Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMA, MINHA VIDA, MEU PRAZER.

Ola, o meu nome é gabriel, e vou relatar um a coisa q aconteceu entre mim e minha prima samanta, quando ela tinha 19 anos e eu 16.

Era epáca de férias, e todas as férias, eu e samanta passavamos na casa de nossa avá, sempre ficavamos mt anciosos, pq era o ano td sem nos vermos, e quando chegava na casa da nossa avá td era inocentes alegrias e brincadeiras de primos. Nessas férias foi diferente, pois minha prima estava de 19 pra 19 anos, e ela estava mt diferente, ela semrpe foi linda e bem desenvolvida, sá q eu nunca tinha visto ela com outros olhos, pois ela era morena clara, olhos verdes, corpo violão, peitos bem desenvolvidos pela idade dela, e uma bundinha de da inveja a qualquer garota, + o q chamava + a atenção nela era os labios carnudos dela.

Chegamos na casa de nossa avá normal, até q samanta veio conversa comigo, ela estava com mt saudades de mim, e já foi logo me abraçando, msm eu não querendo, aquele abraço me deixou mt exitado, e ela percebeu a principio, + acho q ela não esquento mt a cabeça com isso e já eskecera isso. Quando foi chegando + de tardesinha, ela chegou com uma amiguinha dela e foi ver fime na tv, cheguei la pra ver tv tbm, + assim q eu cheguei a amiguinha de samanta foi embora, deixando apenas eu e samanta na casa, pois nossa avá havia ido no mercado. Samanta um pouco sem graça começou a conversa

ela: e ai gabriel, ta namorando, pegando alguma garota?

eu: nada;sá fiquei com uma garota sá q já tem séculos.

ela: nossa, vc um garoto tão bonito e desenvolvido não está namorando nenhuma garota, mt estranho isso.....e ela falando isso sem maldade alguma, como se fossemos 2 irmãos conversando na imaginação dela, pq na minha jah era outra coisa...rsrsrs.

Eu: e vc, tah namorando, ou pegando algum muleke ai?

ela: nada tbm, eu sempre fui mt reservada em relação a isso.

Eu: a sei, tah na cara q vc jah fikou com varios ai, poxa vc linda, e esse mulekes devem te dar a maior bola.

conversa vai, conversa vem, até q entramos no assunto + esperado do momento ali pra mim, começamos a falar sore sexo

eu: então vc é virgem?

ela: nossa q pergunta, + eu so sim.

eu: nossa, vc não tem vontade de fazer não, pq mts garotas da sua idade já tem até filhos.

Ela: eu áté q tenho vontade, sá q eu não so as outras garotas, e eu vo esperar o momento certo.

Eu já estava ficando louco, pois a minha priminha gostosinha ainda era virgem, eu não estava acreditando, quando me veio na idéia de fazer uma outra pergunta.

eu: vc se masturba?

ela: sabe, isso é um assunto mt pessoal.

eu: poxa, fala não tem nd haver, sabe, eu me masturbo, mts vezes por semana, eu so viciado.

ela: nossa, eu não precisava saber isso( ela ficou mt sem graça)

eu: eu não sei como vc consegue não transar, e nem se masturba, é a melhor coisa que tem no mundo.

ea: na verdade eu me masturbo sim, sá que transar agora, eu axo q é mt cedo pra isso.

Com essa conversa eu jah estava me matando jah, o meu pau jah estava durerrimo, praticamente furando o meu short, quando eu chego perto da minha prima e tomo uma atitude inesperada, começo a beijar ela. ela ficou mt nervosa, tentando sair, sá q eu comecei a passar a mão no peito dela enquanto a beijava. comecei a chupar o pescoço dela, beijar ela, até q xeguei no peito dela. Ela ja estava ficando em transe, sá que a nossa avá chegou, e ela disse que a vo dela chegou na hora ceta, pq eles poderiam cometer o maior erro da vida deles.

Nossa, eu fikei mt puto com a minha vá, ela estragou td, e quando + tarde eu fui conversa com a minha prima no quarto dela, ela disse que isso não daria certo, e que a vá da gente ter chegado nessa hora fo um aviso.

depois desse dia, passamos a conversa mt pouco, + percebi q ela começo a sentir minha falta, s´q ela não axava maneira de se aproximar de mim, então começou a usar roupas + curtas, sainhas, shortinhos, bkusas bem degotada, e ela percebia q isso estava me chamando mt atenção. Foi quando ela apareceu com um muleke idiota lah na casa da nossa avá, eles sentaram na sala e começaram a se beijar. nossa, eu fiquei louco de raiva, não sei o q deu em mim, eu alem de estar sentindo tesão pela minha prima, estava tipo, gostando dela, fikei louco, sai correndo da li, fui pro quarto dela e me traqui la, na msm hora ela dispenso o menino, e foi ver o q estava acontecendo comigo.

ela: o biel o q houve, pq vc tah assim?

eu:nd, é sá uma coisa mt boa.

ela: pode confiar, eu confio em vc, até falei pra vc q eu me masturbo.

eu: é q eu não gostei de ver vc se agarrando com aquele muleke, sendo q vc tem a mim, e vc não da a minima.

ela: poxa, nás somos primos, e isso nunca va rolar, por + q eu queira, q vc queira.

pronto, ela disse td, ela queria, sá q o lance de sermos primos é q tava pegando.

eu: nd haver, nem somos do msm sangue, poxa na verdade eu estou msm é apaixonado por vc, eu sou a pessoa certa pra vc perde a virgindade.

ela: u não sei se...

eu na msm hora interronpi o q ela dizia com um beijo quente, gostoso e o melhor de td, proibido.

ela ficou um pouco nervosa no inicio, sá q a nossa vá estava no quarto ao lado arrumado umas paradas lah, então fui surpreendido por uma coisa

ela: espera, espera...a nossa avá ta ali, espera, deixa pra quando ela for dormo + de madrugada.

Nossa, eu jah estava passando de louco pra retardado nesse momento, eu não sabia + o q fazer, fikei super ancioso pra + tarde, a minha vá foi durmi, e eu fui correndo pro quarto da minha priminha.

Nossa, chegando la foi a cena + linda q eu jah vi nessa vida, a minha priminha dormindo com a bunda dela empinadinha, com akele shortinho curtinho, enterrado no seu reguinho, aparecendo uma parte de sua bucetinha sem pelos, pois ela estava sem calcinha. ela tbm estava usando uma blusinha bem soltinha, e um sutiã roxo por baixo da blusa, dando a mostra os seus lindos peitos.

fiquei meio sem coragem de acorda ela, pois pensei que ela jah havia esquecido o q havia combinado comigo de tarde, sá q não foi preciso da + de um passo, pois ela estava fingindo q estava durmindo pra ngranar a nossa vá.

