Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E O PAI DO MEU NAMORADO.

Olá. Meu nome é Barbara, tenho 19 anos e namoro. Nesse carnaval, eu e a família dele resolvemos descer para a praia.

A casa fica uns 19 minutos da praia e sempre íamos a pé, porém um dia o meu sogro o Roberto esqueceu a sacola de cervejas e resolveu voltar para buscá-las. “Esqueci as brejas em casa. Vou lá pra buscá-las” Eu tinha deixado o meu livro em casa também, não fazia questão dele, mas como ele estava volta pra casa, eu fui com ele. “Deixei o meu livro lá, vou com você pra casa e aproveito pra pega-lo.” E assim fomos.

Chegando em casa, eu fui no banheiro fazer xixi, depois eu sai, fui ao meu quarto, peguei o livro que estava na cabeceira da minha cama e passei em frente ao quarto do Roberto e da Ana (minha sogra) e porta estava entre aberta. Vi uns vultos e percebi que ele, o Roberto estava lá e fiquei espionando. Abri um pouco a porta e vi que ele estava nu e se olhando no espelho. Ele tem 40 anos e malha logo ele tem o corpo em dia. Moreno, tipo “urso”, tem peitos fortes e coxas largas, um tesão! Fiquei lá olhando aquele corpão e ai derrepente ele olha pra trás. Sai correndo, sentei no sofá da sala e fingi que nada aconteceu. Logo ele apareceu e se sentou ao meu lado e disse: “Eu vi que você estava me observando em quanto eu trocava de sunga...” “Ah, eu escutei um barulho e fui ver se era você mesmo...” – Não sabia o que responder. “E parou na porta e ficou me olhando...” retrucou ele. “Não! É que na hora que você olhou foi justamente a hora em que eu olhei também” tentei me esquivar. “Uhm, certo. Então porque antes de perceber que eu estava olhando, você estava se tocando e olhando pra minha bunda?”. Gelei na hora, não sabia o que responder. “Ah, é que...” tentei me explicar, mas ele me beijou (e que beijo), acariciou o meu cabelo e disse: “Fiquei excitado em ver você me olhando” pegando a minha mão e colocando sobre a sua bermuda.

O volume da calça dele era enorme e fiquei excitada também. Logo ele voltou a me beijar, desamarrando a parte de cima do meu biquíni, tirou e começou a passar a mão na minha perna. “Sempre te achei muito linda. Meu filho tirou sorte grande” e continuava a me beijar. Depois de alguns amaços, ele me deitou no sofá e se colocou sobre mim. Tirou o meu short e em seguida tirou o dele. Enquanto ele apertava os meus seios bem firme, ele esfregava o corpo dele no meu e eu podia sentir aquele pauzão sobre a sunga raspando na minha buceta escondida sobre a parte de baixo do biquíni. “Sempre te desejei e hoje você será minha!” – disse ele. “Toda sua, você vai poder fazer o que quiser comigo.” Depois dessas palavras, ele tirou a parte de baixo do biquíni e começou a lamber a minha buceta. Uhmm que língua gostosa. Ele sabia como fazer, hora lambia, hora chupava, hora dedava. Eu já estava toda excitada e quase gozando quando ele parou e eu o vi tirando a sunga. “Vem cá e faz uma chupetinha...” – mandou ele. Cai de boca. O pau dele devia ter mais ou menos uns 17,18cm muito bem cuidados. Comecei pela cabeça, desci pelo corpo e engolia até a metade. Repeti isso várias vezes, variando a velocidade e as vezes o punhetando. “Chupa as bolas também.” Obedeci e lambi o par de bolas dele, mas logo voltei para o que me interessava mais: o pênis. Chupava, punhetava e deixei bem molhado. Eu estava de quatro no sofá fazendo o boquete, então eu parei e me deitei, ficando deitada com a cabeça inclinada no braço do sofá e disse: “Me fode papai”. Pra que eu falei isso? O cara ficou louco. Deitou sobre mim e disse: “Vou fuder a minha filhinha bem gostoso.” E fez. Colocou o pau na minha buceta que entrou sem cerimônias. Como era gostoso. Ele começou metendo bem devagarzinho e depois foi acelerando o ritimo e depois bombava que nem um touro. Eu gemi e gemia muito. “Mete gostoso! Ai, ai, isso vai! Ai, ai...”. Então ele me pegou pelos braços, sem sair de dentro ele foi se inclinando pra trás e me puxando junto e então ele se deitou e eu fiquei sentada por cima dele. “Fode o pau do papai”. Nem precisava pedir. Cavalguei como uma puta naquele pau. Subia, descia e rebolava. Ele apertava meus seios e fazia expressão de tesão, enquanto eu cavalgava num ritimo frenético. Depois de uns minutos naquela posição, ele disse que queria me foder de quatro. Sai de cima e fiquei de quatro no chão da sala e disse: “Fode a sua cadelinha” balançando a bunda. “Sua puta gostosa!” Ele se posicionou atrás e diferente de antes, me fodeu sem dá. Metia muito forte, dava pra escutar de longe nossos corpos se batendo e foi ai que eu gozei soltando um “Aaaah”. Depois de alguns minutos ele anunciou o gozo. “Segura que lá vem porra!”. Depois de uns segundos senti o pau dele pulsando dentro de mim e o gozo quente percorrendo a minha vagina. Caímos para o lado todos suados. “Jamais pensei que isso fosse acontecer” – disse ele. “Nem eu” – Respondi. Ele me deu um longo beijo e ai começamos a nos trocar, pois já havia passado 20min desde a hora que tínhamos chegado. Pegamos as brejas, o meu livro e combinamos como iríamos justificar o atraso.

