Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

RICAS E LÉSBICAS

Patrícia era uma garota rica, linda, morava na cobertura do maior prédio da cidade. Tinha tudo o que queria, carros, homens, roupas. Certa noite estava sozinha tomando uma champagne ao som de Pink Floyd, até que a campainha toca. Ao abrir a porta, teve uma grande surpresa. Suas duas melhores amigas do tempo do colégio, das quais fazia muito tempo que não via. As duas estavam namorando, e isso acontecia desde os tempos antigos, mas na época ninguém sabia. Lá pelas 3h da manhã depois de duas garrafas de champagne e algumas doses de Whiski, Marina e Mel começaram a trocar carícias na frente de Patrícia. Ambas começaram a se beijar. Marina estava de saia, e esta tinha umas pernas de dar inveja a qualquer um. Abriu-a devagar, e Mel escorregou sua mão até sua vagina. Os suspiros já haviam começado, e a excitação já tomava conta das duas. Patrícia levantou-se, demorou uns 10min, e retornou somente com uma blusa branca, quase transparente e uma calcinha branca, de algodão, bem pequena, com mais uma champagne. Apagou as luzes do apartamento e, primeiramente ajoelhou-se na frente das duas, beijou bem devagar a boca de Marina, depois a de Mel. Como Mel era a mais ativa, entrelaçou Patrícia e a beijou com toda a saliva que havia em sua boca. Durou um minuto mais ou menos e o beijo não excitou somente Patrícia, mas também Marina, que adorava olhar. Marina tirou sua saia, e aproveitou e tirou a calça de Mel também. Estavam as três, lindas, somente de blusa e calcinha. A cabeça já não pensava mais nada além de sexo, sexo e sexo. O corpo transpirava desejo e tesão. Marina deitou-se, Mel e Patrícia beijavam-na sem parar. Quando Mel beijou sua boca, ela sussurrou bem baixinho: -“Faz oral.” Então Mel foi diretamente para baixo, e com toda a voracidade, tirou sua calcinha. Patrícia mordia tanto a Mel quanto a Marina, e quando Mel começou a chupar Marina, esta apertou sua cabeça com bastante firmeza, e gemia, mas Patrícia não deixava ela gemer alto, pois beijava, e muito sua boca, que era muito carnuda. Marina estava a ponto de explodir, a sensação que ela tinha não era apenas de quatro mãos em seu corpo, mas sim de dez, vinte, várias, foi quando a sentiu o corpo tremer, sentiu uma sensação nunca sentida antes, seu corpo tremia, e as duas que estavam fazendo isto acontecer estavam com ainda mais vontade, até que o orgasmo veio, seus olhos viraram, pode-se dizer que ela viu o céu e a Terra em um orgasmo triplo. Relaxou, suspirou profundo e gozou. Mel e Patrícia não estavam satisfeitas, porém estavam a ponto de explodir. Como Mel havia feito oral em Marina, ela foi ao banheiro, ao sair, Patrícia, que estava mais quente que vulcão em erupção, apagou luz, e começou a beijar o seu pescoço, lambendo-a, como se fosse um gato. Mel estava com os dois braços abertos, se apoiando na porta, somente observando os movimentos que Patrícia fazia. Patrícia tomou mais uma dose de champagne, e empurrou Mel para a banheira. As duas caíram na água, Mel embaixo e Patrícia sentada em cima. Patrícia beijou tanto a boca de Mel que ela já estava quase sem fôlego. Mel arranhava sua coxa, e Patrícia pedia mais, parecia que não estava satisfeita. Mel, mordendo-a, pegou em seus cabelos e a virou, ficou de costas. Mel apertava sua bunda, e delirava ao ouvir seus gemidos e a palavra “enfia”. Nossa, Mel estava louca, mas não fazia o que Patrícia tanto queria, sá para deixa-la mais louca e excitada. Patrícia não aguentou, virou-se, e começou a se masturbar. Colocava o dedo na boca, e ia descendo pelo seu corpo, sua blusa branca, estava mais transparente do que nunca, e o bico de seu seio estava arrebitado. Desceu sua mão, e pediu para Mel tirar sua roupa. Primeiro Mel tirou a blusa dela, e por ultimo, a única peça que restou, e também a mais esperada, a calcinha branca, e de algodão. Patrícia estava simplesmente nua em pelos, então sua mão foi até a vagina, acariciando-a, fazendo movimentos deliciosos, fechando seus olhos, se torcendo. Mel pediu para que Patrícia sentasse na borda da banheira. Nuazinha, sentou-se e abriu as pernas bem devagar, puxou a cabeça de Mel até sua boca, foi empurrando para baixo deixando ela sentir cada parte o seu corpo. Mel lambeu sua vagina, e com suas mãos acariciava seu seio. Foi então que mais um orgasmo aconteceu, Mel não sabia dizer se era melhor do que o de Marina, pois os dois foram incríveis. Patrícia suspirava muito, parecia que sua alma estava saindo de seu corpo. Escorregou, e sentou-se novamente dentro da banheira, também exausta. Mel levantou-se, trocou de roupa e deitou-se ao lado de Marina, que estava deitada no chão da sala. Logicamente que já pegou no sono. Patrícia fez a mesma coisa, saiu da banheira e foi dormir em seu quarto, quase sem energias. Isso já eram quase 6h da manhã. Lá pelas 9h, Mel e Marina acordaram, deixam um bilhete em cima da mesa com a seguinte frase: - “Faz parte do meu show, meu amor” e foram embora, sem ao menos deixar telefone para algum contato que Patrícia quisesse fazer. Mas também, com dinheiro que Patrícia tinha, não iria ser nada difícil conseguir isto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


