Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A FAMILIA TODA (PARTE VI)

Comendo a família toda ( Parte VI )



Depois de ter viciado minha sogra, sua amiga e minha cunhada em dar o rabo, sempre tive a fantasia de trepar com minha sogra e minha cunhada juntas, comer mãe e filha na mesma cama juntinhas, ora metendo no cu de uma, ora metendo no cu da outra, era um desejo que não saia da minha cabeça.

Elas nunca queriam, quando em metia na sogrona, eu falava para ela chamar a menina para trepar junto com a gente mas ela era contra e não deixava.

Quando eu metia na cunhadinha, falava para ela do dia em que tirei suas pregas e ela depois que tomou banho e voltou para o quarto e flagrou sua mãe sentada com o cuzão na minha rola, e já que ela viu uma vez não faria mal nenhum ver de novo.

Estava difícil, mas minha sorte é grande.

Um chegou em casa minha cunhadinha, louca par a bunda para min, mas logo em seguida chegou sua mãe, também doidona para levar rola no cu, e acreditem logo atrás chegou nossa amiga. As três estavam com seus cuzinhos piscando de desejo, e queriam dar a qualquer custo, então eu disse: Como as três agora mesmo, mas sá se for juntinhas.

No começo minha sogra não aceitou, minha cunhada ficou com um pé atrás, mas mais uma vez nossa amiga ajudou, pois ela falou:

- vou trepar com ele agora mesmo na frente de vocês ou não.

Ela tirou a roupa e caiu de boca no meu pau, chupou, engoliu tudo, e depois ficou de quatro pedindo para levar rola no rabo, meti com força fodia com vontade, minha sogra e cunhada ficaram olhando, quando nossa amiga pediu a elas para ser chupada na buceta, pois estava louca de tesão, minha sogra caiu de boca na bucetona da amiga, chupava a buceta e os peitos com vontade.

Foi quando pedi a cunhadinha que tirasse a roupa e me beija-se, fiquei comendo a amiga com a sogrona chupando a buceta dela, e eu fiquei chupando os peitinhos da cunhadinha.

Quando a amiga gozou, eu tirei o pau de seu cu, e pedi a cunhada que fica-se de quatro para eu meter em seu rabinho, fiz ela gozar rapidinho, depois foi a vez de minha sogra levar rola, nisso minha cunhada já chupava a buceta de nossa amiga e esta por sua vez chupava a buceta da sogrona.

Daí em diante foi fácil, já não ligavam mais para nada, e nossa amiga, safada e vagabunda do jeito que é, colocou minha sogra com as pernas abertas e começou a chupá-la, depois chamou a menina para chupar a buceta da mãe junto com ela, não resisti a cena de ver a filha chupando a buceta da mãe e gozei em cima das três, deixei um pouco de porra na cara de cada uma, e mandei que uma lambesse a porra da cara da outra, elas se beijavam, suas línguas se entrelaçavam.

Depois foi a vez da mãe chupar a buceta cabaço da filha, e claro aproveitei para enrrabar novamente a cunhadinha, enquanto sua mãe por baixo de nás olhava minha rola entrando e saindo do cuzinho da filha.

Desse dia em diante mãe e filha transam comigo, elas dizem que a noite na casa delas, quando estão com muito tesão, uma chupa a buceta da outra, enfiando dois ou três dedos no rabo de cada uma, gozam e vão dormir.



Comendo a família toda ( Ultima Parte )



Caso não tenham lido os contos anteriores, não entenderam muito bem, este que passo a relatar a vocês.

Como sabem eu tenho relações sexuais com a minha sogra, sua amiga e minha cunhada, que são umas verdadeiras piranhas, transo com as três juntas, uma adora ver a outra levando rola no cuzinho.

Um belo dia lá estava eu, comendo as três putas, quando “minha casa caiu”.

Por um problema em seu serviço, minha esposa chegou em casa bem mais cedo do que o esperado, entrou e foi direto para o quarto, e adivinhem, pegou nos quatro na maior fodeção em cima da cama, eu comia o cuzinho da cunhada, minha sogra chupava a bucetinha da filha, e nossa amiga o cu da sogrona.

Foi um horror, pois nás não sabíamos onde enfiar a cara, minha cunhada começou a chorar, minha sogra tentava cobrir o corpo, eu fiquei paralisado, não sabia o que fazer.

Minha mulher começou a xingar todo mundo, chamava sua mãe de vagabunda, sua irmã de galinha e nossa amiga, que era casada, de piranha, apesar de não estar mentindo, não sabíamos o que fazer.

Depois que o susto passou, tentávamos explicar o que estava acontecendo, mas vocês devem concordar comigo, a cena que a minha mulher viu não tem explicação.

