Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FERNANDA RAPTADA E VIOLENTADA

Este fato ocorreu quando a Fernanda (eu) tinha 19 aninhos, um ano apás aquela festa que minha mãe havia dado para oficializar o nascimento da Fernanda. Era um fim de semana de outubro, mais precisamente sexta-feira, minha mãe estava indo viajar para um passeio na cidade de Gramado com uma amiga e ficaria fora até Domingo a noite, ela iria ainda na manhã de sexta. Ela me avisou que duas pessoas iriam vir para realizar alguns consertos em casa, e que deveriam durar dois dias, sexta e sábado. A minha mãe já havia saído quando os dois homens chegaram, um senhor de uns 48 anos e seu filho de 20 anos, dois homens muito bonitos, abri a porta para eles e já começaram a realizar os trabalhos. Fui para meu quarto para me produzir, pois estava apenas de pijaminha. Como minha mãe já estava me hormonizando a um ano, já tinha peitos e um corpo muito feminino, lindinha mesmo, fazendo o estilo gostosa, coxas grossas, lábios carnudos, boquinha pequena, cabelos loiros e compridos, lentes de contato azuis, unhas compridas, cintura bem fininha e quadris largos com o bumbum bem arrebitado, toda lisinha. Comecei a produção, tomei um banho e fui para meu quarto. Coloquei um sutiã meia-taça preto, calcinha asa delta preta bem enterradinha na minha bundinha, meias pretas 78, cinta liga preta, um corselet preto em lycra e renda bem apertado afinando mais ainda a minha cinturinha e realçando mais ainda meus peitos e meu bumbum, sapatos pretos envernizados com salto agulha de 19 cm, deixando a minha bundinha mais empinadinha, coloquei um vestidinho preto super colado e bem curtinho, deixando aparecer a renda das meias 78. Coloquei perfume, brincos, me maquiei, coloquei um batom vermelho bem forte e brilhante, sombra, cílios postiços, fiz um penteado com um pouco de volume e coloquei meus cabelos para os lados, quando me olhei no espelho, minha nossa, adorei o que vi, parecia aquelas atrizes (pin-ups) dos anos 50, com uma silueta fantástica, extremamente sexi e provocante. Nisso o telefone tocou, era o marcelo, um gato que já havia me comido algumas vezes e com quem eu estava tentando encorajar a realizar uma fantasia minha, ser raptada e violentada, o que não percebi, era que havia deixado a porta do meu quarto aberta e o senhor que estava trabalhando em casa escutou minha conversa, eu não percebi. Depois do telefonema, fui até a cozinha para tomar um café e vi que os dois, pai e filho me olhavam diferente, aquele tipo de olhar de tarados, fiquei muito excitada e comecei a andar pela casa e a passar por eles toda hora, rebolando e bem sensual, sá para provoca-los. Já eram umas 11:00 horas da manhã, quando fui na cozinha novamente, ao sair, fui agarrada por trás de surpresa, o filho estava me segurando e colocou a sua mão em minha boca para que eu não pudesse gritar, nisso, o seu pai apareceu e começou a me amarrar, amarraram meus braços atrás, nos pulsos e acima dos cotovelos, depois ele enfiou uma bola de pano em minha boca e uma faixa de pano amarrando atrás da minha cabeça, me colocaram no chão a força e amarraram minhas pernas juntas, nos tornozelos, abaixo e acima dos meus joelhos, depois amarraram uma corda entre meus pulsos e entre meus tornozelos, me obrigando a ficar com meus braços esticados e minhas pernas dobradas para trás. Estava completamente indefesa, imobilizada, tentava me libertar e gritar por socorro, mas era impossível, além de assustada, estava excitada como jamais havia ficado. Quando eram 05:00 horas da tarde, o senhor chegou perto de mim, puxou meus cabelos e disse que iria tirar a mordaça e que eu não gritasse, senão ele seria obrigado a machucar essa bonequinha linda e gostosa, então retirou minha mordaça, pegou um telefone e mandou que eu ligasse para minha mãe dizendo que iria na casa de uma amiga e que iria dormir lá, fiz isto e ele voltou a me amordaçar. Alguns minutos depois, eles chegaram, me agarraram e me colocaram no porta malas do carro deles e me levaram para a casa deles. Chegando lá, eles me levaram para um quarto, me soltaram e mandaram que eu tirasse minha roupa, ficando somente de lingerie e salto alto, fiz isto, assustada e excitada ao mesmo tempo. Durante a noite de sexta-feira, todo o sábado e até domingo as 17:00 horas, fui sodomizada, obrigada a fazer boquetes nos dois, fui violada pelos dois, enquanto um comia minha bundinha era a obrigada a fazer boquete no outro e vice-versa, fui obrigada a dançar para eles como se fosse dançarina de boate, chuparam meus peitos, deram palmadas muito gostosas na minha bundinha, fui violentada várias vezes estando amarrada e amordaçada e ainda me alugaram para vários amigos deles, fui usada como prostituta por eles, cada trepada era cobrado o valor que correspondia hoje a 50 reais. Nem lembro direito, mas acho que fui comida por uns 19 ou 19 homens. Minha bundinha quase ficou esfolada, de tantas estocadas que levei. No domingo a tardinha, eles me levaram para casa e disseram que se eu contasse para minha mãe, eles voltariam e me dariam uma surra que eu nunca esqueceria. Claro que nunca contei, mas sonho até hoje com este final de semana.

