Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA CASA DE SWING

Boa leitura.rnSempre tive a fantasia de transar com ela e mais uma mulher, mas ela até agora não apoiou muito isso. Muitas vezes perguntei se ela tinha uma fantasia sexual e nunca obtive resposta, mas pesquisando na internet descobri que por mais que elas não admitam, cerca de 75% fantasiam com dois homens. Este sonho que começo a narrar aconteceu no mesmo dia em que li esta mensagem e está bem mais elaborado, pois tive que ligar alguns pontos e inserir algumas falas para aumentar a curiosidade dela espero.rnJá fomos algumas vezes em uma casa de swing chamada Libert e em algumas destas vezes saímos um pouco frustrados, (novamente acredito que mais eu que ela). Sempre vamos aos sábados que é exclusivamente para casais e não tem muitos homens solteiros, porém, por motivos de força maior, tivemos que ir em uma sexta, que é mista.rnChegamos por volta das 00:30 e tomamos umas cervejas para relaxar. Perto das 01:30 fomos dar uma volta e entramos no labirinto, mais especificamente em uma sala onde tem uma cama grande e as pessoas ficam dividindo a mesma. Ficamos encostados em uma parede olhando e conversando um pouco. Perguntei se ela estava bem e a resposta foi seca: ?sim porque não estaria?. Pensei comigo: ?vai ser uma noite difícil?, mas estava enganado.rnUns cinco minutos depois ela já estava com a mão no meu pau e me beijando com muita vontade quando parou ao nosso lado um casal, bem bonito por sinal, e a mulher começou a chupar o pau do cara com vontade o que nos chamou a atenção, fazendo com que eu me virasse de frente para o casal para ver e ela ficasse com a buceta encostada na minha coxa direita, pegando no meu pau com a mão direita e me abraçando as costas com a esquerda.rnA cena estava dando um tezão bem bom quando olhei de rabo de olho para ela e vi que estava olhando para trás. Ela chegou perto do meu ouvido e disse: ?Amor, tem um cara aqui com o pau pra fora batendo uma punheta?. rn_ e eu: ué se não ta gostando olha para cá.rn_ela: não falei nada. (risos)rnContinuamos assim e eu olhava de canto de olho e ela continuava olhando o pau do cara. De repente sinto ela soltar as minas costas e falar no meu ouvido: ?Vida ele pegou a minha mão e colocou no pau dele?.rn_ perguntei: quer sair daqui?rn_Ela: ainda não. Tu quer ? rn_ eu: se tá legal pra ti ficamos.rnO silêncio dela disse tudo e ali ficamos por mais algum tempo.rnNovamente sinto movimentos atrás de mim e algo toca minha bunda. Nesse momento fiquei muito mal e quase broxei, mas o toque seguiu seu destino e senti ela se descolar de mim dando espaço para a mão dele chegar na sua buceta. A mão entrou pos cima da saia longa que ela estava usando e foi direto para sua bucetinha rosada e raspada visto que ela estava sem calcinha. Olhei de novo de canto e vi ela fechar os olhos e perguntar: ?pode??rn_ eu: fica tranquila e paramos quando tu quiser.rn_ela: suspiro.rnApás um tempo senti ela estremecer e gozar pela primeira vez na noite. Ela deu um sorriso fino e vi que ele se aproximava. Fiquei com medo de que ele tentaria beijá-la, mas ouvi um sussurro. rn_ela: vida, ele perguntou se eu quero chupar o pau dele.rn_eu: tu quer?rn_ela: silêncio.rn_eu: sempre te disse que o meu maior tezão é te ver com tezão. Tenho camisinha no meu bolso. Tu que sabe.rn_ela: tu vai ficar bravo?rn_eu: tu quer ou não quer?rn_ela: quero!rn_eu: então...rn_ ela: mas não aqui.rn_eu: então convida ele e vamos a um quarto.rnE saí com ela pela mão indo em direção ao quarto mais práximo.rnQuando chegamos entramos primeiro e enquanto o cara trancava a porta no agarramos em um beijo muito gostoso e aproveitei para tirar a saia dela, deixando a bundinha dela a mostra, e ela mais que depressa se ajoelhou e começou a fazer um boquete muito bom.rnO cara apás fechar a porta tirou a calça e a cueca e começou a caminhar em nossa direção. Nesse momento pensei: que que eu to fazendo? Mas já era tarde. Quando chegou do nosso lado ela viu que ele tava com o pau duro apontando para o rosto dela e me olhou. Entendi que ela queria a confirmação de novo e assenti com a cabeça. Ela pegou uma camisinha no bolso da minha calça e começou a bater uma punheta para ele enquanto me chupava. Em dado momento ela parou,e abriu a camisinha, colocou no pau dele e levantou virando de costa para mim. Pegou meu rosto e encostou na bunda dela e disse: ?chupa minha bucetinha??. rnMais que depressa eu enfiei a cara na buceta dela, que por sinal estava molhadíssima e ela abaixou e enguliu o pau do cara. Modéstia parte, minha mulher faz o melhor boquete do mundo e o cara com certeza sentiu isso, pois, quando olhava para ele parecia que o cara ia desmaiar tamanho tezão que ele tava pelo boquete.rnFicamos nisso mais uns 19 minutos e enquanto eu metia escutava ela gemer baixinho de boca cheia o que me dava mais tezão ainda. rn_ela: vai me come.rnLevantei e enfiei o pau na bucetinha dela com muita vontade. Massageei o grelinho dela até ela gozar pela segunda vez. Acho que não gozei na hora pq ela tava muito molhada. rnPensei comigo: ?