Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA NOIVINHA TÍMIDA -BH-MG

Tenho uma noiva muito tímida, bem comportada na cama e cheia de princípios, sempre quando estávamos fudendo eu imaginava ela dando para outro e levando duas picas ao mesmo tempo, aquilo me deixava louco de tesão, eu ficava imaginando um jeito de falar, não sabia qual seria a reação dela, fui aos poucos apimentando a nossa relação, aproveitando para falar umas sacanagens quando estávamos no ápice da foda e sentia que ela ficava louca de tesão, começava a chamar ela de minha puta e ela correspondia, falava que adorava ver ela fudendo comigo, que ela fodia muito gostoso, que ela era minha putinha, na hora ela ficava louca, mas depois que a tempestade passava ela questionava e dizia que não se sentia muito bem quando eu falava aquelas coisas. Decidir apimentar mais ainda a nossa relação, ela não deixava eu comer o seu cusinho, então quando eu chupara sua buceta, comecei a passar a língua de leve no seu cusinho e percebia que ela se arrepiava e se contorcia toda. A cada foda a ousadia era maior, passei a enfiar a língua cada vez mais fundo e deixar ela em êxtase, fodia o rabinho dela sá com minha língua, chegando a enfiar minha língua todinha dentro do seu buraquinho, passava uns 19 minutos assim e quando ela me cavalgava passei a explorar o seu cusinho com um dedo bem umedecido pela saliva e fala que ela era uma puta e eu adorava quando ela fodia comigo igual uma puta e ela me pedia para chamar ela de puta, safada, cachorra. Ela foi se soltando mais e eu já pensava em começar a falar de outro macho comendo ela, sá não sabia como. Passei então a enfiar dois dedos no seu cusinho e falar que eu estava comendo ela no cú e na buceta e ela cada vez ficava mais louca, falava que ela era uma puta que adorava fuder, adorva dá a buceta, e gosta de sentar em uma pica, quando ouvia isso ela passava a me cavalgar com bem força e ficava uns 5 minutos gozando, e depois que passava ela falava: - sou sá sua puta, adoro sá sua pica e fuder sá com vc. Mas não era bem isso que eu queria ouvir. A nossa relação estava ficando cada vez melhor, aproveitávamos todos o momentos que estávamos juntos, cada dia que ia encontra-la, ficava imaginando o que falar. Convenci ela a irmos em uma casa de Swing, ela aceitou com a condição de que não iriamos fazer nada com outra pessoa, então não rolou nada, sá uma foda no sofá com um casal nos olhando, pelo menos é alguma coisa. Nossas fodas cada dia esquentava mais, quando ela me cavalgava, eu enfia dois dedos no cusinho dela e mandava ela imaginar minha língua, dentro dele, depois dizia que estava comendo ela no cú e na buceta, mandava ela imaginar outra pica dentro dela, que ela estava levando duas picas uma no cú e outra na buceta, e com a outra mão mandava ela chupar meu dedo igual ela chupa minha pica e falava que ela estava chupando minha pica e levando uma pica no rabinho e outra na buceta, ela ficava doida e passa a aumentar a velocidade e chupar meu dedo com fome de pica e gemer, gritar, chorar, falando: - me come, eu sou sua puta, faz de mim o que quiser, come meu cú, mina buceta. Eu começava a perguntar: vc gosta de fuder assim?

- gosto!

- Fala que vc adora fuder, adora dá a buceta, adora sentar numa pica.

- eu adoro fuder, adoro dá a buceta e sentar numa pica, eu sou uma puta.

- VC quer sentir outra pica no seu cú, fala que vc quer.

- Eu quero sentir outra pica no meu cú, eu quero duas picas dentro de mim, eu quero fuder igual a uma puta bem cachorra, bem vagabunda, bem safada.

Então eu imaginava que já estava na hora de falar em outro macho comendo ela e enfiava dois dedos no cusinho dela e falava:

- imagina outro macho comendo seu cú enquanto eu como sua buceta, vc quer outro macho te comendo?

- vc deixa. ela perguntava.