irma fazendo faxina levando rola no cucontos eróticos a babá do meu irmãocontos porno sou puta dos meus cachorroscontos incestos dividindo o filhocontos calcinhachupava a noite inteira ele amarradoempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoguais sao as deusas da punhetavedio de puliciais revistando os bonitois e chupando o pau delisvídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em Jarinuloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erótico estuprada po bardidominha mãe tem a maior bunda contosnamorado enfiando a mao na buchete da namorada safadaconto espiando transa do tiocontos eroticos domia ele cospi nu meu cuahora que paugozacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedoido pra brincar na bundinha da sobrinha novinha inocente gratiscontos eroticos de travestis fudendo o tioContos reais de esposas fodendo com marido eo sobrinho delewww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comcontos meu vizinho taradoum romance com minha maninha-contos:eroticoscache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html www. brasileiras provocando com olharesde safadas pornocontos eroticos comendo uma carcereiracu peidão conto gaycontos eróticos gay marombascontos eroticos Netinha dando cu pro vovócontos sado lesbico de incestofui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos eroticos de menininhasnão perdoei a gostosa contosdona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha pornwww.contoseroticos.com.br/tia e sobrinha virgemcontos eroticos estuproscontos eroticos vozinhas sendo curradasconto mamando vizinho casadocontos eróticos com minha cunhadinha ainda bbacordei com um boquete contos eroticoComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu colocontoseroticos/pauzudocasadacontos de incesto minha filha sendo comidavidio.da meninas do corpiho gostozuEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticoscontos porno em quadrinhos de casais de amigosconto percebi que cu do marido esta arrombadodei pro meu genroporno aspanteras foi supeendido por minha titiacontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandecoroas peladas com o corpo melado de margarinacontos eroticos de meninas sapequinhasContoseroticosdevirgemsContos maes gravidas dando cuContos eroticos trans cunhadacilindro meloso gostosomoranade bct Grande batendo um pra amiga contos eróticos punheta da primatraficante comendo a travesti conto eroticocontos eroticos soniferorelatos dp crentescontos eróticos com meu querido irmãochupou tio i phoneEu já não era mas virgem quando meu pai me comeumeu cu engolidor de rola contosbuceta inchada da cunhada...contosdevagarsinho entrou tudo no cuzinho contoscontos eroticos brincando escondido infanciacontos: safadezas de um velhoconto erótico filhinha orgiadelirando com meus dedinhos contosimcestos minha filha novinha cabacinho quiz fuder compapai vcasalgozou muito