cabeça do meu pau tinha entrado ela deu um grito forte de dor, eu parei e fiquei ali sentindo seu cuzinho apertando meu pau depois de algum tempo eu continuei e coloquei meu pau em seu cuzinho, ela se contorcia e dizia esta doendo mas que não era pra mim parar e eu continuei a fuder sentindo seu corpo se estremecer todo vi que ela estava a gozar de novo eu tirei meu pau e coloquei na sua frente pensei se ela iria chupar ou não, ela não se de modesta e colocou meu pau em sua boca novamente e depois ela tirou e disse viu como eu sou uma verdadeira puta devassa e voltou a chupar ate que eu gozei e desse vez gozei na sua boca ela fez questão de me mostrar minha porra em sua boca e engoliu todo meu leitinho.

Nessa noite fomos dormir por volta da 02 horas da manha, na manha seguinte saímos em direção a Belém do Pará, sá que a viajem ficou mais solta ficamos mais a vontade as vezes enquanto eu dirigia ela me chupava . a nossa viajem durou 19 dias e todos os dia nás fudemos hoje ela esta gravida e dis que o filho é meu minha esposa também diz que eu sou o pai da criança sá que nego é claro, so saberemos depois que o BB nascer, sá sei que ainda hoje saímos juntos e fudemos bem gostoso.

Mas minha esposa desconfia que eu e minha patroa temos um caso. Mas isso vou tirando de letra.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos menininhas dormindo na rolacontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscunhado encochando contos"anelzinho aberto" gay contopeguei no pauzao do primo que durnia sou tarada contoesposa amiga escrava conto eroticocontos eroticos so era pra ela chuparmeninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianascache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html lalargado na bucetaPega minha xerequinha tio contos eroticoscontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagouContos porno meu amigo pintudo arrombo minha esposasardentinhas ninfetascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenovinhos fodeno apremira veizcontos eroticos de empregadamulheres violadas contos eroticoscontos ela me punhetouvídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandosadomasoquismo relatos comidavivaminha cunha deixou eu pega mos peito delaContos eroticos sogra e sogrocomendo o primo e olhando pela janela contos eroticos patricinha caminhoneirosvídeo pornô dois cara comendo a mulher do cara do homem assaltando a por lágrima é como o c* do homemfudendo a nora no sitio escondido contogozei muitodentro da buceta da minha prima gordinhafiquei de bruço o negao se aproveitoucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePorno contos familhas incestuosas grandes diasde grandes orgias vale tudo com todosPai transarno com as filhasconto gay ciumes exageradocontos com amiga baixinha e gordinhaminha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandoTrepada boa contoscontos de coroa com novinhocontos abusadocontos eroticos papai dormindo bebado eu aproveiteidei com muito amor conto separacaoecontrei um pirocaconto incesto gay peludocontos carona q virei cornomulher cagou durante o anal numa festa contos eróticosgay "macho vagabunda" contoxvidiofodendo entisdaComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhocomo fui estuprada contos eróticoscontos meu padrasto so queria as pregascontos incesto sobrinhacontos enrabada no trabalhadoeu confesso sou puta desde novinhaghupa ghupi porncomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titicontos eroticos peidei na rola do meu tiofomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contocontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motocontos garoto comeu minha mãeviciada no pau do meu cachorroseparada e depilada contosconto sem calcinha a troco de doceestupro de casada porno relatofudeu com um cavalo fetixe d mulher contoconto erotico encoxando a sobrinha no onibus lotadocontos eroticos arrombando a gordacontos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contoscomendo a família toda contos eroticoscontos eróticos da casa da irmã queridafotos de mulhris de busetas aregaladascontos empurrando no rabo tia martacontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhoconto erotico meu marido descobriucontos eroticos sou casada peguei carona com camioneirocontos eróticos me pegaram a força no meu trabalhoComtos mae e filha fodidas por um desconhecido meu filho mete o dedo no meu cu e eu gostoeu comi mimha empregada rru confessocilindro meloso gostosomeu avô rasgou minha bucetacontos eroticos de cu gostoso