Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EVANGELICA, QUASE INOCENTE E TARADA 2 - A SURPRESA

EVANGELICA, QUASE INOCENTE E TARADA 2 – “A SURPRESA”

Continuando conto anterior... A Renata estava totalmente paralisada, o gozo foi tão violento que dava para ouvir sua respiração ofegante, ela estava ainda em êxtase total...

Deitei-me ao seu lado, sentindo todo o calor que emanava do seu corpo. O seu corpo tremulo, instintivamente me fez abraçá-la e aconchegando-se ao meu, assim com o efeito da endorfina, relaxou e desfaleceu por um bom tempo.

É difícil ficar ao lado de uma mulher deliciosa: peitinhos pequenos bicudos, pele macia e cheirosa, bundinha perfeita e bucetinha pequeninha, lisinha toda depiladinha. Comecei a acariciá-la, ela acordou e se encaixou de ladinho encostando aquela bundinha no meu pau que rapidamente ficou duro. Quando ela sentiu meu mastro forçando o reguinho de sua bunda e olha que eu tenho um pau de responsa, aproximadamente 21,5 cm de comprimento e bastante grosso. A renata neste momento, numa agilidade felina, subiu em cima de mim, encaixou os lábios da sua buceta no meu pau que estava sobre meu abdômen e foi fazendo um movimento ritmado de baixo para cima em toda a extensão da minha pistola que me deixou maluco de tesão. E ao mesmo tempo me beijava, sugava minha língua, lambia minhas orelhas me levou ao delírio. E eu louco pra enfiar minha pistola na sua grutinha e ela travava me deixando cada vez mais tarado e me pedindo para deixá-la dominar que eu iria adorar, alias eu já estava adorando aquilo.

Depois de um bom tempo nessa bolinaçao meu pau já estava melado de tanto que a Renata estava molhada. Ela ergueu seu quadril quase a altura do meu peito e foi descendo de forma que sua bucetinha encontrou com a cabeçona da minha pistola, ela forçava para baixo mas, sua bucetinha era muito apertada. Eu sentia meu pau entrando rasgando tudo e via a expressão em seu rosto de dor e de enorme prazer. Já estávamos nessa há tempo, e não tinha entrando ainda nem a metade da minha pica, num instinto animal, segurei-a pela cintura e empurrei de uma sá vez . Ela soltou um berro, me pedindo para parar...pelo amor tá doendo muiiiiiito, envolvi sua cintura com os meus braços e iniciei um movimento ritmado e acelerando de pouco a pouco até perceber que ela já estava socando sua buceta no meu pau sem dá. Acelerei mais o ritmo e socava o Maximo de força que tinha e apás alguns minutos ela começou a ter espasmo muscular e começou a gozar de forma violenta ai que eu a segurei com mais força e meti com vontade e foi o maior prazer ver aquela maravilha de mulher gritar, chorar, implorar para eu parar, para eu continuar até ela desfalecer e logo fui descobrir que ela tinha tido um orgasmo múltiplo.

Eu não havia gozado ainda, e já estava enjoando daquela posição de submissão. Sai de baixo da Renata, abri suas pernas e fui logo enfiando minha pica na sua buceta, que não teve nenhuma resistência, pois tava ensopada de tanto gozo. Fui movimentando devagarzinho, tirava até a cabeça e enfiava devagarzinho até o talo, fique neste movimento um bom tempo, deixando minha maravilha de mulher se recuperar.

