Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DE VOLTA AO PASSADO

boa tarde amigos tudo bem, o conto de hoje e fresquinho foi essa semana conhecço esta menina uns 19 anos tivemos um caso no passado mais nao foi adiante, essa semana me encontrei com ele pra almoçar seu nome e vandete ja casou tem um filho ta mais gordinha mais com o mesmo rabao que eu amava, amava ela tambem almoçamos demos risadas na hora de despedir saiu um beijo algo rapido que deixou ela sem graça mais logo teve mais um beijo e outrorno fogo da paxao estava de volta marcamios para fim do dia nos ver e quem sabe . ansioso esperie as 18:00 fui ao seu encontro ela aflita tambem, antes que falase algo ou pesanse beijei ela com força quando nos vimos tavamos dentro de um taxi indo para um motel, entramos fechamos a porta por nossas costas e o lugar era nosso,eu afoito ela sentou deu uma de culpada, errada mantive a calma pergueti se ela quyeria ir embora ela disse que sim fechei a camisa levantei ela pediu pra eu nao ficra com raiva dela tava confusa antes de irmos pedi um beijo, foi o bastente para o fogo acender, levei ela para cama la tirei sua saia, e ja comecei a chupar ela e lamber ela se contorcia pedi para eu parara mais apertava mais ainda minha cabeça para eu ir mais fundo, chpando seu grelinho e mordiscando sua bucetinha linda e cheirosa, ela ja estava alucinada, tiroua blusa e cai de boca no meu cacete, ela chupava e lambia com uma fome loucura, lambemdo meu saco e lambuzando minha piroca de saliva, virei ela de bruço tava na hora da nossa transa, ela fic oud e 4 e meti a piroca de uma vez entrou diretoe fui socando ela socando mue pau chegeva a bater no fundo ela gemendo e se contorcendo, eu alucinado mentendo naquela buceta morena doido pra comer aquele cuzao divino dela, nos viramos metia nela de lado por cima por baixo era uma loucura, arnela mesmo com o ar ligado suava e gemia, fizemos um 69 muito alucinado ela engolia meu pau todo, a hora passava eu com medo dela querer ir embora por causa do filho e continuava metendo nela goezei muita na sua buceta e fui tomar uma ducha, qaundo voltei para minha supresa ela de 4 na caama rabo empinado me falou rindo vem seu puto come meu cu eu sei que isso que vc quer nem acreditei, puxei ela pelo cabelo coloqui minha piroca na sua boca pra ela chupar fui metendo primeiro umd edo no seu rabo depois dois depois tres, ela se virou e disse quero piroca nao dedo, coloqui na porta a cabeça do meu caralho e fui empurrando tava dificil, dei uma puxada uma cuspida no pau e mandei brasa quando a cebaç entrou elka deu um suspiro e dise doi mais nao para, dois dedos na buceta dela tocando seu grelo e o pau entrando no seu rabo, ate que entroiu todo ficamos num vai e vem aluxcinado ela gemia gritava e mexingava tava muito delicisoso ela começou a rebolar ate que veio gozada enchi o rabo dela de leite nossa que gozada, voltamos agora como amantes rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico madre superiora popozudamanuela pedreiro contos eroticosjakelini meu sogro tem pauzaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos video gamecontos de zoofilia sobre eguas e jumentasresguardando a namorada contomenina de menor fazendo filme pornô com minha Duducoleguinha liberal gay contosmina santinha foi estudar e deu o cu pornodoidporno home gozando forddecontos eroticos de coroas dos seios caidoscontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anosver homens bem-dotados sendo castradoscontos eroticos arrombando a gordacontos de velhos taradoleitinho gostoso de polaconto moreno heterocontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15contos coxudas de saiacontos incesto sobrinhacontos eroticos meu vizinho me bulinava gayContos erotico com equilina da minha patroaconto minha noravoyeur de esposa conto eroticocomtos bdsmconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulhercontos eróticos eu e minha mãe na praiacontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocandoconto.incesto enteadamulher gritando pulando no pau grande pedindo maisconto erotico chantageada pelo deficientecontos eroticos mulher santinhascontos eróticos em público encoxando cunhado contos erótico paizão enrabar filho gayChaves enfia o dedo no cu da chikinhacomtos eroticos humilhada e currada por molequesContos erotico cuzinho d m cunhadinha contos dei o cu pro agricultor pauzudogay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transarcontos eróticos mulheres p****velho fogoso conto eroticocheirei a calcinha fedorenta contos eroticosContos eróticos GAY AHHH VAI ASSIM OHH VOU GOZAR VIADO OHHcoroa da buceta griluda espirando poro logeComtos casada puta dos vizinhosComi o cu da paulistinha contosenfiando as havaianas na boca contos eroticoscontos eroticos envangelica marido e pai roubaram o chefeconto eróticos mãe p*** e baunilhaChantageando comi ela contoscontos eroticos dando o cu mais que xuxucontogayporno contos sex obrigcontos eróticos de negros em carnavalcaipirinha conto eroticocontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motominha irma seu cu cheiroso contoscontos de vizinhasesposa bebada contos eroticosMeu sogro me seduziu contocontos de mulheres dando a bocetaContos Eróticos De Comi A Coroa Mãe Do Meu Amigocontos de cornos asumidos 2005Chuva dourada entre pai e filha contos eróticosmeladas e nuas todas meladas de margarinasconto erotico bolinada na infanciacontos casada da na piacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoporno espiando a cunhada se peegadominha filinha bricando minha pica contos eroticoscontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhosconto erótico comendo o passivo de calcinhaminha mulher foi enrabada e me contoucontos eroticos arrombando a gordacontos putinha galeracontos chavecando o cuzinho da coroacontos minha mulher transava e me beijavameteu a pica gigantesca na passista deliciosaPeguei minha tia veridicocontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgeu e a amiga da esposa conto