é hoje que preenchemos os dois buracos dela?.rnPeguei ela pelos cabelos e levantei virando ela para mim e dei um tapa na cara dela chamando ela de putinha.rn_ela: sou tua putinha.rnLevantei ela no meu colo e coloquei os meus braços por baixo de seus joelhos, (uma posição que ela adora), fazendo com que ela ficasse de costas para o cara e com o cuzinho bem a mostra.rnAcho que ela entendeu minhas intenções e por milagre não fez objeções, acredito que pelo tezão que estava sentindo. Fiz sinal para o cara vir e comer o cuzinho dela.rnEle colocou a cabecinha na entrada e forçou um pouco mas entrou fácil pq eu deixei bem lubrificado com minha chupadas. Ele empurrou, o que prontamente fez com que ela abrisse um sorriso e desse um suspiro, e eu vi que era o que ela queria. Ela colocou o braço em volta do meu pescoço e o outro em volta do dele e começou a cavalgar nos paus com muita vontadern O cara se assustou acho que porque achou que iriamos machucá-la, mas falei: ?segue que ela aguenta e gosta?. Nesse momento ela começou a falar: vai mete, enfia esse pau, vai me comam, enfiem. Não demorou e ela gozou pela terceira, mas não ultima vez. O cara também gozou e mais que depressa se vestiu e saiu da sala, mudo como entrou.rnOlhei para ela e com a cara mais safada ela disse: ?quer continuar no meu cuzinho?? e virou de costas para a parede colocando as mãos para cima e empinando a bunda deixando o cuzinho rosado a mostra. Dei uma lubrificada no pau e coloque a cabeça até com carinho, mas para meu espanto até entrou fácil. Metemos por um tempo assim e virei ela de frente para mim fazendo com que o seu grelinho ficasse em contato com minha púbis o que faz ela gozar bem rápido Tb. Nessa posição, com todo meu pau enterrado no rabo dela, não demorou nem cinco minutos e gozei o que pareceram litros de porra. Ficamos um tempo deitados e logo em seguida fomos embora.rnrnsomos de porto alegre e estamos muito afim de repetir isso em um motel.rncandidatos: enviar email com foto de corpo inteiro. sá responderemos com [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvidio cu mas floxo e da peidicontos eróticos com o genrocontos da casa eroticos de mulheres tendos os cachorros ou lobos lambendo suas calcinhas e fodendo elashistorias eróticas com coroa de 80 anosporno contos eroticos fui comida pelo sapateirominha filha camila contos eroticosmuito tempo sem mamar no pauenfiando na bucetavarias coisascomtos eroticos mania bem novinha pelada Contos erotico marido bracinho corno de negaoMeu pai me comel zoofila contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoswww.contos eroticos com fotos de comendo a madrastaTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contossaliva contos eroticosbosque conto heterouma viagem muito louco contos eróticos buceta de cajaracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fazendo troca troca quando meninodopei meu irmão de oito anos e comi ele incesto gaydeserto conto hetero  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  conto erotico a mulher me encoxou no onibuscontos eroticos arrombando a gordacontos casada negaoconto erotico de faxineira casada safadaContos de comer cadelafomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contocontos de gays como foi sua primeira vezcontos eróticos de irmã e irmão, irma com mega bundaoconto eRotico os piralhoS m comeraoxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delaContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro fortepornô doido p*** fazendo fio terracontos eroticoscalcinha algodaoNegão dotados contoseróticoscontos eróticos sogra vira p*** do genro picudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de padrinhos e afilhadas que engravidamokinawa.ufa.ru conto erotico orgiasfudendo a nora no sitio escondido contoNo cuzinho desde pequenacontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadia pelo meu chefedirigindo sem calcinha contosSexo no aterro do flamengocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulhercontos eroticos separou pra levar picaxvidiominha pica é maio doque a do seu maridoconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos marido querendo que mulher foda com outro para ele chupar ela em seguidamelequei a bucetarapaz chupa seios com gula pornodoidosogro saradonao tira papai deixa que eu vo gozarempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos balas por metidas nas meniminhascontos eroticos arrombando a gordacoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandecontos eroticos meu amigo e minha mãecontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos eu e minha esposa fudemos com o nosso sobrinho gaycontos incestuosos - mãe e filho no forró terceira idadetraiminha namorada com o pau na cara contos relatos estorias eriticosContos sou alegria dos coroasMinha filha Caçula contos eroticosContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elecontos com fotos tia e sobrinho baixinho realvirei putinhacontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandopadrinho comer afilhada cem pentelhoconto erotic praia de nudismocuzinho de entiada contos veridicoconto gay colocontos eroticos taradinhasconto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxourelatos eroticosde portuguesas de noVinhas mulheres gosadasnacamaconto erotico gay: transando com um amigo japonescalcinhas sujas contos eroticos da tia safadaconto garoto esperimentei dar cuConto erotico fudendo a esposa sem saberdona florinda so ela dona florinda vaginaeu vi uma pica toda arregaçadafomos surpreendidos no carro contosConto erotico fudendo a esposa sem sabercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininocontos eroticos arrombando a gordacontos narcejaCU arrombado ABERTO madrasta conto