Era a primeira vez que transava com a Renata, não a conhecia direito e muito menos seus desejos sexuais. Mas como bom brasileiro que sou, deixei meu pau todo atolado até as bolas na sua buceta, comecei beijá-la e mordicar sua orelha e sussurrei no seu ouvido, eu adoro comer um cuzinho. Ela não questionou, nem retrucou, sem falar absolutamente nada, para mina SURPRESA, levou sua mão até meu pau que estava todo atolado na sua buceta, tirou ele pra fora, posicionou no seu cuzinho e empurrou seu cu contra meu pau eu enfiando e sem resistência entrou todo, parecia que ela tinha o cu lubrificado. Ela me disse: eu também adoro dar o cu, gosto mais de dar o cu que a buceta. Então eu a coloquei de quatro, fui metendo o pau sem dá, quanto mais violência eu usava, mais a renata gritava, pedia mais, mais, mais...até que eu não aguentando mais, sentei-me na poltrona, ela sentou de frente pra mim, encaixou se cuzinho no meu pau e foi cavalgando com tanto força que rapidamente eu explodi numa gozada fenomenal.

A renata, como é mais maravilhosa das safadas que já conheci, me prometeu que da práxima vez eu tenho que fazê-la gozar pelo cu. Com certeza eu me prontifiquei...

Gostaram me contatem: [email protected] mandem seus comentários

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos mulataquer q minha mulher trepe com outroWww.xoxotinhanovinha.comcontos eróticos meu sonho e da pro meu sobrinhomeu professor meu namorado contos gayler relato de suruba na casa da comadriconto eroticos comendo a irma de perna quebradagozaram tudo no meu cu contocontos porno rasguei o cu da mamae com ajuda do papaimaravilha conto heterovideo de sexo c langerriesposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticominha cunhada r***** vou descer a pica nelacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetransformação contos eroticostravesti leiteira contos eróticoscontos sexo minha mulher e o coroanifetas brasileiras dando cuzinho virgem pro irmao chorando de dorseio durinho excitaçãocontos velha casada fudendocache:otDuz9llvmgJ:okinawa-ufa.ru/conto_22069_que-caseiro....html Crossdresser de salto contos eroticoscontos vi minha espisa fodendo com outroassanhada vestida provocanti pirnoflaguei minha esposa varias veses se masturbanoconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprohumilhado travesti contoscontos dei pro meu genrocasa dos contos eroticos/Três é demaiscontos reais de encoxando a maerelatos eroticos de casais trocando e os homens se alisandocontos eroticos arrombando a gordamoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoscontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhocontos de assalto com incestoconto eroticos comi minha vizinha de 7aninhoscomtos eroticosgarotasconto erótico irmão vomitou roupacontos eroticos de cdzinhaConto minha filha dorminda so de fio dentalcontos eróticos sarro no ombrocobto eróticos. chupei cu do meu maridoenfiando a perna da capeira na bucetameu pai fez minha mae mim dar a buceta na sua frente quando eu tinha dez anos contos veridicossovra manda o genro da taña na bunda delacontos eróticos de filhos t***** de pelas calcinha da sua mãecontos nao queria mas vovo gosou.na meninaComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delameutio metirou cabacode santinha a putinha e um pulo contos eroticosComendo a mulher do amigo contoscontos eroticos de incesto: preocupada com meu filhocontos de sexo sogropuzeram esposa dar pra todosrelatos reais eróticos - saciada em casaSou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempocomendo a cunhadinha lindinha contos eróticosConto erotico apoata insanaContos eroticos de casasastrs com minha tia no banheiroContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadascalcinha usada contos eroticosconto lesbico tia iniciando a sobrinhaconto erotici com coroas homens de 80 anosContos eroticos Fui estupra com meu tio negrocontos eroticos arrombando a gordameu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comecache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos de coroa com novinhoconto erotico titia coroacontos sexo minhas meninas do sitiocontos eróticos da quarta-feira de Cinzascontos de incesto pais deflorando filhascontos eróticos rola babonaminha sobrinha no motel no meu pau conto eroticoContos eroticos minha irman roqueiraconto chantageada suruba engoliconto gay titio gaycontos sadomasoquista vendida pelo maridoenrabando a boneca contoscontos eroticos transando com a cuhada branquinha da boceta peludacontos eroticos arrombando a gordaIncestoconto.meninascache:hNEcBAkab0YJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=127 conto esposa gozadaf****** irmã mora nos peitos das gostosascontos sex obrigcontos gays com gémeos