Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O COME QUIETO

Atualmente Luis mora em Minas Gerais, mas veio nas férias de Julho á Fortaleza.Como todo mineirinho, Luis é calado, na dele.Moreno,alto por volta de 1,80 de altura, cabelos pretos e curtos, corpo bem definido, e um sorriso que faria até a mais santa das mulheres pensar logo em pecado.Pois bem, o conheci em um barzinho através de uns amigos práximos. Sou morena, cabelos pretos e olhos escuros,tenho 1,70m, alta para os padrões cearenses e claro, foi atração a primeira vista.Pedimos chopinhos e petiscos e o Luis para minha sorte sentou do meu ladinho.Olha logo ao lado de quem? Não falava nada e eu encasquetei a puxar assunto e sá conseguia monossílabos.Aí resolvi judiar dele.Será que ele não era de palavras, mas de ação? Tomei mais uns choppinhos para tomar coragem e comecei a passar minha mão levemente em sua coxa.Nossa o homem tinha um parzão de pernas que não pensei duas vezes. Ele me olhou com uma cara, como se tivesse levado um choque elétrico e sussurei ao seu ouvido:” Já que você não fala nada, fica quieto e sente isso!Tirei o seu pau para fora da calça por debaixo da mesa e carinhosamente iniciei uma punheta.Um leve roçar em seu pênis sá pra sentir a estrutura do negácio.O Luis se contorceu e eu continuei pegando carinhosamente em seu pau e começou a sair aquele liquido meladinho, fiquei excitada na hora.Olhava para o Luis com cara de safada, mordendo discretamente os lábios e passando a língua neles também, e o coitado ficando vermelho, dava pra ver pela cara do Luis que ele estava gostando e quase gozando na minha mão.Não deu outra, Luis se levantou de repente dizendo que ia ao banheiro do barzinho.E bote tempo, ele demorando, falei pra turma que ia ver o que estava acontecendo.Pra minha sorte o banheiro tinha portas que se fechavam por dentro.Escutei um leve gemido de uma delas e resolvi falar: Luis, abre a porta! Deixe terminar o que comecei.Garanto que você não vai se arrepender.Ele abriu a porta de sopetão, me puxou pra dentro e me beijou com tanta força que cheguei a pensar que ia me sugar toda com aquele beijo.Foi aí que ele falou pra mim: Querendo me provocar, né?Sua safada! Pois agora você vai ter o que tá pedindo a noite todinha.Vou comer sua curnicha aqui mesmo e você vai voltar pra mesa toda melada de porra, ouviu sua putinha?Como estava de saia curta, foi fácil para o Luis arrancar minha calcinha que estava encharcada de tesão.Ele me encostou na porta e por trás, sem mais nem menos, enfiou seu pau em mim com toda força.Estocava tão forte que sentia batendo no útero.Que pau era aquele, devia ter uns 20cm ou mais, mais eu estava adorando e pedia para o Luis: Vai gostoso mete esse cacete em mim.Me fode toda, quero ser tua hoje!Quero gozar pra você, gostoso!!!AiiiiiiQue delicia de foda! Como tu fode gostoso!Ele falava ao meu ouvido:Toma sua safada!Toma cacete nessa curnicha gostosa! Adorava aquele sotaque de mineirinho arrastando as palavras.Hummmmm!!Luis disse: Vou gozar!!!Uhhhh!!!Eu também acompanhei e minha curnicha como dizia Luis, o nome para buceta, logo começou a contrair. Segurei-me em Luis e disse: Aiiiii Tô gozando!Oh delicia!!!

Quando terminamos de gozar, Luis escondeu minha calcinha no bolso e disse que iria levar de lembrança para Minas Gerais.Eu perguntei : E agora com essa porra toda escorrendo em mim, de saia e sem calcinha, como faço pra voltar pra mesa?Ele disse assim: Te vira, que esse prêmio é meu!Então falei pra ele que inventasse uma desculpa que tinha passado mal no banheiro e que ia embora.Ele disse pra mim:Quem disse que vai voltar pra mesa?Vamos pegar um táxi, que lá no hotel, tenho mais prazer para te dar!!E foi assim que fomos embora do barzinho, eu e Luis, de saia, sem calcinha, toda melada de porra, mais feliz da vida!!Porque sabia que tinha um mineirinho lindo, calado e gostosão que iria me satisfazer a noite inteirinha. Afinal, como tive certeza, Luis não era de palavras, mas de ação e que ação!!!!



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico de fantasia de esposacontos apanhando do tutorcontos amigo dorme em casa esposaconto eróticos calcinha pedreirosContos eroticos estupros coletivos veriticosme mamaram muito no cine gayestiquei os peitos da gostosa contosXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanheroconto uma viagem muito gostosaChaves com tesão de ChiquinhaMeu primo gay que ve meu paualgus dono de escravos estrupavão escravasnovinha nascendo peitinho e muito safadinha contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexocontos eroticos bostaveio ate meu quarto pelada e me agsrroumeus aluno roludo contosconto teen gay sozinho em casa calcinhasai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridocontos de coroa com novinhosobrinho dopa sua tia historia eroticacontos eroticos da infância incestoconto cutuquei pai na bundia delaMinh esposa loirinha baixinha e os nossos sobrinhos de treze e quatorze anoscontos mamei a pica do caocontos eroticos casada infelizabusada com vibrador contostiraram a roupa da esposa contoLer contos eroticos de casais casados fudendo dentro de cinemas com outros homenscontos eroticos arrombando a gordaComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseroticosviolentadadois viadinhos e uma mulher contos eroticosrelato de mae dando a buceta para o filhotravesti sadomasoquista na regiaocontos maninha adora meu paupunheta na infancia com amigoconto erotico com a tia silvanafilho me fudeu na conacomendo a família toda contos eroticoscontos esposa me amordaçou Contos namorada e o pirocudoContos eroticos ana paula contos eroticos tia tucafudendo a boca da namorada/contos eróticoschaves sotinho ponomãe não deixa filho fude.com ela.na.vuzinhaesperei meu maridinho dormir rola grossaContos eróticos cumendo minha tia e lambendo seu cuzinho escurinhoassistir vídeo de pornô a tia chega a pesar em casa jogar e o sobrinho da mãe com ela e transa com elaRelatos de sexo anal com irmãcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gay menino hormonio virou mulher Contos eroticosComeram minha esposa e goram dentro delacontos papai meu irmaozinho que vira mulher como o cusinho dele vaiCont erot de madrastacontos de mulheres dando a bocetafotos de priguitinhas lindastraficante contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordacontos de mulheres ninfomaniaca por sexomega rolas mega bucetas mega gozadas profundascontos eroticos de incesto: preocupada com meu filhominha esposa estava raspada contoscontos eroticos botei um macho pra desvirginar minha filha maeconto erotico novinho vizinhoContos De maridos q empresto a esposacontos gemi grita olha corninhoduas mulher do Jordão baixo chupando b*****Conto erótico Sempre fui mas ele descobriuContos sexo com pai da amiga e engravideipau na boca da namorada dpcontos eroticos colo do filhomamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosmeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornoconto erotico eu estava tao bebada que nem sei quem me comeu me encheu meu utero de porracontos erotico comi o hetero parte 19contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordaFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasCasada narra conto dando o cuconto erotico mendigose exibindo pro.moleques conto eroticoporno baixar caralhogrossos rapas casado efiamdo a banana no vuContos eroticos meninas x gorilascontos de esposa arrombada dormindoperdendo a virgindade com o meu namorado