Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO PARA O TAXISTA E SEUS AMIGOS

Era uma sexta-feira como outra qualquer, trabalhei durante o dia e fui para a faculdade à noite....mas alguma coisa estava diferente naquele dia, meu tesão parecia estar no limite, incontrolável, tanto que durante o dia não me contive e mesmo no horário de trabalho fui ao banheiro bater uma, pra dar uma aliviada....Sou uma pessoa que adora sexo, a qualquer hora e lugar e também não escolhia muito os parceiros, desde que tivessem um pau bem gostos...naquele dia fiquei feliz por ir trabalhar com uma calça escura, caso contrário, daria pra perceber uma mancha de tão molhada que eu estava.

Mal sabia o que me aguardava o final de semana!

Assim que a aula terminou, fui encontrar com meu namorado, que me esperava na minha casa, pois passaríamos o final de semana juntos, em um flat e eu tinha preparado algumas surpresas sexuais para ele, começando pela ida ao flat.

Inventei a desculpa que meus pais não deixariam eu usar o carro o final de semana inteiro e que era melhor pegarmos um táxi para ir até lá....inocentemente ele concordou e eu mesma liguei para o serviço de táxi.

O que ele não sabia era que o taxista já fazia parte da surpresa....há algum tempo atrás tínhamos transado com um amigo dele e a experiência foi muito boa, por isso resolvi chamar um cara para poder repetir a dose e ele poder me ver dando gostoso pra outro cara...

O táxi logo chegou e assim que entramos reparei que o nosso motorista era um típico taxista: cabelos grisalhos, uma barriga meio grandinha, camisa aberta no peito mostrando alguns pêlos meio grisalhos, mas parecia ter um pau grande pelo volume da calça que estava um pouco justa... Como quem não quer nada, entrei no banco de trás, me abaixando bem para que meu namorado visse que eu estava com uma saia sem calcinha e ao mesmo tempo para o taxista ver bem pelo meu decote, o tamanho dos meus seios que já estavam com os bicos durinhos sá de pensar no que iria acontecer...

Percebi a bela olhada do taxista e fiquei muito empolgada...no caminho, comecei a dar uns amassos no meu namorado, comecei a gemer muito alto, sempre olhando para o retrovisor para ver o quanto o motorista estava olhando....cada vez que eu olhava, abria minhas pernas, que mostrava minha xana bem depiladinha e muito molhada...resolvi subir em cima do meu namorado, de costas para o taxista, mas ao mesmo tempo ralava meu pé no braço dele, na perna, até chegar no seu pau, que já estava tão duro que parecia arrebentar a calça....

Percebendo esse movimento, meu namorado, que adora me ver bem safada, pediu que eu virasse de frente para o motorista e enquanto ele roçava seu pau na minha buceta, eu colocava a mão do taxista nos meus peitos, até que ele não se conteve e parou o carro numa ruazinha mais deserta...imediatamente, eu me virei de costas pra ele, de quatro, abrindo bem a minha xaninha, que já estava pingando, como se fosse um convite à rola dele entrar ali.

Não queria nem esperar pelas preliminares, pedi que ele me fudesse bem gostoso e bem forte e ele, como se me provocasse, encostava sá a cabecinha do seu pau bem grosso e não enfiava todo o resto...quando eu já estava quase sem aguentar mais, implorando para que ele penetrasse, ele deu uma estocada tão forte que eu urrei de dor e também de muito prazer!Parece que finalmente eu ia saciar um pouco do meu fogo...enquanto ele metia com muita vontade em mim, meu namorado mamava nos meus seios com muita força, mordendo meus biquinhos e eu falava muitas baixarias para ele, dizia para ele que eu era a putinha dele e perguntava se ele gostava de me ver ali de 4, dando pra outro cara e que eu ia gozar bem ali na cara dele..claro que ele já estava com o pau lá no queixo, queria me comer de qualquer jeito, mas eu ainda ia torturá–lo um pouquinho até que chegássemos no flat...não demorou muito para que eu gozasse gostoso e que o taxista também espalhasse sua porra em toda a minha cara....

