Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRAIR E ACABEI GOSTANDO II



Trair e acabei gostando II



Depois de quase um mês de ter traído meu marido pela primeira vez, eu ainda tinha as lembranças viva daquele dia de puro prazer. As vezes me culpava dizendo pra mim que isso nunca ia se repeti, mais toda vez que via o Roberto a vontade era grande e não sabia que ia ou não resistir ele de novo, já que as cantadas continuavam e ele sempre me dizia: Não me esqueci daquela promessa Fram! Eu não dizia nada mais meu corpo queimava de desejo. Um dia vendo que a oportunidade não aparecia o Roberto resolveu fazer as coisas acontecer.

Numa segunda feira Carlos me perguntou: Fram tu vem alguma tarde pro centro essa semana? Acho que vou quinta Roberto pq? A Fram ta ruim de aparecer uma oportunidade de novo de a gente ficar junto. A Roberto; tenho medo acho melhor a gente parar! A Fram ando com o maior tezão te ter vc todinha de novo. Aquilo já me fez o corpo tremer. E sei que tb quer minha delicia! Ai Roberto não faz isso! Fram olha sá o Carlos sabe que vens quinta pro centro? Sim! Isso é bom! Pq? Na quarta a noite vou pedir eles uns papéis que vai ta com ele e eu vou ta no centro na minha casa e sei que ele não vai vim pra cá. E na certa vai fazer como em outras vezes vai mandar por alguém e como vc vem pra cá ele vai mandar por ti, e como tu demora quando vás fazer cabelo unha sei lá mais o que vcs tanto faz. São coisas de mulher. Vamos ter bastante tempo.

Na quarta a noite meu marido veio a mim e me falou: o Roberto me ligou e me pediu pra mandar uns papéis pra ele e como não vou amanhã pro centro tu pode fazer isso pra mim Amor? Tive que fazer que nada sabia. Claro Amor fica perto da minha manicura.

Na quinta apás almoçar tomei um banho gostoso demorado, pensando em não ir, mais o desejo falou mais auto e por volta das 3 horas, tava na casa do Roberto. Eu tava com um vestido que deixava bem minhas pernas a mostra uma pequena calcinha e assim fui recebida por Roberto de bermuda somente, sá entre entrei e Roberto ai na porta mesmo já me agarrou por trás e já pude sentir seu pau duro se ajeitado na minha bunda e sua boca no meu pescoço. A Fram tava louco pra te vc todinha pensei em vc todinha depois daquele dia em sua cama. A Roberto isso ao é certo! Relaxa Fram, é so uma troca de prazer e sei que vc gostou que ta louca pra ser minha de novo. Seu safado tu me deixa se controle sem resistir. Roberto me conduziu até o sofá perguntou se eu queria alguma coisa pra tomar, pedi uma água tomei mais já tava toda excitada, Roberto sentou do meu lado e sem perder tempo foi me beijando e sua boca deslizou pra meu seios, tirou a alça de meu vestido e com rapidez tirou meu sutiã e ficou se alternando tu seio para o outra me fazendo gemer e me se entregar aos seus prazer. Depois de uns minutos chupando meus seios e alisando meu corpo me fez levantar e tirou meu vestido que caiu nos meus pés me deixando so te calcinha e salto alto, me virou de costa pra ele e me abraçou por trás mesmo estando da bermuda ainda pode sentir seu pau duro mais uma vez no meio da minha bunda. Meu tezão já era demais queria porque queria que ele me possuísse, mais ele parecia que me torturava sabendo do meu tezão prolongava tudo.

Nossa Fram que bunda mais linda, e assim de salto e com essa calcinha da vontade de so ficar olhando. Ai Roberto para. Fram assim como estas vai la na mesa e pega aquela garrafa de vinho. Sai eu meia sem jeito mais fui rebolando pra provocar ainda mais. Assim que voltei, ele me sentou e mandou-me tirar sua bermuda. Isso Fram se livra da minha bermuda. Assim que levantei a cabeça de tira sua bermuda, já bati com a boca em seu pau, no que olhei ele tava com aquela cara de safado e me falou: chupa minha puta casada. Eu fiquei ao mesmo tempo com tezão e medo de sua palavras, mais fiz o que ele queria e o que eu desejava, chupei com vontade com prazer, fazendo ele gemer, se torcia pegava nos meus cabelos forçava o pau ainda mais na minha boca. Isso minha puta casada sei que gostos e se o maridinho não te faz ser a puta que és eu faço. Eu o olhava e via nele uma expressão de prazer de poder.

Ai me fez parar sem gozar e foi puxando minha calcinha e veio chupando com vê fazendo urrar de tezão, chupava as vezes de leves as vezes com força, essa alternância me excitava cada mais, me chupava e me olhava se divertia com minhas expressões e me ria com cara de prazer. Então fez ficar de 4 no sofá e continuou a me torturar com suas chupada e agora com tapas na minha bunda falando um monte de sacanagens. Ta gostando de ser minha? So gemia e afirmava com a cabeça com isso se sentia mais dono da situação. É gosta de ser minha bunda casada? Mais uma vez afirmei que sim, já que estava descontrolada de tezão. Isso minha safada se acostuma porque vás ser sempre minha puta. Ele tava muito diferente da primeira vez tava muito mais dominante. Ai se levantou comigo ali de 4 no sofá toda a seu prazer. Ai começou meter a cabeça do pau na minha buceta e tirava, eu gemia querendo tudo tava molhada demais, chegava a força a bunda pra trás a procura de seu pau. Quer que eu te foda minha puta? Quero sim Roberto. Vai ser sempre minha puta? Vou sim mais mete em mim. Ai Roberto meteu tudo numa estocada sá que me fez ir pra frente e dar um grito. Aiiiiiiiii. quer que pare? Não Roberto seu cachorro mete, por favor. Ai sim, Roberto meteu com vontade com prazer me fazendo gemer, batia na minha bunda. Tas gostando minha safada? To sim, sabes que sim. Bom gostar pq vou te querer muito mais, não sabes a vontade que tava pra ter vc de novo minha puta casada. Roberto tava meio possesso de tezão eu mais louca ainda. E assim ficou um tempo metendo seu pau saia e entrava tudo de novo, sentia seu saco estralar da minha bunda. Então sentir Roberto estremecer sai de dentro de mim, me fez sentar e me gozo o rosto os seios e tudo mais. E caiu sentado do meu lado e ficamos ali esperando nossa respiração voltar ao normal. Gostou Fram? Sim Roberto! Gosto de ser minha puta casada é? Seu cachorro safado. Gostou? Sabe que gostei nunca gozei tanto tu é muito safado.

