Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A GERENTE DO BANCO QUE VIROU MINHA AMANTE

Olá leitores me chamo Marcelo e sempre escrevo contos reais vou relatar um novo, tenho 37 anos sou casado e bem casado com uma mulher elegante, bonita, simpática, educada mas ao logo do tempo percebi que meu interesse é por mulher mais velha e sempre casada por sempre sentir a mulher que é má amada isso aconteceu em uma banco da zona norte Tucuruvi foi resolver um cheque de um cliente pendente e chegando lá tive que falar como uma gerente que havia acabado de ser transferida para lá uma mulher bonita, elegante,simpática, de lábios bonitos, casada se chama Mônica morena 170 Alt. 65 Kg. E conversamos e ela resolveu meu problema mas senti seu interesse em mim e eu nela pedi para ficar com tel. Dela se caso tivesse mais problema e depois de dois dias resolvi ligar para ela e conversamos por um longo tempo e nesse tempo ela me revelou que estava com casamento ruim por ele ser mais velho muito submisso e ele tinha vindo de um outro casamento e ela quando casou tinha 22 anos e ele eram o único homem da vida dela pois ela nunca tinha tido filhos e continuamos a nos falar por vários dias e semanas até na casa dela ela ligava o chuveiro com ele em casa e ficávamos falando varias vezes ele dormiu no sofá assistindo jogo e ela falando e fazendo sexo por tel. Até no banco no almoço ela me ligava do banheiro feminino ela tinha um fogo resolvemos almoçar com os amigos do banco dizendo que era um sobrinho dela e quando saímos fomos ao motel lá perto foi uma loucura uma mulher limpisima com uma boceta linda lisinha cheirosa uma bunda maravilhosa parecia que não levava pau há muito tempo sempre gostou de mulher assim e como já sabia que ela gostava de ser chupada comecei a chupar ela toda na cama ela se contorcia e gemia chupei a boceta dela por uns 20 minutos fazendo ela gritar e gemer gozando na minha boca e voltei a beija-la e chupar seus seios seu pescoço, ombros, costas, pernas, coxa, virilha, bunda dando tapinhas e acariciando seu cozinho até que coloquei ela de quatro e me deitei em baixo dela e chupando a boceta e acariciando seu cozinho ela gemendo pediu para colocar o dedo e com tapinha e chupadas ela gemendo foi um dedo com pouco de dificuldade ela gemia dizendo que ele nunca tinha feito e depois de entrar o dedo e acariciando fui tentando com dois dedos ela gemendo e dizendo que não entraria e com carinho entrou e quando entrou ela deu um grito dizendo que ia gozar novamente e senti seu sêmen na minha boca ela caiu e nos beijamos depois de algum tempo ela veio e disse que não era grande mas era grosso e lindo e me chupou e me fez subir na nuvem tem uma boca gulosa e me fez gozar e sem nojo ela o tirou espirando no seu rosto, boca e tomando minha porá a puxei e beijei loucamente ela queria mais e mais que depressa fez um 69 e ela gemia e eu a chupava e acariciava seu cozinho ela gemendo dizia quero sentir ele no meu rabo ainda depois ele saiu de cima e me cavalguei loucamente eu chupando seus seios e dando palmadas na bunda eu a chamava de puta, vaca, vagabunda e ela ia ao delírio me chamando de macho se virou de costas para min e Cavalgou-me novamente e eu com dedo no seu rabinho ela dizia assim seu puto estou me sentido uma vadia sendo penetrada por dois foi quando ela gozou de novo e gemia alto depois ela deitou-se e papai mamãe, frango assado e puxei ela e a encostei-se à parede e a beijei e com uma perna suspensa enfiei e dando estocadas e ela me olhando dizia isso meu macho faz de tudo comigo faz o que ele não faz e segurando as duas pernas deixando ela suspensa no ar e pregada no meu pau ela gemia e encostada na parede tentando segurar não aguentei e enchi ela de porra nos beijamos e ela se segurou em mim e fomos para o banheiro lá tomamos banho e ela me chupou me deixando de pau duro ela me disse nunca havia provado um homem assim viril que se gosta de mim como sou e novamente ela ficou de costas segurando na parece eu por trás coloquei ela gemendo dizia coisa desconecta me chamava de puto de filho da puta de cachorro que adorava ser minha cadela e me olhando de lado passando a mão no cozinho e dizendo quero que você tire minha virgindade ele é sá seu meu marido foi o único que comeu minha boceta mas você vai seu o único macho puto que vai me arromba e vai continuar Fazendo-me feliz ela o tirou e começou a rebolar no meu