Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSINHA GRAVIDA

Olá pessoal... esse é meu primeiro conto, então espero que vocês gostem.rnrnNão citarei nomes.rnrnSou moreno, olhos castanhos claros tenho por volta de 1,67 de altura e corpo que não é digno de um atleta, mas também não fico por baixo. é uma baixinha Gostosa, tem uma pernas maravilhosa e um par de peitos que não são muito grandes mas são perfeitos com bicos lindos, e uma bunda empinadinha que proporciona uma linda visão quando esta de 4.rnrnEla estava grávida de 8 meses e não estávamos muito satisfeito com o medico dela na época, era um velhinho muito bom mas ele não queria afastar ela do serviço até que chegasse bem práximo da data de sua cesariana.rnrnEntão decidimos marcar uma consulta com um medico que uma amiga dela que indicou.rnrnNo dia da consulta ela colocou um vestido bem solto pois a barriga dela já estava bem grande e a deixou muito bonita, ela foi uma gravida que ficou bem gostosa, a bunda dela que já era empinada ficou bem grande e redonda que deixava qualquer marmanjo afim de comer a bunda dela.rnrnQuando chegamos a clinica fomos atendidos por uma recepcionista muito bonita, e como tínhamos marcado para o ultimo horário tinha apenas uma mulher na nossa frente esperando para ser atendida. Não demora muito a porta da sala do medico abre e sai uma paciente que não me chamou muita atenção, mas quando vimos o medico fiquei meio receoso, o cara era um rapaz que aparentava ter uns 30 anos de idade, tinha por volta 1,70 de altura e era musculoso, as meninas deviam adorar ser paciente dele, penso eu por ele ter uma boa aparência e um porte físico que chama atenção até dos homens.rnrnMinha esposa comentou logo ?Nossa? e deu um sorrisinho malicioso, nos sempre fomos abertos um com o outro e por esse motivo não senti ciúmes. Eu e minha esposa já fomos a cada se Swing mas nunca fizemos nada... fomos sempre apenas bons Voyeurs, mas já comentei com ela que tinha vontade der ter uma outra mulher em nossa cama, talvez até mais um casal pra ela também se divertir mas nunca fizemos nada.rnrnChegou nossa hora ela foi chamada para entrar a sala e eu a acompanhei, não vou mentir, me senti meio intimidado com a presença dele. Ele nos cumprimentou e em seguida começou a fazer as perguntas a ela para saber como andava sua gestação. A sala dele era muito bonita e aconchegante, e não pude deixar de notar que tinha uma maca logo ao lado da mesa para examinar suas pacientes.rnrnLogo ele pediu para que ela fosse tirar a roupa e colocar um avental que estava pendurado dentro de um pequeno vestiário, mas antes disso ele tinha perguntado para mim se eu queria realmente ficar na sala pois ia examina-la... disse que nem todos os maridos gostão de ver um outro homem que não seja ele mesmo examinando a mulher e deu um pequeno riso de meia boca, eu disse ?Sem problemas?, mal sabia ele que eu já estava até ficando com tesão sá de pensar na ideia.rnrnEla já estava pronta peladinha sá com um avental verde, e isso já me deu um certo tesão pois a parte de trás do avental era aberto e quando ela passou por nás para subir na maca pude notar o medico olhar par a bunda dela peladinha de canto de olho... Nesse momento meu pau já começou a ficar duro como uma rocha, e ele olhou pra mim pediu licença e foi examina-la.rnrnEla se deitou e na maca e não é tinha suportes para ela colocar a perna para ficar bem arreganhada para o medico... Ele sentou no banco a frente e ajudou ela a arreganhar as suas pernas, prestei bem atenção e vi que enquanto ele arreganhava as pernas não tirava o olho de sua vagina que estava depiladinha... Então colocou as luvas e pegou um lubrificante e passou nos, em seguida olhou para mim como se quisesse dizer ?Vou enfiar meus dedos na bucetinha da sua esposa safada?.rnrnVi que ele ficou esfregando como se quisesse que ela sentisse tesão por ele estar passando a mão em sua bucetinha, acho que demorou um tempo que não seria necessário, e depois enfiou os dedos... vi que enfiou bem fundo, e quando enfiou ele ficou olhando para a cara dela, parecia que queria provoca-la alguma reação nela. Nesse momento meu pau estava estourando de tão duro que o medico percebeu, viu o volume que estava em minha calça, deu uma pequena risadinha ?entre os dentes?, e logo tirou os dedos da buceta da minha esposa que nesse momento estava cheio de lubrificante toda lambuzada aposto que ela sentiu tesão também. Em seguida ele tirou as luvas e pegou um pouco de guardanapo e limpou bem devagar a bucetinha lambuzada dela, ela agradeceu e ele disse ?pode ir se trocar?.rnrnEla se levantou, nás dois olhamos a bunda dela novamente, e logo ela estava ao nosso lado e ele disse que estava tudo bem e tal... Nos despedimos e ele disse que esperava nos ver em breve, mas depois disso não voltamos mais lá, apesar de ficar cheio de tesão quando lembra das mãos dele tocando maliciosamente a bucetinha da minha mulherrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


manuela pedreiro contos eroticos home pelado com nome ketlynmovinha petenho avigidadesou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosContoseroticosdevirgemscontos de corno mansoConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machoscontos erotic quarto empregadasogro engoxada no honibus condos erotigoscontoseroticocoroasloira do pozao melafa de olho porno doidodesemho porno ai papai gozo dentro viuconto as coroa crenterelatos eróticos sexo com aluno especialcontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetamuleque batendo punheta contoscontos eroticos arrombando a gordagay "engole vagabunda" contocontos reais de sobrinha de 8 dando o cuzinhocontos de caralho nas mamasContos lambendo cu cagadocontos eroticos com mae e tia dando cucontos nascendo pelinhosorgialivreContos eroticos menininhaconto erótico garota da academia bombado no jumentocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elaMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .conto eróticos comi rabo mãe doamigominha irmã muito gostosa e eu morando sozinhos contocontos eroticos comi minha sogra evangélica maduracontos eroticos gay recem casadocontos eroticos gay femeaqueria que minha esposa me traísse contosvideo de jovens travesti praticando incesto com padrastocontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcaArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outrocontos eroticos enteadacontos eroticos trai meu corninho chupando o irmao delecasalgozou muitonovinha andando so de calcinha pensando que estava sozinhaSempre passo o dedo no grelinho da minha netaconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagrouconto erotico da desvirginadacontos eroticos arrombando a gordaxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elacontos eroticos gay com menininhos infanciachantageada e humilhada pela empregada negrawww.contos eroticosmeu pai me fazendo carinhominha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticosconto as coroa crentecontos de mulheres que tomaram ativador sexualcontos eroticos meu tio juniorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos sobrinha terraço caocunhada no cio contosbuceta grandes na pica dormindo contoscontos eroticos sogra pega genro peladoum romance com minha maninha-contos:eroticoscontos relatos eróticos mamãe exibicionistacontos de coroa com novinhocontos pornô de incesto meu pai pauzudo e o meu corpinhocontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcolo conto gaycontos gay cheiro de rolaquero ver contos eroticos entre irmao comendo o cu de suascontos eroticos arrombando a gordacomendo a vendedora contos eróticosNetinhas mamando pica contoseroticoscontos eroticos novinhacontos eroticossobrinha brincando com bonecagay e o cachorro contosMal casadas boas a levar no cúmulher crente traindo o marido conto erótico