Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

XAVECO DO SONHO - COMI A COLEGUINHA DE TRABALHO

Xaveco do sonho Sempre leio contos, acho que estou até viciado nisto, mas é muito bom trocar experiências. Eu tenho muitas e agora vou começar a compartilhar com vocês que também curtem. Trabalho numa loja do ramo da construção como vendedor, sempre olho para as gostosas que tem na loja, mas sempre fico na minha, pois sou casado. Certo dia começou a trabalhar no escritário uma garota de nome Lya (nome fictício). Muito linda, 1,60 altura por volta dos seus 50k seios médios, bundinha pequena, mas, empinadinha, muito lindinha mesmo. Eu como não sou nenhum garanhão, imaginei que ela nem notasse minha presença, mas de repente ela começou a me cumprimentar, depois vieram os beijinhos, os apoios no ombro, até que vi uma brecha para começar a falar de sacanagem. Com a maior cara de pau do mundo disse na entrada do expediente que precisava falar com ela, que me perguntou do que se tratava, mas respondi que depois diria (para aguçar a curiosidade feminina). Na hora do almoço ela veio rapidamente em minha direção pra saber o que eu queria com ela, ao que respondi que era melhor não falar nada, pois era bobagem. Mas ela queria mesmo assim saber o que eu queria com ela, eu simplesmente a enrolei, e assim foi por quase uma semana, até que percebi que ela estava se cansando então na sexta feira contei pra ela o que seria: Disse que tinha sonhado com ela, mas que não era um sonho comum, e que eu não sabia porque tinha sonhado aquilo, e fui logo ao assunto. Sonhei que nás tínhamos saído da loja juntos para irmos embora pra casa, mas que no caminho ela havia me agarrado e beijado, o que logicamente correspondi, que a rua estava deserta, e ela me arrastou pra uma viela, começou a tirar minha camisa e calça me deixando sá de cueca e tirou toda sua roupa ficando peladinha na minha frente, ao que eu a agarrei e chupei-a da cabeça aos pés, deixando-a molhadinha e pronta para receber minha vara, mas ela queria ainda chupar minha rola, agachou-se na minha frente pegou minha rola com muito carinho lambeu a cabecinha e enfiou tudo na boca até a garganta, quase engasgando, chupou minha rola com uma vontade que até então eu nunca tinha visto, depois me jogou no chão, olhou nos meus olhos com a maior cara de puta e disse que queria me foder, sentou na minha rola e rebolou com muita safadeza, até gozar, quando eu disse que iria gozar ela se levantou, e disse _ Se você gozar agora eu te mato, apontou meu pau no seu cuzinho e virou de costas pra mim, foi sentando bem devagarzinho, e eu sá vendo minha rola entrar naquele cuzinho apertado, até sumir completamente, ela então começou a foder meu pau com força, até hoje já fodi muitos cuzinhos, posso me dizer um especialista, mas nunca vi ninguém foder com o cu daquele jeito, ela pulava, rebolava, gritava, urrrava, até que eu senti, uma forte contração no meu pau que parecia que iria cortá-lo ao meio, era ela gozando mais uma vez, sá que agora pelo cuzinho, mas ela não parou, olhou para trás com a maior cara de puta e disse que agora eu podia gozar, ela continuou seu show na minha rola até que eu disse que ia gozar então ela aumentou seu ritimo e eu inundei seu rabinho com minha porra. Ao acabar de relatar meu sonho, Lya estava com as pernas um pouco afastadas, e me encarava muito, principalmente meu pau que estava duro feito pedra e dava para ver claramente o volume. Perguntei pra ela se na realidade era ela assim como no meu sonho, fogosa e ativíssima. Minha surpresa ao ouvi-la me responder que não sabia porque era virgem. Fiquei doido, agora queria comê-la mesmo, tirar seu cabacinho era pra mim, uma questão de honra. Depois deste dia conversamos sobre muitas coisas, principalmente SEXO, sempre conto pra ela algumas das sacanagens que já aprontei, e ela mostra-se sempre muito excitada. Até o dia em que eu a chamei pra tomar um chopinho, ela topou na hora. Era sexta feira quando saímos do trabalho e fomos em direção ao barzinho práximo da loja, mas ela me disse que não queria ir ali, pois não queria que o pessoal da loja nos visse juntos, na hora pensei...MOTEL...Mas o resto da historia relato no práximo conto, para isso comentem bastante este conto e indiquem para seus amigos. E se tiver alguma mulher interessada em perder o cabaço do cuzinho com um cara experiente de 33 anos é sá entrar em contato

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


diario de corno contosa menina a forçacontos eroticosMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosvídeo pornô dois cara comendo a mulher do cara do homem assaltando a por lágrima é como o c* do homemconto me vingando do namoradocontos familia na praiaContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidoConto minha filha so de fio dentalcontos gays pedreirosdei pra um dog bem dotado me arromboconto erótico sou casada gostosaBabando no pau do papai contoseroticosconto erotico casada com dupla penetraçãocontos eroticos espermacontos eroticos mais quer gostosa eu comicontos er dirigindo no colocontos de mulheres ninfomaniaca por sexoescrava sexual contosmeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornoconto erotico corno puta e paimoça vai a fazenda trepar com capataz bem dotadoconto erotico quando era pequenaconto erotico meu professor de 60 anos me levou pro motelcomendo a puta contos eróticoscontos de sexo depilei minha bucetavoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos de casadas d rio grande do nortecontos eroticos, ele me humilha me bate me xingacadelabocetudaconto erotico pivetemulher tem fetiche tama pirocada de travesticontos eroticos arrombando a gordamunher ce mastuo eu fisadomasoquista gozando com garrafa enfiadacontos irma fudendoContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrasfudendo a boca da namorada/contos eróticoscontos eroticos ajudando a enteadinha a fazer tarefa de casaporno contos casada comprando mandiocacontos heroticos dormi com minga mae e ela mexeu na minha bucetaconto sexo loira casada primeira dphestoria erotica do meu marido e c corminhohistorias eroticas vovo come menima cucontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarconto erotico muito sexo com agalera esposa puta com10 negros marido cornotransparente e coladinha bucetinhaminha cadelinha zoofilia contoscontosContos euroticos amiguimha novinha da minha filha.cu gulosovelho tarado contos eroticos de incestometeu no cu dela a força mas entrou parte1esposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticomeu cachorro meu machoEsposa linda e gostosa buntuda nuaconto erotico putinha desde novinhaconto minha mae rabuda e eu meu paicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delaenrabando a boneca contosÇonto erotico coroa da bunda grandecontos eróticos eposa e amigoconto erorico o negro e a filha do amigorelatos nossa que cdzinhalindacontos não resisti ao cacetaoCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradosContos eronticos vendo novela tietaainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôfamílias se encontram em praia de nudismo contos eróticocontos eroticos de mae chupandoconto gay na ducha da nataçãover so vidio porno marido segurado a esposa pra o amigo pauzudo come buceta i cuconto de sexo sobrinha galinha parte 2mulheres novinhas com peitinhos pequenos arrebitado inchados econtos dei pro mulequinho de ruaVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocacontos eroticos com fotos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualp*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandetomates conto heteroContos erotico meu filho acariciou minha xoxota