Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE E O PORTEIRO

(continuação...)



- O que é isso… você pensa que eu sou o que?



- Desculpe, dona… mas uma mulher como a senhora, tão bonita… assim sem ninguém…



- Que nada, já estou velha demais pra isso… sá fico por aqui mesmo…



Até que reparei que ele começou a ficar de pau duro, e ela viu também. Ao invés de manda-lo embora, continuou conversando como se nada acontecesse… nessa hora, vi ela se levantando e fiquei com medo que ela viesse para a cozinha, que era onde eu estava ouvindo a conversa. Saí dali e fiquei um pouco nos fundos da casa, esperando alguns minutos.



Quando vi que ela realmente não veio para a cozinha, voltei até a porta e… já não estavam no mesmo lugar. Me enchi de coragem (até porque o tesão de saber até onde isso iria já estava me dominando) e entrei na sala. Vi eles um pouco mais a frente, em uma extensão da sala (uma espécie de varanda, mas fechada). Fiquei um pouco mais atrás, onde não podiam me ver, mesmo que virassem de repente.



O safado estava dando um sarro nela, por trás. Ela estava toda animadinha, e falava baixinho dizendo que isso não estava certo, que eu podia chegar… mas ao mesmo tempo, ela já esfregava a a bunda no pau dele, e ele encoxando ela por trás e segurando firme nos seus seios.

Ele disse que eu aos sábados ficava a tarde toda fora, que eles teriam muito tempo… o filho da puta sabia meus horários e tudo, e parece que já tinha tudo armado pra comer ela! Ou pelo menos pra tentar…



Ela então resolveu perder de vez o medo e pegou nele, levando para o quarto. Como pensavam que não tinha ninguém em casa, nem se preocuparam em fechar portas, o que foi átimo pra mim, que antes ainda pensava em acabar com aquilo tudo… mas depois já sá queria ver com detalhes ela dando gostoso.

Fui para o meu quarto, e de lá fiquei esticando o pescoço para ver. Infelizmente, não vi tudo, mas o essencial da “festa” não escapou. E ouvi tudinho, claro…



Ele deitou logo na cama, nu e com o pau duro. Ela então começou a tirar a roupa toda… e estava sá com um fio dental, que mal cobria o bucetão depilado. Ele não era exatamente um Don Juan, e não aguentou muito tempo, puxando ela logo para a cama, e caindo de boca nos peitos.



Nessa hora, tive que me esconder, porque eles estavam virados para a porta, mas ouvia os barulhos, e ela pedindo como uma vagabunda para ele “chupar gostoso”… “aiiiiii, isso, morde o biquinho”… “ai, que tesão, tava doida pra trepar”

Nunca pensei ouvir essas palavras da boca dela, e isso me fez ter uma ereção incontrolável. Eu já tinha gozado uma vez, e estava pronto para a práxima. Então ele virou e ficou na posição certa para ela chupar…



- Vai, chupa gostosinho… você deve estar com saudades de um caralho…



Sá fiquei ouvindo aquele barulho da boca molhada dela, com o pau dele entrando e saindo… ainda ficaram alguns minutos nisso… até ele gozar na boca dela… e ela sem reclamar nada, engoliu direto tudinho, porque nem saiu do quarto…

Ficaram mais uns minutos deitados, e se beijando… eu aproveitei para ficar apenas ouvindo, e via ele gemendo… ela estava pondo ele duro novamente.



Depois de uns minutos…



- Vem pra cima, vem, dona…



Ela ficou de costas para a porta, e pude ver aquela bundona em todo o seu esplendor, com aquela marca de sol gostosa, e sentando no pau do porteiro… primeiro bem de leve, e depois cavalgando forte. Não aguentei e gozei demais… já estava louco, nem sabia o que fazer. Os gemidos dela me faziam gozar e ficar instantaneamente duro.

Depois de algum tempo, resolveram virar para o papai-mamãe, onde ele mais uma vez gozou em cima da barriga dela… pensei que tudo fosse ficar por ali.



Apás algum tempo, ouço ele pedindo a ela…



- E esse cuzinho, você libera?



- Já que cheguei a esse ponto… porque não? O meu marido nunca quis, mas dei muito quando era solteira… quero lembrar os velhos tempos.



Realmente, ela estava liberando geral, e ia me fazer gozar pela terceira vez, assim como o maldito porteiro, que estava desfrutando daquela tesuda com todo o gosto.

Ele botou ela de quatro, e começou a pincelar… ela gemeu, urrou, mas depois que ele meteu a cabeça… ela nem quis mais saber.