No caminho de volta a praia, ele disse: “Vai haver outra vez ou foi uma aventura dos dois?”. “Por mim haverá várias vezes e eu gosto de aventura. E você?” – Respondi. Dando um tapa na minha bunda, ele responde: “Beleza então. Faremos isso outras vezes, não abro mão de uma aventura também.

Chegando à praia, a Ana perguntou o motivo da demora e respondemos que ele não estava achando a sunga nova e paramos pra conversar com o vizinho. Abracei e beijei o meu namorado e tudo ficou normal.

Houve outras transas com o meu sogro. Ele chegou a meter no meu cuzinho e gozar na minha boca, mas foram apenas umas 2x. Ele trabalha bastante, é casado e eu estudo e tenho namorado, ai fica difícil né?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos em familiatroca casais no acampamentos contos eróticoconto gosto de usar roupas femininascontos eroticos Sofrendo com o pauzaopau na boca da namorada dpconto trocando as filhascache:JHUBKjzFag8J:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_3_112_heterossexuais.html voyeur de esposa conto eroticocache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 peito peludo conto gaycontos de assalto com incestoVídeo lendo contos com vibrador na bucetametendo com violencoa no cu da gordonana hora do horgazmo gozandocontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbcontos de coroa com novinhoeu e meu irmao contosbucetinha virgem bem pequenininho viscosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhocontoseroticos irmoes e irmã no assaltoCercada por varios contos eroticosContos Eróticos Nega bebada de leguinpirulito do titio contos inocentecontos eróticos bem maior que a do.meuConto erotico esposa vendadacontos eroticos comi uma desviadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha vagabundaeu e minha mulher fudemos com nosso caseiro e suas filhas juntos contosCavalo cumendo uma jumetinha bem novinha que rincha muitocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasquinha da minha - contos eroticoscomi minha mae na varanda contosmolhadinha de tesao com pica dos animaisnovinha e safadinha conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico paraliticofotos.e.contos.de.homem.cazado.que.ama.chetar.pau.pintomeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostodelicia conto heteroContos eroticos eu e minha familiacontos de mae fudendo com o próprio filhoMeu irmão mandou eu deitar com eletirando as pregas do cu da joyceMI MEU PRIMINHO  dois viadinhos e uma mulher contos eroticoscontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos adoro ver ele dando leite pro meu negaoGozaram na calcinha na cerca contocontos com teens sentando na ro do pri com doze anosMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contoeu via de pertinho ela chupando corno contosgay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transarporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoConto comida por velhos sexocasa dos contos o jegue de bigodescontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos homem casado se veste de munher e da cucontos sem pudor com a menininhamulher pois o marido a xupae o travestecoroa raspadinha gozando contosContos de incesto familiarcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacontos de sexo comendo a amiga da minha mulher foi ela que pediucontos eroticos transando com a cuhada branquinha da boceta peludaenrabado no campingcontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagouContos homem casado se veste de munher e da cuesposas carentes contoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzudaconto enteada sem calcinhachantagem minha irmã e como o cú delsas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz alta