Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA FILHA MAMOU GOSTOSO

O fato que vou relatar aconteceu recentemente.

Tenho uma filha de 19 anos que amo muito. Apesar da pouca idade, ja desde novinha tinha o corpo todo bem feitinho, e agora já com 19 tem quadris largos e seios bem redondos. Sempre fomos eu e minha esposa muito liberais e carinhosos e sempre falamos tudo de sexo com ela, claro dentro dos limites. Bom no inicio deste ano minha esposa teve que viajar. Iria ficar fora cerca de 3 semanas e minha menina não pode acompanhar por causa das aulas. Sempre gostei muito de ver paginas eroticas na Web, e foi por ai que tudo se sucedeu. Numa tarde apos as aulas minha filha e três amigas retornaram da escola e foram direto pro PC, eu sempre de olho nelas uma mais tesudinha que a outro, sempre elogiando minha filha que tinha um pai muito bonito, nossa diferença de idade e de 19 anos. Eu com 30 e ela com 12. As vezes chegava a me masturbar depois de ve-las na piscina. Naquela tarde ela e as amigas começar a bisbilhotar o PC e acho que pelo histárico acharam algumas paginas eroticas, quando entrei no escritorio tentaram fechar mas não conseguiram. E eu como bem liberal e já com segundas intenções disse que elas não deveriam ficar vendo essas coisas que são para adultos e elas disseram que já tinha visto essas coisas na Web. Bem fui assistir com elas na brincadeira, mas sempre imaginando coisas. Elas riam quando viam fotos de pênis e pude notar o nervosismo de minha filha. depois que as amigas foram embora ficamos sá eu e minha filha em casa e eprguntei a ela o que tinha achado das fotos. Ela disse que não acreditava em algumas cenas e principalmente no tamanho de alguns paus. eu disse que ela podia acreditar e que um dia ela teria um sá pra ela e ela bem safadinha perguntou se seria somente um. Respondi que cada moça tem uma libido e que para umas apenas um bastava mas para outras era necessario mais de um. Bom nosso papo parou por ai. e a noito fui para o PC e abri alguns contos de incesto e como ja estava alguns dias sem sexo fiquei com o pau como uma pedra. Ela entrou no escritorio e pode notar que eu estava excitado e perguntou com a maior cara de pau se podia ler comigo: deixei e conforme liamos juntos eu mechia no meu pau e ela notou e perguntou se eu não queria que ela saisse para que eu ficasse mais a vontade. respondi que estava excitado mas que era mais gostoso ler junto com outro pessoa principalmente quando a gente pode ensaiar o que esta lendo. Como já haviamos conversado com ela sobre masturbação ela me perguntou se eu queria tocar uma e se ela podia ver. Aquilo me deixou louco e quase gosei. Nisso disse que queria me masturbar sim mas que ela iria se assustar com meu pau e ela cinica e já excita disse que já tinha me visto nu varias vezes. Então falei que dessa vez seria diferente que ela estava duro e foi ai que ela quiz ver mesmo. Botei o pau pra fora e comecei a punhetar ela ficou vidrada perguntei se ela queria segurar e nisso ela já segurou e falou que era quente. Pedia pra ela continuar batendo e foi o que ela fez. Nisso nosso clima de intimidade era muito grande e coloquei por cima de seu short a mão na sua bucetinha, ela se enrigeceu toda ela me punhetava e eu alisava sua bucetinha. Depois de uns segundos pedi que ela tirasse o short e ela fez. Então meti o dedo na sua bucetinha e pude sentir que estava toda melada. Nao tive duvida, abri suas pernas e lambi e suguei até ver ela se contorcer. Minha menina estava gozando. Disse pra ela que agora era minha vez e fiquei com o pau apontado pra sua boquinha, ela não teve dúvida : segurou e passou a mamar como se ja tivesse experiencia. Acho que nunca gosei tão gostoso. Depois dessa aula fomos tomar um banho, jantamos e disse a ela que esse seria o nosso segredo o que ela concordou e perguntou quando poderiamos repetir. Meu pau já estava duro novamente, mas como tinhamos tempo disso que naquela noite mesmo repetiriamos. Ela então veio naquela noite deitar comigo e pude então ensinar mais coisas pra minha adolescente. Nus na cama começamos a nos beijar e pude ver que lingua gostosa tem minha princesa.Passei a chupa-la depois invertemos e passamos para um 69. quando ela já estava bem excitado parti pra penetração disse a ela que ia doer um pouquinho mas que logo passaria e como ela estava bem molhada fui enfiando meu pau bem devagarinho, nunca tinha metido tão aperdado. Tirei a virgindade dela. ela gemiu baixinho e novamente gosou com meu caralho dentro dela. Nesse momento gosei tambem. Quando tirei o pau vi que estava sujo de sangue. Mas nosso tesão era muito forte. Fomos tomar um banho e dormimos agarradinho. Nos dias que sussereram repetimos nossas brincadeiras, mas tive o cuidado de usar camisinha antes de gozar, pois não queria engravida-la. O resto de nosso segredo conto depois.....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gozei muitodentro da buceta da minha prima gordinhaminha mulher pegou eu dando para o piscineirotorando a coroa de bundão e cinturinha e bucetão carnudocontos excitantes no onibusporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacando"que buracao" gay contohistorias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandocontos porno gay sobre conhadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaconto a coroa de 47 anoscontos erotico narrado travesti novinha fudendo no pique escondequeria saber mulher realista metendo muito morena peitudacomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?contos eroticos dei pro meu inquilinoContos de putinhos casadoscontos eroticos bem safados e essitante arronbarao meu cusinho com um pepinopapai voce me acha bonita contos eroticosContos eronticos vendo novela tietadescasados do litoral bundudacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetransando pela primeira vez no boa f***contos encesto minha mae dopada meu pai rosando no meu cuconto erótico Gabriela Cravo e Canelacontos cachorro lambendo penis de homemtia casada dando j cubranca gordinha casada estrupada por maniaco no cuconto erótico meu inimigo banheirominha irma casada contosContos eroticos cegocontos ganhei uma massagem e fiz um boquetecontos eróticos di mulher tou com fome.di picaminha mãe e minha avó junta conto eróticocontos eroticos marido mandando mulher saraapostei minha esposa conto eróticokiko masturbando a chiquinhachaves.comendo cu da chiquenhazoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maetravesti novinha de 15 aninhos contos eroticoscontos/minha cona era apertadinha e virgemganhei carona mais tive que engolir porracontos eroticos com irmaCU arrombado ABERTO madrasta contoVideo porno safada sendo fudida homem rolaque so jeguesafado metendo a geba no cu da vadiascontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha sobrinha no motel no meu pau conto eroticovirei puto do bar conto gaycontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeirawww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliacontos batendo punheta no garotinhorelato de corno que deu a esposa para o cunhado    contos,meu padastro disse vou enrrabar sua filha negrinhacontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos dois gemeos chupandoconto erotico sempre na rola do irmaoContos eroticos moreninha fudendo gostoso com seu vovo a troco de dinheirocunhada com previlegios pornsrelatos sexuais porno gratis a faxineiraconto erotíco fui sedusida nova e gosteiconto erotico soniferoVideosputas fz boquete de na linguaporno contos eroticos fui comida pelo sapateiropai.trepa.duas.filhas.gemiasamamentar o pedreiro contosfotos no vai novinha mulher se comendo com amiga se engergando uma na outra bucetaconto real tia se masturbando socontos er?ticos incesto minha cadelinha safadacaminhoneiro meteu em mima cunhada mais nova pede para o seu cunhado gozar em sua boca tem RNA tomar gala