Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ALUNAS DELICIOSAS

Sou professor da rede particular de ensino em Ipatinga, vou me chamar de Fred e minhas alunas de Márcia e Roberta, minhas adoráveis alunas são duas safadinhas muito gostosas, vou contar pra vocês como sei que elas são o que digo que são.

O que vou lhes contar me aconteceu a mais ou menos um mês, minhas duas alunas cursam o terceiro ano do ensino médio e vivem sobre a pressão de seus pais por bons resultados, mais que isso pra serem as melhores da turma, bom em português elas não estavam indo tão bem assim, ambas estavam mais interessadas em curtir um pouco mais o prazer de seus corpos do que estudar essa descoberta as colocou em minhas mãos.

Elas estavam na biblioteca com a porta entre aberta, a bibliotecária havia saído e as deixado fazendo pesquisa pra um trabalho que eu tinha passado pra elas recuperarem uma nota perdida, sem saber eu entrei na biblioteca e pra minha surpresa flagrei elas se acariciando atrás de uma das prateleiras, a cena de uma com a mão dentro da calcinha da outra se beijando me deixou muito excitado, não resisti aproveitei que elas não estavam me vendo e filmei com o celular, quando elas me viram, perderam o jeito, depois do susto vieram pra mim implorando pra que eu apagasse o vídeo.

A Márcia tem um metro e sessenta de altura, loirinha de olhos verdes, um corpo todo certinho, cinturinha fina, bundinha empinadinha, peitinhos durinhos uma delicia que palavras não pode descrever, a Roberta também muito gostosa, ruivinha de olhos castanhos claros, de mesma altura que a Márcia, uma delicia sem igual na escola em que trabalho.

Vendo o desespero delas pedi calma e disse pra que elas me procurasse quando estivessem calmas e com uma proposta pra que eu apagasse o vídeo e fui embora, no mesmo dia por volta das vinte horas elas bateram a porta de minha casa, pedindo pra falar comigo, eu claro disse que elas poderiam entrar.

Elas começaram a falar e a chorar pedindo pra eu apagar o vídeo, dizendo que viviam um relacionamento a mais de um ano, mas que seus pais não podia nem sonhar com o que elas sentiam uma pela outra, ouvindo a historia delas meu pau começou a ficar duro e elas perceberam o volume debaixo de minha bermuda e eu fui conduzindo a conversa perguntando se elas já tinham ficado com garotos e pra minha surpresa elas disseram ser virgens, claro que eu não acreditei, foi então que propus pra elas o seguinte acordo, eu tiraria o cabaço delas e em troca deixaria elas apagarem o vídeo, elas relutaram muito em aceitar mas não tendo outra escolha aceitaram a minha proposta.

As duas estavam ali, em meu sofá, a minha disposição e eu estava pronto pra fuder com elas mas alegando estar tarde foram embora me deixando na mão. No dia seguinte quando passei por elas no corredor disse a elas que esperava elas em casa pra uma aula sem frescuras, eu tinha um vídeo pra mostrar pra elas, elas ficaram sem graça, mas disseram que estaria lá.

Cheguei em casa de pau duro imaginando aquelas duas delicias em meu cacete e elas não demoraram, chegaram em minha casa por volta das quatorze horas, la estava eu de pau duro esperando por elas, elas entraram tentaram mais uma vez me fazer desistir da idéia, mas eu disse a elas que mais que uma rola no rabo, elas ganhariam um lugar pra se encontrar com segurança e tudo mais, quando ouviram isso ficaram mais animadinhas ai sim, começaram a entrar no clima.

Disse a elas que como ficaríamos os três elas não precisavam ficar com vergonha, elas podiam colocar suas aranhas pra brigar que eu sá ia colocar minha cobra no meio delas e como eu acreditava nenhuma das duas tinha mais cabaço uma já tinha tirado o cabaço da outra com um cacete de borracha que elas disseram ter a metade do meu em tamanho e grossura, a minha rola tem vinte e cinco centímetros, elas ficaram esbabacadas quando viram meu cacete e começaram a querer dar pra trás no acordo mas eu disse que sá faria o que elas deixassem não iria machucar aqueles rabinhos gostosos a final de contas pretendia fuder eles muitas vezes.

Comecei a acariciar a Roberta com a ajuda da Márcia e vice versa, elas foram se excitando e logo começaram a pedir rola na racha e eu claro atendi com todo prazer primeiro com a Márcia eu era tarado naquela bundinha empinadinha dela e com a ajuda da Roberta abria aquele rabo gostoso pra mim, elas estavam em um 69 maravilhoso e eu comecei a colocar meu cacete na boca da Roberta que estava em baixo da Márcia chupando seu grelinho sentindo meu cacete em sua garganta ela logo meteu cuspe na xota da amiga e direcionou meu cacete pra xana da Márcia que recebeu a primeira estocada com gritinhos que me deixaram louco, ela pedia pra parar, dizia que era muito grosso, foi quando a Roberta parou de chupar meu saco e disse pra ela deixar de frescura que ela iria aguentar tudo pra dar o exemplo pra ela e pediu pra ficar no lugar da Márcia, vendo sua determinação não me opus a idéia.

Elas trocaram a posição, a Roberta estava ensopadinha não perdi tempo e comecei a fuder seu rabinho gostoso ela se contorcia toda pedia pra parar e pra continuar ao mesmo tempo, seus gritinhos e gemidos estavam me deixando maluco e eu fui fudendo ela ate o talo, a Márcia ficava olhando a cara de satisfação e dor de sua amiga e logo pediu pra ser fodida de novo, a Roberta já estava pedindo arrego e eu voltei pra Márcia, comecei a fuder ela de novo com mais vontade ainda, ela rebolava tentando sair do meu pau, mas eu parei sá quando ela estava sentindo minhas bolas batendo em sua bunda.

Fiquei revezando as duas a tarde toda, não variamos muito as posições, era a primeira vez de nás três juntos e muitas outras viriam, depois de treparmos começamos a nos chupar em triangulo, um chupando o outro e gozamos os três ao mesmo tempo, foi maravilhoso nosso encontro.

Marcamos pra estudar pelo menos uma vez por semana e agora nem precisamos mais do vídeo pra dar coragem a minha alunas gostosinhas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ele implorou e eu engoli sua porraconto real tia se masturbando socasada recebe proposta indecente contosquero comer minha maecontos eroticos me ferrei no chat tive de dar a forçacontos de coroa com novinhoContos picantes incontrolável desejocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotis orgia bicontos pornô de incesto meu pai pauzudo e o meu corpinhoconto evangelica.cabacinhocontos eroticos na viagem comi sogra e mulher no carrocontos eroticos arrombando a gordaolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuContos eróticos cuidando do meu priminho e deixando ele tomar banho no quintal conto gaymagrinha com tatoo na bundaursao tio roludo conto gaycache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos quando eu era novinha fiquei brexando para ver meu tio comendo mia amigabaixa vidio caceta de travesti duronacontos porno obrigada engolir porra com muito nojoconto erotico violadavi minha tia nua contoscontos eroticos arrombando a gordamae e filha pequena contos eroticospau duro na frente da tia contosconto com cunhada chantagistaconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salacontos de coroas carentes traindo seus maridos com jovensconto eróticos mulher pedindo pra meter com outro machoMae com a mao quebrada conto incestocontos betinha vendo irma fodendocontos esposa deu pro sobrinhocontos eroticos familia renta esposa mija no pau do cunhadocontos adoro. tomar no cuzaoconto erotico gata no meu colofada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetachantageada e submetida contos eroticoscontos de uma novinha q aprendeu a dar a bundinhaPorn contos eroticos escrava gangbangcontos etoticos meu marido faz eu dar para trassecontos eroticos comendo o bucetao cabeludocontos minha mulher transava e me beijavaconto erotico minha namorada e meu tiorelatos eroticosde portuguesas de noVinhasvídeo pornô com travesti travesti transando com a outra por amor todinho raiva da outracontos de travesti no onibusvideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhaContos eróticos família liberal.2,conto erotico o sogrocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordamulher do gelou grande fudedocontos erotico enganada mae e filhachantagiei minha sobrinha contosperdi meu cabaço da buceta pra um cavalo contoscontos eroticos menagecontoseroticos/pauzudocasadacomenho a vinsinhA e gozando drntro de laquad erotico a apostamulher escanxa no cachorro e goza gostosopau grande enfiadi. todo nicucontos eroticos mamando na novinha cheia de leite no riacho de biquinicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto gay meu melhor amigo de 37 anosContos pornos mendingoscontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazconto gay ciumes exageradoconto titio me fudendocontos erotico comendo eguaCegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidoconto eroticos gay primoestupro de casada porno relatocontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridoconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornoconto erotico chuva douradahomem comeno a espoza de pois asograconto irma casadamulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu durocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico sou uma coroa gosto de novinhoconto punheta da varanda