Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSA GOSTOSA NA PRAIA. BY JAPINHA BUNDUDA

Olá gente, meu nome é Marcela, tenho 22 anos, sou oriental, cab. pretos, longos e lisos, peso 60kg e tenho 1,64m, seios médios pra pequeno, cintura fina e um bumbum avantajado, 114cm, moro no Rio de Janeiro e sou estudante.

Bom, a estária que vou contar aconteceu comigo recentemente, gosto muito de ir à praia, vou muito à praia de Grumari, é calma, limpa e durante a semana é bem vazia, quase deserta, então um dia eu fui sozinha pq eu estava com uns problemas pessoais e precisava relaxar um pouco.

Era uma segunda-feira, e como sempre a praia estava muito vazia, praticamente deserta, fiquei alí sentada na cadeira vendo o mar e descansando até que vejo um homem fazendo cooper na areia, ele foi se aproximando e fui vendo mais detalhes, era um homem negro, cabeça raspada, forte, mas não definido, e alto, usava uma sunga amarela, quando ele passou na minha frente até me esqueci dos problemas, ele me desconcentrou.

Enquanto ele passava eu olhava pra ele, vi que ele tb olhou pra mim, mas continuou sua corrida, mas logo à frente ele deu meia volta e veio em minha direção, acho que ele precebeu o meu interesse... Chegou perto de mim e perguntou se poderia se sentar, falei "Claro, fique à vontade."

Seu nome é Roberto, 39 anos, um homem educado e principalmente muito atraente, ele estava todo suado e aquilo me dava mais tesão, ofereci a ele um pouco de água e ele aceitou, equanto ele bebia a água pude ver o grande volume debaixo daquela sunga que parecia apertada pra ele, conversamos e fomos descobrindo muitas coisas em comum.

Até que ele me perguntou se eu não estava afim de dar um mergulho, eu aceitei é claro, nos levantamos e aí ele pôde ver melhor meu corpo, senti que ele gostou tb, eu estava usando um biquini vermelho que mesmo sem querer enterrava no meu bumbum por ser grande, de propásito tb nem tirei, deixei bem enfiado mesmo sá para ele ver, fiz de conta que tinha esquecido o prendedor de cabelos, me virei e me abaixei sem dobrar os joelhos deixando a minha bunda à mostra para Roberto, demorei sá pra ele olhar meu bumbum.

Peguei o prendedor, prendi o meu cabelo e vi que Roberto estava de pau duro, ele tentou disfarçar em vão, era impossível esconder aquela pica enorme, fomos em direção à água que estava muito fria por sinal, e por reflexo segurei a mão de Roberto, ele retribuiu logo segurando na minha cintura e me colocando a frente dele, as ondas vinham e quando pulávamos eu sentia o pau de Roberto roçando na minha bunda, num dos pulos senti que o pau de Roberto estava fora da sunga, mas fiz de conta que nem percebi.

A cada onda que nás pulávamos eu jogava cada vez mais a bunda no seu pau esfregando gostoso, fomos chegando mais no fundo e eu não alcançava mais a areia, Roberto me segurava por trás para eu não afundar, me agarrei nele, e acabei segurando a sua pica que estava dura como pedra, ele passou um braço pelo meu corpo e afastou com a mão o meu biquini e começou a me masturbar, retribui com uma punheta bem gostosa naquele pau grande e grosso, pedi pra ele me soltar e ele obedeceu, mergulhei e dei uma chupada no seu pau, nunca tinha experimentado chupar um pau debaixo da água do mar, foi diferente porém gostoso, aquele pau mau coube na minha boquinha.

Quando voltei para os braços de Roberto ele pediu pra meter um pouco em mim, sei que fiz errado, mas eu estava tão tesuda que deixei ele me comer sem camisinha, eu desamarrei meu biquini deixando a minha buceta livre para aquele pau, ele me abraçou por trás e foi metendo devagar na minha buceta que no momento estava inchada demais, ele meteu muito gostoso, fiquei tonta de tanto tesão, depois de uns minutos metendo debaixo d'água pedi pra Roberto comer meu cuzinho, seus olhos brilharam quando eu fiz esse pedido, estava doida pra ver aquele negão gostoso arrombar o meu rabo, ele tirou o pau da minha buceta e foi colocando no meu cú, a cabeça foi entrando com muita dificuldade, apesar da dor, a vontade de ser enrabada por aquele homem me fazia esquecer de qualquer dor que sentisse naquele momento, até que Roberto conseguiu enterrar tudo no meu rabo, começou o vai e vem gostoso, a dor foi virando prazer ficamos um tempo alí até que senti que Roberto estava gozando no meu cú, nossa, como foi gostoso sentir aquela porra quente no cú, fiquei fraquinha com aquela foda gostosa, coloquei meu biquini e voltamos para a areia, deitamos debaixo do sol e descansamos um pouco, pedi para ele passar um pouco de bronzeador em mim, me virei de bruços e senti sua mão pesada e grossa nas minhas costas, descendo até meu bumbum, nas minhas coxas...