Vem vamos tomar um banho que tas toda gozada. Tomamos um banho com Roberto sempre me agarrando por trás me alisando até seu pau começar a levantar de novo. Roberto empurrou minha cabeça pra baixo e pude chupar seu pau com vontade, fazendo Roberto gemer. Depois Roberto me deu mais uma bela chupada dessa vez me fez empinar a bunda e metia a língua no meu cuzinho que me fazia delirar de tezão. Fram tua bunda ta pedindo pra ser comida! Hoje não Roberto já to com a buceta dolorida, hoje tu não teve dá. Reclamas mais gostasse muito. Gostei sim, mais hoje não. Não vai ser hoje porque eu te falei que quero, ela na sua cama.

Então Roberto me levou pra sua cama se deitou e me fez sentar em cima dele e me vez cavalgar gostoso e como já tinha gozado uma vez na sala ficamos nessa posição por um bom tempo, ele se alternava hora chupando meus seios e me fazia mexer no seu pau, depois me jogava pra trás metendo mais forte e batia na minha bunda e nesse ri timo me fez gozar e gozou me enchendo a buceta de porra. Quando olhei as eram 5 e meia da tarde. Nossa. Roberto a hora vôo tenho que ir embora sem fazer nada que vim fazer. Mais valeu a pena Fram tivemos uma tarde deliciosa. É agora tenho que dizer que fiz a unhas sem ter feito ainda bem que homem não nata nada. Vamos Marcas mais vezes Fram outro dia. Não sei Roberto é perigoso. Vamos marcar sim. E fui pra casa.

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dei o cu quando eu era pequeno contosfetiche mulher atola cueca no rabo do caracontos minha mãe me seduziu usando mini saiacontos eroticos farmaceutico taradoconto eróticos mana so de calcinhaconto de sogra dando para genroConto d esposa magrinha e safadinhacontoseroticosfuicornocontos de filho comendo a mae no carro do pai pra lerconto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elesconto erotico comi minha irma casada no ranchocontos eroticos sobre viadinho famintoso mulheres escravas de seus maridos contos eroticoscasada dando no rancho contoscontos tia vai foder gostoso isso delicia vai issoela pediu pra parar mas continuei fudendodoutor esporreando muito no travedticonto comeu afamilha todaela pediu pra parar mas continuei empurrando na putacontos calcinhaconto de noiva putinha do papaicontos de bdsm privada humanadei,dou,e sempre darei a buceta em contoscontos dei o cu pro agricultor pauzudodelirando com meus dedinhos contosfudendo por um jumento contoscache:5VPX7vrg4AEJ:okinawa-ufa.ru/conto_1951_colocando-so-a-cabecinha.html contoseroticoscabacinhopai emfia pica filha morrocomi a minha cunhada Adrianacontos eróticos vou arregaçar essa vagabundacontos eroticos fudendo as filhinhas da minha namoradapai da sonifero pra filhinha e a estupra com amigos contos eroticosmeu cachorro meu machofomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contocontos eroticos pagando divida do filhosou puta do meu cachorrovoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacú guloso contos reaiswww.conto eu vi o pedreiro mijandoContos eróticos japonesacheirei o fundinho da calcinha usada da minha tia safada contosPorn contos eroticos escrava gangbang humilhadapassei a calcinha contos eróticoscontos eroticos casada infelizele era cheirosinho conto gaycontos eroticos gays com gesseirossexe conto minha fia mideo o cu por 1.00 reauContos eroticos novinha deu a bundinha a força pro roludocontos eroticos dando cu pro filholer contis eroticos para tocar uma siriricacontos eroticos de esposa safadascontos de sexo gay insesto depilaçãoContos eroticos tirei o cabaço da minha prima e da sua amigacontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininocontos eroticos gay dei minha bunda pro filho da vizinhadestruidor de cu contoscontos eroticos chupei a buceta da namorada do meu amigo com ele olhando e me falando como chuparMinha sobrinha ligia conto eroticoengravidou a minha namorada contos eróticoscontos erotico cuzinho o cu da mamaepunheta na infancia com amigocu arrombado da minha esposa depois da noitadafui currada na frente do meu maridoContos eróticos GAY AHHH VAI ASSIM OHH VOU GOZAR VIADO OHHcadelabocetudaPrimeira vez q dei o cu vestido de travestoai fudendi a noivacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteque enteada pernadacontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolasboquete gozada boca amiga contoscontos eróticos no elevadorcontos eroticos arrombando a gordatia sozinha e sobrinho contoscontos eróticos comendo minha alunacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico gay quando mim focaraoconto erotico piveteA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvirconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadortia sobrinho conto eróticocontos eróticos mamãe deu o cu eu vizoofili negao magro com umaachefinhas safadinhasAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticos