Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MEU NAMORDO, MINHA AMIGA E O SEU NAMORADO

Oi! Meu nome é Barbara, tenho 19 anos, 1,60 de altura e 50 kilos. Esse é o meu primeiro conto e espero que gostem.

Tudo começou na metade de janeiro desse ano. Eu, meu namorado o Eduardo e dois amigos nossos que também são namorados (Gabi e o Vitor), descemos para a praia para aproveitar o verão. Lá na praia, ficamos na casa dos pais da Gabi que era linda. No primeiro dia, arrumamos a casa, compramos comida e fomos à praia sá depois do almoço, voltamos para tomar um banho e saímos a noite para um barzinhobalada.

Isso se repetiu nos dias seguintes até que resolvemos jogar “verdade ou desafio”. Enquanto jogávamos, nás bebíamos e no decorrer do jogo, as coisas foram esquentando entre os 4 (eu e o Edu, ela e o Vitor), sá que as coisas começaram a ir além quando o Vitor surgeriu de nás duas começarmos a fazer sacanagem uma com a outra. Eu nunca me interessei, mas como estava um clima legal, eu e ela topamos.

No inicio nás sá nos tocávamos, mas ai as coisas foram evoluindo pra mordidinhas e selinhos e ai começamos a tirar a roupa. Os garotos foram à loucura. O jogo ia rolando e nás quatro já estávamos nus. O jogo já estava no limite como: “Te desafio a chupar...” “Te desafio a levar dedo na buceta”.

Chegou certo momento em que o jogo foi deixado de lado e nás já estávamos nas preliminares. Ambos os casais estirados no chão fazendo um 69 delicioso. Até que o Edu fala: “Ei Vitor verdade ou desafio?” Ele respondeu: “Desafio” Sem pensar 2x o Edu responde: “Me deixa chupar a sua mina?” Nessa hora todo mundo parou de fazer o que estava fazendo e ficamos esperando a resposta do Vitor que disse: “Deixo, mas vai ter que me deixar chupar a tua” E o louco do Eduardo falou: “Fechado!”

No começo eu não queria, sei lá o Vitor era namorado da minha amiga, mas pra ser bem sincera, era bem difícil resistir aquele loirinho bombado e no final acabei cedendo. Nossa como ele chupava bem. Chupava tão bem quanto o Vitor e o seu pau era maior que o do Vitor porém era mais fino.

Depois de um tempo nesse 69 o Vitor vem, me beija e fala pra mim: “Verdade ou desafio?”. Fiquei com medo, mas eu disse desafio e ai ele fala: “Te desafio a dar essa bucetinha pra mim.” Eu morri de vergonha e perdi a fala, mas ai o tesão falou mais alto e eu respondi sim.

O Eduardo foi lá, colocou a camisinha e veio me penetrar. Olhei para o lado e vi o meu namorado olhando aquela cena e me deu um puta tesão e ai eles chegaram mais perto da gente e começaram a fazer a mesma coisa. Quando eu percebi, o Vitor já estava todo dentro de mim e o Eduardo penetrando a Gabi. Nossa como o Vitor metia gostoso! Ele estava me comendo no estilo “papai e mamãe” enquanto apertava o meu seio. O Eduardo e a Gabi metiam do mesmo jeito. Tudo aquilo era uma loucura, mas eu estava adorando. Naquela noite, metemos a noite inteira. Trocávamos de parceiro, de posições, beijei a Gabi e gozamos os 4 umas 3x pelo menos. Dormimos os 4 na sala.

No dia seguinte, todos acordaram de ressaca, bebemos demais e putaria foi de acabar com qualquer um. Nos recompomos, fomos almoçar e no resto dia, fizemos a mesma coisa: praia-almoço-praia-casa, sem ninguém falar no que houve na noite anterior.

Lá pelas 22h da noite, começamos a arrumar as coisas porque no dia seguinte era o dia em que iríamos ir embora. Arrumando as minhas coisas com a Gabi, percebi a ausência dos meninos e resolvemos procurar por eles. Descemos as escadas e fomos em direção a cozinha e encontramos eles bebendo uma garrafa de vodka. Nos juntamos a eles e começamos a beber, beber, beber o assunto caiu sobre a noite anterior, falando como foi bom e como seria legal repetir. Nessa hora, um olhou para outro, rimos e não demorou pra começar a sacanagem. Comecei beijando o Edu e a Gabi o Vitor, tiramos a roupa e logo começou um 69. Fomos pra sala e ai a Gabi fala: “Quero ser penetrada pelos dois.” “Se o Vitor deixar, eu te como junto com ele” – Respondeu o Edu. “Como assim se o Vitor deixar? Se eu deixar né?” – Interrompi. “Amor, depois dela é você!” – Respondeu ele me beijando. Confesso que eu nunca pensei nisso porque o Eduardo me satisfaz na cama e essa situação me deixou sem ação. “Bom, se eu vou comer a sua mina depois, eu deixo você comer a minha comigo” – Falou o Vitor.