Como era gostoso ser acariciada por aquele negão, depois de passar o bronzeador em mim pedi que Roberto se sentasse na cadeira deixando as pernas abertas práximo à minha cabeça, feito isso sá fiz colocar o seu pau pra fora e pagar um boquete com vontade, Roberto gemia e ao mesmo tempo me xingava, que pau gostoso, grande, grosso e salgadinho, estava muito interessada em chupar aquela pica e não vi que passava por nás um vendedor de picolé, ele ficou alí parado vendo eu pagar um boquete naquele negro, e ouvi algumas palavras obsenas, não liguei, aquilo me dava mais tesão, fiquei de quatro alí e empinei bem o meu rabão enquanto chupava a rola de Roberto deixava meu rabo recém arrombado à mostra para aquele vendedor de picolés que de tanto tesão se sentou na caixa de isopor e ficou batendo uma punheta vendo tudo, ai que tesão, Roberto gozou na minha boca, melei o seu pau e o saco com sua porra e lambi tudinho e depois engoli como uma cadelinha obediente, e o vendedor de picolé ainda batendo a punheta dele, resolvi ajudar o rapaz, bati a punheta pra ele e quando as suas pernas estavam trêmulas engoli aquele pau totalmente desconhecido e chupei, chupei com força mesmo, pra arrancar cada gota de porra daquela rola, o rapaz foi à loucura, encheu minha boquinha de porra, sá que era uma porra mais pastosa que a de Roberto, enguli tudo com dificuldade, mas fiz com prazer...

Hoje em dia eu e Roberto somos grandes amigos e amantes, e quando vou à praia sempre procuro chupar um picolé de leite condensado...

Se alguém quiser entrar em contato comigo é sá mandar um e-mail pra mim ou então entrar em contato pelo meu icq 200036849.

Beijos e até a práxima.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto eróticos engravidou esposa do irmao e esposa do sobrinhoContos eróticos exclusivamente entre mãe e filhominha mulher deixou a calcinha suja de porra no banheiro contos eroticosconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoraconto lesbica professora dominadaconto erotico com crenteContos erticos trouserao meu marido bebado pra casacontos eróticos de bebados gaystroca troca de homens adultos contostitio me estuprou. tinha 7 aninhos incesto. analdei para meu genroContos reais de esposas fodendo com marido eo sobrinho delemeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticosTravesti surpresa contospelado com uma travesti contos eróticoscontos eroticos carro lotadocontos de travestis comendo os patroescontos eroiticos de gente que participou do d4swingFilha da puta comeu meu cu contocontos de tia coroacontos eroticos de chupadas entre mulheresconto gay virei viadinhocontos mamando uma pirrocaMãe mamando pau do filho contoseroticoscontos eroticos espermaporno meu primo e um jegue minha mulher adoroucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebucetinha gostosa da menina calcinha Contos Maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevideo porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosocondos erodicoscontos pegando a secretaria novinha de minha mãecache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 contos eróticos minha esposa ficou encurraladacontos eróticos a enfermeira velhaZoofilia com mais drenaConto erótico pausudo capixabacontos comiminha primaconto incesto mestruavaContos eróticos eu e meu bemzinhopatroa de perna abertacontos erotico vo netinhasconto esposa transa com marido se exibe pra molecadacontos de coroa com novinhocontos eroticos de marido melher cunhadinha e a primahistorias eroticas de primas e primover relato picantes da professora transando com a aluna sexoIrmã Seduz O Irmão (contos EroticosContos de mijadas no rostoContos pornos-esporrei na comida da cegaconto erotico cobrador casada lesbicoconto erótico cabecinha do grelocontos eróticos traição com garoto exepionalmeu irmao tirou minha virgindadecontos eroticos surpreendeu a esposacontos de casada rabuda fiel e fogosa cantadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos amigo dorme em casa esposaContos adoro vercontos eroticos pintinhomamei até os bicoes dela incharem contosconto zoofilia na casa da vovócontos eroticos com coroa taradoconto engravideu minh sobrinhacontos papai me arrombougozei gozou dentro dormia contoscontos eroticos arrombando a gordaconto minha mae so me provova e me deicha de pau durowww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contocontos zoo mastiff taradofazenda fravia dan xeso anal lua demelerotico minha filha bota a mãosimpatia comer cunhadacontos verdadeiro meu sogro insaciavelcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico liberei minha esposa para sair com outro machocomtos bdsmme mamaram muito no cine gaycontos eroticos de padrinho gay dando a bundacontos tudo enfiado no cucontos eróticos com mulher vizinhacontos eroticos sadomasoquismo com putasfui arombada marido adorouxvidio incesto desejo provocadoconto vovó e sua anacondamuie pega a manguera do amigo do cornaoMinha irma tarada contoconto erotico barzinho depois servicocontos eroticos zoofilia cadelaincesto reais irmão tirando virgindade de irmã pequena em van escolarpeguei no pau duro e acabei chupando