Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BOQUETEIRA GERAL NO DARK-ROOM

Em 2011 fui a BH a trabalho, pra fazer um curso e acabei visitando uma boate gay da cidade, uma mais “sujinha”, digamos assim. O lugar tava lotado, devia ter somente umas 5 mulheres e o resto era tudo viado e bofe. Fiquei a observar e ver o movimento, dançando uma ou outra música. Aparecem uns dois carinhas querendo me beijar, um me beijou e saiu. Eu já meio bêbado, lembrei dos antigos Dark-roons que frequentei umas duas vezes em boates gays e que peguei até chato de um carinha que na ocasião estava ficando (ou de alguém lá daquele pulgueiro escuro e nojento). Lembrei do trauma que passei quando peguei chato, aqueles bichinhos tipo piolho que ficam no nosso pentelho e que coça pra caramba e resolvi não mexer com aquilo naquela boate, mas a curiosidade foi maior, e o tesão também. Procurei o dark-room e acabei entrando, me prometendo sá observar e quem sabe ser um vouyer e bater uma punheta. Fiquei observando, e tinha, na parte que ainda dava pra ver os vultos, uns cinco carinhas, todos parados, e no fundo, uns dois viados parece que fazendo boquete um no outro. Saí dali e fui pegar mais cerveja. Dei uma volta, observei de fora o movimento de quem entrava e saía do dark-room. Vi um carinha tesudo entrando lá e fui direto, atrás. Cheguei lá, a mesma situação, todos os poucos observando alguém dando o cu no fundo, onde não se vê nada. Algums acendiam piscando o isqueiro, e aí dava pra ver a meterola. Não consegui ver a cara de ninguém, nem na parte um pouco mais iluminada, sá o vulto. Uns dois caras vouyers que estavam nessa parte não totalmente escura tiraram o pau pra fora e começaram a se punhetar devagar( sá via os vultos). Tirei o meu pau pra fora e também comecei, bem tímido. Procurei ver o carinha gostoso que segui ao entrar e fiquei na dúvida, mas acho que era ele e ele estava parado, sá observando. Continuei a minha punheta solitária, devagar e, sem esperar, sinto uma mão me punhetando. Faço o mesmo com o cara, que tinha o pau bem duro, uns 19 cm, gostoso de pegar, quente, pulsante. O cara vai e fala no meu ouvido pra eu chupar ele. Desço, fico de cácoras coloco aquele pau gostoso na minha boca e começo a mamar gostoso aquela delícia, aproveitando cada mamada pra chupar e engolir. Percebi pela pouca luz que era um moreninho, afro-descendente, meio gordinho (a pistola parecia de afro mesmo, duraça). Fiquei chupando ele um bom tempo e sinto uma mão na minha bunda. Saio dele, ao mesmo tempo preocupado em não ser roubada a minha carteira aí um outro cara se ocupa de chupar a pistola do afro e dou de cara com uma outra invadindo a minha boca, maior (uns 20 cm, uma delícia), não muito dura mas tava gostosa demais, com um gosto gostoso, raspada, brancona. Comecei a curtir mamar esse pau branco e diferente do anterior, com gosto diferente, gosto forte de porra, não babento. Chupei gostoso um bom tempo (uns 19 minutos), engolindo tudo e o cara (viado mesmo) mexendo nos meus cabelos, e eu com o meu pau pra fora me punhetando. Nessa hora olhei pros lado e tava uns dois casais fudendo na parte mais iluminada e quase todo mundo pagando boquete. Nessa hora o cara tira o pau dele da minha boca e mandar eu me levantar, segurando o meu pau, e começo a receber um dos boquetes mais gostoso que já recebi até hoje. O cara (o viado, na verdade, mais afeminado que eu) me mamava gostoso, suavemente, fazendo movimentos circulares com a língua e eu bombando gostoso na boca dele e ele dando conta, me mamando desesperadamente, mais devagar do que pra rápido, mas me mamando com muita maestria. Fiquei de pé metendo na boca dele gostoso e ele de joelhos no chão, agarrado á minha cintura, eu gemendo alto, alguns olhando a gente e se punhetando. Não gosto de fazer isso mas anunciei o gozo e gozei gostoso na boca dele, enterrando o meu pau até a garganta e gemendo alto (que delícia!). Tirei o pau da boca dele e ele ainda lambendo e tentando chupar mais um pouquinho, mas subi as calças e dei o fora daquele dark-room, antes que o carinha viesse atrás de mim (eu não vi o rosto dele, e nem queria ver, com medo dele ser horroroso rsrsrsrs e eu acho que ele era). Saí do quartinho e fingindo estar abotoando o cinto (que já estava abotoado) pra mostrar pra um carinha que tinha me divertido muito enquanto ele ficou fazendo cu doce pra me beijar antes deu ter tido a idéia de adentrar naquele dark-room. Ele olhou pra mim olhei pra ele, peguei a última cerveja da noite, acertei minha comando e fui embora para o hotel que era bem práximo dali. Tava claro já. Dark-rooms são bons pra dar uma variada e fazer uma suruba, mas sempre com muito cuidado. Gozei gostoso na boca do cara, mas evito fazer isso. Abraços, votem!