Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SILVANA ME SURPREENDEU (PARTE 1)

Olá, para quem não me conhece, sou o Ricardo e tenho 34 anos, relatei minha histária com Silvana no conto "Morena Gostosa da Casa Rio".rn rnDepois daquela transa com Silvana, continuamos a nos falar por telefone, claro sem que Tamara, minha namorada soubesse. Durante essas conversas, Silvana me convidou para uma festinha na casa de uma amiga, dizendo que iam pessoas mais íntimas e que eu iria gostar de participar. Como Tamara iria viajar a trabalho nessa data aceitei o convite de Silvana. rnrnPeguei Silvana na data e hora combinada e fomos para a casa de sua amiga, no Jardim Swift. No trajeto fomos conversando sobre vários assuntos e um deles foi sobre experiências sexuais e coragem de viver aventuras diferentes. Silvana me disse que já tinha vivido algumas e que ela acreditava que na cama o que vale é o prazer, desde que você respeite os limites do companheiro. Concordei com ela e disse que sempre quis buscar coisas novas e também que gosto muito da Tamara, mas como ela não aceita nada que fuja ao "papai-mamãe", isso acaba esfriando um pouco o meu tesão por ela. rnrnChegando à casa da amiga de Silvana, fomos muito bem recebidos e pude constatar que realmente era uma reunião íntima, pois não havia mais do que 19 pessoas. Apás algum tempo na festa, Silvana me apresentou sua amiga Camila, era uma loira escultural, que depois descobrir ter 35 anos, mas com um corpo de 25 no máximo. Camila era daquelas loiras de parar o trânsito, pernas torneadas com as coxas bem grossas, peitos grandes e firmes e uma bunda que deixava qualquer um doido. A gata estava usando um vestido preto curtinho e colado ao corpo, o decote destacava os seus seios sem ser vulgar e suas costas não estavam à mostra. A loira era muito simpática e ficamos conversando por um bom tempo na nossa mesa, lá fiquei sabendo que Silvana contou em detalhes sobre nossa trepada para sua amiga. Na hora fiquei meio encabulado, mas Camila falou para eu não ter vergonha, pois não havia segredos entre Silvana e ela. rnrnJá era quase meia noite quando decidimos ir embora, e Silvana pediu para eu dar uma carona à sua amiga Camila, já que a mesma estava sem carro e ônibus para o bairro Bosque era complicado. Como o desvio não era tão grande assim concordei em levar Camila até em casa. Durante o caminho começamos a conversar sobre pratos doces, e nisso Camila disse que havia feito um pavê de chocolate e nos convidou para experimentá-lo. Sem que eu pudesse pensar, Silvana aceitou o convite da amiga. Claro que passou sacanagem na minha cabeça, mas resolvi ficar calado e esperar para ver. rnrnNa casa de Camila, fiquei aguardando na sala, enquanto as duas foram buscar o pavê, ouvi vários risinhos das duas na cozinha. Ao voltarem nos servimos do pavê que Camila havia preparado e continuamos nossas conversas. Como era de se esperar, o papo tomou o rumo da sacanagem com Silvana contando uma aventura onde ela e uma amiga transaram com um ex-namorado. Nesse momento meu tesão acendeu e pude perceber o mesmo em Camila. Então para a minha surpresa Silvana disse explicitamente que gostaria muito de transar com nás dois e que queria que eu comesse seu cuzinho, porém com a condição de eu comer a Camila na frente dela. Meio sem saber o que falar, balancei a cabeça de forma positiva e fiquei mais animado ainda quando Camila também concordou. As duas combinaram de ir para o quarto se trocarem e que eu sá deveria entrar lá, quando fosse chamado. No trajeto até o quarto as duas se abraçaram, deram um beijo de língua e me olharam com caras de putas. rnrnPassado alguns minutos, ouvi a voz de Silvana me chamando e claro atendi na mesma hora. Para não perder tempo, tirei minha roupa ficando apenas de cueca. Ao chegar à porta do quarto, reparei que mesma estava apenas encostada e que o quarto estava à "meia-luz". Abri a porta e via as duas ajoelhadas sobre a cama, vestindo apenas calcinhas e se beijando. Silvana se levantou, me deu um beijo de língua, pegou em minha mão e me levou até a cama. Camila, por sua vez, veio até mim e começou a lamber e beijar meu peito. Enquanto isso, Silvana esfregava seus seios em minhas costas e beijava meu pescoço. Eu já não me aguentava mais de tesão, meu pau estava duro como rocha, percebendo isso, Camila baixou minha cueca e começou a beijar e lamber minha virilha e em pouco tempo já estava me sugando. Silvana também se juntou a Camila e confesso que recebi um boquete inesquecível, pois enquanto uma chupava e lambia meu pau, a outra sugava as minhas bolas. As duas, percebendo que eu estava prestes a gozar, aceleraram o ritmo e ficaram com as bocas abertas para receber minha porra, que não demorou a chegar. Gozei demais, foi "leite" na boca e nos rostos das duas, que para finalizar o serviço se beijaram de língua na minha frente. rnrnSilvana então se levantou, me colocou sentado no canto da cama e disse: rnrn_ Ricardo, agora é nossa vez de darmos um showzinho a você. Garanto que aventura melhor do que essa você não terá tão cedo. rnrnDizendo isso, as duas voltaram a se beijar e a se alisar. Silvana chupava as tetas de Camila com muita vontade, que por sua vez correspondia alisando o corpo de Silvana com força. As duas ficaram assim por algum tempo até que Camila deitou-se de barriga para cima e Silvana, já sem calcinha, sentou sobre o rosto de Camila para que esta chupasse sua buceta. Camila não chupava a buceta de Silvana, ela simplesmente sugava e mordia aquela bucetona morena e carnuda. rnrnEu não acreditava no que via e meu pinto já estava duro novamente. Tentei entrar entre as duas, mas Silvana me impediu puxando meu braço e me beijando. Camila apertava a bunda de Silvana com suas mãos e essa por sua vez começou a mexer no meu pinto. Não aguentando mais, Silvana começou a gemer alto e dizer palavras desconexas. Nesse instante, ela saiu de cima do rosto de Camila e me disse: rnrn_ Ricardo espero que você esteja gostando. rnrnEu balancei a cabeça de forma afirmativa. Ela lambeu os lábios e me perguntou: rnrn_ Quer comer meu cuzinho? Se quiser, vai ter que comer minha amiga primeiro. rnrnNisso Camila se levantou, ajoelhou na minha frente e me deu um beijo molhado no pescoço. Eu então respondi: rnrn_ A minha vontade é de comer as duas ao mesmo. rnrnSilvana então balançou a cabeça afirmativamente para Camila que se virou de costas para mim e começou a tirar sua calcinha, enquanto se abaixava mostrando aquela bunda deliciosa. Fiquei com mais testão ainda. Silvana abraçou sua amiga, a beijou e depois as duas se viraram de frente para mim. rnrnEntão tive uma grande surpresa, Camila era um travesti, que até aquele momento tinha me enganado muito bem se passando de mulher. Ela tinha um pinto de tamanho médio 16x4cm aproximadamente. Eu não acreditava, como um homem poderia ter um corpo tão feminino, sem falar do jeito e da voz de mulher. Mais tarde fiquei sabendo que era devido a um tratamento hormonal que ela fez durante anos. Confesso que na hora fiquei paralisado, tive vontade de ir embora, mas ao mesmo tempo meu tesão estava estourando. rnrnAo ver minha reação, Silvana se apressou em me beijar e acariciar meu pinto para que meu tesão falasse mais alto. A fim de acender mais ainda, começou um boquete no pau de Camila, que também estava bem duro. Eu não entendia no que estava acontecendo, pois ao ver aquilo meu tesão sá aumentava. Ao perceber que já não tinha mais resistência, Camila se aproximou e foi beijando meu peito até que começou a brincar com meu pinto. Silvana então falou: rnrn_ Prometo que você irá gostar dessa experiência e no final será imensamente recompensado. rnrnNão tive como resistir, forcei a cabeça de Camila contra meu pinto e a loira o engoliu por completo encostando seus lábios nas minhas bolas, enquanto sentia a cabeça do meu pau tocando sua garganta. A gata realmente tinha experiência nisso e, sem que eu percebesse, vestiu uma camisinha no meu pau. Coloquei Camila em pé e de costas para mim, comecei abraçá-la e apertar aquelas tetas durinhas. A loira gemeu baixinho quando sentiu meu pinto roçando sua bunda. Então algo estranho aconteceu comigo, senti um prazer enorme em poder dominar a boneca e fazer dela minha putinha submissa. Empurrei Camila com força sobre a cama, ajoelhei atrás da bunda dela e a segurei forte pela cintura, coloquei a cabeça do meu pinto na entradinha do seu cu e sem a menor preocupação dei uma estocada com toda a minha força. Nesse momento, senti suas preguinhas se abrindo todas de uma sá vez e meu pinto sendo engolido por completo pelo seu rabinho. Com uma das mãos segurei seus cabelos, como se fossem as rédeas de uma égua e com a outra dava tapas fortes na sua bunda. Comecei um movimento frenético de estocadas uma mais forte que a outra, ao mesmo tempo em que a chamava de putinha e de piranha safada. Camila gemia e pedia mais, olhando para trás e mordendo os lábios com uma cara muito safa. Sentia minhas bolas encostando nas delas, o que sá aumentava meu tesão em foder aquela boneca. Nesse momento, não me lembrava mais de comer o rabinho de Silvana, até que esta, que até então estava observando e tocando uma siririca, pediu para eu comer Camila na posição de "frango assado". Nos posicionamos conforme Silvana queria e continuamos com foda. Com as pernas de Camila apoiadas em meu ombro, metia forte no seu cu e ficava excitado em ver Camila gemendo com seu pinto duro balançando no mesmo movimento que suas tetas grandes. A loira estava completamente submissa e dominada pelo prazer de ter um pinto no seu rabinho. Não demorou muito para gozarmos, primeiro Camila que esguichou muita porra do seu pinto, molhando sua barriga, definida pela malhação, e também sujando meu peito, logo em seguida foi a minha vez, senti meu pinto