Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A NAMORADA DE PORTA ABERTA E TIA NA SALA

Oi, meu nome fictício é Henrique, e vou contar sobre a viagem que fiz pra encontrar minha namorada Júlia há um tempo. Eu tenho 1,83m, 80kg, físico bem distribuído embora não definido como um atleta, ombros e braços fortes e com boa pegada. Minha namorada é mais nova que eu, e desde novinha tem um corpo maravilhoso: 1,70m, 58kg, peitos de médio a grandes, mas bem firmes, coxas grossas e uma bunda maravilhosa, que faz muitos homens virarem o pescoço. Eu não sinto ciúmes de os homens olharem, pois sei que é gostosa mesmo, e como ela é super fiel a mim deixo que a vejam sem poder fazer nada, enquanto eu faço tudo hehehe

Bom, eu conheci ela na cidade em que ela mora, mas me mudei de estado, e continuamos namorando à distância pois nos amamos e estou conseguindo visitá-la de temos em tempos pra matar a saudade. Mas ficaríamos um tempo sem nos ver, e então combinamos de nos encontrar na casa de uma tiapra passar o fim de semana juntos.

Depois de um mês sem transar, chegamos ambos com muito tesão e aquela vontade imensa de já ir direto pra cama, mas tínhamos que nos controlar pois os tios dela eram super práximos e tinham muito ciúmes dela, o tio mais ainda, porque foi nessa ocasião que o conheci. Claro que demos um jeito de transar todas as noites, pois dormimos no mesmo quarto, mas sá vou contar o que ocorreu no último dia, pois foi o mais excitante.

Meu vôo de volta pra minha cidade saía as 20h, e ela pegava ônibus as 21h, então queríamos aproveitar ao máximo aquele dia, pois ficaríamos um bom tempo sem transar de novo. Saímos pra almoçar, e na volta, fomos pro quarto tirar uma sesta, enquanto os tios ficaram na sala vendo TV. Passamos mais de uma hora lá, debaixo de uma cobertinha pois estava meio frio, nos beijando, acariciando e falando bobagens. A cada momento eu tinha mais tesão e ia entrando mais na roupa dela, primeiro nos peitos, depois na bunda, depois por dentro da calça, até chegar na sua bucetinha... comecei a acariciar ela até que senti ficar molhadinha, e aí comecei a meter o dedinho dentro pra ver como ela reagia. embora seja recatada, ela se rendeu ao tesão e em vez de me frear me acelerou, dizia pra não parar que estava muito gostoso e queria muito transar comigo ali.

Nossa, meu tesão passou dos limites, eu disse que queria muito transar com ela ali e que faria isso naquele momento. Ela me mandou ir pra sala ver se os tios haviam dormido, enquanto trocava a calça por um shortinho mais fácil de tirar. Fui pra sala quietinho, e na hora de espiar dei de cara com a tia dela acordada. Perguntei do tio, e ela disse que tava dormindo. Falei que sá ia buscar água e achei que estavam dormindo, por isso fui na ponta do pé. Peguei a água e fui pro quarto, e minha namorada fingindo estar dormindo; desapontado, falei pra ela da tia acordada, e me enfiei debaixo da coberta achando que ela não ia querer transar com aquele perigo, pois a porta tinha que ficar aberta e era 4h da tarde, ou seja, super claro no quarto. Que surpresa a minha quando ela vira e diz: “não importa, quero transar com você e por isso já até tirei a calcinha!” nossa, alucinei de tesão, já meti a mão dentro do short e aquela bundinha lisinha tava pedindo pra ser apalpada e enchida de tapas, aí ela desabotoou o short e eu o abaixei. Baixei também a minha calça, e o short dela mais ainda, até que passou quase do joelho, e comecei a passar meu pau que estava como pedra na portinha da sua buceta... já estava super molhada, e sá de passar meu pau já fazia um barulhinho gostoso típico de estar toda melada.. comecei a empurrar devagar, e ela com uma carinha de safada imensa que dizia sá na expressão que queria mais, então eu disse: “vem, minha safada, traz essa buceta aqui pertinho, traz essa bunda aqui também e rebola no meu pau...” ela se juntava em mim de conchinha, com as pernas abertas e ajudava no vai e vem, nossa, que tesao, ainda mais sabendo que a tia podia passar no corredor e nos ver pela porta aberta, pq nem dava pra fingir estar dormindo, ela com a perna levantada e o short baixado, e aquele barulhinho típico da cama rangindo. Eu metendo e ela dizendo baixinho “vem meu gostoso, mete em mim, mete, tudinho até o fundo, mete que ta gostoso amor, amo transar com você!”

