Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EXPLORANDO UM MENINO PELO OUTRO LADO

Olá a todos. Me identificarei como Circe e decidi vir aqui contar como comecei meu hobby de caçar meninos, pois imagino que mais pessoas têm tesão na mesma coisa. O site tem muitos relatos com "lolitas", mas poucos sobre o outro lado.



Sou branca, morena, não tenho corpo de mulherão mas até que tenho minhas curvas. Nunca fui de manter namorado, e minha vida sexual era ocasional... até este dia. Quando aconteceu eu tinha 21 anos e um emprego bobo no balcão de uma papelaria. Era muito comum que a dona saísse e me deixasse sozinha, muitas vezes o dia todo. O movimento era escasso e eu aproveitava para ler revistas de graça (ninguém nunca reclamou).



Num desses dias estava eu lendo sossegadamente uma Superinteressante (que na época ainda tinha textos com um mínimo de inteligência), quando percebi um barulho estranho e repetitivo vindo das estantes de revistas. Eram duas, e do balcão você não consegue ver direito quem está entre elas. Levantei e quando cheguei lá fiquei chocada: um menino mulatinho, sem camisa, havia colocado o pintinho para fora e estava batendo uma sem o menor pudor, a despeito de estar totalmente visível da rua, e com bastante proficiência apesar de aparentar uns sete, oito anos. "O que é isso, menino", eu disse exasperada, e ele retrucou: "Vamos trepar tia". Na hora meu rosto ficou vermelho de raiva. Quem aquele pivetinho pensava que era? Eu falei pra ele erguer o calção e ele: "vamos trepar tia". Nossa, eu fiquei mordida. Falei, ah, é?, e não sei bem como ou por que, mas decidi ensinar aquela criança mal-educada. Peguei ele pela orelha e levei para os fundos, fechando a porta (e deixando a loja aberta sem ninguém mesmo). A verdade é que já naquela hora eu estava perturbada com a situação, embora não fosse admitir pra mim mesma ainda. Aquele menininho praticamente pelado masturbando o pau do tamanho de um dedinho, falando que queria trepar... Eu tinha pensado em deixar ele de castigo, chamar a mãe, mas comecei a ficar com vontade de brincar de algo mais risqué.



Falei pra ele abaixar o calção. Coitado! Ficou todo feliz. Aí disse: "você foi muito malcriado e criança malcriada tem que apanhar na bunda". Ele fez uma cara de choro que eu quase perdi a pose e desatei a rir. O moleque estava se achando e agora não tinha como escapar. Falei "vem cá", firme. Ele veio. Botei ele no meu colo e ele ainda quis ficar de frente, mas o peguei pelos ombros e virei de uma vez. Ergui a mão e dei um tapa. Nossa! Aquela bundinha. Sá naquele momento entendi o quanto estava excitada. A pele dele era lisinha e suada, e a bundinha redondinha como a de uma menina. Dei outro tapa e senti minha xana escorrer. Estava morrendo de tesão. Nunca tinha sentido nada parecido. Fui batendo e a cada tapa eu quase gozava. Não resisti e comecei a demorar a mão, depois de bater ia alisando aquela bundinha até que fiquei sá nisso. Separei as nádegas empinadinhas e bolinei o cuzinho dele com o indicador. Seu pauzinho na hora deu sinal de vida. Eu não aguentei e comecei a me masturbar, enquanto brincava com seu cu. Comecei a falar bobagens: Então você está gostando do castigo, safadinho? Queria me comer e agora tá dando o cu pra tia? Bate punheta pra eu ver... Rebola a bundinha... Você é viadinho, isso sim... Eu pus ele no chão de joelhos, de quatro pra mim, enfiei o dedo sem dá, segurei seus quadris e insinuei um movimento... Ele não falava nada mas começou a rebolar bem bonitinho, enquanto mexia no pintinho... Aquilo me matou de tesão de vez, perdi a conta de quantas vezes gozei com aquela cena maravilhosa, sá de lembrar agora fico totalmente molhada... Até que ele gozou, sá um pouquinho de porra rala e transparente...



Eu não sabia o que fazer então disse pra ele sumir dali senão ia contar pra todo mundo. Depois fiquei super encanada, mas ele nunca contou pra ninguém. E foi assim que descobri meu fetiche. Votem se gostarem, se houver interesse eu conto de como conseguir fazer dois meninos se comerem... Foi a coisa mais bonita que já vi na vida...



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto minha esposa nudista em familiahistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checacontos eroticospais e filhas novinhascontos gays papaizinhocontos totalmente arregaçada meu marido vai perceberPorno conto a sindica olhando minha picatomando banho de rio com titio contos gayContos eróticos genrochupei a pica do colega de escola eu gostei sou gaycontos esposa gozada para o maridocontos minha cunhada e minha namoradamotoboy gay contogostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladatirou as pregas dela contosassalto a minha casa eu e minha mãe contos eróticos gang bangcontos eróticos gay putinha pedreiroscontos eroticos empregada pegando no pau do menino novinhocontos eroticos de novinhos madrinhassou uma mulher crente mas quero picaa bucetinha linda da sobrinha novinha contosminha prima malcriada contocontos erotcos sonhos compapaicontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcontos eróticos uma amiga vendeu a buceta da minha esposacomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhosminha mae é puta dos meus amigos contosContos de transas com dotadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de mulheres dando a bocetaconto erotico amigas chupei cunhadaamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elecontos eroticos peguei minha cunhada dormindosandra trasano com amigo na casa delemeus dois professores contos eróticosconto erótico "Olá a todos, me chamo guilherme e hoje tenho 20 anos, a histária que vou "morena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemcomi a familia toda contos eróticosconto de genro que come a sogra sem camisinhadevagarsinho entrou tudo no cuzinho contoscontos eróticos fui na praia de nudismo e fudi gostosoinocênciaperdida contos eroticos gaycontos eroticos diretores de escola chantageando novinhas virgenscontos eroticos ela nao aceita ser cornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacaipirinha conto eroticoconto erotico desconfiei de minha esposaconto erotico cobrador casada lesbicoconrtos estrupo minisaia casadaconto corno rabohomen dotado arronba cu rapaz de programacontos eróticos lanchacontos eróticos incestos a bucetinha da minha filha é so minhanovinhas na seca se alivio se masturbandocontos eroticos me comeram no trabalhointerracial mulher meia cousa fudendomeus peitinhos doíam...contos/comi a mae e tirei o cabaco da filhaContos eroticos aii te amo ..ai ..ai mo vc e gostosa devagrritio adora meu cucontos eróticos traindo marido na festamulher gosta de ficar nua e corpo inteiro melado de margarinacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de mulheres do b****** grandenega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camapornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genropraia de nudismo contosContos eroticos da mamae gostosa e filhoboquete sem lavar baixarconto minha noraconto gerou comer a sograsexo porno safada do sitiotudo no cu