Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESEJOS OCULTOS DE UM MACHO QUE QUER SER COMIDO

Este conto é diferente de tudo que vocês costumam ler por aqui, pois não tem um final feliz. Vou começar me apresentando: Tenho 27 anos, branco, 171m, 70kg, corpo e rosto visualmente atraentes, nível universitário e tímido. Sou bissexual. Sempre tive fama de garanhão pois pegava muita gatinha, principalmente na época da escola. As meninas gostam de um carinha bonitinho, educado e simpático. Entretanto, também sempre tive uma vontade imensa de ser explorado por um macho, ser despido e possuído por um homem. Para mim, isto é meio complicado pois sou muito discreto e medroso demais. Levo uma vida de hétero, apesar destes meus desejos ocultos. Ninguém que convive comigo imagina que também curto homens. Além disso, sá sinto atração por caras com jeito de heterossexuais. Um olhar ou gesto delicado, já me corta o tesão. Apesar de eu também gostar de mulher e preferir as delicadinhas, com homem é diferente, não dá para explicar.

Há quatro meses atrás, compramos um apto em Vitária (ES) para servir como nossa casa de praia. Fomos minha mãe, meu pai e eu para mobiliá-lo. Compramos os máveis e no dia de montá-los, meu pai e minha mãe tiveram que sair e eu fiquei lá para receber os montadores. Estava esperando que aparecesse caras feios e sem graça. Mas para minha surpresa, quando bate a campainha e atendo, aparecem dois caras. Um era normal, não me despertou nada. Entretanto, o outro, era um cara de cerca de 20 anos, com uma camiseta que deixava ver seus músculos e até seu mamilo, jeito de playboyzinho comedor (apesar de ser um montador de máveis), muito bonito e muito gostoso. Tinha um olhar de safado, uma cara de que traçava todas as mulheres que lhe atravessassem o caminho. Estes tipos me deixam doido. Na hora que bati o olho nele meu coração disparou, parecia que iria sair pela boca. Isto tudo é tesão acumulada por homem, não tenho dúvida.

Os cumprimentei e pedi que entrassem, mostrando os máveis que deveriam ser montados. Mas eu não podia deixar transparecer que estava morrendo de tesão por ele, pois tinha que manter minha fama de macho. Foi difícil, eu nem conseguia parar de olhar para ele, para sua boca, seus olhos, seus bíceps, seus mamilos que de vez em quando, dava para ver. Mas eu sei disfarçar muito bem, ninguém percebe. Para completar, ele estava com uma calça de moleton, que dava para ver o contorno do seu pau. Uma parte da sua cueca tava aparecendo. Era branca.

Ele foi para os quartos montar guarda roupa e camas. Seu colega, ficou montando os máveis da sala e da cozinha. Eu fui com ele para o quarto, pois disse que lá poderia precisar da minha ajuda. Lá, começou a me lançar certos olhares. Achei muito estranho pois nunca tinha passado por uma situação assim, não sabia como reagir. Mas tenho certeza que ele me olhava com olhos de quem queria me devorar. Perguntou se eu lhe dava a permissão de tirar a camisa, pois estava muito calor. Eu disse que sim. Quando ele tirou, fiquei doido, até perdi a fala e encarei a beiradinha da cueca que ficou para fora. É evidente que ele percebeu meu tesão. Mas deve ter também percebido meu medo. Pediu que eu o ajudasse, segurando uma tábua, que ele iria pregar. Neste momento, ele passou por trás de mim, para me ensinar, segurando minha cintura com uma das mãos e me explicando. Neste momento, deu pra sentir que o pau dele deu uma esbarradinha na minha bunda. Não sei se foi por querer ou não. Neste momento, fiquei de lado, como quem não havia percebido nada e olhei nos olhos dele. Ele tinha um olhar de um predador que analisava a presa que ele queria muito devorar. Nunca tinha chegado tão perto de ser devorado por um macho predador, como naquele momento.

Entretanto, o fato do amigo dele estar lá na sala, dos meus pais poderem chegar a qualquer momento e a dúvida se era isto mesmo que ele queria, pois ele não era nem um pouco afeminado, me fizeram recuar e me fazer de desintendido.

Fui na sala e quando voltei, ele continuava trabalhando, sá que tinha algo diferente nele: dava pra ver, por debaixo da calça, o contorno da sua pica totalmente dura. Fiquei maluquinho na hora que vi aquilo. Não sabia o que fazer. Minha reação foi dizer que eu precisava sair e que eles ficassem a vontade, que eu voltava rapidinho. Nem pensei que eu estava deixando dois estranhos em casa. Saí e quando voltei, eles estavam terminando. Na saída, ele já estava de camisa, passou por mim, me cumprimentou segurando minha mão, olhando profundamente nos meus olhos e disse: foi um prazer te conhecer. Mais uma vez estremeci e fiquei mais doido ainda pra cair de boca naquela pica e matar minha vontade. Sá respondi: igualmente. Mas na minha mente eu estava dizendo: o prazer poderia ser maior ainda, caso eu tivesse a certeza do que você queria e eu não fosse tão bobo e medroso.