- claro que deixo, e vc quer.

- EU QUERO, EU QUERO FUDER COM DOIS, QUERO, QUERO, QUEEEEERO...

Gozamos como nunca gozamos antes e adormecemos. Depois ela não quis mais tocar no assunto, fudemos mais uma vez e ela teve que viajar para outro Estado, para fazer pás-graduação e vamos ficar uns 6 meses sem nos vermos, sá nos falamos por telefone e eu já tentei tocar no assunto, mas ela desconversa. Será que ela vai me proporcionar a realização dessa fantasia?

Pessoas que queiram trocar experiências, ou mulheres que se sentem como minha noiva, ou querem realizar essa fantasia, e não tem coragem de falar com o seu parceiro me escrevam. [email protected], tenho 30 anos ela 23, Belo Horizonte - MG





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico: A FILHA DA DONA VERAcontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãoTransei com minha quando agente brincavabranca gordinha casada estrupada por maniaco no cucontoseroticos/pauzudocasadacontos eroticos brincando com meu cachorrinho taradocontos chupei minha namorada a forçaconto erotico fasilitando meu chifreContos eroticos dois heteros vodkame fez de puta e me estrupkassalto a minha casa eu e minha mãe contos eróticos gang bangnovinha desmaiando na vara grande de dor pelo tamanhocontos comadres lesbicassou uma mulher crente mas quero picarapaz chupa seios com gula pornodoidocontoseroticosfuicornoso gotosonna sexos eputariacontos eroticos arrombando a gordaassistir porno comendo gostosa dopando mulher na casa delcontos eróticos de gays novinhos bonitos loiras namorado com muitos beijos nacontos de incesto fui adotad a para ser escrava sexualcomendo a carlinha casa dos contoscontos eróticosprimoscontos eróticos dívidi minha mulherxvideis 2017comi a minha tialiliane sabe quero seu cucontos de coroa com novinhoconto engravideicontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejavi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos erotico ensinando o meninoContos eroticos esposa 60 anosconto irma com tesaocontos eroticos pequeninaconto porno-minha mae e minha avoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscalcinhas.erroladinhas.no.cuzinhota rasgando meu cu contover conto erotico sob velhos etrupadorevi o pauzao do pedreiro e fiquei doidinhaporno sujo porra na boca guspe mijos e muita porcariaconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninoContos erotico.crente metroconto erotico arrombei o travesti do baile funkdesvirginando a clarinha contoscontos eroticos casada e o farmaceitico negaotravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhaminha mulher contou que ficou com a buceta arrombada em floripaconto erotico fui no pagode e comi um travestimãe e filha dando para travesti em casa Curitibanoscontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico meu cunhado viajou maninha pediu pra eu ficar com elaContos gosaram no cuzinho virgem da minha filha Contos eróticos de Gay O Amigo do meu Pai Comeu Minha Bundinhaganhei carona mais tive que engolir porracontos eroticos arrombando a gordacontos mulher casada da o cu pro cãocomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualA loirinha punheteira contos eróticoscontos eróticos de aronbando a dona de casa por dinheirominha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiconto lesbico tia iniciando a sobrinhaestupro de casada porno relatocontos sou bem fudidaminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoscontoseroticospapaicontos eroticos com fotos de mulheres com pelos loiros no corpoConto comi minha mae no celeiropapai e seu amigo comeu meu cuzinhovi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos erótico estuprada pelo chefinhoproposta indecente de colega porno de trabalho a casadacontos erotico irmao cafetao da irmacrente usando calcinha furadaconto minha cunhada me deu cu e sua tambemcontos eroticos marido pauzudo mulher e novinha trepando juntosfotosesposas de cornos bucetas cheias de porracontos eroticos humilhando podollatriaContos madrasta putaTrepada boa contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta cumi a prostituta na esquina contos eroticosContos eroticos padrasto.. Febrecontos cuidando da minha irma casadaconto comi.uma coroafotus de zoofiliachantagiei minha irma casada contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos menina bobinha no tremcontos de mulheres fudendo com homes depica grande e grosa