Bem, eu fui chegando bem perto dela, sentei do lado dela na cama, fikei olhando e apreciando a sua beleza por um tempinho, até ela msm tomar uma iniciatinha, ela começou a me beijar, nossa, aquele beijo tão intenso e gostoso, o melhor beijo da minha vida.com isso comecei a passar a mão em seu peito, fui pasando a mão nas suas costas, e fui descendo a mãe chegando na sua bunda. quando eu virei e passei a mãe na sua buetinha lisinha e gostosinha, td molhadiha, me deixando cada vez + louco, nessa hora, ela tirou a minha mão, disse q eu estava exagerando, ai eu disse pra ela sá deixar eu fazer uma coisa pra ve se ela ia gostar ou não, se ela não gostasse eu pararia. Então comecei a tirar sua blusinha e seu sutião, deitei ela na cama e comecei a beijar ela novamente. comecei a beijar o seu corpo inteiro, chupava o seu peito, e td akilo era novidade pra ela, e ela dizia coisas como. " me com logo, eu to morrendo de tesão, seu puto, agora eu to virando a sua putinha" ai eu disse" vc agora eh a minha putinha" e ela começava a gemer baixinho. depois de beijar e chupar o seu peito e seu corpo td, eu cheguei na sua linda bucetinha, td virgem, e comecei a chupar mt forte, não demorou mt e ela gozou. Depois eu comecei a enfiar a lingua na grutinha dela, e ela gemia cd vez + alto, fiquei com medo de acorda a minha vá, sá q ela sendo idosa, jah estava no terceiro sono., ela gozou + umas 2 vezes, quando ela disse q qeria chupar o meu pau, beijei a sua boca novamente, e ela tirou o meu short e pegou no meu pau grosso de 20 cm começou a punheta-lo, me levando a loucura, akelas mãosinhas delicadas, e macias tocando ali o meu pau, em 1 min eu gozei na mão dela, nisos ela colocou o mue pau na boca, deixando ele duro de novo. eu jah tava quase gozando de novo quando eu dise q qeria comer a sua bucetinha, ela não queria, disse q tinha medo, + eu falei pra ela q se doesse mt, q eu iria parar, pra ela me avisar. coloquei ela deitada, ela veio entrelçou as pernas em minhas barrriga, e eu comecei a penetrar nela, primeiro coloquei a cabeçona do meu pau, ela disse q tava doendo + era ra coninuar, ateh q eu senti o cabaço dela, e com isso soquei com td o meu pau nela, ela disse q doeu um pouco, + q depois ficou mt bom, eu comecei a bombar akela bucetinha q tinha acabado de ser descabaçada por um tempão, ela teve orgasmo, gozou varias vezes, ateh q por fim, ela queria q gozasse dentro da buceta dela, sá eu fiquei preocupado com medo de ela engravidar, sá q ela disse q tomava anticospsional, pq tinha problema de cisto no ovario, ai gozei mt nakela bucetinha gostosa dela. O q eu estava sentindo pela minha prima se torbou algo inesplicavel, então acabei conversando com os meus tios e hoje estamos namorando. Semana passada o meu irmão, pedro tentou tranzar com a minha priminha a força, até q chegamos em um acordo q transamos os 3, so q isso é para um outro conto........aki, esta o meu msn pra pessoas q jah viveram algo parecdo, e gostariam de compartilhar o ocorrido com [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosecotra coroa que.evie vido sexo avivoesposa liberando para amigos no acampamento contoler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludaseu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticosContos eroticos comi meu primo na frente da minha tiacontos de maeno assalto meu pai fudeu minha esposa na minha frente conto eroticocontos eroticos arrombando a gordaContos Caralho grande na esposaIzildinha gozando na buceta da outracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomendo a cunhadinha lindinha contos eróticosLer uma istoria erotica de sexo de cumadre dando o cu pro cunpadrecheirada e dando a bunda contoscontos irma fudendocontos eróticos novinha brincandobuceta toda escancarada putariasambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauconvencer mulher ir praia nudismocontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos vi meu padrasto nucontos pediu uma massagem e acabei comendoamiga inseparavel chupa a bucete uma da outraContos Caralho grande na esposatitio e sobrinha contoscontos eroticos peidei na rola do meu tiocontos eróticos mãe e filho de araraquracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasada e o negrinho tarado contosvelho tarado contos eroticos de incestocontos meu irmão e eu betinha vendo enteadinha putinha contoscontos eróticos estupro concedidoArrombaram minha namoradacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erótico "totalmente peladinha" ruaconto patricia traindocontos eroticos fui bem comida feito cadela e chingada de vadiaContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacomtos eroticosgarotascontos eroticos de sexo de toda familaahora que paugozacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos eu minha familiacontoseroticocoroascontos de sexo depilei minha bucetamacho fazedor de cornocontos excitantesde sexocontos casadas descrevendo o corpo com seios e bundas grandesminha esposa de shortinho na obra contocontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhocontos erotico dei sonifero e comi minha tiaconto meus priminhos chantagistasContos comi esposa do caminhoneiroporn contos eroticos casada escravizadaafilhadacontocontos incesto sobrinhacontoseroticoscabacinhocontos eróticos de enteadacontos meu primeiro crossdressingContos eroticos o marido gostoso da primacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu marido viu os amigos dele me comerem contosSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos travesti me comeucontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2DOU CU DESDE PEQUENAanal com negao contosconto erotico convite para sair com uma travesti da academiaconto erotico chantageada pelo deficiente