Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ASSIM FUI FEMEA

Quando era criança tinha um problema, e o médico recomendou que me aplicassem lavagens intestinais. Minha avá me pegava na marrava me batia e mandava a ceringa n o meu rabinho, passava vaselina...a velha me fez isso tantas vezes que já não precisava de vaselina e eu nem protestava mais...acho que até gostava...Com o tempo quando ficava sá passei a brincar com ceringa de borracha no rabo... Até que me masturbei com ela enfiada, foi uma delicia, colocava agua quente e apertava elea para espirrar a agua no meu rabo quando gozava, achava isso delicioso....me masturbava já olhando revistas de fotonovelas, imaginando ser a garota (naquele tempo final dos anos 50 inicio dos 60 era uma das poucas que se conseguia, no maximo mulheres de maiô . Com tempo passei a introduzir lapis no rabo também, e depois ceringas grandes com consolo, aí já era gostoso demais gozava bombando elas no meu cu...tinha bastante amigos, mas os garots grandes ou já rapazes, tiravam saaro com minha cara e gostavam de passar a mão na minha bunda, mas eu brigava, talvez de vergonha de meus amigos acharem que deixei sei lá. Fui crescendo assim mudamos de bairro,morava bem perto do centro antigo de São Paulo e mudamos para um bairro proximo ao morumbi. Fui crscendo estudava, mas nunca dava bandeira, e sázinho mes vestia de femea, ou pelo menos uma calcinha e já tinha metido até cabo de vassoura no rabo...tava me arrombando sem nunca ter dado, sem nunca ter sido femea...Fazia caminhadas pelo bairro nos fins de tarde ou nos períodos de ferias escolares. Ia eu no mês de julho de 1967...tinha 19 anos já e não tinha levado rola ainda. Até que num fim de tarde fui fazer uma caminhada pela região, ia de camiseta, calcão com uma calcinha apertadinha por baixo, e calçava um tenis..fumava minister e tinha um maço quase cheio. Passando pela av. Giovani Gronchi, quando acendi um cigarro, um garoto negro que subia por ali tb. ao me ver, pediu-me um cigarro, então subimos juntos um trecho da avenida e conversando, até que ele entrou a esquerda e fui pra esse lado tb., na minha cabeça passava que esse poderia ser meu grande dia...sentamos ali e conversamos um bom tempo até que deixei que le visse que eu estava usando uma calcinha em baixo do calção...ele se surprendeu, fiquei com medo que fosse me bater era maior, mais velho e mais forte que eu...me perguntou então se eu já tinha dado, falei que não, que tinha vontade de experimentar, mas contei que já tinha introduzido diversos objetos para me masturbar. Então ele falou vem cá caminhamos até perto de uma construção, baixou as calças, puxou o pau pra fora e falou pra chupa-lo, não era grande era do mesmo tamanho domeu acho, tb. pequeno, já tinha enfiado coisa maior, mas queria mesmo um de verdade, chupei meio sem jeito mas deixei durinho..aí ele brincando com meus mamilos, me mandou ficar de 4, puxou meu calção a calcinha e cuspiu no meu rabo e começou a me penetrar pela 1ª vez, não doeu claro, não tinmha o rabo virgem, mas era uma delicia estar sendo comido pela 1ª vez. Wilson era seu nome, brincou sarrou e me judiou bastante me fazendo implorar pra meter gostosos e de uma vez, eu rebolava, enquando ele me chupava ospescoço e mordiscava meus ombros e passava as mãos na minha bunda ..até que senti tudo dentro enquanto metia fundo, forte e gostoso sentia as bolas batento na minha bunda era uma delicia, pedi pra ele me chamar de Vivian, Vivi...de tão gotoso, acho qeu entrei em alfa, sá voltei a mim quando estava gozando e senti que ele tb. gozava muito enchendo meu rabo de porra quente e edeliciosa...ficou um tempo dentro de mim até que tirou, nisso uma senssação de vazio em mim... fui levanta me deu uma tontura louca, tive que ficar sentado um tempo...depois dei uma limpada por fora com papel higienico...puxei a calcinha o calção queria ir pra casa sentindo aquela porra toda dentro de mim...nos despedimos e marcamos de nos ver pra um dia da semana seguinte. Fui andando, mas sentia que tinha tanta porra no meu rabo que parecia até que ele tinha gozado mais de uma vez em mim, será? No caminho tive de parar em outro canto pois senti uma forte pressão no intestino como se fosse fratulencia e num canto escondido puxei a roupa e soltei um peido mas a quantidade de porra que saiu de mim era tanta que tive certeza ao ver que ele tinha me comido mais de uma vez...entrei em alfa mesmo. Cheguei em casa corri pra um banho, fiz até uma lavaginha pra me limpar legal....como dormi feliz essa noite...em que fui femea pela 1ª vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos ela gozou no meu dedo no metrôcontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualtia gosta de ver pau enorme de sobrinanos 90ho classico eu e meu avô contos gaycontos er deixa que levoeu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticosvideos porno mulheres da.bucetas muito gostosas dando para cachorro emgatar o no na buceta delacomenho a vinsinhA e gozando drntro de laconto sexo uma família especial contos eroticos gay meu tio de dezenove anos me estuprou dormindo quando eu tinha nove anosminha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delavideos de sexo com cintirinhas finas e bundonaContos eróticos uma menina virou putinhaesposa e amante volarao a filha drama pornominha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouconto erotico minha irmã casadacontos com sogras acima de 50anos pornô"voce e muito corno"contos eroticos minha sogra franciscaenrabar a minha mãe e a minha irmãContos a bct da minha mulher e feia mais adororoContos porno meu amigo pintudo arrombo minha esposaContos eroticos aii te amo ..ai ..ai mo vc e gostosa devagrconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosogorda lendo jornal e der repente e fuda por dois caras um na buceta peluda e outro no cucontos eroticos arrombando a gordaMulher trepano so com caralhudosGabi comendo a égua no ciohistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido vercontos lesbicos princesa chupa princesaminha priminha titio contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordachupando pintaoooContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu AmigoContos eroticos bem comida e chupada em cada tetas por dois machoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbaMinha irma adolecente taradinha em conto eroticocontos eroticos minha mulher e o velhoContos eroticos comeu a familia todapelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos erotico eu minha esposa gostosa e meu sobrinhowww contos eroticos de incestos como minha mae e minha irmagostaria dever filha cupano apica do pi dormino"ele agachou o shorts e puxou minah cabeça esfregando na rola e bermuda mau abaixada"Encoxei.um crente no onibus contocomeu cu da coroade 30anosscontos abusado pelo tiominha namorada se mostrando para outros contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos homes muito bemdotado comeu mia filinha gostosa contosesposa e meu amigo contos pornosdei o cu p meu genro contosContos.encesto.relacha.maeAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticoscomendo e falando sacanageme gozando contosconto erotico comendo a dona da mercearia do bairro onde morocontos eróticos casada crente e o sindococontos eróticos aposta q terminou em surubahomem de calcinha enrabadomulher gosta de ficar nua e corpo inteiro melado de margarinaconvidando amenina pra fudecontos eroticos comendo o preciosoContos eroticos tremcontos gay praiaconto saiu comendocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de Paula de Floripa Santa Catarinabuceta carnuda comtos de sexomeu maridinho notou que fiquei tesuda roludocontos eroticos de muleque dando o cucabei comendo a cliente quando ia vender o apto porno brasilconto etotico com poneiconto guando era pegueno dormia com minha mae e fudi elahomem maduro contando porque deu o cucontos porno casadas o negrinho safado