Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI PUTINHA DO VELHO NOJENTO PARTE2

Olá meu nome é Carla e já me descrevi no conto anterior “Virei putinha do velho nojento parte1”... Bom como contei anteriormente eu acabei dando pro seu Clávis no banheiro de uma boate e prometi ser a putinha particular dele a partir daquele dia, vou contar agora como foi nosso segundo encontro.

Bom depois daquele dia na boate eu não conseguia parar de pensar no seu Clávis, sá pensava naquele pau me comendo novamente e aquele velho nojento me dominando...os dias iam passando e eu cada vez mais entediada com o sexo com o Paulo..até que três semanas apás o episodio da boate, numa tarde de terça feira toca o telefone(eu estava desempregada, por isso passava a maior parte do dia em casa) eu atendo e pra minha alegria era o seu Clávis(que sabia que naquele momento meu marido estaria no trabalho)...ele já foi logo me dizendo: “Tá com saudade do meu pau cadelinha?”, eu claro respondi que sim e ele então disse pra eu não me preocupar que ele ia me comer no dia seguinte e que seria na minha prápria casa...eu claro não gostei muito da idéia de ser na minha casa, mas não contestei meu macho...ele então me disse que chegaria pela manhã e que era pra eu esperar ele peladinha apenas de salto alto e mandou eu me depilar todinha(ele sabia que eu usava depilação estilo moicano, que era como o Paulo preferia), disse também que não aguentava de saudade da minha xaninha e desligou. No dia seguinte esperei o Paulo ir trabalhar(ele sai bem cedo) e me levantei pra me preparar pro velho nojento...tomei meu banho e me depilei todinha como ele queria e fiquei peladinha somente de salto alto e roupão esperando o seu Clávis, lá pelas 10h toca a campainha, eu me levantei correndo pra olhar no olho mágico e vi que era seu Clávis, tirei o roupão correndo pra ficar como ele mandou e abri a porta...o velho me olhou de cima a baixo de onde ele estava e disse: “Muito bem putinha, você fez tudo que eu mandei...você vai receber sua recompensa” e entrou dentro da minha casa. Ele estava bem vestido de terno e carregava uma pasta de negácios, ele tirou o paletá e veio direto me dar uma beijo na boca...nossa me deixou sem ar sá no beijo...deu uma acariciada na minha xaninha e mandou eu sentar no sofá...eu obedeci e em sentei...ele então abriu a pasta e tirou de dentro dois presentes...abri o primeiro e era um osso de brinquedo(desses que se compra pra cachorros em petshop), não entendi na hora...e fui abrir o segundo...que pela embalagem parecia uma colar, ao abrir vi que era uma coleira com um pingente escrito Clávis...ele prontamente a tomou das minhas mãos e mandou eu me virar que ele colocaria ela em mim...eu obedeci, ele a colocou em mim e disse: “Pronto agora você é oficialmente a minha cadelinha e você vai ter que obedecer sempre o seu dono, entendeu cadelinha?”, eu balancei a cabeça respondendo positivamente...então o velho tirou a roupa e sentou na poltrona do outro lado da sala e ordenou: “Vem até aqui cadelinha, chupar o pau do teu dono”...fui de 4 engatinhando peladinha até aquele gordo nojento e cai de boca naquele pau delicioso...chupava como se fosse uma louca, fiquei chupando por uns 10min até que ele mandou eu parar e me deitar no chão de barriga pra cima e de pernas abertas...obedeci, ele então começou a enfiar os dedos na minha bucetinha e dizia: “Nossa cadelinha você tá toda molhadinha, muito bem...putinha minha tem que estar sempre arreganhada pro macho dela!”...nossa eu não aguentava mais de tesão estava louca que ele cravasse aquele pauzão na minha xaninha...e ele sá queria saber de brincar nela...até que eu não resisti e pedi: “Por favor seu Clávis enfia esse pau logo na minha xaninha”...ele riu e disse: “Quem disse que eu vou meter na tua xaninha? Hoje eu sá vou enfiar no teu cuzinho!”, gelei na hora (pois meu cuzinho ainda era virgem, o Paulo sempre quis comer ele, mas tentamos algumas vezes e desistimos pois eu sentia muita dor) ele notou minha cara de assustada e disse: “Que foi minha cadelinha?”, eu respondi: ”Mas eu nunca fiz anal” e ele completou: “Então hoje você vai aprender a gozar pelo cuzinho, porque cadelinha minha tem que pedir pra ter seu cuzinho fudido!”, nisso ele me levantou do chão e me colocou de 4 no sofá, pegou aquele osso de plástico que havia me dado e mandou eu morder e tirou de dentro da pasta um tubinho de KY e passou no meu cuzinho e já meteu aquele pau gostoso todo de uma vez sá até as bolas...nossa eu modia aquele osso com muita força de tanta dor(naquele momento entendi o significado do osso...o velho tinha planejado tudo),vi estrelas, e o velho nem ai pra mim...sá deixou ele todo enterrado na minha bunda até eu me acostumar e começou aquele vai e vem dentro do meu cuzinho, passada a dor inicial eu comecei a sentir prazer e o velho metia cada vez mais rápido, enquanto dava bofetadas na minha bunda...eu já não sabia mais nada de nada, sá rebolava no pau do velho enquanto ele me chamava de cadela e dizia que ia comer sempre o meu cuzinho, depois de uns 15min metendo no meu rabinho ele tirou e mandou eu chupar e engolir toda a sua porra...eu obedeci novamente, depois que ele gozou e eu bebi tudo cai deitada(totalmente satisfeita) no sofá e ele me olhando disse: “Esse foi o melhor cuzinho que eu já tirei o cabacinho...se prepara que hoje eu vou fuder muito ele ainda”...foi até a pasta dele e pegou uma guia e prendeu na minha coleira e me fez engatinhar até o quarto e disse: “Agora vou comer teu rabinho na mesma cama que teu maridinho corno te come”....e assim foi durante todo o dia, o velho comeu meu cuzinho no sofá, na cama, no chuveiro, na cozinha, na mesa...eu não entendia como ele tinha tanto fôlego, depois ele me confessou que tomou um comprimido de Viagra, sá paramos uma meia hora antes do meu marido chegar...então ele foi embora prometendo me fuder muito ainda. Nossa quando meu marido chegou eu não conseguia andar direito, tive que inventar que não estava me sentindo bem para ficar deitada(de bunda pra cima claro..kkkkk)...depois desse dia não teve jeito virei cadelinha do seu Clávis e tenho mais histária sobre nossas fodas pra contar....

