Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A FODA NO SERVIÇO

estava no trampo, veio um casal, de coroas, mulher tipo dançarina de axe, tipo gostosona, peito grande coxas grossoas, e bumdão impinado. ele um coroa corpo bem atletico, porem um pouco acima do peso, fizeram algumas perguntas, e logo a mulher do cara, ficou encantada com o lugar, olhou p ele e disse ' aqui é perfeito, deu um sorriso bem atrante, p ele, fiquei meio sem jeito, mais desfacei, me perguntou se abria todos os domingos e se o mevimento era sempre calma . disse q sim, ela voltou a olhar p o marido, como quem quisesse dizer algo. eu sempre que podia, dava uma reparada nela .o marido dela disse que eles estavam vindo da academia, e resolveram passar por ali, mais que não estavam comprado, mais que vinha outro dia . aquele papo de cliente que não vai comprar . foram embora e depois de 2 meses apareceram . neste dia ela tava com uma botinha preta de salto, meia calça, uma saia preta acima do joelho, meia calça preta, blusa branca colada no corpo, branca e uma jaqueta preta por cima. me comprimentaram e perguntaram se eu lembrava deles, disse que sim, conversamos sobre a loja e alguns produtos, se afastaram um pouco e começaram a conversar entre eles, achei que estavam discutido o que iam comprar, de vez enquando ela olhava em minha direção e voltava a falar c ele . no fundo da loja tinha um banco . ela foi em direção dele e com um tom alegre, disse ao marido que era otimo p namorar ali. sair do balcão e fui em direção a eles (no fundo da loja), ela se sentou no banco e chamou o marido, ele foi, ao sentar ela deu um beijo nele, foi ai que vi que sua meia calça ia ate as coxas, olhou para mim e disse tipo brincando que é muito bom namorar, sorri e não disse nada, ela me deu uma olhada de cima- embaixo com um olhar serio e sex, virou p marido e deu mais um beijo nele, desta vez mais demorado . aproveitei para olhar suas pernas, ela abriu um pouco mais as pernas, para minha supresa, estava sem calcinha vi toda a sua buceta, nem acreditei, fiquei de pau duro na hora.ele perguntou se podia bater umas fotos, disse que sim, ele foi ao carro buscar a maquina fotografica, como tem uma parede, apenas eu via o estacionamento e o carro deles, ela não via, me perguntou se ele ja tinha chegado no carro, eu falei que sim e que ele estava no celular, ela me perguntou se eu gostava mesmo de namorar, respondi que era a coisa que eu mais gostava de fazer . ela me olhou com uma cara de mulher que quer dá, fiquei mais louco ainda, e me perguntou se ela podia me mostrar uma coisa, falei que sim . ela colocou uma perna no banco e abril, nem acreditei que tava vendo aquele bucetão, parecia um capu de fusca, toda depilada, bem greluda e com uma raxa enorme, ela olhou para mim e perguntou com um ar de tesão, ' vai ficar olhando ou vai da uma chupadinha, antes que meu marido chegue, olhei p o estacionamente, ele continuava no celular e com a mão na porta do carro. foi em sua direção abaxei cair de boca, ela começou a geme bem gostoso, e dizia, ' vai chupa gostoso, chupa muito seu tarado, vc acha que não vi vc me olhando, safado, agora chupa ate eu gozar vai, chupa gostoso, ela não parava de falar e gemer, eu me levantei dei um passo atras p ver se o marido dela ainda tava no carro, nessas alturas ele estava detro do carro, voltei já abrindo o ziper da calça e batendo punheta, abaxei novamente, ela em poucos segundos gozou apertando minha cabeça na sua buceta, ela disse, ' olha se ele estar vindo, olhei novamente e ele ainda tava dentro do carro, nisso ela mexeu em sua bolsa e pegou uma camizinha e falou, 'VEM CA, QUERO QUE METE NO MEU CÚ COM BASTANTE FORÇA, deu disse, seu marido vai chegar, não vai dar tempo . Aí ela me surpriendeu novamente dizendo, ele vai adorar ver, mais tem que meter com força, pensei que loucura é essa que estar acontecendo comigo, meu pau tava mais duro que pau de tarado, ela ja foi pondo a camizinha e virou de costa pois uma das pernas em cima do banco, e estufou o aquele bumdão com marca de biquine para traz, e falou mete vai, antes que ele chegue, quero que ele veja voce me cumendo o cuzinho . coloquei tudo de uma so vez, ela começou agemer nisso o marido chegou eu olhei para ele meio assustado e ele disse, mete nessa vadia com força ela ta precisando de rola e de uma boa sura, isso sá aumentou meu tesão ainda mais, comecei a dar umas tapinhas de leve na bundinha dela ele deu uma olhada para o estacionamento para ver se não vinha ninguem e se aproximou de nos, deu um tapa com força na bunda dela e me falou, ela gosta que bati assim, e ela falava coisas tipo me arromba, me faz de puta, que gostoso, mete cachorro, fode essa puta no cio, derepente ela respirou fundo, como quem gozou e falou, para o marido, agora eu quero no lado de detro do balcão, neste local a gente fica mais a vista vendo o estacionamento por inteiro, apenas uma meia parede . ela disse para eu sentar na cadeira e veio por cima, sá aí senti sua buceta que por sinal tava bem arrobada . ela começou a cavalgar o corno foi para entrada da loja e de lá ele olhava se vinha alguem e olhava a gente ao mesmo tempo. . ela escorava as mãos no balcão e fazia um