Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENCIA E INICIAÇÃO

minha iniciação sexual,e de minha mana, iniciou-se quando aina eramos crianças, eu 5 anos mais velho.rnrnEducado na mais rigida educação catálica, e nos anos 70 quando não se tinha acesso a fotos de mulheres nuas minha curiosidade foi aguçada vendo e as vezes tomando banho juntos.rnrnEm um verão na praia, sai com ela pra passear nas dunas, completamente sem ninguem por perto pois era novembro.rnrnFiquei com vontade de urinar, virei de costas e fiz, então vi a danadinha olhando pra ele e rindo. Disse que ia contar pra mãe, ela começou a chorar, então eu disse pra ela mostrar a perereca ai ficaria calado.rnrnEla tava de biquini e camiseta, com tope do lado. desfiz o ná e ela ficou pelada. pèdi para colocar a mão e ela deixou. Fui botando os dedos,e foi ficando molhado, de repente ela espremeu a perna, fiquei apavorado, pensei que tinha machucado. Curioso, cherei os dedos, e tinha um cheiro forte, ocre, meio doce.rnrnpedi para ela botar a mão dentro do calção, pela perna. Indescritivel a sensação, mexeu nele até eu sentir uma coisa gostosa. Ela tirou a mão, tava molhada. Esfregou a mão nas bochechas ai fomos embora.rnrnComeçamos a ir todo dia lá, então um dia pedi pra dar um beijo na pérereca. dei um monte de beijos, sentindo um cheiro de xixi e de algo que não sabia o que era, abria ela e vi uma especie de massinha branca nela. Lambi e senti nojo, mas não consegui parar, até ela espremer as pernas. Parei, e a danadinha pediu pra eu continuar. Disse que sim desde que ela beijasse meu pinto. Ela fez e foi indescrivel o prazer. Tinha fimose, e senti um raio me atravessar e vi tres jatos de porra sair e molhar o rosto dela. Fiquei encabulado, ela ficou braba, disse que tinha feito ela tomar xixi, falei qu não sabia o que era.rnrnUma noite faltou luz e ela que dormia com abajur ligado pediu pra mãe se podia dormir no meu quarto.rnrnEra cama de casal, ela botou uma sainha curta pra dormir, notei que estava sem calcinha pois uma vela no bide mosrou o contorno da bucetinha, apaguei a vela e sem ela ver, tirei a roupa e fiquei pelado, Pedi pra ela deitar ao contrario. Assim que deitou pude sentir o cheiro dela, porto do meu rosto. Aproximei meu penis do rosto dela, e assim adrmecemos. Fui acordado por ela mechendo e beijando o pau,a luz tinha voltado e vi ela lambendo meu pau, que estava sujo, pois tinha tomado banho de manhã.Ela lambia dom carinha de nojo, mas continuava. De repente, ela puxou com forla a pelezinha, doeu, tinha fimose, saiu a cabeça, tava cheia de massinha. Ela sentiu o cheiro forte, cheirou a mão, mas continuou mechendo. Ficou curiosa com o saco, mecheu nas bolas, e eu fazendo que dormia. Acabei com aquela coisa gostosa e vi o pinto pulsando 6 ou sete vezes, saiu o gozo com força no rostinho e cabelo dela. Fiz qur acordava, ela virou pro lado e fez que dormia. Esperei um pouco e comecei a lamber ela, vi a massinha, passei o dedo, lambi, era bom. Fiquei lambendo até ela espremer a pernas umas tres vezes seguida. Enfiei o dedo, ela gemeu, comecei a tirar e botar, a buceta era pequena e senti o dedo cutucando o fundo. Atravessamos anoite assim, meu pau chegava a doer, a bucetinha dela muito inchada. Pela manhã nem comentamos o assunto. Arrumei pretexto para dormirmos juntos sempre e foi um mes inteiro de descobertasrnrnContinuamos a fazer as escondidas durante bom tempo, cheios de culpa nas não conseguíamos parar.rnrnAté que chegou em um ponto que eu não aguentava mais a culpa, falei que eramos irmãos e era errado. Então a pestinha me chantageou, se e u parasse ela contaria pra mãe. Então ela passou a entrar em meu quarto, a contragosto meu, quando eu fazia tema, entrava em baixo da escrivaninha, abria meu ziper e me chupava, Viciou no meu pau chegava as vezes me chupar tres, quatro vezes, dependendo se não tinha ninguem em casa.rnrnVou narrar em outro conto como finalmente paramos e nos cofessamos para um padre.rn.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minhaxaninhaardeusou casado meu cunhado vem morar com nós acabei transando com ele contos eróticosConto o zelador e meninocontos de machos q experimentou um boquete no primo19 filha menina rebolanopernas grossas dosexocontos eroticos medicocoroas gostosa contusão por sexocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContoseroticosdevirgemsaquela pessoa pirocuda da salaContos eróticos: acordava cedinho p levar rolanegão comendo uma mulher tão Branca tão Branca dobrada fazendo sexomulher gosta de ficar nua e corpo inteiro melado de margarinacontos eroticos depessoas normais reaisconto meu amigo comer minha esposacontos. chupou pela primeira vez um machocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos:engravidei do meu filhosogro contos eróticosbuceta ebumdaopau grande enfiadi. todo nicuPorno conto a sindica olhando minha picafodacommeucunhadotirando uma sarradinha mas cunhadinhavesti as roupas da minha mulher por curiosidade fui flagrado pelo vizinho e virei sua putinha gaycontos eroticos excitantescontos eroticos traindo marido na Sala ao ladochantageada e humilhada pela empregada negraconto erotico com a tia silvanacontos minha mulher olhando o volume do caraamei ser estupradaConto erotico. Supositoriorelatos eroticos cdzinha lindacontos eroticos pintinhoAbrindo as pernas para o sobrinho contoConto erotico 25cm na minha tia magrinhacontos mãe puta filha putamulher só de fio-dental e buchudo querendo transando com homemcontos safados purezacontos incesto com a mae rabuda eu e meu pai na praia de nudismocontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Conto gozei dentro da lilianecontos mulher infiel marido atento incestocontos casada sendo fodida para marido verxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelacontos eroticos arrombando a gordaconto trocando as filhasrelatos de meninas que quando viu ja engatou com seu dogconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadoconto chantagem com a patroacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos enrabada no chuveiroconto casado dei pra travesticontos eróticos de pai fudendo filha no carrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto - so cabia um dedinho na bucetinha delamãe puta, contocontos erotico tia estrupa o amigo do sobrinhoninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojocontos eroticos fui ao ginecologista ele me fudeubruninha pedindo caronapedreiro passando a língua no cu do afeminadomama direito vadia csralhocontos eróticos sobre filha bucetudacontos eroticos real sexo cm 13 aninhosescravo conta como leva sua dona ao gozo com a língua na bucetacontos minha filha 11aninhosexitei um traficanti ele me comeuamiguinha d minha bem magrinha putinhaconto porno gay putinha de váriosContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscocontos esposa me amordaçou Conto surpreendi meu maridocontos enteadaCamila minha enteada sozinha comigo em casa dando a b******** para mimthararam thararam gostoso mãozinha pelo corpocontos a filha da minha namoradavendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos cheiro de calcinhafotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarcontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadasComtos eroticos amiga curiosacontos de coroa com novinhocontos veridico de priminha