Beijos.

Me escrevam – [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos felipe comeu minha mulhrercontos eroticos menininhas dormindo na rolaum menino enrabou minha mulhercontos eroticos travesti ativa camioneiracontos erotico farmaceutico macho negao fodendo gaycontos eróticos gay tio me comeuincesto contos da cunhadinhacasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocacalcinha incesto contostaras de ficar olhando outroa fudercontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelacontos eroticos esposa exibicionista ficou curiosadei pro cara da vendinha contos eróticosmarido libera esposa para pagar o aluguel contocontos de coroa com novinhopuzeram esposa dar pra todosconto transando com pau grandemachos colosso por caralhosContos eroticos cofrinho onibusContos eroticos mulher cazada carente tevi ki da pru vizinho de pika muito grande marido descubriu conto erotico praia em familiacontos no cu da vizinha marrentacontos eroticos eu minha esposaComtos casadas fodidas pelo filho novinho do vizinhoconto seduziu heterocontos eroticos casada e o farmaceitico negaoCasada narra conto dando o cupone encaxa tudo na morenameu primo rasgou meu cu gaymeus dois professores contos eróticoscontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualcontos eróticos espoza rabuda e traficantescontos erotico molestano amenina na crecheparaiso dos corninhoscontos o boquete no novinho no onibuscontos eroticos com subrinhasmorena elisangela dando o cuzinho gostoso de cabo frioconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsocontos ela deixou por no cuzinhoconto minha enteada de sete anos sentava no meu colosobrinha novinha contos eróticosconto erotico madrinha e afilhadocomi a familia toda contos eróticosmeninha fata zofolia buntuda sexocontos verídicos com garotas teensporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexocontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaoler conto pornô de i****** ajudando minha filhacontos eroticos treinamentosurpreendeu a esposa com consolo contosmulhe vais boguete em bebudocontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadeContos com cuzinhos rosadoseu minha esposa e uma puta contoconto dpcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos traição com jardineiroconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigaencesto mae envagelicacontos eroticos tia suruba com sobrinhoso garotinho da vizinha. conto gayrelatos e contos de loira que trai na revista privatehistória de contos erotico com novinha da vila senta no meucolocontos eu durmo de saia sem calcinhacontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissoConto erotico zoofilia o menino e a porcaesposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha mulher se exibiu pra várioscontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contocontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrocontos eróticos de amigos com mts mamadasporno idoido na purberdadezoofilia mulher deixando homem fértil todinho dentro dela e gozar dentro de escorrerConto comi a familia todacomtos de incesto com subrinha na caxuera no carroContos corno mansolésbicas chupando sopinhascontos sobrinho moreno loira