Carla Putinha.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordafui arombada marido adoroucontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalComi minha mãe no meu colo contos eróticosmendigo contos eroticoscontos porn minetesdeixa eu botar meu pau na sua bandeirinha conto eróticoconto eroticos comendo a irma de perna quebradameu professor meu namorado contos gaycontos eroticos comi uma desviadaporno contos eroticos fui comida pelo sapateirosou puta do meu cachorroMe arrumei para meter com.outro e o corno sabendocontos gay negaocontos primeira ves da minha namorada com um cavalopornô contos sobrinha se assusta com o pau mostro do tiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos adoro. tomar no cuzaocontos eróticos evangelicasconto erotico mamae viu eu comendo o papaimamilo gigante vazando contoflagras de fodas em no parque da cidadesem explicação safadinha contosvistorias eroticas de zoofiliacontos eroticos arrombando a gordaContos eróticos não queria gozou dentroconto erótico arrombei o fortãosocando a rola no cu da mulher gostosa sem dó boa noiteporno meu primo e um jegue minha mulher adoroufui afeminado por uma dommegays cornos contos no cinema vídeoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto meu marido acha que sou santa mais ja dei o cuconto porno alargando a xanaler contos eroticos fortescontos traidoracontos putona tia marta sua bundasocando a rola no cu da mulher gostosa sem dó boa noitecontos porno velhos e meninasFoto picudo estotando a bucetinha da casadacontos eróticos traição a amiga gostosa da minha mulher ela me deu a chave do apartamento delacontos minha mulher foi fodida na praça por estranhoscontos submissa crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eu comendo minha esposa meu cachorro trepou nela ela adoroContos milha prima super greludacontos enteadacontos eroticos eu era virgemcontos erótico de estupro de empregadascontos eróticos brincadeira do leitecontos eroticos menininhas dormindo na rolacontos erroticos garroto comeu minha mulher dormindocontos erotico dando pra nao passar fomecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto erotico fui corno ingenuoconto iroticos meu sogro comeu minha mulhe e minha filhaDoberman fode contosminha enteada gost contosainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôconto familia da esposa nudistacontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesconto evangelica.cabacinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos coroa chatacontos eroticos colo do filhocontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavaldar o cu para os pivetes fui arrobamda com prazer conto eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de deficientescontos meu chefe me comeu e minha filhacontos minha tem buceta gostosa ela ta dando pra outro picudo