Depois que gozamos, eu logo me ajeitei novamente no banco de trás e comecei a chupar o pau do meu namorado que já estava quase gozando sá de me ver.

Nisso, o taxista disse ter mais uma surpresa para nás.Achei um pouco estranho pois sá tinha combinado isso, mas achei que seria algo legal.

Como estávamos entretidos lá atrás, nem vimos para onde ele nos levava até que tivemos uma surpresa e aí sim começou nossa “ aventura”.

Ele parou o carro e disse que já que eu estava com tanto tesão, ele ia me apresentar para uns amigos que podiam em ajudar...estávamos no meio de uma favela, escura, claro que com muito medo, mas eu já podia imaginar que algo de bom poderia sair dali...

Quando de repente chagaram mais 2 caras, 1 deles tinha uma cara fechada, com uma tatuagem no rosto, uma espécie de pedaço do corpo de um dragão..tinha uns 2 dentes faltando e era bem magro e moreno..atendia pelo apelido de dragão...

O outro cara era um igualmente com cara assustadora, fechada, mas era bem mais alto bem gordo e vestia uma camisa inteiramente aberta, com a calça também bem frouxa na cintura.

Logo de cara, os dois pegaram meu namorado e amarram suas mãos, dizendo que se ele gostava de ver a mulher dele sendo comida, então ele ia ter imagens para se lembrar pelo resto da vida...ao mesmo tempo, o taxista veio por trás de mim e me pegou, agarrou meus braços e foi também me levando em direção a um barraco que parecia estar abandonado e bem sujo...no caminho, pude perceber que seu pau estava duro de novo, conforme ele encostava na minha bunda...

No barraco, que tinha apenas um sofazinho, eles disseram que iam aproveitar o final de semana...amarraram meu namorado em uma cadeira de frente para o sofá e falaram que ele veria tudo...

Nisso, o tal dragão evio pra cima de mim, me jogando no sofá e dizendo que se eu gostava de coisas fortes, era com ele que eu iria conhecer o que era forte...comecei a tentar me livrar dele, mas enquanto ele me travava com as pernas, o taxista segurava minhas mãos no alto.

Ele logou deu uma baixada na calça e tirou seu pau grande ena verdade um pouco sujo de dentro da calça...claro, já estava bem duro a essas alturas e logo ele começou a me fuder com força..eu tentava resistir, mas no fundo eu sentia um pouco de prazer naquilo, naquele pauzão me penetrando com força...levei alguns tapas na cara, ele me chamava de puta, vadia, que eu era a escravinha dele e em pouco tempo ele gozou, dentro de mim.

Me senti suja mas ao mesmo tempo mais satisfeita, pois sá a foda com o taxista não tinha me adiantado muito...nisso, ele “passou a vez” para o taxista, que desde aquela hora estava com o pau duro e queria em comer de novo..dessa vez, ele me virou de quatro e começou a cuspir no meu cuzinho e me dar tapas na bunda...em pouco tempo senti seu pau arregaçar meu cu apertado..ele gemia alto de tanto prazer e eu gritava de dor, até que comecei a ficar amortecida pela prápria dor e não sentia mais nada!

Ele me comeu, até que me virou de frente para que eu batesse uma punheta para ele e ele gozasse tudinho na minha boca e me fizesse engolir...

Assim, terminou a noite e achei que eles fossem nos liberar, quando ele disse que o melhor viria no dia seguinte, com o gordão sujo...durante a noite nem dormimos, já que eles se revezam em turnos para nos vigiar.

No sábado, já quase na hora do almoço, enquanto estávamos exaustos....o gordão chegou dizendo que me daria um banho bem quentinho...não entendi, até que ele começou a beijar, demais...na boca, no corpo inteiro, me deixou inteira molhada e se aprofundou bastante na minha xana.

Depois me fez chupar o pau dele, empurrando minha cabeça com força, sem quase me deixar respirar e eu já estava passando muito mal quando senti um gosto na minha boca....era mijo..sim, ele teve a coragem de mijar enquanto eu fazia o boquete e aí entendi o banhob quentinho, quando ele me deitou, enfiou com tudo seu pau em mim e ali mesmo ele fez o que é conhecido por chuva dourada....sentia aquela coisa quente escorrendo pelas minhas pernas e sentia nojo, porém, seu jeito de meter, a vibração do seu pau e as paradinhas desse momento me fizeram ter uma sensação diferente de qualquer uma que já tinha sentido antes....ele continuou, sempre me beijando muito e gozou dentro e um pouco nas minhas pernas, junto ao que tinha feito antes.

Quando achei que eu não poderia passar por mais nada, fiquei sabendo que o preço do resgate seria eu engolir a porra dos 3 e para isso, eles colocaram-se diante de mim e cada um pegava um pouco minha cabeça para chupá-los, enquanto os outros batiam uma....eles todos gozaram, 2 me fizeram engolir tudo e o dragão, labuzou toda a minha cara e me fez lamber.

Assim que nos liberaram, meu namorado super preocupado, queria ir á polícia, me levar a um hospital, mas fiz diferente:

Aproveitei o flat mesmo assim e relembrando todas as metidas e pintos que eu tinha sentido na minha buceta naqueles dias, transamos muito durante todo o domingo.......

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


carlão socando ate as bolas no cu da vadiacontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netascontos eróticos ela levou ferrocontos eroticos gay meu padrasto de vinte e quatro anos me enrabou dormindo quando eu tinha nove anospolicial feminina contos eroticosContos eróticos deixa eu ver só um poquinhonegao e o seu caralhocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos trai meu maridocontos comi minha cunhada no seu aniversáriocontos bucetinha familiapornodoidonaona brincadeira fez a amigagozaro carteiro me pego com roupas femininas gaycontos eroticos arrombando a gordavideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salienteconto erotico incesto sonifero filhacdzinhas lindas contosMeu pai tava em casa comigo e com a minha esposa eu e meu pai fundemos juntos minha esposa conto eroticoengravidou a minha namorada contos eróticoscontos estupro sai na rua e min estupraramcontos fingi que dormia e comi minha filhaIniciando uma virgem contos eroticosx vidio comtos eroticos mães inocentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha irma só de calcinhatias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realde conchinha sem calcinha (contos)Contos eróticos minha mulher apanhandoo pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contoscontos de danadinhas com homens casadossenti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetafui enrabado pe lo o yravesti na baladaContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasacontos eróticos lanchaconto arebentarao meu cu meumaridocontos meu primo malvado me comeucontos eu com namorado eo primo dele com a namorada conto safadoconto incesto perdia a aposta meu filho me comeucomendo gordinho do rabao gordo contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de menininha dando o cuzinho pro meu primo escondido brincando de pique-escondenamorado domado contos eróticosccontos filha se fode pra aguenta a geba do pai no cu com fotoschaves comendo o cu de chiquinha no banheiroaproveitam da inocência da mulher b******* na academia conto eróticocontos meu primo malvado me comeucontos de cunhadas tesudasconto erotico minha prima malvadasou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticosconto erotico fui no pagode e comi um travestiContos erotico enfiando a mao no cucontos eroticos timidas coroasContos er papai pintudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos na roça com minha maeEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticosconto de uma testemunha de jeová casadacontos pornos mae e irmaComi a cadeirante casada contosTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anoscontos eróticos gozando na filha pequenacontos no cuzinho da crenteEngoxadas pegando no paucontos eróticos com amiga da esposaconto erotico pm macho batalhão estocadasconto tia saidinhaCacetudos batendo punheta no alimentose foi assim que comeram minha esposacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestitirei a virgindade do meu sobrinho roludo e minha bunda grandeSo contos eroticos com maridos violentos sadomasoquismoninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha boca okinawan gélico pornôtrocando as filhas teen p tranzarandreia baixinha tranzando e tamirisorgia entre cdzinhas contos eroticoscontos eróticos minha nora cuidando de mimcomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos comi a velha beatacache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html conto erotico barzinho depois servicocontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negrosconto assaltantes fodem a casada no assaltoVem vem safado contocontos coroas fudendocontos eroticos o dia que comi a novinha gordinhaSexo proibido. Contosconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotobuceta com muito tesao goza na primeira estocada