- Mete, safado, come esse cu, seu porteirinho de merda! Sempre quis comer mesmo, né? Sempre jogando piadinha pras mulheres do prédio! Come, seu puto! Come, enquanto o corninho tá longe! Aquele corno filho da puta!





E durante a transa, ele acabou confessando que já tinha comido nossa vizinha (uma cinquentona viúva), e uma gostosinha de 19 anos do 2ª andar, que realmente tinha fama de putinha, algo que vim a comprovar pessoalmente alguns anos depois… mas isso já é outra histária…



Finalmente, ele demorou a gozar (também já era a terceira mesmo…), e quando estava gozando, ela pediu pra ele gozar dentro do cu mesmo… algo que ele fez com prazer, claro.

Vi eles saindo em direção ao banheiro, e me escondi debaixo da minha cama. No caminho, ele ainda foi dando uns tapas na bunda dela, e ela dando risadinha… tinha se tornado numa completa puta, naquela tarde.



Nunca mais pude ver ela trepando com o porteiro, até porque nos mudamos alguns meses depois, mas tenho a certeza que ele ainda voltou lá, em alguns sábados onde eu fiquei mais tempo fora… ainda tentei voltar a ver, até mesmo faltando a algumas partidas, mas nesses dias não dei sorte… foi pena… acabei me “especializando” em ser um voyeur, e vi minha mãe transando várias vezes com meu pai, e também com um primo dela… e ainda uma tia minha, que deu gostoso para um namorado enquanto passou uns tempos conosco. Mas isso são outros contos, quem sabe no futuro não publicarei. Tudo verídico.



Para mães que sabem que seus filhos as observam durante o sexo, ou para filhos ou filhas que gostam de ver… podem entrar em contato, para trocar experiências, no mail [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de casada rabuda fiel e fogosa cantadaContos erotico minha tia coroa gostuma anda nua em casacontos adoro um pau gostoso e tesudo de travestiContos erotocos abusadative que comer a esposa do meu amigo contos eróticoscontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludoperdi meu cabaço da buceta pra um cavalo contosconto. a sugadora de. porrametecao tres machosContos papai tezaoПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.ruconto erotico defia um diero comi ela pornovoyeur de esposa conto eroticoso rendudo socando ni bundao enormecontos eroticos acampamento pirenopoliscontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequescontos eroticos perdi meu cabaçoque cu mais apertado agora chora contocontos sexo minha mulher e o coroaAgostozas trazano Contos eroticos tia morado na minha casamae de causinha melada quado da de mama profilhoa minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscomo fica a bucetaalargada com garrafa?contos de amassos com colegasso rola melado cuecas fotosele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casacontos de cornos asumidoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos de pura putaria entre pais e fContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cuputinha do titocontos eu comendo minha esposa meu cachorro trepou nela ela adoroCONTOSPORNO sapecacontos eroticos namorado e amigo mesma camacontos eroticos vizinhas camaradasMinha mulher adora reparar na piroca dos machosgozei nas coxas da filha contosConto ertico. Minha adrasta. Bebiacontos erótico sexo no cinemacomparando paus contoscontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalcomi veterin¨¢ria contos eroticoscontos de mae com consolo comendo cu da filinha bem novinha contos eroticoscontos freirinhacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntasfotos chapéu ao traveco até ele gozaFernanda jeitim nuacontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavaloeu quero ver mulher ficando engatada fique transando com poodle cachorro poodlezoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulhetesconto sexo dormi casa namoradaConto fui fudida pelo mendigocontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentocasa dos contos eroticos/Três é demaisContos mamae é a puta da familia e dos vizinhosContos eróticos traindo na praia de nudismocontos minha esposa virgem na bundinhameu marido viu os amigos dele me comerem contostitias chuponascontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1comparando pintos contosconto eroticos.chupContos eroticoss adoro trepar sem camisinhacontos de coroa com novinhoporque cavalos tem pirocãoWww.garotinhasafada.comminha filinha bricando minha pica contos eroticoscasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoconto mingau. de porracontos erotico comendo trans no onibuso pai da minha amiga é um tesão contos eróticosMeu pai me comel zoofila contoshttp://contos erotico fio suruba presoconto erotico estuprado na frente da minha esposaContos eroticos trai meu marido com travesti bem dotadocontos eróticos levei meu filho para a praia de nudismo so para ver o pau deleContos erotocos abusadacontos erotico negro goza na buceta da noiva para o cornoContos porno dei cu p me sogro por chantagemcontos minha esposa flagou eu comendo o cu das mulhere da familiapuxa agarra japinha cabelos porno