pau passando seu cozinho no meu pau e disse ele não conseguiu isso mas sei que você cachorro vai fazer gostoso e comecei a passar sabonete e um pouco de xampu para ajudar e coloquei dois dedos e depois tentei com três ela gemendo segurou meu pau e guiou e forçando ela gemia e dizia aiaiai eu abri o Maximo que deu suas nádegas e ela tirou minha mãos e ela abrindo e tentando fazer entra e inclinou mais para facilitar foi ai que passei mais sabonete no pau e encostei e fui forçando ela gemendo e murmurando o ardido quando entrou a cabeça e ela suspirou e largou as nádegas segurando na parede eu segurei na sua cintura e deixei ela sentir ele e ficamos assim e ia forçando aos poucos até que ela gemendo disse que puto você é meu macho conseguiu colocar ele todo e assim fomos aos poucos no movimento de vai e vem lento até que ela pedia mais e mais e dizendo está uma delicia e eu acariciando sua boceta seu clitáris até que ela gozou e dizia gozei dando o rabo e logo depois gozei e nos beijamos e tomamos banho e ficamos juntos por algum tempo e fomos embora depois disso continuamos a nos encontra e até hoje saímos e ela adora dar o rabo e diz que não tem nenhum homem que vai comeu o que é minha ela diz que adora se sentir uma puta, safada, vadia, vaca, comigo na cama é muito safado por isso continuamos a nos encontra espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dois gay fudendo violentamentw/entre sicontos eroticossobrinha brincando com bonecaokinawa-ufa.ru chantageadaconto punheta da varandacontos eu era enrabada toda noite pelo taradomeu primo e minha amiga contos eróticoscontos eróticos de estrupocontoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+anus enrabadoComi o cuzinho da mamae força contoconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadoconto erotico arrombei o travesti do baile funkamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticoentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosoaregasando a b da ntica cuzinho piscando na camcontos eróticos traição com jardineirocontoseroticosviolentadacontos eróticos o meu pau e tao grande e grosso so eguas que aguentacdzinhas como tudo começou contossempre fui safadinha contos Contodeputadesfilado de calcinha por dinhero contos eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos peguei minha cunhada no banheiroconto irma casadano assalto meu pai fudeu minha esposa na minha frente conto eroticoContos eroticos mulheres chupadorasde conchinha sem calcinha (contos)humberto de pau durocontos ex namoradaeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaContos eróticos teens incesto pai ver o filhinho dormindo de pinto duro e chupacontos eróticos disneylandiacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosduas munhe vai calvaga i da pra a cavalo fude ate goza zoolMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomsandra trasano com amigo na casa delemurhler.abusada.estrupradogozoo na bucetakcontos eroticos em familiaconto comi a filhinha da empregadaconto erotico gay colo tiooai fudendi a noivacontos eroticos virei amante do tio do meuler contos eroticos fortesContos eróticos minha mulher apanhandocontos/ morena com rabo fogosoconto erotico. chamei minha amiga pra fuder comigo e meu namoradocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosna quarta feira de cinzas contos de sexoTransando com cunhado na carrinha e meu marido nem percebeuestupramos uma travestipeguei um menino pra comer minha buceta velha contosLóira safada narra conto metendo na coberturacontos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiaconto erotico eu estava tao bebada que nao sei quem me comeu me encheu meu utero de leitemulherbrasileira conversando putaria contosjumento comeu contosodiava o marido da minha prima parte2 contos gaycontos eroticos excitantescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCONTOSPORNO sapecaContos pornos-esporrei na comida da cegacontos tudo enfiado no cucontos eroticos adoro velhosmeu irmão me convenceu contosesposa na praia de nudismo passa lama contofilmou o semen saindo da xoxotacontos eróticos irmão e irmacontos eroticos encontro com coroa do chatcontos eróticos lanchasogra pegou eu no fraga batendo polheta e depois trazamoscontos velha casada fudendocontos homem chupa rola ricardaoContos eroticos sem calcinha estuprada pelo sadomasoquistaConto de cadelinha depósito de porra dos machos no bar