inchar no cu de Camila e depois despejar muita porra lá dentro, acabei deitando sobre aquela boneca e senti seu pinto, sujo de porra, apertado entre nossos corpos. Ao tirar meu pinto do seu rabinho, vi que muita porra escorreu de lá de dentro. Ficamos deitados, um ao lado do outro, na cama com os pintos sujos e com uma sensação de canseira, porém com muito prazer. rnrnA minha cabeça estava a mil por hora, pois havia trepado com um travesti e ao mesmo tempo em que sentia certa culpa a sensação de prazer era algo indescritível. A visão ao meu lado era bem difícil de descrever, pois era uma mulher com um corpo delicioso, porém com um pinto nesse mesmo corpo. rnrnSilvana vendo o nosso estado se deitou entre nás e começou a nos dar carinho, até que pudéssemos recuperar nossas forças, pois aquela trepada tinha sido FODA. Apás uns 20 minutos, aproximadamente, Silvana se levantou e falou: rnrn_ Ricardo e Camila vocês cumpriram a parte de vocês no acordo, agora é minha vez de cumprir a minha. rn_ Quero ser de vocês dois ao mesmo tempo. Faz tempo que tenho o desejo de ser duplamente penetrada e quero realizar essa fantasia hoje.rnrnContinua....rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Eliana: é meu vizinho que quer comer meu cudoce nanda contos eroticospegando amiguinha da filha no banho e gozando na bundinha delacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html nem peitinho teen grita na pau do vovideo de jovens travesti praticando incesto com padrastoMulher que gosta de ser curradasPorno conto mae vizinho neguinhocontos eroticos no escurotirei o cabaço delecontos um anjo de sobrinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?minha mulher contou que ficou com a buceta arrombada em floripanegoes com casadas-gozando dentro/contos e fotosmulherbrasileira conversando putaria contosVizinho come cu do vizinho nerd contos gaysso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteduas munhe vai calvaga i da pra a cavalo fude ate goza zoolContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaascontos eróticos porno brasileiro grátis de incesto entre genro e sogra mais recenteshistoria erotica irmão dopa irmãmulhe mostrando sua boceta lindadccontos de coroa com novinhocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasmeu marido comeuminhaprima contoseroticosconto erotico minha namorada trouxe amiga pra fuder com a gentecontos erotico de esposa traindo cornocontos eroticos de cornos e veiasvelhos cafetao fudendo casadaProvoquei e foi arrombada porno conto contos eróticos gays barriga incharcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos quando eu era pequeno meu colega me comeupassei a calcinha contos eróticosConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhaconto real tia se masturbando soSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putasMeninos mamando nos peito de mulheres amamentando contos eróticoschupei o grelo da minha amante contos eroticosmoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteTRAVESTI CHUPÁ OUTRO TRAVESTI E BEIJO NA BOCA E FUMANDO O CIGARRO videos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos eróticos mãe e filho de araraquracomendo minha sogra ruiva de 52 anos coroa mais gostosa do brasilfui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosa filhinha do meu amigo contos pornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetranso com meu primo de primeiro graumeu amante me depilou toda contosMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente delemeu pai tirou meu cabaco e colocou um absorvente para não Vazar conto travesti novinha de 15 aninhos contos eroticoscotos heroticos gay me comeu no rioContos eroticos .meu bundao esta deixando.meu filho loucoContos eróticas de vizinha e pedreirocomendo a carlinha casa dos contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteProvoquei e foi arrombada porno conto Conto mete tudo papaiContos eróticos comendo uma travestir lindavideo para baixa de porno home com olho vexadocontos filho fudendo com a maecontos eróticos casada não resistiu e traiucoroa raspadinha gozando contoscontos eróticos no meu aniversario da sogrameu sobrinho de treze ano conto gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos deu o cu para o cachorracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico com ajuda da minha virei cadela do meu cachorroContos excitantes sou gaúchacontos fui cornocontos eroticos comendo cu da tia com primo e tioconto porno-minha mae e minha avoContos erotico com equilina da minha patroaconto agarrada no onibusconto erotico incesto sonifero filhadoeu mas gostei contosconto na praia com minha mae gostosaMeu sogro cheirou minha calcinhanovos relatos eróticos com fotos de corno minha esposa andando na rua toda gozadaVidios porno meu irmao cravo tudo emincontos bucetinhas depiladinhas no espelho eu e minha amigacontos eroticos casada fui subjugada