Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUE CUNHADINHA

Tudo começou presisamente a 29 anos atras e nunca tinha contado essa estária para ninguem e estava engasgado comigo todo esse tempo, vamos lá, tudo começou quando namorava com minha esposa, estava num maior amasso e derrepente chega minha sogra para conversar e eu que já estava nas ultimas para dar uma gozada bem gostosa fiquei sem pai nem mãe, passou uns cinco minutos pedi para ir no banheiro, já era umas 19 horas e elas ficaram na calçada conversando e eu fui ao banheiro que ficava no quarto de minha namorada e de minha cunhadinha de apenas 19 aninhos, quando passei pela cama dela ela estava deitada com as pernas abertas, apesar da idade já tinha umas curvinhas definidas, bundinha arrebitada e cinturinha de pilão, não aguentei e olhei para sua bucetinha coberta por apenas uma calcinha transparente e frouxinha, uma camisola da mesma cor. Fui ao banheiro e não me contive comecei a punhetar olhando aquela cena, o tesão falou mais alto e olhei para o corredor e não vinha ninguem e fui para cima dela, esfreguei meu pau por cima da calcinha na bucetinha e me levantei dei mais uma olhadinha para o corredor e voltei já com o tesão a mil e fastei a calcinha e esfreguei a cabecinha do pau em sua xoxotinha e gozei, me afastei bem ligeiro e corri para o banheiro, que loucura, pois nunca tinha olhado para ela com segundas intenções,voltei para minha namorada e depois fui embora com remosso. passou uma semana e estava evitando ir lado com medo dela falar alguma coisa pois ela é muito espelecute, quando cheguei lá ela foi quem veio atender de sainha frouxa e bem curtinha, me dizendo que minha namorada estava tumando banho e vinha já, ela então me perguntou pelo seu chocolate e eu tirei do bolso e dei um para ela,a safadinha sentou no meu colo e me deu um beijo de obrigada, e continuo sentadinha e eu comecei ficar de pau duro, beijava ela e dizia que ela ia ficar muito linda quando crescesse. minha namorada vinha chegando e ela se levantou e eu fiquei com meu pau durissimo, ela entrou e fui de encontro a minha namorada e agarrei ela com vontade e me esfregava de ponta a ponta em sua xaninha, ela então falou em meu ouvido que eu estava pegando fogo, e eu disse para ela que estava com saudade. Casei e nunca mais quis saber daquela estária de tarar em minha cunhadinha, já estava com tres anos de casado, fui convidado à um anirvesário numa prais e a cunhadinha agora com 19 anos foi tambem, chegamos e fomos conhecer o quarto e colocar a bagagem, sá tinha uma cama de solteiro e um lugar de arrumar a rede por cima da cama. fomos para a beira da praia, ela ficou na piscina, na volta da praia eu e uns dois casais de amigos fomos direto para a piscina e tomei um choque, ela estava com um fio dental que fiquei logo de pau duro, meus colegas sá elogiavam o rabo de minha cunhada, tome bebida e tome conversa fiada até meia noite, que por sinal, noventa por cento do pessoal estavam dormindo, inclusive minha mulher e minha cunhadinha, me depedi de neus colegas e fui dormi tambem, chegando lá a cunhadinha estava na cama sá de camisolinha bem curtinha e mostrando um pouco de suas coxas, troquei de roupa e sá olhando a cena, criei coragem e levantei o lençol e ficou aparecendo toda sua bundinha e sua calcinha branquinha, passei a mão de leve em sua bundinha e com a outra mão me masturbava, minha mulher mexeu e eu imediatamente comecei a entrar na rede e ela disse que pensava que eu não vinha mais, ela fastou e eu com o pau duro encostado na sua bundinha e ela disse que fogo é esse, e u disse que iria te possuir agora, fastei ela de lado e tirei sua calcinha e a penetrei e disse que ela se aquetasse pois ia dormir com pau dentro dela, ela ficou com a cara para o outro lado da rede e eu olhando para a bindinha da cunhadinha, botei a mão para fora da rede comecei a esfregar meu dedeo na xoxotinha da cunhadinha e cumendo minha esposinha, o tesão subiu e fastei a calcinha da cunhadinha e a penetrei com o meu dedo e minha surpresa foi que ela esta molhadinha, comecei a bombar minha esposa e com o dedo minha cunhadinha, comecei a gemer e minha mulher tambem, e senti o meu dedo sendo contraido pela xoxotinha da minha cunadinha, gozei como um leão. Que noite, no outro dia ela estava como se nada aconteceu e eu tambem. Fomos embora e nunca mais rolou nada pois ela arranjou um namorado, casou logo e ficamos sendo sá cunhados,

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepapai descobriu contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordamulher chupa o peito da outra ate ela gemercontos de comi o viadinho do irmão caçulacontos esposa fodendonão sou gay contos eróticoscontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu AmigoAmanda transando no carnavalVizinho come cu do vizinho nerd contos gayscontoseroticos de amantes qe ajudam esposasvendi a buceta/contoduas mulher do Jordão baixo chupando b*****contos eroticos esposa gostosa falando palavraocontos eróticos da irmazinhacontos dei pro meu genroconto erótico fodendo a mulher do professorcontos eroticos incesto ensinei minha filha fuderconto minha prima ficou cu arebentadona hora do horgazmo gozandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos corno oferecendo namoradaminha sobrinha puta contoConto erótico qual é a cadela mais receptivahistorias porno reais de chantagem com sograsna hora do horgazmo gozandomulher que ja sento no maior peni todo atoladoMais pinto contos gaycontos putinha caralhudo corno chupacontos eróticos sogra pega mulher metendo na camacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos trai meu marido com travesti bem dotadocontos eroticos entre avo e neta gratislésbicas castigando o rabo da parceriacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehomen em purra seus ovos no cu de brunacontos eróticos de coroas em Juiz de Foracontos verdadeiros narrados por mulheres encoxadas,sexo com animaisContos eróticos arrombei a linda noiva santinha do meu vizinho ciumentocontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornocontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cucontos eroticos botei um macho pra desvirginar minha filha maecontos siririca com docecontos de incestos mae puta e filho espertominha tia me encino a chupa bucetaconto erotMuller casada quer jumento para me ter nelacontos selvagens arregacei o rabo da minha esposacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedei a buceta para o amigo do meu filho contos eroticos gratisritio adora meu cucontos eroticos comi o cu da crentecontos gay transformado em putacontos erotico novinhas inocentecomo faxersexooralvelhos cafetao fudendo casadacontos papai me arromboumeu cachorro tem pau gostosocontos eroticos coroa abusadacontos picante com sogrosamba porno buceta com sujeiras brancascasada recebe proposta indecente contoscontos eroticos de roçaconto erótico vestir roupa de menina sair na ruaincesto meu sobrinho contos eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente lady jane( zoofilia )putinha de peitinhos bicudos contos