Cada vez ficava melhor, cada vez mais tesao, e abaixei mais ainda o short dela, abaixei mais ainda minha calça e fiquei ali bombando na sua buceta quentinha que queria pica. Aí ela me virou e falou: “me dá seu celular agora, quero tirar uma foto do seu pau entrando todinho na minha bucetinha, pra deixar de recordação...” Nossa, fiquei mais louco ainda, dei o cel pra ela que tava largado ao lado da cama e ela tentou tirar a foto, mas ele era super não tinha cam boa. Aí mandei ela ir pegar a câmera digital dela, ela vestiu o short meio desajeitada e foi, pegou e me entregou, e enquanto eu botava em modo filme ela baixou o short ainda mais e já abriu as pernas pra eu meter todo meu pau dentro dela. Dei a câmera pronta pra ela e mandei ela filmar a gente transando, ela adorou a idéia e colocou a câmera bem na frente da bucetinha e filmou meu pau entrando até o fundo e saindo quase todo depois, sá deixando a cabeça dentro. Filmou assim e daí me passou a câmera, e eu filmei por trás, a marquinha do biquíni sendo envolta por mim, e meu pau entrando todinho naquela buceta apertadinha, maravilhosa. Ela sá falava “meete, mete gostoso, ai que tesao, não para, quero gozar muito com você aqui!” Estava fazendo muito barulho agora, mas já nem ligávamos, não dava pra parar, e ela rebolava cada vez mais no meu pau, até que eu perdi o controle... estávamos sem camisinha, porque afinal nem havíamos planejado transar ali e aquela hora, e meu tesao de meter nela com gente em casa, a beira do flagra, me fez esquecer disso.. já estava pra gozar quando lembrei, tentei tirar mas não deu tempo, gozei muito bem na entradinha da boceta, dizendo “aai minha gostosa, vou gozar dentro de você, safada, vou gozar nessa sua bucetinha e te encher de porra”, e ela gemia baixinho dizendo que adorava, que tava escorrendo bem quentinho no meio das pernas, e queria mais.. já que gozei fiquei ali metendo até ele amolecer, pq foi aquela gozada federal que acabou com meu pau, e minha porra escorrendo envolta do pau pelas pernas dela... aí ela disse que amou, e até queria mais, mas como estava tarde achava melhor tomar um banho antes que a tia percebesse. subiu o short, e na hora marcou tudo, subiu aquele cheiro de sexo no quarto e ela foi pro banheiro se trocar... a tia ficou na sala e nenhuma vez nem passou perto do quarto, pra nossa sorte e maior tesao na transa mais gostosa de todas...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sexe conto minha fia mideo o cu por 1.00 reaucotos erotocos piscina casadacontos eroticos coroa 57 anos amiga da minha mãezoofili negao magro com umaacontos ajudando a sograContos eróticos eu e meu bemzinhoContos eroticos gay meu cachorro me comeuminha irmã cavala chora no meu pau. contos.contos eróticos fui flagrado comendo minha sogracontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoesposa crente relatando contos troca casais pornowww. indiando a rola na gostosa por baixo do vestidoNo motel quando minha prima percebeu meu pau ja tava entrando na sua buceta virgem contos eroticoscontos eroticos,eu e minha maniia de mini saianao acreito que minha sogra me chupou contocontos eróticos esfregaçãocontos erotico incesto com minha familia todacontoseroticospossuidafetiche mulher atola cueca no rabo do caraContos erotico com o meu avo na fazendaContos,eroticos de,bucetas com pintas estranhasconto erotico transei com uma velha deficiente especialmeu pai lmbia minha bocitinhaContos eroticos até ontem, eu era fiel 3 parteesposa e sogra metendo na praia contosmulheres casadas de shortihno bunbumgrandecontos eroticos dormi e dei rola primacontoseroticocoroas Contos eroticosComeram minha esposa e goram dentro delamulher que ja sento no maior peni todo atoladocontoseróticos tímida . dormindoconto porno alargando a xanacontos eróticos a coroa casada foi estuprada dentro de sua casacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvircontos eroticos eu minha esposa e os flanelinhas safadosnoite fria com titia contos eróticoscontos velha casada fudendocontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazConto erotico botei minha pica nao aguentouodiava o marido da minha prima parte2 contos gaycontoseroticocoroascontos eroticos brincando escondido infanciacontos eroticos coroas negrascontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netascontos eroticos femininos de casadascontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãocontos de gays sendo arrombados por varias rolascontos eroticos brincando pique escondeconto erotico doce bruninha novinha no coloconto erotico chantagieiContos eroticos de incesto putaria entre familias em gang bang so de homens pauzudos no sitioconto enteando querendo da para o padrastofilha cadela contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico gozar dentro bucetaContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelconto com a cunhadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos peguei meu pai com uma novinhacontos gays com gémeosMae com a mao quebrada conto incestocontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leitex vidio comtos eroticos mães inocenteContos eróticos curtos de cachorro fodendo a cozinheiraContos eroticos dinheiroComo me tornei um corno mansoas pamteras se fudeu rola crossa no cuCacetudos batendo punheta no alimentosconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigameus tios uma historia real 1ver tv pornô mulher que tem a vajina muito linda e grade gozando na pica sem para vaquira com o cavaloconto erotico meu cunhado viajou maninha pediu pra eu ficar com elaContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casaContos eróticos primeira vez colégiocontos de lesbicas coroastitiocolocadevagarmadrasta e seu consolo