Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO MÃE SAFADA DO MEU AMIGO NA FRENTE DELE

Tenho 19 anos e moro em goiania.

Se alguem quiser ter aventuras eráticas comigo,

manda um e-mail para [email protected] .

De preferencia adolescentes, mas mulheres mais

experientes tb são bem vindas.



[email protected]



Sempre fui muito amigo de Lucas, mas isso nao me impediu de comer a mãe dele. Vou direto ao assunto, eu estava na casa dele mexendo no computador, e ele saiu pra fazer alguma coisa (nem lembro mais) e pediu que eu esperasse.

Na hora que ele saiu, eu fui ao quarto da mãe dele e ela estava la, sá de calcinha e um blusinha rosa, lendo um livro, os cabelos amarrados que nem o da pocahontas. Quando ela me viu, começou a puxar assunto, e eu sá pensando um monte de sacanagem, fiquei excitado e ela percebeu.

Ela começou a rir, pego no meu pau e disse "vamos brincar um pouco", ai eu disse, "soh se for agora". Ela começou a fazer um boquete pra mim enquanto eu apertava aqueles peitos durinhos dela. Tirei sua roupa e deixei-a completamente nua. Tirei a minha roupa tambem e comecei a socar naquele rabo gostoso "AI, SOCA, VAI, QUE DELICIA". Ela gemia que nem uma putinha. Fiquei ali fazendo um anal nela, até que meu amigo chegou. Meu coração parou. E agora? Antes de fazer qualquer coisa ele apareceu e me viu enrabando sua mãe. sem pensar eu disse "sai, vc tah atrapalhando". Entao ele ficou parado me encarando e saiu. Mal pude acreditar.

Fiz ela levantar e ir para a sala nua. Quando cheguei la. Ele olhou. "vem aqui" disse eu aos dois; Levei-os para o quarto do meu amigo e disse " vou comer sua mãe na sua cama e vc vai ver tudo". Os dois se assustaram, ela tentou argumentar mas eu puxei-a pelos cabelos e enterrei o meu pau em sua boca.

Fiz ela pagar um bokete gostosão; ela começou a se soltar. Entao disse que ia gozar. Ela pediu pra ser na boca, mas eu dei um tapa nela e disse que eu fazia as regras. Gozer na cama do meu amigo e mandei ela lamber tudo de quatro. Enquanto ela lambia eu enrabava aquela putinha. Olhei para meu amigo, ele estava paralisado. "Tah vendo como sua mãe é uma vagabunda", eu apertava os peitos dela com muita força, chegava a machucar. Mandei ela deitar na cama e abrir bem as pernas. Comi aquela bucetinha rosada durante muito tempo, ela gemia alto, e pedia mais "VEM, ME FODE, FODE SUA PUTINHA, FODE COM GOSTO, ARREGAÇA A SUA CACHORRA, VAI" ela nem se importava com o filho presente.

Peguei ela e coloquei frente a frente com o filho e comecei a come-la por tras, em pé. Ela fazia uma cara de puta e encarava o filho imável. Eu comecei a rir. Era muito bom;

Entao fomos pra sala. Joguei ela no sofá de quatro e comecei a enraba-la mais uma vez. Mandei ele abrir a porta, de moda que qualquer um que passasse visse a mãe dele sendo fudida pelo amigo do filho. Ele obedeceu. Mas uma vez eu ri. Pena que ninguem passou naquela hora.

Ela gozava muitas vezes, loucamente, o sofá ficou todo molhado. Fiquei com vontade de gozar mais um vez, então corri para o guarda roupa do meu amigo e gozei nas suas cuecas. "Você tá proibido de lavar" Falei rindo enquanto ele concordava, muito excitado. Comi ela em todas as partes da casa. Gozei na boca dela uma vez, dps na cara, e mandei meu amigo limpa-la com a lingua, enquanto eu enrabava aquela vadia mais uma vez. Ela gritava no ouvido do filho que era um puta.