Foi quando minha sogra falou:

- filha, desculpa, mas já faz bastante tempo que eu transo com seu marido, sou viciada na rola dele, não posso passar um dia sem dar para ele. Nossa amiga aqui também trepa com ele faz tempo, fui eu quem a obrigou a transar com seu marido, e hoje ela também é viciada nisso. Sua irmã é uma galinha, começou a dar para seu marido, quase que por brincadeira, mas hoje é ela quem mais trepa com ele. E para nás duas não ficarmos sem o pinto dele, somos obrigadas a transar todas juntas. Se você proibir a gente de dar o rabo para ele, não sabemos o que vamos fazer, talvez sejamos obrigadas a sair pela rua a fora, dando pra tudo o que é macho, para apagar o fogo que temos no cu.

Depois desse depoimento comovente, minha mulher não sabia o que dizer, minha sogra pegou no meu pau e começou uma punheta, depois passou para uma gulosa deliciosa, nisso nossa amiga já puxou minha cunhada para cima dela e começou a chupar sua bucetinha. Minha sogra sentou na minha rola, e iniciou um rebolado fantástico, eu olhava para minha esposa, que sem entender nada também não falava nada, apenas olhava. Foi quando minha sogra saiu de cima da minha rola, e sem mais nem menos a ofereceu para minha esposa, dizendo:

- toma essa rola deliciosa, que ela é sua mesmo, nos é que estávamos a usando, mas se você quiser pode brincar com a gente, nos já estamos acostumadas a transar todo mundo junto, é muito bom dar o rabo e ser chupada na buceta, por outra mulher. Se você não se importar estamos louca de desejo para ver você levar esse pinto todo no seu cuzão, seu marido sempre fala que sua bundona é arregaçada e que você gosta de ser enrrabada.

Minha mulher não aguentou mais, ver tanta putaria junto, tirou sua roupa e vei pra cima de mim, me chamando de safado, pintudo gostoso, e que ate o cu da sua mãe eu tava comendo, não perdoava nem sua irmã que era pequena, mas já dava o cu também.

Chupou meu pau com vontade, depois se colocou de quatro e pediu para ser enrrabada, pois devia ser de família essa vontade toda de dar o cu.

Não exitei e meti no seu rabo com força, a rola entrava e sai, nisso minha sogra e minha cunhada começaram a transar, fizeram um 69 lindo, cada uma enfiava 2 dedos no cuzinho da outra, e minha mulher sá olhava, enquanto dava o rabo.

Para ficar melhor ainda, minha sogra a colocou deitada, de pernas bem abertas, e começou a chupar a buceta da minha mulher, ela ficou louca, gemia e xingava sua mãe de vagabunda, piranha, arregaçada, cadela, vaca, etc., depois foi a vez da minha cunhada chupar a buceta da minha mulher, nisso ela não aguentou mais e gozou.

Por fim, hoje sou feliz, como minha sogra, minha cunhada, minha esposa, e o melhor é quando são todas juntas, adora ver filha chupando a buceta da mãe, irmã chupando irmã, é uma putaria sá.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dopei minha vó e comi ela contos reaiscontos eroticos esposas no swingcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos gay dei o cu quando era pequenoMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticocontos er deixa que levoaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarContos o caminhoneiro me chupou inteirapeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticocontos eróticos funcionáriacontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhomeu filho me engravidou contos eroticsme fode gostoso contoscontos erosticos meu fihos mi comeraosfodido pelo pegador do bairro conto gayconto erótico de meu filho f****** a irmã dele e depois foi a minha vezContos erótics so de gang bang e so com homems pauzudosconto erotico minha namorada e meu tioSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas so rou surubaconto veridico gozada dentro xoxota recifecontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2contos mulher casada da o cu pro cãocontos eroticos peidei na rola do meu tiomulher dando pra piazada contos erpticodcontogayporno bucetinha inchada de minha esposa orgia contocontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoTravesti surpresa contosContos com espermacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico me vesti de mulherzinha e fui a piranha da festacontos eroticos vizinha de camizola curtinhacontos de sexo com velhos babõescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos com novinha casada com cara do pau gigantecontos de gay passivo dando pro machocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolacontos eroticos com velhoConto erotc gay e um abobinhasexo com muito expormos pornodoidome fode me arromba seu velho safadoconto na praia com filho nuEstouraram meu cuzinho na viagem contospeguei minha sigra dormindo sem calcinha e meti a pica nelamulher dando pra piazada contos erpticodcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMelhor transa contosavantajosa gosou dentrocontos eroticos mulher carinhosacontos eróticos dívidi minha mulherminha namorada e putinha do meu pai contoscomo virei escravinha gaycontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocontos pegando a secretaria novinha de minha mãecontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritoscomendo a veia crente contoscontos eroticos prima e amigasmamando no genro contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos sexo eu meu marido e meu filhoenfiando a escova de lavar banheira todina na buvetacontos eróticos bem depravado de bem picantecontos erotico incesto com minha familia todaCONTO O SEQUESTRADOR SEGUNDA PARTEcontos eroticos dopando pra meter mo cucontos de sexo com velhos gaycontoseroticos de amantes qe ajudam esposasnelma putinha rabudaconto porno alargando a xanacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico menino dormino de cuequinhafui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechapuleta inchada no cuzinho conto gay depilando o camaradacomi minha prima contos eroticoscuzinho de entiada contos veridicocontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorroconto erotico mae