movimento de sobe e desse sem para, falou que queria gozar na minha boca dessa vez, não demorou ela tirou meu pau da sua buceta, e disse para eu voltar a chupar que ela ia gozar, fiz o que ela disse, nisso eu não via seu marido devido a parede, ela olhava para ele e falava que ia gozar, gemia muito, quando tava gozando, falava to gozando amor, na boca dele . me levantei, garei na sintura dela e à virei de costa, falei que queria meter no cuzinho dela novamente, ela pos as mãos no balcão e estofou o bumdão novamente, assim que eu comecei a bombar o marido dela veio em nossa direção dizendo que vinha gente, ela olhou para a porta do banheiro e disse pra gente ir p o banheiro rn, entramos ela foi colocando uma das pernas em cima do vaso e disse bem baixinho, 'METE', voltei a colocar no seu cuzinho, nisso o cliente entrou na loja comprimentou o marido dela e disse que estava dando uma olhadinha, ele disse que podia ficar avontade, a cliente pegou um produto e foi ate o balcão para pagar, ele recebeu e ainda deu o troco do seu dinheiro, (2,00 reais) e a gente metendo bem devagazinho para não fazer barrulho, quando o cliente saiu, ele bateu na porta do banheiro. eu abri ela veio para perto de mim e tirou a camisinha do meu pau, começou a bater punheta e a chupar, lenvatou a blusa e disse para mim gozar no seus peito, e assim eu fiz, mandei um jato de pora, ela passou as mãos e falou que queria chegar em casa toda melada . igual uma puta . arrumou a roupa e disse que tinha que ir embora, e que não ia comprar nada, pois o que ela queria ela já tinha conseguido de graça, falei com o marido dela do troco, ele disse, para ficar de gorjeta. sorriu e disse que ia aparecer um outro dia . se quiser trazer sua mulher aqui, posso da um trato nela . este lugar é em juiz de fora mg. me mande seu contatornpara a gente curti essa aventura.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Fábio chupou o pau de SávioSonifero contosconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitofode a mulher do irmao para provar que ela é uma putaconto erotico eu e minha mae estamos gravidas do meu que e adoramos elecontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissoconto erotico gay eu e meu padrinhoA chapeleta arronbou minha bucetinha contosconto sogra nudistaComendo a mulher do amigo contoscontos eroticos gays com vaqueirostia gosta de ver pau enorme de sobrinanos 90ho classico contos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto erotico gay motoqueiro marrenticontos eroticos chantagemmulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandocontos eróticos quando eu quebrei o braço minha mãe foi dar banho em mimcontos erótico de pessoas que vão pela primeira vez em praia de nudismowww.conto mimha mae min torturou com vibradores na bucetaconto grelo assanhadocontos baixinha popozudaPorno mobile boqueternocu peidão conto gayconto minha tia pelada no quintalTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anoscontos eroticos shortinho ppppai me comefotos de priguitinhas lindasContos a bct da minha mulher e feia mais adororocontos eroticod de crentes cuzudassacanaje no exercito policias cuzudasContos eroticos no onibusincestopornobabalupaguei para fuder minha tia contoscontos fode mesmoaçeitou suruba com amigos sua vizinhafui toma uma no bar da coroa safadinha e acabei comendo seu rabinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepeito bicodu sexcontos eroticos com escravas sendo humilhadaNAmorada ponha o cinto de castidade no namorado pornoContos eroticos soquei no rabo da minha mulher rabudaconto dei minha buceta pro mendigoduas munhe vai calvaga i da pra a cavalo fude ate goza zoolContos eróticos japonesaconto de comi o cuzinho de um garoto novinho que chorava na pica grandeporno agiota estouranda a buceta da mulher do devedomulher só de fio-dental e buchudo querendo transando com homemBucetas aregaladas e raspadibhaflagrei meu pai cheirando minha calcinha nijadacontos casada sendo fodida para marido verConto enteada nao aguentou tudopassando bronzeador na mamae contomulhe dane a buseta a primeira vezcontos eroticos/paguei pra comer o cuzinhoMeu primo gay que ve meu paucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehttp://contos erotico fio suruba presoporno com professor girafales comendo dona florinda no cucontos anal tio totado tirou avirconto erotico cunhada doente mentalcontos eroticos gay com novinhosMinha filha Caçula contos eroticosbucetas carnudas grandes beicos casadas cornosprimos q pegaram primas pela cinturacontos eroticos de comi a bunda da mae da minha amigaconto erótico chantagem putinha pobre cu colocontos eroticos minha tia me seduziuconto erotico virei menina por ter cabelo compridoO que fazer pra comer minha mae conto incesto buceta carnuda comtos de sexocontos eroticos de coroas dos seios caidoscorno no cinema contostica bala pate buetacontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realcontos eroticos a dona da lanchoneteNAmorada ponha o cinto de castidade no namorado pornocontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhoconto gemendo no pau do pone taradoContos eroticos Coroas Gordas peladascontos buceta assadaconto erotico o ponei e mulher