Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A AMIGA DA MINHA CUNHADA

Meu nome e Maycon tenho 28 anos. O que vou contar para vocês é algo que aconteceu e ainda acontece comigo já a aproximadamente seis anos. Tenho uma amiga da Familia, de 26 anos que é um monumento de mulher, sá de pensar já estou de pau duro... enfim é de parar o transito, possui cabelos castanhos, seios fartos e corpo escultural, com bumbum maravilhoso, umas coxas bem torneadas e um pesinho que além de lindo tem uma pele maravilhosa, aliás como seu corpo todo tem. Sempre desejei esta mulher, desde que a vi pela primeira vez na casa de minha cunhada, e sentia que era recíproco, pois quando nos víamos trocavamos olhares que já diziam tudo, mas como já era casado não era possível avançar o sinal já que ela era amiga da família. Sempre que nos cumprimentávamos, era uma loucura, sempre rolava um abraço ardente, um beijinho de canto nas bocas, fora os olhares que faziam meu pau quase estourar de tanto tesão.

Certo dia, fui à casa de minha cunhada que é outra gostosa, mas nunca me deu bola e ela estava lá, toda gostosa, com um shortinho coladinho, deixando de fora suas cochas bem roliças e definidas e com uma blusinha top bem decotada deixando aqueles peitos maravilhosos à mostra, ahhh.... Como são lindos. Passamos o domingo inteiro trocando olhares e com todos perto, mas éramos discretos para que ninguém percebesse nosso affair, na hora de ir embora ela estava no quarto de minha cunhada assistindo televisão, fui me despedir e quando entrei para lhe falar thau, ela estava deitada na cama, com isso não pude deixar de apreciar aquela deliciosa bunda, coxas e seus pesinhos pedindo para que eu os devorassem, mas como na casa estavam outras pessoas, tive que me conter e fui dar-lhe somente um beijo de thau, quando ao beijá-la, novamente ela me deu o cantinho da boca e ficou olhando com cara de quem queria que eu estivesse enfiando a língua inteira em sua boca, não resisti, olhando diretamente em seus olhos, me aproximei dela e dei-lhe um beijo na boca daqueles rápidos, mas que servem para deixar de perna bamba em qualquer que fosse a situação. Ela me olhou e ficou muda, mas com cara de quem queria mais, fui embora, pois minha mulher estava me esperando no carro e não podia me demorar. No dia seguinte ela me ligou marcando um local para que pudéssemos conversar, já que aquilo que havia acontecido ela julgará como muito sério, e assim, marcamos para nos falar. Eu já com um medo terrível que ela contasse para alguém fui, mas com um frio na barriga. Chegando no local, lá estava com uma calça de cintura baixa com aquela barriguinha de fora e uma blusinha do tipo tomara que caia bem coladinha realçando seus peitos e me deixando louco, ela veio, entrou no carro sem me cumprimentar disse: - o que precisamos falar é muito sério, vamos sair daqui... Sem falar nada fui direto para um motel, chegando na entrada ela me olhou e disse:- tem certeza que é isso que quer antes de conversarmos, Olhei para aquele rostinho lindo dela e disse:- Tenho certeza de que tudo que quero você também quer...! Enfim, entramos. Ao entrarmos no quarto, não deu tempo nem de falarmos nada, quando fechei a porta ela veio até mim olhando em meus olhos e meu beijou com aquela boca macia e aquele cheiro que sá de lembrar fico louco, comecei a percorrer minhas mãos por aquele corpo maravilhoso até que baixei seu tomara que caia e saltou para fora, aquele seios fartos com aréolas rosadas e grandes ao qual comecei a chupá-los, enquanto ela se contorcia de tesão e se esfregava em meu pau mesmo por cima da roupa, foi quando se afastou, me empurrou em cima da cama e se ajoelhou sobre mim, eu querendo explorar aquele delicioso corpo com minhas mão, mas ela as segurava e me beijava a boca, pescoço, quando consegui livrar uma das mãos ela a pegou novamente e disse: - Fique quietinho agora, que está é minha vez..! Olhando para seus olhos, parecia que estava hipnotizado, ela tirou minha roupa, me deixando de cueca e tirou também as suas ficando sá de calcinha e começou a beijar cada parte do meu corpo deixando-o molhado com sua boca, e passou a chupar meus mamilos dando mordidas bem gostosinhas, foi descendo até que chegou no meu pau que já estava explodindo de tão duro, acariciando minhas bolas com uma das mão e segurando firme com a outra começou a devora-lo com tanta vontade que parecia que iria arraca-lo, enquanto eu me contorcia de tesão, mas com as mãos estáticas, já que ao mesmo tempo que queria toca-la, queria também sentir tudo que ela estava disposta a fazer. Ela olhava para mim com aquela cara de safadinha e dava risadinhas enquanto chupava e lambia meu pau inteiro, esfregando sua língua quente em minha glande e assoprava causando um calafrio e sensações as quais não consigo explicar. Esfregava sua bucetinha em minha perna que já estava molhada com seu suco, que havia encharcado sua calcinha sem que ao menos eu á tocasse por mais ou menos uns quinze minutos ela me levou aos céus varias vezes, quando não aguentei mais e me levantei, deitei ela na cama e falei: Agora é minha vez... Comecei a explorar cada parte de seu corpo, ora com beijos outra com chupões, mamei aqueles seios fartos, que estavam com os biquinhos durinhos, enquanto ela se contorcia de tesão, fui descendo, passando por sua xoxotinha e dando leves chupadinhas em suas cochas, comecei a brincar com seu grelinho, que escorria de tão molhado que estava, continuei e fui até seus pesinhos ao qual chupei inteirinho e ela gemia, como se estivesse introduzindo meu pau nela, até que à virei de bruços na cama e comecei a beija-la lentamente nas costas, enquanto a beijava pude observar sua pele toda arrepiada, fui descendo até chegar em seu cuzinho onde lambia e ela gemia, virei ela de novo, fui até sua bucetinha e comecei a dar leves mordidinhas em seu grelinho e introduzi apenas metade de meu dedo naquela xoxotinha que estava completamente enxarcada, seu clitáris, estava enorme de tanto tesão que estava, chupeia com gosto, tomando aquele suco gostoso, até que ela gozou em minha boca e pude me privilegiar com uma coisa muito rara entre as mulheres, ela chegou esguichar seu suco melando meu rosto, e me causando uma sensação que certamente nunca havia sentido, foi quando ela me olhou e disse: - Agora quero você dentro de mim.... me empurrou novamente na cama, se agachou em cima de mim e foi colocando meu pau dentro de sua bucetinha, cm por cm, fazendo-me sentir aquela xoxotinha encharcada, começou a cavalgar, num sobe e desce gostoso, com um dos pés se equilibrava e com o esfregava em boca dizendo: - Você não é tarado pelo meu pé... então chupe, vai chupe que eu gosto... e eu chupei com gosto aqueles dedinhos todos lindinhos, aquela pele maravilhosa, até que gozou de novo, dessa vez não esguichou, mas escorreu por meu pau, deixando minhas encharcadas com seu suco, então mudou de posição de forma que poderia beija-la enquanto metia naquela buceta gostosa enquanto eu devorava seus peitos como se fosse a ultima coisa que estava fazendo na vida, mudamos novamente de posição, ela me chupou mais uma vez e disse: - Agora vou te dar algo que nunca dei à ninguém...! Foi quando ela começou a se masturbar em cima de mim enquanto eu brincava com seu cuzinho introduzindo um dedo nela e com a outra mão brincava com seus biquinhos, com a intensidade dos meus e de seus toques, chegou ao orgasmo, ela gozou novamente dessa vez encima de mim, ela passou a mão naquele gozo gostoso e espalhou por seu cuzinho, olhou para mim e disse: - Vem ... Quero que você me arrombe com esse pau que a muito tempo desejo...! Mais do que depressa me levantei, deitei-a de lado, levantei uma de suas pernas na altura de meu ombro e comecei a introduzir meu pau, ahh que delicia aquele cúzinho apertadinho era todo meu.... fui colocando bem devagar, para além de não machuca-la, ir também curtindo cada cm daquela bunda que a tempos eu desejava. Quando derrepente ao acabar de colocar a cabeça, ela pressionou sua bunda contra meu pau de forma que ele entrasse o restante de uma sá vez, ao ponto de encosta sua bunda em minhas bolas... ela soltou um gritinho e disse: - Mete ...mete no meu cú sem dá...! Comecei então a meter, e meter com força, enquanto ela gemia e se masturbava, Até que gozou novamente e disse: - Agora é a minha vez de te fazer gozar...! Me deitou novamente na cama e de costas para mim colocou meu pau de novo em seu cuzinho e começou a rebolar e fazendo um vai e vem enlouquecedor, enquanto com uma de suas mãos acariciava minhas bolas com uma suavidade que não tinha como segurar, quando percebeu que já estava quase gozando, tirou meu pau de seu cú e comoçou a me chupar, me punhetando e mechendo em minhas bolas, ela olhava pra mim e dizia: - quero que goze em minha boca, vai goza....! e com isso chupava e me masturbava tão gostoso que gozei em sua boca, mas gozei gostoso como nunca mulher nenhuma havia me feito gozar, ela continuou a me chupar até tirar a última gota de meu sêmen e me olhando disse: - Você agora é meu.... inteiro....a partir de hoje você é meu....! e como não sou bobo nem nada, estou com ela até hoje. Continuo casado, ela porém diz nem pensar nisso agora, e sempre que podemos nos encontramos, e o mais impressionante é que fica cada vez melhor.... Há e quanto à conversa séria que iríamos ter... Até hoje não sei o que se trata. Rss... Qualquer dia desses, falo mais sobre o que aprontamos na garagem do prédio onde moro.....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dando padrasto contos eróticosconto erotico fui no pagode e comi um travesticonto.minha esposa deu para 5so masoquismo contos eroticos so com pais safados e filhas escravasconto comendo travesti bundudoPrimeiro Boquete Contos Eroticocontos mamei a pica do caocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos reais de mulher com cachorroContos eróticos meu papai me comeucontos dou a bunda desde cedomaravilha conto heterocontos eróticos ninfeta bem novinha com 10 aninhoscontos mae rabo grandeconto erotico desconfiei de minha esposaconto erótico homem castradofui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosfodida junto com o marido contos eróticosinterracial mulher meia cousa fudendocontos gostoso prima tiacuzinho da mae contosum romance com minha maninha-contos:eroticosme apaixonei pelo um bandido conto heroticoconto erotico cunha gostosaconto ele me comeu pelo buraco da paredecontos noiva dando o rabo pro patraoContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadacontos eu durmo de saia sem calcinhavedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhaconto erotico era swing cornonovinha e safadinha conto eroticogozei no copo e dei pra minha tia bebeu contosComtos pai fodemdo filha e amigas delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos papai me arrombouconto erotico bolinada na infanciacontos eroticos arrombando a gordaVirgem inocente contoContos eroticos minha esposa rabudacontos fingi que dormia e comi minha filhaConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvesticontos sobre safadas na academiaMimha mae me obrigava dar a peluda para o picudoCU arrombado ABERTO madrasta contoai que lambida contosrelatos arrombei a amiga da minha irmaconto chantagem afilhadaconto gay macho arroganteassistir filme pornô mãe então você tá grande meladaContos eróticos meu papai me comeucontos eróticos tio e sobrinhacontos de maes flagando fihos punheteiroscontos coloquei so a cabeça do pau no cuzinho da minha filhacontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motoconto erótico evangélicovoyeur de esposa conto eroticofalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposacontos eróticos peguei minha mãe no flagranteminha tia travesti contosacordei com um boquete contos eroticocontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente delecontos eroticos arrombando a gordacontos porno traição da senhorawww.meti na minha filha a forçacontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualfotus de zoofiliaconto menor me comeuConto erotico comi a coroa negra amiga da minha maeconto erótico meu marido bobãoo gordinho e o tio contoscantos erotico brincando de baralho com sobrinhacontos eroticos arrombando a gordaa coroa me mamou e me fez gozarcontos eroticos separou pra levar picaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foraContos gay malucocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erótico pausudo capixabawww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comcontos eroticos de travestis fudendo o tiocontos eróticos encoxada no ônibusCont erot de madrastacontos veridico uma maluquice com meu marido e um travesticontos reais tia cuzudadando pro impregado do papaiver uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedoso cu mais largo do mundo contoscontos eroticos bebadoscomendo o cu da sogra contotias coroas em festa despedida de solteiraEnsinando a maninha a foder contos eroticoscontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colo