Quando eles saíram, bati uma bem gostosa pro cara. Fiquei imaginando ele me arrancando a roupa ali no quarto,me agarrando por trás, me comendo, me fazendo gemer. Gozei com muita vontade.

Mas depois fiquei com ádio de mim. Por que tive tanto medo e não deixei rolar? Não aguento mais guardar o meu tesão. Preciso muito satisfazer este meu desejo. Ser dominado e ter meu corpo explorado por um macho.

Depois disso foi que tive a idéia de vir para a internet tentar encontrar alguém que me propiciasse ver este outro lado da vida. Não vou negar que este é o motivo de eu estar descrevendo este acontecimento aqui.

Se você é um cara de até 30 anos com cara e jeito de homem e que tenha interesse em comer um brother inexperiente e bem másculo (coisa de macho mesmo), me escreva. Adoro caras com estilo garotao, moleque sacana, mas que ao mesmo tempo é educado e carinhoso. Caras que tenham a manha de fazer um machão comedor de buceta se transformar numa putinha devoradora de pica. Afeminados e que frequentem o meio gls eu não curto (nada contra, sá não me atraem). Quero pelo menos encostar a mão ou a boca na pica de um macho. Ou sá ter minha bundinha acariciada pelas mãos de um predador, já me satisfaria. Não aguento mais de tanta vontade. De preferencia do Espirito Santo, Minas ou Bahia, que são os locais onde viajo a trabalho. Me escrevam: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com meninas novinhasConto safado de esposa putavi outro gozar na boca de minha mulher contoseroticos sinto uma tesao enorme por ti maecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos meu cunhado lambuzou a minha cara de porraviciada em porra caninalesbica dopando a amiga zoofilia com gozadas e enguatesconto novinha amigos do papaiContos eroticos maniaco por seiosdei pro cara da vendinha contos eróticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosenfiando a.pica..comdificuldadevarios me comero s calsinha contos gayvideoo porno da bundona de chorte de burmicontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosconto de sexo velho taradoconto de noiva putinha do papaicontos eróticos minha mãe traindo meu paiursao tio roludo conto gayMinha esposa no rancho com outroviciada em porra caninacontos coroa 58 anos pau grossoContos porno minha namorada mi engañotirando uma sarradinha mas cunhadinhacontos eroticos marido querendo que mulher foda com outro para ele chupar ela em seguidaEu e minha mae no hotel ela ficou nua na minha frente eu disse mae sua buceta e linda raspadinha ela disse me fode filho conto eroticocontos erótico eu e minha loirinha e um negao de 32 parte 2conto. a sugadora de. porracontos eroticos dormi na casa da tiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barpunheten o rabo da minha esposamulher cagou durante o anal numa festa contos eróticosconto gay metemos.o dia todoContos eroticos guspe na bocacontos tomei no cu gostosocorno obrigado a chupar pica contocurtos relatos eróticos de estupro forticontos eroticos arrombando a gordadei de perna abertacomendo minha sogra ruiva de 52 anos coroa mais gostosa do brasilcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteEla pediu pra cheira e ele esporou nacara delameninha rebolanocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de mulheres do b****** grandeconto erotico chupeteiro do cine pornofui dormir na casa da tia e comeu o Helenaa coroa me mamou e me fez gozarContos eróticos de incesto filinha mimada do papaicafetao metendo na minha filha conto eroticosprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemavideo de sexo c langerricontos eroticos comi a irmazinhaescondido da mae conto eroticocontos eroticos crecheContos eróticos de comi a mae do meu colegaContos eróticos no cu não amorcontos gostoso prima tiameu marido e meu cunhado conto realamo cheirar a boceta da minha esposa pela calçatanga contos eróticosnelma putinha rabudameu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticoscontos.eroticos.co.com a professora detalgadovoyeur de esposa conto eroticobeliche conto heteroCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAhistoria de contos eroticos com pasteleiroera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contoContos eróticos cumendo minha tia e lambendo seu cuzinho escurinhocontos de metendo em uma peluda ruivaDeiteia na camaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos bucetinha linda da vizinha polacacontos eroticos glaucia cdconto irma com tesaoufa ufa ela senta fode e chupaContos eroticos teens cavalo