Quando sai, disse pra ela que ela não ia tomar banho aquele dia. Que quando o marido dela chegasse, ela ia dar um beijo na boca dele longo e demorado, pra ele sentir um pouco da minha porra. E antes de ir embora eu falei pro meu amigo: "Eu vou voltar pra enrabar sua mãe de novo, mas da proxima vez vai ser mais divertido." Ele concordou com a cabeça meio sem graça; "sua mãe eh um vagabunda lucas, que rabo que ela tem", "ela tem uma cara de puta", "seu pai é o maior corno". E antes de sair, eu fiz um cuecão no cara. Sai rindo da cara dele enquanto ele tirava a cueca do rabo. La fora, eu olhei pela janela, e a mãe dele acenou nua pra mim e gritou esperançosa " Ve se volta viu".



A partir dai cumi a mae dele um monte de vezes, e ele sempre viu tudo. Depois conto outras histárias



Tenho 19 anos e moro em goiania.

Se alguem quiser ter aventuras eráticas comigo,

manda um e-mail para [email protected] .

De preferencia adolescentes, mas mulheres mais

experientes tb são bem vindas.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


vi meu afilhado peladomega rolas mega bucetas mega gozadas profundascontos gravidaconto erotico dividindo o quarto com meu cunhadoboquete no filho contoscontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludovi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaMelhores contos eroticos sobre bem.dotadocontos aliviando as tetas de minha irmawww.meti na minha filha a forçadopei meu irmão de oito anos e comi ele incesto gayputinha do papai desde-conto eroticocontos eroticos perdendo avirgindade encesto compadrevideo de mulher transando no atelier delacontos comi um vizinho novinhocontos eroticos_meu irmão tem pintinho gostososogro saradocontos baixinha popozudameu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticascontos eroticosmeu irmao gêmeo contos de primeira vez com meu cunhadocontos porbo cadela laikavideos de porno sogro cardando a moracontos erotico incesto com minha familia todacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto comeu minha esposa e eu não percebipresenciei minha mãe ser arrombada contoshetero batendo punheta conto gaycomtos de fodas com travetis e mai e pai e filhosmamilo gigante vazando contocoroa dona de banca em teresina dando bucetaContos eroticos comadreassistir pornô mulheres libiscos com muito tesãocontos eroticos papai fudendo a filhatraficante contos eróticospagando conta cartonsex familiadei p meu genro contolalargado na bucetameu cachorro taradovoyeur de esposa conto eroticoconto evangelica.cabacinhoeu.tinha.cinco.anos.e.ja.dava.o.cu.pro.meu.primo.contos.prpibidoshttp://okinawa-ufa.ru/conto_22676_eu-e-o-pai-do-meu-namorado..htmlcontos eróticos gozando na filha pequenacontos eroticos tive que dar pro homem da funerariacontos pornos mae e irmacontos eroticoso cu da cadelinhaContos eroticos incesto com titias e crentesminha sobrinha , na praia contowww.contos eroticos policiais.com.brcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos cumeu irma e primaContos eroticos de amigos q fuderam as amigasConto eu peguei meu genro me brechando no banhocontos erotocos sogras velhascontos eroticos minha ex namorada e uma putaMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mContos eroticos saia rodada e fio dentalcontos de sexo fraguei minha enteada de dose anos dormindo nuacom perdi minha virgindade com um policial contopode me chama de de puta decachora e salientecontos gemi grita olha corninhocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto real casada gravida na surubacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos infânciaconto eróticos zoofilia estrupei cadelaScu do sobrinho menor contos eróticosxoxota doce contosconto erotico aconteceu no onibusfodacommeucunhadotransei com minha tia nas dunas da praiaContos eroticos meninas x gorilascontos eroticos zoofilia cadelapapai me come porfavor contos eroticostravestis novinha fazendo b****** Oi tomando muito agitada na bocaconto erotico barzinho depois servicosó um pouquinho contos conto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorcontos minha melhor amiga ficou se esfregando no meu paumeu cu engolidor de rola contoscomendo a família toda contos eroticoszoofilia tesouraContos erotico sobrinha magrela no colo do tioTransei Com Minha Primacontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos minha cunhada e minha namorada