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu filho xerou meu cuconto incesto mae praiatiti do cu apertado emncache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html fotos no vai novinha mulher se comendo com amiga se engergando uma na outra bucetacontos genrocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos meu vizinho mim estrupo eu era pequena tinha oito anostravesti gemendo a ponta da pistolachaves comendo o cu de chiquinha no banheirocontos eroticos arrombando a gordarelatos comi o traveco na marraContos.Del.trabalho.mas.fudi.minha.enteada.bebada.contos eroticos infanciafotos derabudas na academia roupa brancaContos reais de sodomiamenina você já passou o dedo no cu e cheirouvidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhacontos de incesto genro que comeu a sogra na area da praiaconto meu pai sai e eu como a minha maecontos picante com sogrocontos eroticos corno por acasocontos eroticos homens que usam calcinhaContos gay saindo de carro a noite vestido de mulherconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdocontos eroticos baby dollcontos eroticos de esposa fazendo o marido limpar sua bucwta goAdafui transformado em menina contos pornocontos me faço de recatadacontos gay com estupros por policiaisconto erotico minha namorada dançando com outro na baladacontos eroticos pezinhosconto eroticos pasto e adolecetesFernanda jeitim nuaencoxado no onibus contos viadinhotravestis tocando siririca na zoofiliaNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos contos minha namorada me fez corno com vizinho marrentomeu namorado me fez de putacontos eroticos dupla penetraçãocontos eroticos morena gostosa malhadacontos eróticos vendedor externoconto eróticos de troca de filhaconto erotico quando era pequenacontos tia com fome de picaConto erótico meu nome é Lucinda preucupada com a saúde do meu filho tres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaiconto enteada sem calcinhasexo gemidossscontos casada da na piacontos eróticos de mulheres casadas tirando a virgindade da sobrinha bucetudacontos de sogra gravida transandocontos eróticos arrastei peo canto e fodi com forçaanão transando com jamaisminha cunhada meu desejoMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mconto chupador de peitoso travesti apertou os meus mamilos e me comeucontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenouracontos eroticos familia mae pelada irma nuanao filho nao posso e pecado ela faz a vontade/dele chupa pica/dele cem queregostosas de caixote apertadinhacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoshoje na feira Office transandoconto chantagem afilhadacomo fui estuprada contos eróticoscontos erotocos sogras velhascontos reais tia cuzudahisrorias de cantos erodicos as amigas da minha filha na bicina ePrimeiro Boquete Contos Eroticomeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comeconvencir minha mulher zoofiliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos dei tanto a bucetinho pro meu cunhado k engravideimulher pois o marido a xupae o travestemeu sogro comeu minha mulher contoscontos eroticos esposas na praiacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntas analcontos de minha sogra cheirou minha cuecacache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 traindo na cadeia conto eróticocontoseroticos primo hetero comeu o primo gayesposas coroas ancudas traindo contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetrometendoo con vpontadi pornobucetinha gostosa da menina calcinha Contos Maecontos reais tia cuzudaContos eroticos comi um cuzinho no sequestrochupou o pau no karatê ele gozar na cara delacontos eróticos de estrupoConto leite da tia porncontos eroticos menage femininocontos eroticos real sexo cm 13 aninhosve contos herotico Minha filha e travesticontos de velhos mamando seios bicudoscantos eroticos de casada dando o cu vergi