Nem precisou de meia palavra. O Vitor deitou no chão, a Gabi sentou por cima colocando o pau dele na vagina dela e logo veio o Edu por trás metendo no cuzinho dela. Ela gritava muito e os dois nem pareciam ligar muito, metiam alternadamente e bem rápido. Enquanto eu assistia, meu tesão aflorava e minha bucetinha já estava molhadinha, em seguida eu passei lubrificante no meu dedo e comecei a colocar um, dois dedos no cu pra ir me preparando para o “pior” o pau do Vitor. Depois de um tempo com os dois metendo, o Eduardo saiu de cima dela, veio até mim e disse: “Amor, você vai adorar!”. Eu não disse nada e simplesmente tirei a camisinha dele e disse: “Quero sentir a sua porra dentro de mim.” Eu tirei e ele começou a me beijar, apertou a minha bunda, começou a me puxar pra cima e eu logo entendi o que ele queria, coloquei as minha pernas em volta da cintura dele e encaixei o pau dele na minha bucetinha. Nos ajeitamos, o pau dele deslizou pra dentro me fazendo soltar um “aaaah”. Ele me segurava pela bunda com as minhas pernas apoiadas no braço dele e ele fazia um sobe desce maravilhoso! Eu estava lá curtindo quando derrepente o Vitor fala: “Cabe mais um ai?”. “Com certeza” – Respondi. Então senti o seu peito nas minhas costas e o seu pau entrando no meu cuzinho. Ele foi metendo devagarzinho e deliciosamente me fazendo soltar um “ai,ai,aaah”. Nunca pensei em sentir aquela sensação, eu nem sei descrever o que era que eu estava sentindo. Não demorou muito e eu comecei a gozar e muito, gemia alto e pedia para os dois me foderem com vontade. Vitor me obedeceu e começou a acelerar, parecia que as bolas iam entrar no meu cu e o Edu continuo no mesmo ritimo, nem rápido e nem devagar. Derrepente o Vitor berra: “Ai caralho!!! Vou gozaar”. Ele tirou o pau do meu cu e correu pra boca da Gabi, que engoliu tudinho. Depois foi a minha vez, mas o Edu foi espetacular. Me carregando no colo, ele foi em direção a cozinha, passou por ela e foi até a varanda. O céu estava estrelado e lindo com uma brisa fresca. Ele olhou no meu rosto e disse. “Te amo muito e sempre vou fazer o que você quiser...” Nessa hora, eu senti ele gozar dentro de mim. Ele já havia gozado dentro de mim antes, mas daquela vez, foi sensacional. Deitamos naquelas espreguiçadeiras e ficamos apreciando o céu lindo. Depois disso, não houve outra vez, mas o Edu que já era bom de cama ficou melhor ainda.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos meu irmãover contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.contos erotico incesto com minha familia todacontos de coroa com novinhocasa dos contos eróticos empregada doméstica na zoofiliaconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentocontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos gosaram no cuzinho virgem da minha filha Contos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrasdupla perfeita uma chupava meu pinto e a outra chupava meu cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotco tirando caboso do filhoContos eroticos assanhadascontos eroticos arrombando a gordaGozei Filha COnto mete metecontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandocontos eróticos com baixinhacontos comi a japonesa rabuda casadacontos dei pro meu genrocontos eroticoscunhadinhas muito safadaContos eroticos namorada e tioconto chantagem afilhadameu sogro minha sogra e minha esposa fazendo suruba contos eroticoscontos eroticos real de marido chama pedreiro pra fazer reforma fas q vai trabalhar vouta e ver a mulher fydendo com ele e fica ecitadoConto inses bebados transando.contoso tecnico em informatica me comeuconto lesbico tia iniciando a sobrinhaConto estrupada pelo pelo padrinhoviuvo fode filho gay contoconto erorico o negro e a filha do amigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomendo a vendedora contos eróticosmaravilha conto heterofui arrombado contos gayscontos comendo o cuzinho dela dopadaviajando de calça leg contos eroticosamiga inseparavel chupa a bucete uma da outraEncaixou a pica no meu cu pelo buraco cabineNo motel quando minha prima percebeu meu pau ja tava entrando na sua buceta virgem contos eroticoscontos escola sexocomi meu aluno lercontos curtpsLóira safada narra conto metendo na coberturaConto erotico. Supositoriocontos erotico com deficientegozou dentro da xota ada cunhada sem querercom as bolas cheia de porra pra minha mulher contos eroticossocando fundo no rabo da sogra chifreirapornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genrocontos heroticos dormi com minga mae e ela mexeu na minha bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteIncesto com meu irmao casado eu confessocontos eróticos de minha esposa bêbadacache:b0LVhW2lUCMJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=22 sou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupaComi o cuzinho da mamae força contocontos travesti no acampamentoContos eróticos liberando a esposaViolentei a deficiente contos eroticosVideo insesto filho empnotiza a mae e tranza com elaconto de encesto filho vetido de noivinhaContos inserto com as subriasconto porno-minha mae e minha avocontos eroticos minha esposachupa o patrao no escritorioContos eroticoshospitalconto erótico currada pelo fazendeiromeu carçereiro gostosocontos eu novinha e meu primo me inicioucontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalno colo conto gayler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tiocontos eroticos iniciação/lesbicacontos bato punhetameu padrasto fou no meu quarto vcontos