Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MINHA MULHER E SUA IRMÃ

Estávamos eu e minha esposa (Denise) em casa. Final de semana chuvoso e pouca perspectiva do que fazer. Alugamos alguns vídeos e colocamos um colchão na sala pra poder assistir. No meio do primeiro filme, tocou o telefone e minha cunhada (Andréia), disse que iria até nossa casa para uma visita, pois o namorado dela estava fora da cidade. Em meia hora ela chegou e logo que terminou o filme, fui tomar um banho, deixando as duas deitadas na sala. Quando retornei, Denise disse pra eu deitar no meio delas porque iríamos assistir ao outro filme.

Começou a sessão e o filme rolando, foi quando senti uma mão pegando no meu pau. Pela posição que estava pegando, percebi que era Andréia. Uma moreninha mignon, de 19 aninhos, 1,60, seios médios, bundinha bem gostosa e pele lisinha. Uma mão decidida, pois logo entrou pra dentro da calça, me deixando louco. Fiquei disfarçando, mas logo senti a mão da minha mulher descendo. Sempre fomos um casal liberal, mas essa era a irmã mais nova e eu não acreditava que Denise aceitasse isso, mas ela estava ciente e planejando tudo, as duas ficaram pegando nele deixando-o duríssimo. Virei pro lado da Denise e ela me beijou, depois virou meu rosto pra sua Andréia, que fez o mesmo enquanto ela me mordia a nuca e a orelha. Comecei a deslizar a mão sobre aqueles corpos ao meu lado, voltei a beijar Denise e senti que Andréia tirou meu pau pra fora e começou a chupar. Lambia bem gostoso, de cima até embaixo, passando sua língua em toda a extensão dele. Eu já estava chupando os seios da Denise, quando ela disse pra brincar com a Andréia, enquanto ela tomava um banho.

Que loucura! Olhei para Andréia e tirei sua blusa, fui me atracando em seus seios e chupando vigorosamente. Ela gemia baixinho e no meu ouvido. Pediu pra eu tirar a calça dela e chupar tudinho. Fui tirando a calça e já a descobri sem calcinha, ela foi deitando no colchão, fui descendo pela sua barriguinha e cheguei na sua bucetinha. Ali tive uma visão do paraíso. Uma bucetinha linda, com poucos pelos e formando um bigodinho, deliciosa... fui passando a língua e os dedos bem devagar, deixando-a mais molhada ainda. Pedi que ela erguesse as pernas e fui descendo a língua até seu cuzinho. Quando passei a língua por lá, ela se contraiu e arrepiou... fui colocando um dedo... dois dedos e ela gemia um pouco mais alto. Coloquei a língua bem dentro da buceta e apontei um dedinho no rabinho dela, que foi rebolando até ele entrar. Aí ela apertou bem o cuzinho e pediu pra ir colocando bem devagar, enquanto eu chupava. Quando coloquei meu dedo inteirinho no cuzinho, ela gozou deliciosamente na minha boca. Nisso fui subindo, pronto pra meter meu pau naquela buceta maravilhosa, quando ela disse que sá iria deixar meter, quando a Denise voltasse. Fiquei um pouco decepcionado, mas em menos de um minuto Denise apareceu com suas meias 78, um creme pro corpo e sá...

Denise deitou-se de bruços e pediu para que a irmã passasse o creme nela. Andréia olhou pra mim e ficou de quatro pra passar o creme. Entendi o cádigo e fui por trás e fui colocando meu pau na bucetinha dela, enquanto ela esfregava a irmã. Denise perguntava pra ela se meu pau era gostoso e ela sá gemia, até que Denise pediu pra ela ser mais ousada na massagem e Andréia começou a masturbá-la. Enquanto isso eu socava meu pau e colocava meu polegar no cuzinho dela. Andréia começou a lamber o cuzinho e a buceta de Denise. Aquilo era um sonho que estava se realizando. Andréia acabou gozando mais uma vez e pediu para que eu comesse o cuzinho da Denise, no que foi prontamente atendida. Enquanto eu enrabava minha mulher, ela chupava a minha cunhada. As duas pediram que eu sempre que fosse gozar, que fosse na boca delas e eu já estava pra lá da hora de explodir, tirei a camisinha e as duas caíram de boca me fazendo gozar na cara das duas. Andréia abocanhou e sugou o restante que estava saindo e beijou sua irmã na boca. Terminado isso, as duas disseram que iam me dar uma ‘folguinhaÂ’ e partiram pra um 69 entre elas. Gozaram várias vezes, uma na boca da outra, até que fiquei em ponto de bala novamente. Denise pediu pra que eu socasse sua buceta, enquanto ela e Andréia continuavam o 69. Fiquei socando e Andréia chupava minhas bolas e gozava na boca de Denise, até que minha mulher teve vontade de virar e decretou:

- Tire a virgindade do cuzinho da minha irmã!

Andréia se postou de 4 novamente e pediu pra ir bem devagar. Fui colocando centímetro a centímetro no seu rabinho, até que meu pau desapareceu lá dentro. Denise estava com muito tesão e chupava a buceta da irmã, lambia meu saco, levantava pra me beijar, pra botar a buceta na minha boca. Era uma gata no cio! Fiquei socando aquele cuzinho até que chegou o momento e tirei a camisinha e soquei na bucetinha de Andréia, pra gozar. Quando estava quase lá, tirei e gozei novamente nelas, sá que dessa vez em seus seios. As duas ainda ficaram se esfregando com minha porra e se beijando. Ficamos os três deitados e extenuados apás o primeiro ménage de minha linda e gostosa cunhadinha.

Soube que Denise participou de um com Andréia e seu namorado, que quiseram retribuir a transa, mas esse ménage ela é quem vai contar pra vocês.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


diana sentindo pica pela primeira vezComtos eroticos amiga curiosaContos eróticos da minha mãeContos eroticos carro lotadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei sorte com a novinha conto eroticoComendo cu de mulher dormindo conto eroticoconto teen gay sozinho em casa calcinhaContodeputacontos eroticos minha esposaflavia e dois machosContos eroticos sem calcinha estuprada pelo sadomasoquistacontos eroticos relatados por mulherescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico gay colo tioconto flagei meu pai marturbandofazendo uma massagem no papai contocontos de comi um cuzinho de uma garotinha novinha crente que chorouvidios e contos eroticos marido leva esposa ao cinema e fingi nao ve ela sendo abuzadacontos comendo a enfermeiracontos eroticos arrombando a gordapaguei para fuder minha tia contoscontos eroticos iniciando os maridoscrente usando calcinha furadaflime traição boi zoofiliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentequero ser corno contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de patroaLóira safada narra conto metendo na coberturaviadinho e o andarilho velho negro contos eroticosconto erótico meu padrinho me estuproucontos eroticos incesto a neném do papaicontos gays papaizinhoconto erorico dando a buceta pro meu genro doentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos com fotos de menininhas safadasmeu amante me depilou toda contoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiirmã irmão estudando lá no exterior não tinha feito ela com tesão ele com tesão meteu a rola nela bem gostosocontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentovelha do bucetacocontos eróticos forçada a fudderPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidorelato mulheres que casaram virgem com dotadovídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalComtosrelatosreaissou loira engravidei gozoi dentro favela contos eroticosfui enrabado pe lo o yravesti na baladacontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delacontos eroticos dono de mercearia comendo a casadadei o cu p meu genro contoscontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaiconto erótico corno babacaX.mobele munher perdeno virgidade com um home pistoludohomens lanbendo o xinou da mulher na cama fotose o marido viajando no meu tio meu tio meditando contos eróticos transei com eleCONTOSPORNO.sapecacontos erotico incesto com minha familia todacontos eroticos gozando no cu da coroasocando a mao no cu do namorado tinscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegarota no cio brincando com cachorroistorias de mulheres fudeno com dogyseu madruga coloca pau no cu da dona florindacoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaisconto erótico arrombei o fortãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentequero ser corno contoscontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhoscontos com sogras acima de 50anos pornôcontos eroticos comi minha espetoraesposas carentes contospediu pra ver a buçeta da aniginhacontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemgozando pelo cu contos eróticospassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem parar