Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUNHETEI UM ENCOXADOR NO TREM

Meu meio de transporte mais utilizado era o metrô. No meu horário de saída, estava ficando cada vez mais lotado, às vezes passavam 2 ou 3 trens até que eu pudesse embracar. Muitas pessoas espremidas dentro dos vagões e muitos ficavam de fora. Nessa situação é claro que sempre acabavam acontecendo as famosas encoxadas. Os mais abusados não tinham vergonha de ficar roçando o pau na bunda de quem estava na frente, sem cerimônia. Há alguns dias eu vinha observando um cara muito sem-vergonha que pegava o trem no mesmo horário que eu ficar encoxando quem quer que fosse. Então eu resolvi que iria parar na frente dele e aproveitar. Mal conseguindo esperar o final da tarde, aquele dia quase não trabalhei direito.



Ao chegar à estação, mesmo lotada, encontrei o encoxador. Abrindo espaços entre as pessoas, consegui ficar perto dele. Quando o trem chegou foi aquele empurra-empurra e finalmente entramos naquela lata de sardinha. Meu plano deu certo e ele ficou bem atrás de mim. Não demorou muito, senti aquela pressão na bunda. Não sentia o pau dele duro ainda mas ele estava roçando em mim com vontade. Praticamente sem me mexer, escorreguei minha mão para dentro da calça dele. Por um momento ele parou, esperando para ver o que eu iria fazer. Para minha surpresa, era um cacete bem lisinho, completamente depilado e um tanto quanto grosso. Comecei a acariciar aquele pau gostoso e ele recomeçou a apertar contra mim.



Estávamos num canto do trem, então era difícil alguém perceber. Também sem chamar muita atenção ele enfiou a mão por dentro da minha calça, tocando minha bunda e deixando um dedo bem na entrada do meu cu. Empurrei para trás com força, apertando a mão dele contra a minha, que estava agarrando seu pau. Ele começou a enfiar um dedo no meu rabo e meu pau parecia que ia furar a calça. Eu estava com muito tesão, quase a ponto de abaixar minha calça e deixar ele me comer ali mesmo, mas aí não daria pra esconder... Continuamos por algum tempo com ele me comendo com o dedo e eu apertando o pau dele. De repente ele parou, percebi que ia gozar. Apertei firme a cabeça do pau dele e ele empurrou com força contra minha bunda. Senti minha mão ficando toda melada com aquela porra que não acabava de sair. O dedo dele estava enfiado no meu rabo ainda. Fui tirando a minha mão de dentro das calças dele. Tirei o excesso de porra da minha mão na cueca dele, mas ainda tinha bastante. Sentia minhas pernas tremendo de tesão.



Não vi em qual estação ele desceu. Ao chegar na minha estação, fui direto no banheiro. Ainda com um pouco de porra dele na minha mão, bati uma punheta liberando todo meu tesão no chão. Depois desse dia, não consegui encontrá-lo mais. Mas caso o encontre, vou tentar que ele bata uma punheta pra mim no trem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


calma aí bota devagarcontos eróticos enteadoscontos eróticos amigave amigocontos eroticos meninos pintinhocontos no orfanato gayWww.garotinhasafada.comcoroa de 40 carenteconto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxouconto comi minha amiga peludacontos de calcinhas sujasQuando ensinei a minha priminha a pegar no meu Pau contoas antigas Sophie travestis masturbando na salaconto sexo esposacontos com teens sentando na ro do pri com doze anosContos gay banheirofodida no onibus por coroa contosminha sobrinha , na praia contomulher depravadabati muita punheta depois de casada. conto de mulher casadaGurila.trepa.na.muher.e.fode.por.cima.da.calciha.e.acabagozando no colo do papai contosContos erotico mim fantaziei de cachora para meu filhoorgia com os nerdes casa dos contoscontos eroticos de casadas d rio grande do nortecontos eroticos espermameu ex tem ficou duro eroticos contoscomo fica a bucetaalargada com garrafa?Contos sexo com pai da amiga e engravideicontos de coroa com novinhocontos a cunhada da primadei a Bundinha gostosa ContosComi minha tia de 19 Anoscomi e ela nao aguentousexo Sátão garotas da noite prazer contos eroticos meu amigo e minha mãecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhcontos o comedor falou o cu da sua mulher é muito gostoso.contos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaisconto dei a.boceta pro catador de lixpcontos coroas amigas da maeO filho do meu chefe comeu minha jovem esposa bundida na marra na fazenda eu vi contoshistoria de mulher cazada que tranzou com seu cachorro bem grandeContos eroticos gay iniciado pela maegay "macho vagabunda" contomeu pai me ensinou a fodercontos eroticos de muleque dando o cunovinha teen transando na cam de bruços com namoradoContos com cadelasconto da mulatacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de zoofilia de itucontos rola gigante na bucetinha da esposafodas de esposas q gostam de ser curradasContos eróticos heterossexualComi minha tia historia veridicaconto lesbica professora dominadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno minha vizinha chama para ajudar e acabada dandoconto eroticos entre primoscomtos exitantesconto erotico aconteceu no onibusContos eroticos de amigos q fuderam as amigasFinquei o pau no cu da manaContos erotocos abusadaviadinho e o andarilho velho negro contos eroticoscontos erotico com minha sobrinha mais novacontos sou puta e insaciável por rolaconto erotico comi o cu da minha irma em casacontos roticos botA pra cagasobrinha de 9 contoscontos erotico irmao cafetao da irmaso mulheres escravas de seus maridos contos eroticosver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.contos eroticos meu primo mauricinhobuceta praia toninhas Minha mãe pois silicone contosContos minha sogra quis medir meu pauAprendeu a dar cu no orfanato. Conto